Kona Four Deluxe 9,77kg

#62
Neste caso acho que me deram uma borla, mas por vezes levam-me 5€ outras vezes dou-lhes um queijo. Tudo depende do trabalho e tempo que ocupar na oficina, não tens nenhum amigo que conheça uma oficina dessas?
Tem o cuidado de escolher uma oficina que percebam o que queres, no meu caso faço tudo na Jolismarcos percebem tudo à primeira!
Fica sempre como quero.
A jolismarcos é no Casal do Marco perto do Seixal.
 

Nozes

Active Member
#63
Mecânico,isso ficou com muito bom aspecto!!
Mas acho que ainda não é desta que me meto no "tuning" de peças,não é bem a minha coisa...obrigado na mesma,e podes dar os parabéns aos homens da fresa,são artistas! ;)

JK,não sei como foi o raid noutros anos,mas nem que me pagasses fazia aqueles kms na tua bike,com pneus fininhos e 80mm de curso! Quer dizer...fazia,mas acho que saía de maca :) Não sei se a descida que te referes é a mesma que fizemos este ano,mas suponho que sim...é o delírio durante quase 3kms,tenho de lá voltar em breve,Minde fica aqui perto,a uns 25m de minha casa ;)

Por falar no Raid de Minde,esqueci-me de dizer que prevendo o terreno que ia enfrentar,baixei a pressão em ambas as suspensões (5psi à frente,10 atrás),e se tivesse baixado mais não se tinha perdido nada. É um daqueles terrenos em que uma bike mais confortável é também mais rápida e eficiente.

E no fundo,é isso que esta bike é.Muito confortável. Penso que nunca referi o facto de eu ter uma pequena limitação no meu braço direito,que devido à minha maior lesão neste desporto (fractura-luxação do cotovelo),não faz a extensão completa. Embora seja uma lesão antiga e praticamente não me incomode na condução de qualquer das bicicletas em que ando,nesta bike,que é aquela que utilizo mais tempo,tive o cuidado por exemplo de não baixar excessivamente a frente para não sobrecarregar os braços,como numa posição "puro xc". Ainda assim,penso ter encontrado o equilíbrio perfeito,uma vez que a subir não me sinto prejudicado em nada.

Pormenores!

:D

E para não ser só palha...uma foto do passeio Rota do Javali,o melhor percurso de um passeio de btt que me lembra de ter feito,que foi em Março:



Boas pedaladas e bom fim de semana!
 

Nozes

Active Member
#66
Novidades?

Pois é,umas boas,outras menos.

Hoje tive o "prazer" de ver o meu fiel Rocket Ron da roda da frente sofrer um corte e perder todo o ar,enquanto descia alegremente um trilho cheio de pedras soltas e algum entulho a mais de 40km/h. Felizmente consegui abrandar em segurança e parar antes que a bike perdesse a estabilidade,o corte não foi muito grande,mas como o liquido já era pouco (secou),não vedou nada e se não tivesse a experiência de furar à frente a altas velocidades (nas provas de DH) talvez o pânico tivesse dado mau resultado.
De qualquer modo,o pneu já estava bem mais "para lá que para cá",parecendo que não,já o tenho há quase 2 anos (tenho alternado com outros,como sabem). Como comprei 2,montei o que tinha ali guardado e siga :) . O pneu que retirei pesou novo 387 gramas,e ao fim deste tempo ganhou cerca de 35 gramas em liquido selante seco...o piso nem está muito gasto (foi sempre usado à frente e faço muito pouco alcatrão com esta bike),mas já apresenta sinais de ressequimento.
Excelentes pneus,bom rasto e da melhor borracha que já pude experimentar.

Aquelas eram as novidades menos boas.

A novidade boa é que vou oferecer à minha bike uma "jóia",porque ela merece. Vem substituir o último componente de origem que ainda resta da montagem de fábrica,não é difícil de adivinharem o que é.
 

Nozes

Active Member
#73
Não tenho ginja para oferecer :mrgreen: mas se tivesse era para entregar em Portalegre,foi o JK Alentejano que acertou,ou melhor,que mais se aproximou,uma vez que os manípulos também já não são os de origem,os Deore foram trocados por estes XT antes da bike saír da loja.
Sendo assim,o último componente de origem é mesmo o desviador de trás Shimano XT Shadow,que tão bem trabalhou estes 3 anos e tal,mas já merece descanso.As passagens já não são suaves e precisas como seria de desejar,e a caminho vem a tal "jóia",um XTR Shadow M972,caixa media (GS).O XT é de caixa longa,ou SGS,e espero uma poupança de peso na ordem dos 45 gramas (!) com esta pequena troca.

Os novos XTR de 10v até se encontram a bom preço,mas descobri que são apenas compatíveis com os manípulos também de 10v,do sistema Dynadrive.Obrigado sr. Shimano,mas não quero mudar de manípulos agora :(
Um dia mais adiante espero poder vir a usar o novo XTR Shadow+,com o sistema de bloqueio do pivot de cima,que evita o "chicotear" da corrente e deve reduzir em muito as hipóteses de chain suck. Mas isso ainda é muito novidade,ainda que promissora,e a preços proibitivos para mim.


Quanto ao quadro,vocês querem é que eu o ponha à venda,seus interesseiros! :p
Existem apenas 2 quadros no mercado com a geometria semelhante a este,e que não me importava de trocar. Um é o Santa Cruz Blur XC,em carbono (2500€!) e outro é menos conhecido,de uma pequena marca italiana,o MDE Cudgel (~2000€). Ambos têem o sistema de suspensão traseira de pivot virtual,que para mim seria o ideal,e são bastante leves (o MDE é alumínio,mas ronda as 2200gramas).
Mas tenho aqui um quadro que me dura "uma vida e mais 6 meses",e que só me tem trazido alegrias,por isso desgraçar a carteira e desfazer-me de algo que adoro não faz de todo parte dos meus planos.

E agora se não se importam,já que estou de folga e pedalei de manhã,vou pôr os pés de molho ali na praia!

Boas pedaladas,pessoal ;)
 

RTC

Super Moderador
#74
Nem nunca ninguém te daria o valor justo pelo quadro. Acontece o mesmo que o meu. Um quadro de aluminio, pesado mas com um funcionamento exemplar, muito acima de muitos recentes mesmo com o mesmo sistema de amortecimento (monopivot).
Por isso vendê-lo ou trocá-lo estará sempre fora de hipótese...e o mesmo se deverá passar contigo.
;)
Tens a certeza que esse MDE pesa 2200 gramas? Com aquela quantidade de rolamentos e pivots?
Esse MDE é muito semelhante ao Pivot Mach 4 que pesa, segundo as revistas, entre 2700-2800gr.
 

edununo

Well-Known Member
#75
Deves ganhar 45g seguramente.
Eu passei de um XT Shadow SGS para um XTR Shadow M972 Carbon também SGS e foram à vida 46g. O XTR pesou 181g e o XT 227g.
 
#76
46 grm num desviador é muito bom!
Realmente desfazeres-te deste classico para esturrar uma pipa de massa e ainda por cima continuas contente com as suas prestações..é uma tolice!
 

Nozes

Active Member
#77
Pois mesmo por isso é que planeio continuar com este quadro por muitos e bons anos!

Há também o factor exclusividade (não confundir com o tópico do vizinho ;) ),uma vez que este modelo foi apenas produzido em 2008,e acredito existirem muito poucas por aí.

RTC,tens razão,a o quadro MDE Cudgel para 2011 segundo a marca pesa 2600gr com um Rock Shox Monarch. O de 2010,que eu adorava na cor verde,pesava 2450gr,também segundo a marca. De qualquer modo,não é impossível fazer quadros de alumínio leves e com muitos pivots,a Giant Anthem usa o sistema Maestro,que é basicamente igual,e ronda os 2200gr,com amortecedor. Pena que a Giant ainda faça angulos de direcção do século passado neste quadro.

O XTR "tá-se a vestir",talvez lá para o fim da semana...