Ghost Rt Lector team 8510gr

eu questionava a AX sobre a discrepância entre o peso na etiqueta e o peso verificado.

isto não é bom para a reputação da AX lightness...

se fosse uma outra marca com menos reputação já estava tudo a reclamar que o peso não é o anunciado...
 
Mario foi-me dito que os pesos da AX são 99% das vezes correctos...parece-me que tive azar ou a balança deles estava avariada :lol:

Entretanto chegou um dos últimos componentes que faltava, a cassete recon de 10v, 11-34. O peso verificado foi este de 185gr com porca incluída



Como havia dito, no fim de semana foi a estreia da bicicleta e ainda não dá para tirar grandes conclusões. As primeiras voltas servem para acertar com pressões/ajustes de suspensão/amortecedor, acerto de posição de guiador, selim, etc etc.

Apesar disto houve 2 componentes que me saltaram à vista, talvez por não esperar tanto deles como acabaram por me demonstrar: Guiador e Rodas!

Já tinha lido que o Hera era (o Hera era :lol:) um guiador bastante rígido para o peso mas confesso que o peso assusta na hora de por literalmente a vida nas suas mãos...não me desiludiu, bem pelo contrário! Mostrou uma rigidez impressionante para 70gr de tubo de carbono e posso dizer desde já que nada fica a dever ao ec90 no que a rigidez diz respeito!

As rodas foram a outra supresa! Como neste momento estou um pouco acima do limite de peso delas comecei um pouco a medo. "Isto vai-se desfazer tudo" - pensei. Nada mais errado. Apesar de a bike ainda só ter feito pouco mais de 100km continuam direitas como no primeiro dia e nem por um momento as senti torcer mais que as antigas olympic! Os superspoke e a montagem feita pelo Robert Jungel devem ter um papel fundamental neste campo! Além do mais os cubos já começam a fazer um barulinho bem ao estilo Tune que tanto gosto! Não podia estar mais satisfeito :D

Mas infelizmente nem tudo são rosas. Na véspera da estreia dei de caras com aquilo que viria a ser uma grande dor de cabeça. O Pedaleiro veio com a rosca onde se aperta o pedal descolada da parte do carbono. Após contactar a Race Face foi-me dito que houve uma série que vinha com esse problema que entretanto foi corrigido e para enviar para garantia. Como a vontade de estrear a bike era mais que muita montei provisoriamente um pedaleiro XTR emprestado pelo tio Atx a quem muito agradeço :wink:


Fica um par de fotos do dia da estreia numa volta pela zona de Viseu na companhia do meu amigo Gongas84 :p





Infelizmente com muita pena minha não deu para pedalar com o amigo vmms mas mais oportunidades virão :p


abraço

David
 
Grande David antes de mais parabens pela bike é magnifica... ve la ao perto e pegar nela é qq coisa..
Escusado sera dizer que essas fotos uma vez que esta presente a minha bike tem dtos de autor =D hihihi
Este Fds mais do mesmo....
abraço
 
Esta bicicleta é simplesmente fantástica!

David Raquel, não tens a bicha da transmissão de trás (atrás) demasiado curta? parece-me muito esticada... (Poupas peso em tudo ;))
Também me parecia esteticamente melhor se passasses a bicha do desviador da frente (atrás) pelo outro lado do quadro...

Parabéns pela montada!
 
Mas infelizmente nem tudo são rosas. Na véspera da estreia dei de caras com aquilo que viria a ser uma grande dor de cabeça. O Pedaleiro veio com a rosca onde se aperta o pedal descolada da parte do carbono. Após contactar a Race Face foi-me dito que houve uma série que vinha com esse problema que entretanto foi corrigido e para enviar para garantia. Como a vontade de estrear a bike era mais que muita montei provisoriamente um pedaleiro XTR emprestado pelo tio Atx a quem muito agradeço :wink:




abraço

David
O David explica ai o porque de estar montado o XTR. Ler tambem não faz mal, mas o pessoal, por aqui, gosta é de ver só as fotos depois fazem perguntas desnecessárias. ;)
 
Boas pessoal!


Bruno Silva tens toda a razão, a bicha do desviador traseiro estava demasiado curta mas como tinha que trocar o manipulo não acrescentei logo os nokons, mas já está resolvido agora que montei a cassete de 10v :wink:

Agora que falas na questão da bicha do desviador da frente também acho que faz sentido. Quando fizer o upgrade para os triggers XX vou ter isso em atenção!


Grande Paulo que tal vai isso? :D

Ehehehe como o Guilhas disse, tinha explicado o porquê do pedaleiro da foto ser o XTR! :D
Acerca do Rotor não posso falar grande coisa porque nunca usei...apenas conheço várias pessoas que usam e adoram!

Obrigado pelo reparo Guilhas :wink:

Abraço

David
 
Boas.
Bem vamos lá a umas críticas, lol.

A bike merecia:
- Umas fotos melhores;
- Uns pneus mais fininhos, ehhe;
- Um espigão Schmolke, ficava "au point";
- Uns Nokon carbon ou pretos, num gosto desses brancos aí;
- Uma volta pela Arrábida para baptismo na serra-mãe;


De resto, é como temos falado...

Mas, PARABÉNS, está excelente. Melhor só a minha Sewanee, eheheh.

ABraço
Rui
 
Boas

Para mim continua ser uma das melhores "montagens" que por aqui vai aparecendo. Haja uns €€€€ para compor assim a minha S-Work´s, porque pernas não vão faltando!!!

Agora se fosse possível, gostaria de ouvir uma opinião sobre essa cassete. Sinceramente, ando com uma grande vontade em equipar a minha bike com uma igual, mas sempre tenho escutado as piores opiniões, nomeadamente que se gasta muito rápido e que as passagens são muito brutas. Confesso que já tive uma Recon em aluminio para montar, mas depois arrependi-me e vendia.
O que achas David??? Será uma boa aposta???

Um abraço
 
Boas pessoal!


Bruno Silva tens toda a razão, a bicha do desviador traseiro estava demasiado curta mas como tinha que trocar o manipulo não acrescentei logo os nokons, mas já está resolvido agora que montei a cassete de 10v :wink:

Agora que falas na questão da bicha do desviador da frente também acho que faz sentido. Quando fizer o upgrade para os triggers XX vou ter isso em atenção!


Grande Paulo que tal vai isso? :D

Ehehehe como o Guilhas disse, tinha explicado o porquê do pedaleiro da foto ser o XTR! :D
Acerca do Rotor não posso falar grande coisa porque nunca usei...apenas conheço várias pessoas que usam e adoram!

Obrigado pelo reparo Guilhas :wink:

Abraço

David
Desculpa lá amigo!...Realmente as fotos me chamaram mais a atenção que o texto...
Grande abraço e força no projecto.

Paulo Iglesias.
 
Boas pessoal!

Agora com alguns km feitos com a ghost, já me sinto à vontade para falar mais um pouco sobre a máquina!

Rui, tens mesmo que pegar em qualquer coisa eheheheh

Os pneus, e depois de ajustar as pressões do amortecedor e suspensão à maneira, são para ficar! Ao ínicio achei o rocket ron 2.25 exageradíssimo atrás, sentia que a bike perdia muito rendimento mas com um acerto de pressão do dtswiss ficou impéc! A descer dão uma segurança incrível e têm a vantagem de, ao serem largos, resguardarem os aros dos impactos de pedras e afins!

Esta semana estive mesmo mesmo para fazer negócio de um espigão AX mas não fui para a frente por duas razões: o preço de um espigão desses é de chorar e além do mais estou super contente com o MSC até agora! Ok...não é tão leve como um ax (158gr contra 120) mas esta a aguentar muito bem o tratamento por isso não vai ser trocado a curto prazo!

Os nokon brancos foram escolhidos de propósito para criar uma certa ligação entre os pormenores brancos da bike (travões, tampa de direcção e neste caso bichas de mudança)

O baptismo pela serra mãe será feito sim, tenho que falar contigo para combinar ehehehehehe

amigo @tnt@, confesso que comprei a cassete um pouco a medo precisamente pelos relatos que falas de que a passagem era muito bruta. Até ver não podia estar mais contente..parece que este modelo de titanio recebeu umas melhorias inspiradas (ou copiadas? :lol: ) da cassete xtr! Do que já andei com ela estou mesmo muito satisfeito! Suave na troca de mudanças (creio que a corrente xx também contribui para isso) e precisa! Já o gripshift tunnado para 10v não tem a mesma performance! Quando começa a haver sujidade na transmissão começa-me a falhar como as notas de 500€ :lol: Muito pouco preciso, de vez em quando é preciso dar um toque a mais "à lá shifters shimano" ehehehehehe


De resto a máquina tem-se portado excelentemente bem! Quadro com uma rigidez brutal, bem superior à Epic (compreende-se pelo material do quadro :D ). O Dtswiss foi difícil de atinar com ele mas acho que está no ponto! Obivamente, ao não ter nenhum tipo de plataforma, não esperava que esteja ao nível do Brain da Epic ou de um outro amortecedor com plataforma e por isso, como odeio a sensação de bombeio, tive que por mais pressão do que o aconselhado para mim. Tive que ajustá-lo de forma a que não tivesse a sensação de bombeio mas que ele estivesse lá para fazer alguma coisa quando é preciso! Confesso que como utilizador de uma Epic não estou nada habituado a ter que bloquear/desbloquear o amortecedor manualmente e já houve uma ou outra situação em que o bloqueei (não por necessidade mas sim para testar) e acabei por me esquecer dele bloqueado só dando por isso quando a traseira andava aos saltos que nem uma cabra no monte ehehehehehe

A Magura comparada com a SID que tenho na Epic é como do dia para a noite no que a rigidez diz respeito como é normal se analisarmos a diferença de diametro das bainhas e da coluna de direcção (tapered no caso da magura)! Leitura de terreno e rigidez excelente...pena o peso! No entanto afirmo que continuo a gostar muito da velhinha sid e do seu funcionamento depois de tunnada :D :D

Sobre as rodas, continuam a supreeender! Não tenho nada de novo a acrescentar sem ser um sentimento de que não podia ter ficado melhor servido!

Os Formula R1 são aquilo que toda a gente sabe, leves, potentíssimos e fiáveis! Nada a apontar!

O speedneedle, depois de umas voltas na lama, esperava que começasse a mostrar algum desgaste no forro de alcantara como aconteceu com o de pele mas curiosamente continua como novo! No fim das voltas, quando está cheio de lama fica com um aspecto miserável (mistura de alcantara com lama) mas depois de lavado fica impec!

Queria também realçar a rigidez conseguida pelo conjunto de 162gr do guiador e avanço. Se já era utilizador (e fã) dos avanços da marca italiana Extralite, este guiador axlightness foi, sem dúvida, uma enorme surpresa! Tenho total confiança no conjunto!

De resto ainda aguardo a chegada do novo pedaleiro vindo ad garantia da race face!

Para finalizar e porque já chega de bla bla bla, deixo 2 fotos tiradas no último fim de semana na 6ª edição da maratona da Beselga (excelente em todos os aspecto por sinal) onde, tirando 2 furos no pneu traseiro que acabaram por ser vedados pelo Notubes (apenas tive que ajustar a pressão com a bomba), a Ghost teve um comportamento exemplar, sem qualquer problema!






Amanha voltinha com o meu amigo Marreiros e domingo a Ghost vai participar na maratona de S. Bras de Alportel!

Abraços

David
 
Bruno, sempre a dar-lhe com força e garra!!

Parabens companheiro!!

Como estiveste com o gongas84, podias ter subido os trilhos lindos de S. Pedro do Sul (bem pertinho), pode ser que ele te convide...eheh

Uma nota - o "sapatinho" branco em lama, não é apropriado...lol

Depois coloca fotos, se puderes, da tua Ghost e da Spec do Marreiros
 
Q belas fotos David.. que sitio bonito..=) Hugo quanto a Sao pedro do Sul ja levei la um rico empeno em Sao Macario.. Mas pk nao... Quanto a tua bike David mais uma vez digo e magnifica e as rodas e o que mais me deixa espantado tendo em conta as varias variaveis peso terreno etc..
Grande abraço e ja sabes qual deve ser a tua classificaçao..
 
na ghost não achas que as manetes de travão estão muito para dentro? e a chaveta à frente costumas usar assim? eu costumo usar virada para trás perpendicular ao tubo da suspensão ou seja alinhada pelo tubo superior do quadro.