Depressão

Discussion in 'Saúde e treino' started by netwolf, 17 December 2008.

  1. netwolf

    netwolf New Member

    Foi-me diagnosticada uma depressão, derivado a variadíssimas razões, estive parado uma semana.
    Existem implicações? Posso voltar a treinar normalmente? É melhor esperar mais um pouco?

    Obrigado pela ajuda.
     
  2. Gualdinof

    Gualdinof New Member

    Boas

    Em primeiro as tuas rápidas melhoras, depois não sou a pessoa indicada para falar nisso, mas questionas-te o teu médico sobre isso? se não o fizes-te acho que é uma boa altura para o fazeres.

    De qualquer modo como leigo se a depressão não se deve a Bike e podes sair de casa, acho que o contacto com a natureza so te deve auxiliar a recuperar mais rapidamente, (volto a afirmar que isto é um opinião de um leigo)

    Rápidas melhoras. GAF
     
  3. Odin-Trek

    Odin-Trek New Member

    Penso que se o que originou a depressão é exterior ao mundo das Bikes, deves voltar a andar o quanto antes, até por que em cima da bike no contacto com a natureza vai ajudar-te a esquecer os problemas que tens.
    Agora ninguem melhor que o médico que te diagnosticou a depressão para te esclarecer.
    Antigamente em casos de depressões havia a ideia clinica de votar o doente a um isolamento normalmente em casa e medicá-lo fortemente até sentir melhoras, hoje em dia é mais ou menos consensual que as pessoas com depressão lidam melhor com a doença se não se isolarem dos outros e procurarem actividades (profissionais e de lazer) que lhe voltem a estimular serotonina (ver Wikipédia), realçando para o que a vida tem de bom e não apenas as questões que nos transtornam a mente.
    Abraço, e as melhoras.
     
  4. Adilson_Fernandes

    Adilson_Fernandes New Member

    Boas


    Eu conheço um caso de depressão em que a bike fez maravilhas

    O Sr. em causa tinha uma grande depressão e o filho ofereceu-lhe uma bike, depois desse dia ele melhorou 150% pois ficou curado e ainda perdeu peso que tinha em excesso. :yeah:
    E hoje em dia não larga a bike vai com ela para todo o lado, por isso companheiro do pedal não deixes a tua bike criar pó, da-lhe é lama pois é isso que voçês dois precisam. :mrgreen:

    Santas Pedaladas
    Adilson Fernandes
     
  5. fuel100

    fuel100 Guest

    Em geral as baixas produzidas por depressões são as únicas em que o doente tem permissão (no atestado médico), para sair de casa, já que o isolamento só vai piorar o mal. Portanto boas pedaladas que vais melhorar, a não ser que (não estamos aqui na posse de toda a informação) o médico tenha prescrito expressamente outra coisa por motivos que só vocês os dois sabem.
     
  6. netwolf

    netwolf New Member

    A depressão deveu-se a excesso de trabalho, a crise económica e outros factores.
    Falei com o médico e ele diz que se eu conseguir que posso andar de bike, no entanto não convém exagerar pois os medicamentos quebram um pouco o corpo.
    Hoje fui por a bike no mecânico para levar uma afinadela, eu principio sábado vou retornar aos treinos, de inicio leves para ver como o corpo reage.

    Isto de ser empresário em nome individual é um stress dos antigos..........
     
  7. JorgeSantos

    JorgeSantos New Member

    Primeiro de tudo, desejar-te as melhoras.

    Infelizmente as depressões aparecem sem nos apercebermos. Muitas vezes sentimo-nos cansados e sem motivação, mas pensámos que estámos num dia menos bom. Só quando estes dias começam a ser contínuos é que começamos a pensar que algo está mal e aí procurámos ajuda médica.

    A ajuda Médica por seu lado, deve ser o mais profissional possível. Dizer-se que se tem uma depressão, é fácil, receitar um anti-depressivo mais fácil é.

    Descobrir o verdadeiro problema de tal depressão só ao alcance de alguns bons Psicólogos ou Psiquiatras quando o nível de depressão aliado ao nível de stress começam a impor-se à personalidade do paciente. Levando a cometer actos irreflectidos.

    Uma depressão verdadeira, não se cura em 1 mês, nem 2 nem 3. Um episódio de depressão duram no mínimo 6 meses a ficar tratada. É preciso muita terapia, por vezes anos de sessões, acompanhada do medicamento certo. Muitas das vezes os médicos de família que têm somente formação "básica" para estes casos, receitam o medicamento da moda ou os mais conhecidos.

    Mas um verdadeiro profissional receita em função do estado do paciente depois de o ouvir e perceber os sintoma, o medicamento certo. Que podem passar por : Ansioliticos e sedativos; benzodiazepinas e muitos mais com nomes esquisitos....

    Recentemente o tratamento com medicamentos com Duloxetina "Expl do Cymbalta" tem obtido resultados muito positivos.

    A depressão é a doença do Século. E não é de fácil tratamento. É preciso muita força de vontade e muita compreensão por quem nos envolve.

    Arranja um bom psicólogo, e fala com ele. Ajuda bastante.

    E depois faz o que gostas.............se pedalar te faz feliz, pedala todo o dia. O início de um tratamento com um destes medicamentos é sempre complicado. Enjoos, dores de cabeça, sonolência, cansaço. Mas passado 15 dias já nem notas. Não caias é na asneira de te fechar em casa e no teu Mundo.

    Por vezes falar/ desabafar com a pessoa certa, acaba por ser o melhor tratamento.

    A vida causa-nos muitas surpresas, mas temos que ser fortes para as ultrapassar. :wink:

    E mais tarde poderes aconselhar alguém.


    Josant
     
  8. pmkull

    pmkull New Member

    as melhoras, em 1º lugar não as desejo rápida porque como disse o Josant, não se cura uma depressão em dias, mas com o uso da bicicleta acredito que melhores (acredita que já passei por isso) e a saídas de bike eram/são um tónico para doenças da "mente cansada". :wink:
     
  9. pmtb

    pmtb New Member

    Tem cuidado se andares cabisbaixo deprimido e a bike não te animar e continuares nesse estado, ou te der para te expores a mais risco numa de "quero lá saber!" isto é se afectou a auto-estima - nesse caso a atenção e reflexos podem andar muito em baixo. E a medicação também pode ter esse efeito.
    Contudo dizes que te diagnosticaram uma depressão, como se a sentisses tu pouco evidente, mas sempre concordas que houve uma série de razões para isso, e daí razões de ansiedade.. depressão é um palavrão que vai de muito leve a profunda e grave.

    O que interessa é continuares a fazer coisas que gostes, e recuperares bons ãnimos

    Se for uma depressão laboral e tiver culpados...
    http://fartosdestesrecibosverdes.blogspot.com/
     
  10. netwolf

    netwolf New Member

    Sabem que o mais dificil é andar com cara normal, para não preocupar as pessoas que me rodeiam...............
    A cabeça não para de pensar, calcular, não consigo parar.............entendem, para a a malta da informática entender é tipo "stack overflow". Muita informação e pouca capacidade de resolver.
    Honestamente, vou confessar-vos que estou com medo de ir andar de bike, tenho medo da reacção, mas amanhã vou sair, tenho de vencer esse medo......

    Obrigado pela ajuda.
     
  11. vascompsousa

    vascompsousa New Member

    Vais ver que um passeio de bike, sem pressas e sem stresse, só te fará bem.

    Abraços e recupera


    Vasco
     
  12. pratoni

    pratoni New Member

    Penso que, se actualmente a bike é uma coisa boa para ti, ir passear então só te fará bem.

    Tenta não fazeres algo muito puxado fisicamente, tenta ir mais pelo lado lúdico, como aproveitar uma bela paisagem ou isso, e não sofreres por apanhares um empeno.

    Além de que os medicamentos podem ter alguma influência na forma física...

    As melhoras! :wink:
     
  13. pintox

    pintox Member

    Antes demais desejo-te as melhoras e uma rápida recuperação.
    Sei bem o que é isso, pois a minha esposa está a ser tratada de uma profunda depressão que infelizmente ainda dura :( tem sido duro para ela e para o resta da familia, mas segue os conselhos que a malta cá do forum deu, fazer aquilo que mais gostamos e nos dá prazer é sem duvida o melhor remédio.

    Coragem meu caro. A vida é bela. :wink:
     
  14. netwolf

    netwolf New Member

    Agradeço do fundo do coração a força que têm dado, amanhã vou ver se vou com companhia, no caso de me sentir mal é melhor.
    Eu pensava que isto das depressões só acontecia aos outros e afinal....................
    Ontem como tinha sono armei-me em aventureiro e não tomei o medicamento .................... foi horrível :cry:, não volto a fazer isso....................

    Obrigado pela ajuda amigos.

    Cumprimentos a todos.
     
  15. madnez

    madnez New Member

    Olá
    Se fores de sintra e quiseres ir andar diz alguma coisa , ainda não posso pois estou a recuperar de uma queda mas penso que mais uma semana e estou ok.
    Um Abraço
     
  16. Odin-Trek

    Odin-Trek New Member

    Já tive essa experiência e te digo nunca deixes de tomar a medicação só por pensares que estás melhor, eu fiz isso e passado poucos meses estava igual, e vai daí passei por tudo novamente.
    Pensa nisso como uma fase passageira da tua vida , mas com a força da mente tudo se consegue, concentra-te antes no bom da vida e vais ver o tempo tudo cura.
    Grande abraço
     
  17. prowler

    prowler New Member

    Desde já as mais rápidas possíveis melhoras.
    Não sou nenhum expert na matéria nem nada que se pareça, mas acho que fazeres aquilo que gostas é uma ajuda suplementar ao tratamento.
    Mas convém teres em atenção os efeitos secundários de os medicamentos que podem prejudicar o rendimento, reflexos, concentração, etc.
    Cumps
     
  18. amelia

    amelia New Member

    Nestes últimos 9 dias passei pela pior gripe de que me lembro (não só devido à duração como também severidade dos sintomas).
    Apesar de ainda me doer a garganta e de ainda não me ter livrado da sinusite por completo, hoje peguei na bicicleta e fui andar ... devagarinho, só para aproveitar o bom tempo e matar o vício. Bem não deve fazer, mas sempre fará menos mal do que ficar mais um dia fechada em casa a ver televisão ou DVD's!
    Está claro que uma gripe não é exactamente uma depressão, mas acho espairecer é sempre uma ajuda.

    Coragem,

    AM
     
  19. msantos1708

    msantos1708 New Member

    Boas,
    Desde já desejo-te as melhoras NetWolf, mas não esperes melhoras muito rápidas. O meu ano de 2008 iniciou-se com o mesmo diagnóstico, exactamente por causa do trabalho, misturado com outras coisas da vida.
    Em fins de Janeiro estava a trabalhar "desesperado" como acontecia à uns meses valentes, e telefonei á minha esposa a dizer-lhe que me ia demitir pois já não aguentava mais.
    Quando cheguei a casa ela tinha arranjado uma consulta com a médica de familia (por acaso o marido dela é psicólogo) o que para mim foi uma sorte.
    Eu estava num estado em que já não tinha perspectivas nenhumas em relação ao futuro, o cérebro já não aceitava nada, e no dia vim para casa nem ler nem escrever conseguia, fundi mesmo os fusiveis.
    Com o tratamento comecei a ter ligeiras melhoras, mas atenção não tinha vontade nenhuma de fazer algo, inclusivé andar de bicicleta, não me sentia confiante, diga-se "tinha medo".
    Entrei de baixa, evidentemente, mas como não consigo estar em casa sem fazer nada, e sentia-me melhor (sempre tive bastante apoio da minha mulher), ao fim de dois meses e meio pedi á medica para ir trabalhar, tudo contra mim, fui avisado dos riscos de uma recaida, só que eu queria ir trabalhar... e trabalhei 2 meses :cry: estou em casa de baixa já à perto de 5 meses e a médica não me deixa ir trabalhar de jeito nenhum (diz que é só quando ela verificar que estou mesmo em condições para tal.
    Apesar de o pessoal te dizer para ires andar de bicicleta, e têm toda a razão, é normal que não te apeteça e comeces a "inventar" desculpas para não ir... se não tiveres vontade, se não te sentires seguro, faz como eu, passeios pequenos junto a casa, sai de casa com o fato de treino e vai andar... vai ver em detalhe aquilo que normalmente não consegues ver, por causa do dia a dia agitado, arranja um hobby para te manteres ocupado, eu por acaso faço modelismo, senta-te no sofá lê um pouco (se tiveres vontade) e a seguir vai ao café, ou qq coisa.
    Se não tiveres vontade de andar pega na bicla e dá uma volta ao quarteirão.
    É muito dificil eu sei e os problemas não desaparecem, não sei quais os problemas ao certo, mas tenta resolver primeiro os mais fáceis, sempre são menos uma dor de cabeça, e não te esqueças sai...sai sempre um bocadinho, apanha bastante ar...
    E faz um favor a ti próprio não deixes de tomar a medicação nunca, ela é bastante importante como parte do tratamento.

    Cumprimentos e as melhoras
    Manuel Santos
     
  20. netwolf

    netwolf New Member

    A medicação que estou a fazer (Fluoxetina e outro que agora não me lembro) foi receitada por médico de clínica geral........ Se calhar vou a um de especialidade?
    O que acham? Os médicos de clínica geral têm conhecimento para lidar com isto ou é melhor ajuda especializada?
     

Share This Page