Depressão

boas pessoal,

a meses atras publiquei um post acerca do meu estado, que é tb esta M*** de depressão... entretanto ausentei-me do pais e nunca mais voltei a publicar mensagens... estou a tomar medicação há ja 4 meses e sinceramente sinto-me igual... mais apagado, mais mole e mais sonolento... enfim uma desgraça... alguns dos meus familiares pensam que é mania que eu tenho que eu sou preguiçoso, eu queria vê-los no estado em que estou se é mania...
ouvi falar de terapias alternativas que se possam fazer a par da medicação, alguem já ouviu falar de algo que me possa ajudar? é que a bike tem-me ajudado um pouco mas sei que não estou bem...
 
Boas, não tenho nenhum conhecimento cientifico que te possa ajudar, talvez uma sugestão: se a bicicleta te tem ajudado pq não tentas arranjar uns objectivos sem ser demasiado ambicioso?Tipo chegar aos 100km ou fazer aquela volta que tens vindo a adiar?De preferencia acompanhado que sempre da p desanuviar um bocado.Não faz milagres mas pode ajudar a sentir um bocado mais realizado...acho eu.

Como és novo aqui,dá uma vista de olhos no "ponto de encontro",podes encontrar malta a quem te juntares para dar umas voltas.
 
boas a todos
sim tenho que começar a delinear objectivos...
mas também ando a ver estas tais terapias porque preciso de "limpar" estas emoções que estão na minha cabeça constantemente...pesquisei na net e a uma clínica que diz que ajuda as pessoas com depressão com a hipnose clínica... acho que vou experimentar. Alguém já fez sessões destas?
ab.
 
É complicado lidar com ansiedade, pânico e/ou depressão, claro que é; não obstante parece que existem aqui muitas pessoas porreiras prontas a ajudar ao próximo.

Costumam fazer alguns encontros para libertar o "raio" do stress?
 
Partindo da minha condição de atirador de postas de pescada, sugiro:

Utiliza a bicicleta e sai de casa. Aproveita a saída para pores um objectivo do género "vou até XXXX sítio que fica a 6 kms daqui e volto". No dia seguinte, faz o mesmo. No outro dia, não fazes nada porque é sábado dá a Liga Inglesa, Espanhola e Portuguesa e ficas a ver a bola. No dia seguinte, vais um bocado mais longe. E assim, sucessivamente.

Põe pequenos objectivos, concretizáveis, e a partir daí vai aumentando a dificuldade.
 
Boas a todos,

praticar exercicio fisico ajuda sempre o fisico mas também a alma, poderia-se pensar que a pessoa ao começar a praticá-lo ficaria ainda mais cansada do que já andava, mas isso não é verdade, o exercicio fisico cansa inicilamente mas depois ajuda a relaxar a pessoa a muitos niveis, e então se for a praticar um desporto que a pessoa gosta... é o ideal.
O ciclismo é um excelente desporto, pois convives, limpas as vistas, arejas a cabeça e ainda perdes uns kilitos ou kilões se for preciso. Se tivers uma BTT, então podes ir para quase todo o lado.

Também anda super cansado e irritado com o trabalho e sei lá o quê mais (infelizmente até sei)... mas não quero nada de depressões e essas tretas e tal...

Fiz ciclismo (de estrada) quando tinha 17-21 anos mas depois derivado de outras situações, abandonei-o, mas de há 1 mês a esta parte voltou-me o bichinho e sinto que preciso dele :)
Ando a ver de uma bike tipo BTT CrossCountry que assim não me limito apenas à estrada, e espero até ao inicio do próximo ano já andar a pedalar.
Espero é ter mais juizo ;) porque naquela altura todos me punham a alcunha de "ciclista maluco", vai-se lá saber porquê?! (eu sabia :rolleyes:).

Como trabalho também na área de informática, até já fiz um quadro de treinos todo pimpas em excel. Só falta é mesmo a bike e siga... :)
 
Boas, vou dar a minha posta de pescada... Sinceramente e espero não ofender ninguém com isto, detesto psicólogos e afins. São apenas gente como nós que dizem que nos curam mas têm a vida deles piores que a nossa. Logo por aí, nem sequer os consigo ouvir.

Depois, os medicamentos que te dão não são nada mais que químicos do piorio que criam vício, te deixam dormente e te tiram a capacidade de estares plenamente consciente da realidade que te rodeia.
Não sei se és casado, se és solteiro se és gay, ou que és. Mas sei que a depressão é a pior porcaria que pode haver. Dá cabo de tudo, deixas de acreditar em ti, de ter amor próprio e chegas a acreditar que se a tens é porque a mereces.

O que tens de fazer é procurar ocupar a tua vida ao máximo, ou seja evitar ter tempo morto que te permita pensar no que sentes.
Procura uma companhia, feminina, masculina, amigos etc. Alguém de preferencia que não te conheça. Que não saiba se tens ou não depressão.
Dá-te a conhecer, conversa e faz uma vida que não seja a que tens. Ou seja, procura fazer um "reset" à tua máquina.

Ocupa-te com algo que consigas ter vitórias quase todos os dias. Tal como acontece qd tentas fazer uma subida ingreme e já n aguentas. Não desistas. Amanhã já sobes mais um metro.
Vais ver que não precisas de medicamentos. Mentaliza-te que eles é que te estão a fazer mal.
Basicamente estão a deixar-te como tu dizes estar. Não te estão a espevitar nem a dar energia. Pelo contrário.

Sai de casa. Se foi por desgosto amoroso ou perda de alguém que te era querido, ou perda de trabalho ou problemas familiares, tenta ao máximo evitar ambientes em que te revejas nessas situações.
Acredita em tu próprio. Olha-te ao espelho e diz: Este não sou eu. Sou bem melhor que isto. Tenho capacidades. Tenho querer e o que não quero é mais isto.

O tempo cura tudo como se costuma dizer. Eu ouvi-o muitas vezes qd tive um desgosto amoroso e entrava a 100 saía a 1000 porque continuo com a certeza que o tempo não cura nada.
O que cura é que com o passar do tempo, vais conhecer alguém, vais dedicar-te a alguma coisa, a um trabalho, um hobbie, uma treta qualquer que te vai fazer esquecer o resto.

É muito fácil falar quando se está por fora.
Mas sinceramente, tenta mesmo mudar de vida. Finge para ti próprio que renasceste. Que és outro. Que o actual teu já deu o que tinha a dar. Agora em diante és outro. És o melhor que tens em ti.
Só assim vais conseguir passar esta fase. Não te fiques pela dormência. Isto está mal para toda a gente. Uns mais que outros. Uns com dinheiro não conseguem ter o mínimo que é uma familia junta. Andam a passear-se todos os dias e o que olham podem comprar mas só para esquecer o que lhes falta em casa. Outros estão pobres sem nada, com familia para alimentar.
Pois eu vejo familias de 12 irmãos darem-se bem e olharem uns pelos outros com meia dúzia de tostoes.

Acredita em ti. Se tu não o fizeres, ninguém o vai fazer por ti.
 
Boas, vou dar a minha posta de pescada... Sinceramente e espero não ofender ninguém com isto, detesto psicólogos e afins. São apenas gente como nós que dizem que nos curam mas têm a vida deles piores que a nossa. Logo por aí, nem sequer os consigo ouvir.

Depois, os medicamentos que te dão não são nada mais que químicos do piorio que criam vício, te deixam dormente e te tiram a capacidade de estares plenamente consciente da realidade que te rodeia.
Não sei se és casado, se és solteiro se és gay, ou que és. Mas sei que a depressão é a pior porcaria que pode haver. Dá cabo de tudo, deixas de acreditar em ti, de ter amor próprio e chegas a acreditar que se a tens é porque a mereces.

O que tens de fazer é procurar ocupar a tua vida ao máximo, ou seja evitar ter tempo morto que te permita pensar no que sentes.
Procura uma companhia, feminina, masculina, amigos etc. Alguém de preferencia que não te conheça. Que não saiba se tens ou não depressão.
Dá-te a conhecer, conversa e faz uma vida que não seja a que tens. Ou seja, procura fazer um "reset" à tua máquina.

Ocupa-te com algo que consigas ter vitórias quase todos os dias. Tal como acontece qd tentas fazer uma subida ingreme e já n aguentas. Não desistas. Amanhã já sobes mais um metro.
Vais ver que não precisas de medicamentos. Mentaliza-te que eles é que te estão a fazer mal.
Basicamente estão a deixar-te como tu dizes estar. Não te estão a espevitar nem a dar energia. Pelo contrário.

Sai de casa. Se foi por desgosto amoroso ou perda de alguém que te era querido, ou perda de trabalho ou problemas familiares, tenta ao máximo evitar ambientes em que te revejas nessas situações.
Acredita em tu próprio. Olha-te ao espelho e diz: Este não sou eu. Sou bem melhor que isto. Tenho capacidades. Tenho querer e o que não quero é mais isto.

O tempo cura tudo como se costuma dizer. Eu ouvi-o muitas vezes qd tive um desgosto amoroso e entrava a 100 saía a 1000 porque continuo com a certeza que o tempo não cura nada.
O que cura é que com o passar do tempo, vais conhecer alguém, vais dedicar-te a alguma coisa, a um trabalho, um hobbie, uma treta qualquer que te vai fazer esquecer o resto.

É muito fácil falar quando se está por fora.
Mas sinceramente, tenta mesmo mudar de vida. Finge para ti próprio que renasceste. Que és outro. Que o actual teu já deu o que tinha a dar. Agora em diante és outro. És o melhor que tens em ti.
Só assim vais conseguir passar esta fase. Não te fiques pela dormência. Isto está mal para toda a gente. Uns mais que outros. Uns com dinheiro não conseguem ter o mínimo que é uma familia junta. Andam a passear-se todos os dias e o que olham podem comprar mas só para esquecer o que lhes falta em casa. Outros estão pobres sem nada, com familia para alimentar.
Pois eu vejo familias de 12 irmãos darem-se bem e olharem uns pelos outros com meia dúzia de tostoes.

Acredita em ti. Se tu não o fizeres, ninguém o vai fazer por ti.
Se isto fosse o Facebook eu fazia um "Like" :)
 
Com todo o respeito ao tema e aos intervenientes, atenção que os psicólogos não passam receitas nem dão medicamentos. Nesse caso será um psiquiatra. Os psicólogos não são nenhuns "mágicos" e é óbvio que têm problemas como todas as outras pessoas, mas muitas vezes ajudam e muito, muitas vezes a criar os recursos e as condições para se fazer tudo o que o colega Lanwolve disse.
 
Caros amigos,
Resolvi deixar o meu testemunho, alguns anos depois....
As coisas voltaram ao "normal" mudei completamente a vida, tenho um trabalho que amo, acordo todos os dias com uma energia sobre-humana para ir trabalhar, nestes mais recentes anos, já viajei....infelizmente, perdi o meu pai....
Mas aguentei tudo, por vezes fico mais frágil, mas nunca mais caí.....
Tenho rodado bastante, é a maneira de ter a seratonina controlada :D
 
uns anos depois dos meus anteriores posts... mudança de vida/trabalho, novas ocupações, novas e espectaculares amizades, o mesmo passatempo principal... continua tudo fino por este lado :)