Santa Cruz Nomad 2008 à la carte

Eu a pensar que lhe ias botar uma BOS... :mrgreen:

Acho que a unica coisa que destoa é mesmo o disco da frente... o outro ficava estéticamente muito melhor
 

ngrn

New Member
Boas

Fizeste muito bem em trocar e depois de alguns km´s nem vais notar.
No fim de semana passado num passeio troquei de bicicleta com um amigo que tem uma Ransom 10 2009 que tem uma tallas e não gostei muito do funcionamento dela. Claro que em subidas é muito melhor baixar o curso mas já estou tão habituado que nem noto. Neste dois fins de semana que passaram fui fazer o passeio de Alte (54 km) e o de Marmelete (30 km) e a bicicleta aguentou-se muito bem em subidas acompanhando pessoal com menos curso. A unica alteração que faço quando ando em Xc é um pouco mais de pressão mas como o passeio de Marmelete é sempre a subir e sempre a descer regulei para descida e curti imenso. Não fiquei muito empenado em subidas de 5 km e não notei falta de rendimento da mesma.

Tal como tu prefiro o funcionamento em descida do que em subia e ai é que ela é necessária (pelo menos para mim).

Em termos esteticos fica muito louca assim. O preto veio lhe dar um toque necessário para ficar linda.

Alem disso adoro essas rodas, são muito loucas.

Outra coisa, não gastas muita pastilha com esses discos. Tive uns desses e comiam pastilha quem nem uma maluca. Voltei aos discos ditos normais.

Parabens pela bike.
 

ngrn

New Member
Dos alligator.

Comprei uns e comeram-me as pastilhas todas. As pastilhas com esses discos duraram me 2 meses , tive de mudar para os normais.
 

Pax

New Member
Travo pois! E não é nada pouco! :oops:

Vim agora mesmo de um pequeno city assault misturado com uns singles na terra e já deu para ver que a diferença para a Talas é mesmo MUUIITAA!! :twisted:
 
....nem mexia no curso variável, e realmente sentia falta do trabalhar da mola..
Fizeste realmente muito bem, eu aquando da troca para a mola também notei imenso a diferença e para mim é um trabalhar muito melhor, a sensibilidade, a mola a funcionar é diferente do ar/óleo e muito mais a meu gosto.

Pena que a minha agora quase que está encostada. Ainda ontem à noite estava com umas saudades de ir fazer umas descidas...........
 

Pax

New Member
Viva lpsferreira!!

Tens andado desaparecido.

Realmente é uma pena teres o teu avião encostado.

Vê se consegues aparecer em Sintra no dia 16, para o passeio AM. ;)


:back2topic:
 
Eu não ando desaparecido, ando neste momento mais virado para vertentes mais LIGHTS do BTT, mas realmente dá um gozo tremendo agarrar na NOMAD e deixa-la descer pelos montes abaixo.
 

ngrn

New Member
Boas Pax

Estive agora a ver melhor as fotos e não consegui ver se a tua Fox Van é a R ou a RC2?

Ontem foste dar uma volta, conta como se comportou a suspensão, ou melhor faz uma comparação do que sentiste?
Se poderes fala um pouco do setup e como afinaste a suspensão.

Eu na minha já tenho dois settings optimos para andar em xc e Dh mas outras dicas são sempre bem vindas.

Cumprimentos
 

Pax

New Member
A Van é a RC2.

No setup ainda não mexi muito. Só orientei o rebound e a pré-compressão.

A compressão a altas e baixas velocidades não foi mexida. Está como veio de origem.

Vou ver se este fim-de-semana perco algum tempo com essas duas afinações.
 
Amukinado said:
A Vantagem da 36 Van é que está sempre boa. Esteja com que afinação estiver, está sempre um espectáculo! :twisted:
Se estás a comparar com a Tallas, concordo; se estás a comparar a 36Van com VAN-RC2 então não diria ser uma vantagem...
A VAN é simples mas a VAN-RC2 permite ir mais além. Dependendo do que se quer fazer com a suspensão, uma correcta afinação das taxas de compressão de alta e baixa velocidade podem realmente fazer a diferença e acima de tudo permitem adaptar melhor a suspensão às particularidades de cada trilho.

No entanto, acredito que a maioria de nós (excepto quem faz competição) não deve mexer muito neste tipo de afinações... eu basicamente ando sempre com a "goela aberta", o objectivo é colocar a 36 VAN-RC2 da minha Nomad a papar tudo eheh :wink:

ps - mas afinal qual é o problema com a cor do selim? o que interessa é ser confortável!!!

Abraço,
André