Funcionários Públicos vs funcionários do Privado - Qual escolherias?

Jocas, tu falas de casos particulares e de alguns sectores, eu já te percebi. Mas o mal das generalizações é que afectam sempre quem não merece. Garanto-te que não está aqui nada mal explicado.

O que te está atravessado (e bem) são os casos da TAP, REFER, Carris, etc. ou estou errado?! Agora repara é que esses casos nem sequer são o "verdadeiro" funcionalismo público; nesse caso sim, há todas as razões para que se esteja indignado e, mais uma vez digo - privatizem e vejam em quanto tempo irão começar a dar lucro.

Mas não esqueçam que a função pública inclui muitos outros sectores, que, bem ou mal, consoante o orçamento que lhes é disponibilizado, vão tentando servir os cidadãos.
 
Boas,

Jocas se dissesse algo em favor dos funcionários do estado ainda lhe chamarias sério?

É que ser sério não está relacionado com a concordância..ou está?


Cumps,

Mach3
 
Há aí contas mal feitas, para um corte direto de 5000€ os valores teriam que ser esses. Basta considerar as taxas de corte, que são de 3,5% até 2000€ e de 16% para o valor acima de 2000€ para valores brutos de 2675 no somatório dos dois o valor de desconto seria de 3.5%, ou seja 92,75€ vezes 14 vencimentos =1298,5€, muito longe dos 5000€ mencionados, a não ser que existam outras tabelas das quais eu não tenha conhecimento.
 
Eu não sei exactamente que contas estás a fazer, nem tenho, neste momento, tempo para prestar atenção a isso; mas para começar, eu não tenho 14 vencimentos, tenho 12; e é precisamente no desconto que me fizeram nos 2 vencimentos extra (sub. Natal e férias) que está a grande maquia.

Mesmo este ano, onde supostamente um subsídio "iria ser resposto gradualmente", essa reposição é ainda menor que a alteração na tabela do IRS, ou seja, na prática ainda vai recebo menos, por mês, LIMPO, que no ano passado.

E contas feitas, o que realmente interessa, no final do ano, o valor que DECLARO no IRS a menos, ultrapassa os 5000€. Ficou claro?
 
é tão fácil falar e generalizar
1º - em 2012 para um vencimento bruto de 1700 euros os cortes foram:
corte de 14 % correspondente aos subsídios
3,5% de sobretaxa para irs
1,5 % para CGA e ADSE

em 2013, recupera um dos subsidios, mas as alterações de IRS leva a que fique mais ou menos igual a 2012

2º- a minha declaração de IRS 2012 terá um valor inferior a 2001, altura em que era contratado. Isto é que foi subir...

3º Tb sou pequeno empresário e nenhum dos meus funcionários trabalha 10 horas por dia. Por isso, nada de generalizar.

4º - o corte de remuneração quer no privado, quer no publico, vai levar a mais recessão. Devido aos cortes de 2500 milhoes na FP levará o crescimento descer de 1,1 para 0,3%

POr último uma reflexão: Por que razão os maiores defensores da privatização dos serviços são os que trabalham encostados ao estado? Exemplo de hoje: António Borges - 25 mil euros por mes, em assessoria nas privatizações.
 
costta said:
POr último uma reflexão: Por que razão os maiores defensores da privatização dos serviços são os que trabalham encostados ao estado? Exemplo de hoje: António Borges - 25 mil euros por mes, em assessoria nas privatizações.
É escusado porque o pior cego é aquele que não quer ver; e por muito que se tente abrir os olhos a muita gente, em terra de cegos, quem tem olho é rei.

Assim de repente, são dois provérbios populares que assentam que nem uma luva ao burgo.

Era óptimo poder "ouvir" aqui as opiniões dos que agora muito se queixam, quando os serviços básicos de FP se privatizarem.
 
Eu nem quero ver, quando privatizarem as Finanças, vai ser bonito vai, preparem-se, se eles já são os que mais impostos cobram (80% do total de impostos cobrados em portugal, e a unica empresa a dar lucro, :D) vai ser bonito vai.
 
Antes de mais parabêns ao Benfica pela sua vitória de ontem.



Hoje é dia da Mãe e logo ás 20h00 muita gente vai dizer - "Minha Mãe do céu..."
Vem aí bomba, mais "pancada" para os funcionários públicos...da forte.
 
Na minha opinião, ambos são precisos na estrutura de um pais, o que não faz falta são os "boys" assessores e gente que se encosta aos partidos.:fpalm:
Policias, bombeiros, motoristas de transportes publico e médicos são tão bons e maus como na minha empresa e na vossa, de todos...! pois segundo os relatos da comissão europeia e nos media não temos excesso de f.p como pregoam nas altas esferas dos governos que elegemos. Pois a crise bancaria é a principal hencatombe do sistema financeiro e as PPP etc. Haverá sempre defice, nem a saída do Euro (sou a favor) não é tão mal como pintam, pois o banco europeu e americano, este por ultimo e com certas reticencias, não permitem que as moedas desvalorizem mais do que 10% ou valorizem + 10%, como ja tem acontecido e aconteceu no passado recente. Não acredito nem existem uma só solução, pois depende da nossa cabeça se é burra ou lógica na resolução dos problemas.
Atenção eu sou europeísta mas Portugal em primeiro lugar.
 
lembro-me de ir às repartições de finanças e tinha de esperar que os funcionários acabassem de falar sobre as férias, de mostrarem as fótos...para depois me atenderem...que se trompiquem e façam uma bela limpeza...até se atropelam nas câmaras municipais, etc...