Quero estoirar 4500€. Quem me ajuda?

Status
Not open for further replies.
#41
Sim, é durante o Tour de França. Não tenho a certeza se fazem uma promoção de estrada e outra de btt no mesmo dia ou se vão alternando. Durante a prova eles têm uma área própria para as promoções especiais do Tour e o stock é limitado....

Depois, aquilo também depende um bocado da performance das Canyon da Omega Pharma Lotto durante a prova. P. ex., se o Gilbert ganhar a primeira etapa no Mt. Saint Michel (é o principal candidato) e arrebanhar a amarela, concerteza no dia a seguir eles vão mandar qualquer coisa especialmente bombástica!
 
#43
A vantagem do 2x10 para mim é psicológica, muitas vezes vamos na avozinha porque achamos que quanto mais leve a pedaleira for menos nos custa, mas isso não é verdade, se levarmos um pouco mais de peso mas com uma progressão maior temos de dar menos ao pedal, não sei se me estou a conseguir explicar.
 
#45
Sim Mepim, estou a entender.

Eu nunca uso o carreto maior atrás, só se for em alcatrão porque em subidas técnicas é demasiado desmultiplicado patinando em demasia e levantando mais facilmente a roda da frente. A bike também via muito devagar e basta patinar um pouco ou passar por cima de alguma pedra maior ou raiz para parar. Normalmente com a avozinha na pedaleira atrás e a subir bem será no 2º carreto ou 3º.

Sabes a que corresponde a avozinha da Scalpel em relação ao pedaleiro 3X9?
 
#46
Então se é assim não vais ter qualquer problema com o 2x10, a primeira no sistema 2x10 corresponde mais ou menos a uma segunda no sistema 3x9.

Para teres uma ideia a relação de pratos na 3x9 é 22-32-44 e na 2x10 é 27-42, por aqui podes ver que a diferença não pode ser muita.
 
#48
Boas

Tenho tenho essa dúvida da relação 3X9 com a 2X10 se é que podemos fazer esta relação, mas podermos saber +/- o que lhe corresponderia...

Rui tal como tu, também estava muito inclinado para a Scalpel mas as cores de 2012 não me convencem muito, pelo menos online... e para ajudar à festa penso que os componentes de 2012 são mais fraquinhos..., falo na Scalpel 2, mas penso que será comum aos outros modelos...

Se alguém já deu olhada e poder dar a sua opinião...

Boas pedaladas
 
V

vader

Guest
#50
Cuidado com a falta da avózinha...........
Ou vocês andam muito,treinam muito.......ou, não tem subidas ,quer em inclinação quer em distancia.
Além de que ao fim de 70 ou 80 Km., se apanharmos uma subida tipo as antenas de Portalegre, estamos sujeitos a fazê-la toda á mão.
Mas atenção tudo tem o seu mercado , a 2x10, acho que não acrescenta nada ao típico participante em passeios e maratonas, agora se a pessoa em questão fôr um pro....o caso muda de figura.

Cumps
vader
 
#51
Para quem tenha medo dos 2x10... não tenham que eu com 3x10 basicamente já quase não uso a avozinha... só mesmo em autenticas paredes... E com a avozinha, os pratos maiores atrás viram inúteis... só uso para aí do 4 para a frente.
Ou seja, 3x10 fica desequilibrado, na minha opinião. Para passar do meio à frente para avozinha, tenho de meter várias velocidades atrás e ao passar da avozinha para o meio, o inverso... é chato. E daí simplesmente evitar usá-la.
Eu é que não estou para me por já a gastar dinheiro em mudanças.... senão, ia já fora o 3 à frente.
 
#53
Ou, com matemática (para quem goste):
Com 3x10:
-3 maiores pratos atrás (cassete de 10velocidades): 36, 32 e 28 dentes.
-A maioria das subidas que faço, não vou abaixo do prato do meio à frente (32dentes) com o maior prato atrás (36dentes), pelo tenho uma relação de 36:32=1.125
-Com avozinha (22dentes), a mudança mais leve de trás que uso é o prato de 28dentes, pelo que fico com uma relação de 28:22=1.27
Por curiosidade, as relações que ainda me sobram são, 32:22=1.45 e 36:22=1.64 (mais de uma volta e meia ao pedal para 1 volta da roda de trás)

Com 2x10 teria como relações mais leves:
36:27=1.33 (mais leve do que a mais leve que alguma vez uso no sistema 3x10, portanto, para mim, sem stresses com 2x10)
32:27=1.18
28:27=1.03

Tenho pena é de a minha bike não ter vindo com 2x10... 3x10 já é mudança a mais!


PS:peço desculpa por não ter dado para editar o post anterior... os tempos das respostas entre os vários posts estão curtos!

EDIT:
jmdcfigueiredo, uso em autenticas paredes por ter 32dentes na frente... com 27dentes, sinceramente duvido que viesse a sentir falta de uma mudança mais leve.
Inicialmente eu estava na boa com os 3x10... dado que o peso não é o mais importante para mim. Senão, em vez de comprar uma Cannondale RZ120, comprava outra coisa qualquer mais leve com o mesmo dinheiro. Simplesmente, acho que com tanto dente atrás... 3 pratos na frente só complica.

Gonçalo Perpétuo
 
Last edited:
#55
Arranca-lhe a avozinha fora se achas que está aí tão a mais!

Eu uso 3x10 mas com 34 atrás e recomendo.
Raramente uso a avozinha mas às vezes dá jeito e prefiro não abdicar dela nessas alturas
 
#56
Podes nuncar utilizar no teu dia a dia visto conheres/saberes o que vais encontrar, calhas a fazer uma prova e que não basta aquilo ser uma parede autentica, senao com grande distancia e depois ai vais-te lembrar da avozinha.. Não justifica tirares peso tirando isso, nao compensa mesmo. Pode nao fazer falta hoje, no dia de amanhã nunca se sabe..
 
#57
Olá supern,

Em relação às cores da nova Scalpel ainda é cedo pois o que anda a circular na net é ainda um protótipo. A nova gama é apresentada de 10 de Julho. Quanto ao equipamento ponho dúvidas que baixe, não faz sentido, normalmente sobe sempre ou mantêm-se. O preço esse sim, deve levar um aumento porque o ano passado foi a única marca que não subiu os preços.

Em relação aos pratos e falando com quem tem a diferença parece ser pouca, senão vejamos: Agora no prato pequeno (3x9) tenho 22 dentes no pedaleiro e 34 na cassete maior. Na versão 2x10 temos 27 dentes no pedaleiro e 36 dentes na cassete. Perde-se um bocado no pedaleiro e ganha-se mais alguma coisa na cassete.

Pirolito é mais uma ideia, mas com Scalpel fica-me por cerca de 3500€, se fosse a de 2011.

Vader, podes ter alguma razão no que dizes...

Por outro lado tenho de concordar com o _King _Pin_, a mim acontece-me o mesmo, em terra nunca uso o carreto de trás na mais pequena de 34 dentes e muito raramente no de 32 dentes, normalmente só no de 30 dentes para a frente. Por isso parece-me que a relação em 2x10 no carreto de 36 deve ser muito parecido com o carreto de 30 na versão 3x9.
 
#58
Aquilo que vos posso dizer em relação ao 2x10 é que participei no Passeio de Mafra que teve cerca de 40kms e 1100 mts de acumulado e não fiz nenhuma das paredes a pé, fiz o passeio de Alverca onde foram cerca de 50kms com 1400mts de acumulado e também não fiz nenhuma subida a pé.

Como já mencionei atrás, acho o sistema 2x10 mais eficiente que o 3x9 (3x10 nunca experimentei), consegue-se um ritmo de pedalada melhor com uma progressão bastante boa.
 
#59
jmdcfigueiredo said:
Arranca-lhe a avozinha fora se achas que está aí tão a mais!
+comprar prato de 27dentes + comprar shifter para 2 velocidades numa bike com 3 meses? Quando tiver o material gasto... claro que o farei! Até lá... continuo com o "2"x10 com prato 32dentes, excepto paredes.:D
Acho que fui bem claro que com 32 dentes preciso da avozinha para as paredes. No entanto, a relação mais leve que uso entre avozinha+cassete é mais pesada que a relação mais leve do sistema 2x10...

nkap3
Participo regularmente em passeios e bem que já tenho apanhado de todo o tipo de paredes (nota-se que as organizações volta e meia as procuram a dedo...:rolleyes:). Acho que com 3meses de uso, ~800km e 6 passeios/raids/maratonas entre 900 e 1600m acumulado, já tenho uso suficiente nesta transmissão para o que escrevo estar razoavelmente fundamentado tanto em experiência como matematicamente pelo post acima?
Agora pegando, por exemplo, no raid de Minde. Acompanhei um colega meu que pouco tem andado e que como tal, rebentou. À conta disso, na última subida, bem vi de facto muita gente "meio morta" a subir na mudança mais leve que tivessem... para todos esses, 2x10 só se for para os matar de vez!

Portanto, mais uma vez sublinhado, para mim e acho que para qualquer um que ande com bastante frequência (dado que eu estou beeeeeeem longe de ser um Vitor Gamito), 2x10 chega perfeitamente e até é preferível a passar a vida a inventar combinações com o 3x10.

Boas pedaladas,
Gonçalo Perpétuo
 
#60
Boas,


Eu li o tópico assim meio na diagonal, pelo que não me apercebi se a escolha já foi ou não feita.

Contudo eu com o teu orçamento ia a uma loja e negociava um desconto para não passar os 4500€, e mandava vir uma destas para a mesa do canto:

Bicicleta SantaCruz Tallboy Carbon 29er - R XC




Atributos Quadro:
Utilização: XC-Racing, CrossCountry, Maratonas
Quadro integralmente construído em Carbono
105mm de curso
Sistema de suspensão VPP (Virtual Pivot Point)
Link superior em carbono
Link inferior com portas de lubrificação
Direcção cônica de 1.5" | 1"-1/8
2410 grs de peso (tamanho L com amortecedor Monarch 3.3)
Dimensões:

Possibilidade de montar suspensões dianteiras 29er entre 100mm e 120mm de curso
Caixa de Direcção: 1,5" | 1-1/8"
Espigão de Selim: 30.9
Mudança da Frente: 34.9 Top Swing
Componentes da Bicicleta:
Quadro: Tallboy Carbon FOX RP23
Suspensão: FOX F29er RLC 120 QR15 Tapered
Caixa de Direcção: Cane Creek Tapered
Guiador: TruVativ Stylo Team 31.8mm
Avanço: TruVativ Stylo Race 31.8mm
Espigão de Selim: EASTON EA 50
Manípulos de Mudanças: Shimano SLX - 10v
Mudança de Trás: Shimano XT SGS - 10v
Mudança da Frente: Shimano SLX - 10v
Pedaleiro: Shimano SLX M660 24-32-42 - 10v
Cassete: Shimano SLX 11-36 - 10v
Corrente: Shimano HG74
Travões: AVID Elixir 5 c/ discos de 160 mm
Rodas: Aro Mavic 29er/Cubos Shimano XT Disco
Punhos: Lizard Skin Charger
Selim: WTB Silverado Team
Pneus: KENDA CrossMark 29er - 2.10

MAch3
 
Status
Not open for further replies.