Quero estoirar 4500€. Quem me ajuda?

Status
Not open for further replies.
#21
Olá Vader,

E a nível de escoras tens tido problemas? Como é a manutenção? Quantos km?

Olá Diavlo, quanto a montar uma bike de raiz, já dei uma resposta antes. É mais giro, escolhemos tudo o que queremos mas a maior dificuldade é conseguir combinar bem o material com o quadro, suspensão etc. Além disso fica mais dispendioso fazer isso.

Por exemplo, pelo que me disseram, a Cannondale com a Lefty, foi feito e afinado exclusivamente para aquele quadro. o amortecedor traseiro embora seja da Rock Shox tem uma afinação especial para este quadro. Daí eu estar mais virado para a Scalpel. O que não invalida que possa haver melhor, simplesmente eu não conheço, daí o meu post.
 
V

vader

Guest
#22
Escoras ????Zero problema !!! manutenção ????? nada, apenas lubrifico e tenho muito cuidado com a água nas lavagens.
Quando tiver de fazer manutenção mais profunda levo-a a um bom mecanico.
Kms?, cerca 1200 kms.
Além de que dependendo do teu tamanho, ainda têm para entrega.
 
#23
Pois, o tempo da entrega é que é o grande problema da Cannondale. Eu se quiser uma Scalpel tenho de esperar uns bons meses pois já não tem nada para entrega desde de Maio até ao resto do ano!!!

Agora vou esperar pela apresentação do modelo de 2012 que é a 10 de Julho, ver o equipamento e preços bem como a imagem dela. Só então vou decidir o que quero. Dai estar aqui no forum a fazer alguma prospeção de mercado lol.

Tenho colegas com Specialized e Scott e até um modelo da Cannondale que já não se faz e utilizava escoras e tem muitos problemas nas escoras.
 
#24
O problema da scalpel é que vem com o pedaleiro FSA de 3 furos, depois para encontrar pratos compatíveis é uma chatice e pelo que se lê por aí os originais não são grande coisa.
Montar a la carte não é assim tão difícil, o maior problema é mesmo encontrar um bom negócio para o quadro.
Se pretendes comprar a bike completa eu escolheria a Canyon Lux MR 9.0. O que sobra dá para uns pedais e trocar o aperto do espigão de selim por um mais leve, e ainda sobra muuuito €.
 
#25
Olá FiCaçador,

Ainda não tinha ouvido falar que o pedaleiro FSA Afterburner dava problemas. De que género? Depois também concordo contigo, a Cannondale utiliza muito material fabricado, desenvolvido e desenhado por eles, o que por um lado pode ser positivo pois é feito exclusivamente para aqueles quadros e não para vender em série para outras marcas, mas por outro lado temos o problema da escolha ser muito limitada, só pode ser Cannondale.

Estou a ver que a Canyon tem muitos adeptos aqui no fórum.
 
#26
O problema não é do pedaleiro nem de compatibilidades entre o pedaleiro e o quadro, o problema é a incompatibilidade entre o pedaleiro e outros pratos que não sejam da FSA. O problema que se queixam dos pratos FSA é o chainsuck, agarram muito a corrente.
Agora ter o conjunto scalpel + lefty seria excelente, se a esse conjunto se acrescentasse o pedaleiro Hollowgram então era o conjunto complecto, mas isso só na de topo.
Escolhas limitadas por ser Cannondale, não há. Só mesmo o cubo da roda da frente por ser para a lefty.
 
#27
Boas!

Se considerares a Canyon tem muita atenção às promoções que eles fazem durante o Tour. Lembro-me de no ano passado venderem o quadro+amorteçedor Lux com 70% de desconto. Cada dia há uma promoção.

Eu tenho uma AL e estou muito satisfeito, mas a Cannondale já se sabe que é também muito bom!

Tens aí um bom problema em mãos!
 
#28
FiCaçador,

Então se quiser meter um pedaleiro XTR não dá. Mas se meter um pedaleiro Hollowgram já me safo? Mas só o posso fazer na Scalpel Ultimate? (a do topo?) Pensava que em qualquer Scalpel o podia fazer.

Parece-me que o selim também não é grande coisa nem os punhos, mas isso também é pouca coisa.

Luisfoliveira,

Quando falas do Tour, é o Tour de França? E onde posso ver esses descontos?
 
Last edited:
#29
Pelo valor do teu orçamento eu só ponderava duas coisas, Epic ou Scalpel, não sei exatamente qual o propósito para que pretendes a bike, mas pelo exemplo que dás da bike que tens e da que queres comprar não tinha muitas duvidas em resumir a escolha a estas duas máquinas.

Eu tenho uma Scalpel 3 e posso-te dizer maravilhas dela, já andei numa Epic Marathon e também é uma bike fantástica, experimenta as duas e decide por ti, eu optei pela Scalpel pela relação preço/qualidade, e também pela exclusividade.
 

HR

New Member
#30
Eu iria certamente para uma montagem "a la carte" de uma SC Blur xc carbon:

- quadro +- 2100€
- suspensão Magura Durin Race +- 600€
- grupo completo XT +- 600€
- rodas com uma montagem "light" tubless por ex: ZTR Alpine + Novatec SL +- 400€

Aqui ficaria resolvido o "grosso" da montagem e sobram +- 800€ o que serão necessários para por ex.: pneus (Racing Ralph Tubless ready - 65€), avanço (Procraft - 65€), guiador (Procraft - 70€), espigão (Thomson - 80€), selim (Selle Italia SLR Flow - 70€), punhos (Esi Grips - 17€), caixa de direcção (Crank Brothers - 70€), apertos de roda (várias marcas em Ti +- 40€), pedais (XT - 60€)

Cá esta uma sugestão que ficaria dentro do orçamento, bastante fiável e certamente bem leve...

"... just my 2 cents"

Muitas e boas compras...
HR
 
V

vader

Guest
#31
A Canyon que refiro (lux mr 9) custa 3600 euros, tras todo esse equipamento (referido por HR) ou melhor, sobram-te 900 euros que ficam no teu bolso, senão gostares de algum componente tens esses euros para gastares.
 
#32
FS para mim, Epic, Scalpel ou Spark...
Com 2000€ já compras uma Epic Expert Carbon de 2009 usada, aproveitando quadro com amortecedor + brain e a Sid Race à frente e o resto do dinheiro a meter tudo o resto bom e leve... Basta pesquisar na net que se encontra aqui em Portugal, pois ando a ver um negócio desses.. Só neste cenário é que vale a pena, aproveitando a Sid.

Se a tua intenção for mesmo o peso, eu iria para a Scalpel ou Spark... Spark's usados arranjas a 1000€ já com amortecedor...

Se só equacionas novas-> Canyon e não necessita de mais nenhum investimento.
Todas as outras para as meteres levezinhas, precisam de bastante investimento posterior.
 
#33
Olá Mepin,

Já tinha lido uns post teus em relação à Cannondale e vi que estavas muito satisfeito com ela. Em relação à Cannondale já tiveste algum problema? O FiCaçador escreveu que o prato FSA não é grande coisa, concordas?

A Epic é uma excelente bike embora nunca tenha experimentado nenhuma, mas é mais pesada que a Cannondale e sei de malta com problemas nas escoras e amortecedor...

Por outro lado, a bike que tenho é uma semi-rígida. É porreira, há muito poucas na minha zona, é bonita e nem é muito pesada. O que sinto falta é de algum conforto (38 anos), mais alguma segurança a descer e como gosto de subir tudo o que me aparece pela frente uma bike mais leve e com amortecedor também ajuda. Numa bike, gosto dela dura quando vou em alcatrão ou estradões rápidos e detesto o bombear tanto na frente como na traseira nestas circunstâncias. Experimentei uma Scott Sparkle 35 em carbono e não gostei nada do bombear que ela ainda faz.
Pelo que tenho lido a Scalpel é a melhor rígida dentro das suspensões totais, como procuro uma rígida mas em algumas circunstâncias algum conforto e segurança, penso que me adapto melhor com a Scalpel.

HR,

Realmente é tentador fazer uma montagem a partir de um quadro, mesmo usado há grandes negócios, mas como já disse anteriormente não tenho assim tanta experiência para me pôr a montar uma bike por componentes pois é necessário casar bem uns com outros, principalmente o amortecedor e a suspensão e tenho receio de fazer mega. Tenho colegas que o fizeram e não estão com grandes resultados. Pelo material que listaste, já percebi que és conhecedor, eu por enquanto ainda não o sou. Deixo isso para os prós.

Vader,

Não conhecia a Canyon mas já vi que é muito querida aqui no fórum e tem realmente um equipamento muito bom com um bom preço, a seguir à Scalpel parece ser a minha preferida. Tenho de ver se a experimento para ter uma melhor opinião...

Olá Diavlo,

Procuro algo novo, embora a minha Lapierre tenha sido um excelente negócio e foi como usada. Mais uma vez alguém me aconcelha a Canyon. Tenho de a ver ao vivo. E como é que ela se porta, alguém tem experiência disso, uma coisa é ver o equipamento, outra o seu comportamento.
 
#34
Em relação à Canyon deixo-te aqui uma página para leres uma crítica sobre ela...
http://www.canyon.com/_pt/service/testreport.html?test=185&hptrclc=185
Em relação a experientares uma, podes ir ao Canyon Test Bikes em Castelo Branco (sendo tu de Santarém, deve ser fácil pra ti) que possuem lá a Lux MR 9.0 SL.. Podes confirmar em: http://canyon-portugal.blogspot.com/?hptclc=33

Em relação à EPIC também possuis várias lojas pelo país com test bikes é só pesquisares no site deles..
Em relação à Scalpel tem potencial para ser mais leve que a Epic..
Em relação à Spark, segundo dizem, as que têm o Nude, aquilo fechado não bombeia absolutamente nada, tendo depois a opção de teres 70mm atrás ou 110mm, tem estas 3 posições, tendo o TwinLock no guiador que te faz essas alterações nas duas suspensões. Só encontras o Nude a partir da Spark 20.

Com tanto dinheiro para gastares.. Devias ires Às marcas e fazeres os devidos test drives, é muito dinheiro, convém gastá-lo na melhor opção PESSOAL..

Quanto à Spark também deves arranjar com facilidade um revendedor Scott que tenha alguma usada ou de Serviço para experimentares, lembro-me que a BikeZ... costuma ter Bikes de Serviços que depois até as vende baratas com revisão geral feita por eles...
 
#36
Rui, em relação à Scalpel o que te posso dizer é que ela faz isso tudo que tu queres e muito mais, neste momento a sensação que tenho é que me faltam pernas para ela, é uma bicicleta que como alguém me disse foi construída 70% para subir e o resto para descer e andar a direito, o que impressiona mais no seu comportamento é o à vontade que ela tem em subidas mais técnicas, cheias de pedras e raízes de árvore, como te digo, haja pernas para ela. A descer a sensação que a Lefty em conjunto com o Monarch transmitem é que voa baixinho, passa por cima de tudo mantendo sempre o conforto e a segurança num nível alto.

A Scott não conheço e não posso opinar muito sobre ela, mas parece-me que em comparação com a Scalpel e com a Epic tens de considerar as Genius e não a Sparke, mas como te digo não tenho muito conhecimento de Scott.

Os pratos FSA têm a fama dos chainsucks, ou seja de a corrente saltar para o lado de dentro ficando presa entre o quadro e a pedaleira, a mim isso só aconteceu uma vez e foi quando estava a afinar o desviador da frente, a sensação que tenho até ao momento é que se tiveres os desviadores bem afinados esse problema não acontece.

Do que experimentei de Epic Vs Scalpel posso-te dizer que a Epic tem uma vantagem (eu vejo assim) em relação à Scalpel que é o sistema de Brain, este sistema da Epic conjugado à frente e atrás como eu experimentei numa Marathon de 2010 é simplesmente fantástico, não tens de te preocupar com bloqueios de suspensões porque o brain trata disso tudo sozinho, bloqueia quando pedalas em pé ou fazes mais força e absorve tudo o que é pancadas que venham de baixo para cima, neste caso a Marathon que experimentei tinha Future Shock à frente. No caso da Scalpel a Lefty funciona que é um mimo, tem uma leitura de terreno espectacular, mas para bloqueres tens de carregar no belo do botão, e aí fica como se não tivesses suspensão à frente, eu normalmente só a bloqueio em alcatrão, porque de resto é como te digo o comportamento é espectacular. Uma Epic com Future Shock fica bem acima do teu orçamento, cerca de 5300€.

A vantagem da Scalpel para a Epic é o quadro ser totalmente em carbono, as Epic sem ser as S-Works têm as escoras em aluminio, posso-te dizer que a minha Scalpel está com 10,440kg e a Epic Comp Carbon de um amigo meu está com 12,100, pesadas ambas na quarta feira passada depois de levarem o kit tubless. O nível de equipamento da Scalpel é identico ao da Epic com a excepção da Lefty que para mim a única que se compara é a Future Shock.

Como disse anteriormente, nada como experimentares as duas e decidires por ti mesmo.
 
#37
Mepin,

O teu discurso é muito semelhante ao ensaio feito pela Bikemagazine e por um colega meu que teve uma Scalpel 1 de 2009 que vendeu. Agora diz que fez uma grande asneira e que quer comprar o modelo de 2012.

Agrada-me a parte de que falas que a descer é muito boa pois é onde tenho algumas dificuldades (medo). Por outro lado a parte de subidas técnicas é porreira pois é uma coisa que cada vez mais gosto de fazer.

Não sente falta do 3º prato para algumas subidas?
 
#38
Juro que não li a Bikemagazine :) :)

Se gostas de subir a Scalpel é como se costuma dizer uma "cabra", aquilo passa por cima de tudo com bastante suavidade, eu mudei de uma HT para a Scalpel e o amortecedor atrás nas subidas mais técnicas faz uma diferença bastante grande.

O 3º prato na Scalpel foi uma das minhas grandes duvidas, pensei que iria começar a fazer mais subidas à mão por não ter a "avózinha" o que é certo é que sinto exatamente o contrário, as relações das 2x10 são bem melhores do que nas 3x9, muitas das subidas que fazia na "avozinha" na 3x9 agora faço 1 a 2 antes de acabar no 2x10.
 
#40
Mepin, mas na Cannondale mesmo na avozinha é mais pesado que com 3 pratos. A vantagem poderá ser o peso mais reduzido.

JoaoCarreira, ainda não estou convencido, mas realmente a Canyon é uma opção que não tinha em mente, mas acho que a malta está a recomenda-la mais pelas opções, preço, design, etc do que pela experiência de condução.
 
Status
Not open for further replies.