Acidente com Bicicleta

nabocadolobo

New Member
Olá a todos!

Gostaria de saber a vossa opinião relativamente a algo que sucedeu comigo neste fim-de-semana quando andava de bicicleta numa estrada perto de minha residência. A minha dúvida reside na questão dos seguros para velocípedes, e nos próprios direitos de quem anda de velocipede sem seguro. É de conhecimento geral que as bicicletas não precisam de seguro, mas, e em caso de acidente?

O que sucedeu foi o seguinte;

Ia numa ponte sobre CF, quando um furgão me ultrapassou, e, mesmo antes de terminar a ultrapassagem, virou á sua direita para sair numa rua que têm inicio logo no final da ponte. Como resultado, em plena manobra, a roda traseira do furgão apanhou a roda da frente da minha bicicleta. Felizmente, como eu ia devagar (e mesmo assim não consegui me desviar nem parar a tempo) os danos foram só materiais (só quadro riscado porque a bicicleta caiu) e eu nem sequer cai, fiquei de pé. Mesmo assim o susto foi tremendo e fiquei com uma vontade imensa de me tornar num mártir entrar dentro do furgão do sujeito e rebentar com tudo! Fundamentalismos aparte, eu, num misto de inocência e raiva, e na tentativa de que esse sujeito viesse a ser penalizado de alguma forma, chamei a GNR. Grande erro!

Primeira pergunta do agente:

‘ Têm seguro?’

‘Claro que não, as bicicletas não necessitam de seguro.’

‘Pois, mas teve um acidente, e agora?’

E eu fiquei….???.sem saber o que dizer!!

Só sei que no final o outro saiu a rir-se e eu fui identificado, fiquei com a bicicleta arranhada, levei uma repreensão (injustamente) e ainda arrisco-me a vir a ser multado. É precisamente esse o problema, posso vir a ser multado, iria ser decidido no posto da GNR. Apesar dos danos materiais serem pequenos o meu orgulho ficou muito maltratado.

Concelho de um dos agentes:

‘Deixe-se ficar quietinho em casa e pode ser que não lhe aconteça nada! ‘

As minhas dúvidas são:

Se não é obrigatório ter seguro, poderei eu ser multado por não o ter?

Assumindo que o condutor do furgão é claramente culpado, será que não se lhe pode imputar responsabilidades somente porque eu não tenho um seguro e que por sinal não é obrigatório?

Não existe nada na lei a prever uma situação destas? Será que não me posso defender semente porque ando de bicicleta?

Gostaria que me partilhassem as vossas experiências ou eventuais conhecimentos que possa ter sobre esta matéria.

Obrigado a todos
 

zemike

New Member
Aqui neste Tópico fala-se das regras de transito para os ciclistas, e aqui neste PDF tens muita informação que te pode ajudar.

Estou parvo com o que te aconteceu!!!!
 

Bytes

New Member
As bicicletas perdem prioridade em praticamente todos as situações, mas neste caso não... o tal furgão é que efectuou mal a ultrapassagem.
Não é obrigatório teres seguro, nem podes ser multado por tal.
A única coisa pela qual poderás ser multado é pela falta de reflectores, caso não os tenhas.
Eu acho que inclusivé deverias reportar a atitude incorrecta do polícia...
 
Isto é que é uma má experiência.

Sem servir de mais que uma mera opinião, posso apenas desmistificar a ideia enraizada que há no mundo automóvel e que diz que, em caso de inexistência de seguro, é-se sempre culpado. Também pensei assim até falar com que entende da poda mais do que eu. Parece que, em caso de acidente, não se sendo culpado e não tendo seguro, arriscamo-nos a uma multa, mas não a sermos responsabilizados por danos que os outros cometeram.

Friso, contudo, que não sou especialista.

Quanto a fazeres explodir o furgão, também acho que seria uma precipitação. Devias deixar chegar a GNR e, então sim, explodir tudo.

:mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
 
àesperadascale said:
Isto é que é uma má experiência.

Sem servir de mais que uma mera opinião, posso apenas desmistificar a ideia enraizada que há no mundo automóvel e que diz que, em caso de inexistência de seguro, é-se sempre culpado. Também pensei assim até falar com que entende da poda mais do que eu. Parece que, em caso de acidente, não se sendo culpado e não tendo seguro, arriscamo-nos a uma multa, mas não a sermos responsabilizados por danos que os outros cometeram.

Friso, contudo, que não sou especialista.

Quanto a fazeres explodir o furgão, também acho que seria uma precipitação. Devias deixar chegar a GNR e, então sim, explodir tudo.

:mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Apoiado :mrgreen:
 

nelsonasp

New Member
Saudações

Por essas e por outras é que fiz um seguro de responsabilidade civíl... 25€ por ano... se me tivesse acontecido essa cena poderia obrigar o dono do furgão a pagar os estragos...

Até hoje nunca precisei do seguro e espero não vir a precisar mas ando sempre com a papelada do mesmo pra cenas como essas...

Aconselho toda a gente a fazer um seguro deste género... na Federação Portuguesa de Cicllismo podem procurar informação...

http://www.uvp-fpc.pt/pagina_blocohome.php?id_pagina_blocohome_new=23&id_modalidade_new=1

Abraço
 
M

matita

Guest
Existe uma forma de resolver esta questão: existem seguros de multiriscos habitação que contêm uma cobertura de RC familiar e possibilitam salvaguardar as bicicletas no caso de furto (total) do interior da habitação bem como os danos a terceiros decorrentes da utilização da bicicleta.
É uma questão de consultar um mediador de seguros e saber a melhor solução para esse efeito.
Quanto ao acidente, as mudanças súbitas de direcção à direita sem aviso prévio (vulgo pisca) ou mesmo com aviso e efectuadas de maneira a provocar danos a terceiros, são necessariamente punidas e passiveis de responsabilização a quem as efectua. No teu caso, as testemunhas vinham a mesmo a calhar...e já agora, os militares da GNR com boa formação juridica e moral também ajudava. Mas neste país, ao virar de cada esquina, deparamo-nos com cada surpresa.

Um abraço e ao dispôr.

PS. embora sendo mediador e jurista não estou a vender o meu peixe, apenas ajudar da melhor forma que souber...
 

kamikazzz

New Member
Primeira pergunta do agente:

‘ Têm seguro?’

‘Claro que não, as bicicletas não necessitam de seguro.’

‘Pois, mas teve um acidente, e agora?’

E eu fiquei….???.sem saber o que dizer!!

Se me tivessem feito essa pergunta a mim eu respondia com outra pergunta: "E se lhe acontecer a si nesse carro patrulha?"
É caso não saibam as viaturas da gnr também não têm seguro.

E apesar de os velocípedes perderem prioridade em muitas das situações, nesse caso isso não acontece. Aliás o código da estrada obriga a quem quiser mudar de direcção à direita ter de sinalizar atempadamente a manobra e encostar-se o máximo possivel à direita da faixa de rodagem.
 

nelsonasp

New Member
Saudações

Deixem-me defender aqui um bocado a malta da GNR... o Senhor Guarda podia talvez ser mais simpatico na sua actuação mas o que ele fez foi o melhor para ti amigo nabocadolobo, visto não teres seguro, se quisesses avançar com uma queixa ou algo assim, não terias hipotese e ainda irias ter despesas e chatisses, terias que ir ao posto da GNR prestar declarações para um assunto que não iria dar em nada, só mesmo com testemunhas como referiu o colega matita...

Em relação à multa, isso não deve dar em nada... vão multar-te porque??? por não teres seguro??? ora se não é obrigatório não te podem multar...

Abraço
 

MIGUELNA

New Member
O seguro não é obrigatório por lei mas acho que todos deveriam ter.

Imaginem que atropelam alguém e que provocam danos físicos a essa pessoa. Vão ter de pagar tudo do vosso bolso.

Eu tenho seguro de acidentes pessoais e de responsabilidade civil.
 

HardSpeed

New Member
Se ajudar, envia um e-mail à Deco questionando o sucedido, ou mesmo ao Comando da GNR. Ambos tem departamento juridico e podem ilucidar.
Mas está mais que visto, é sempre aconselhavel um seguro, há por aí muito azelha... :mrgreen:
 

Jorgex

New Member
MIGUELNA said:
O seguro não é obrigatório por lei mas acho que todos deveriam ter.

Imaginem que atropelam alguém e que provocam danos físicos a essa pessoa. Vão ter de pagar tudo do vosso bolso.

Eu tenho seguro de acidentes pessoais e de responsabilidade civil.

Quando se tem um acidente com um veiculo desmotorizado ou um dos intervenientes do acidente não tem a carta ou um peão, é obrigatório chamar um policia! Ele toma conta da ocorrência e arquiva-o.

Foi assim quando me atropelaram.
 

Odin-Trek

New Member
Ora que eu saiba o código da estrada não prevê obrigatoriedade de seguro para bicicletas, portanto não tens de preocupar-te com qualquer tipo de multa, agora pelo facto de não teres seguro não invalida a culpabilidade do outro tipo, vamos imaginar uma situação, o indivíduo atropelava alguem de maneira dolosa causando-lhe ferimentos graves ou mesmo a morte achas que não ia ser ele o responsável ??? independentemente da vitima ter seguro ou não, os peões tb não têm, o mesmo sucede nos acidentes de viação uma coisa é ser penalizado por falta de segguro outra é a culpabilidade no acidente. Agora no teu caso realmente os danos foram minimos, e as chatices que ias ter com o processo não compensavam, a GNR podia era ter sido mais profissional e ter explicado que no teu caso sem testemunhas, sem grandes danos e apenas a tua palavra contra a dele e no País em que estamos isso não ia dar em nada, mas nunca dizer-te para não saíres de casa, provavelmente são elementos com baixa formação pessoal/profissional o que acontece em todas as profissões.
 

ig9981

New Member
Pois é meus amigos, temos as leis para nos protegerem ou julgarem, portanto nada de "calar", informa-te melhor sobre a situação e vê se tens razão no acidente, se for o caso (penso que sim!!), faz uma queixa contra o condutor da carrinha e contra os maus profissionais da gnr com quem tiveste o azar de te cruzar...

Por estas e por outras que este ano vou andar com seguro na bike... Chegou ontem o cartão com a apólice e a chapa para meter na bike...
Em caso de acidente, que espero que não aconteça, sempre temos alguém a apoiar juridicamente, e sempre há outro respeito por parte dos intervenientes em possiveis situações identicas a esta, quando à pergunta "tem seguro da bicicleta??" a resposta é "Tenho!".

Abraços
 
S

so_uma_roda

Guest
Há tres ou quatro anos aconteceu a um amigo meu precisamente a mesma coisa mas com danos bastante superiores a bicicleta ficou praticamente destruida e o meu amigo ficou com umas escoriações ligeiras.
Identificado o condutor apresentou-se queixa na companhia de seguros e a mesma teve de pagar a bicicleta a roupa e os sapatos que ficaram estragados uma despesa perto dos 1.500€ se fosse como dizem a companhia de seguros provavelmente teria feito um manguito não acham?

Ou haverá critérios diferentes.
 

nabocadolobo

New Member
Pessoal, a todos o meu obrigado pela força, pelas várias sugestões e opiniões! :yeah:

É evidente que mesmo antes de colocar aqui esta história fiquei com a óbvia noção de que tenho que fazer um seguro. Normalmente só ando em Ciclovias, Ecovias, etc, e esta foi uma das raras vezes que andei na estrada e já se viu o resultado. Claro que, como foi sugerido por um membro, mesmo que só ande nas ciclovias, estou sempre sujeito a bater num peão ou num ciclista, e nestes casos, convém têr algo a que me 'agarrar', quanto mais não seja para pagar as contas.
O que não me pareceu tão óbvio foi aquilo que o 'dimanche' acabou por referir e muito bem, e se eu estivesse entravado numa cama de hospital (ou pior)? Só porque não tenho seguro não posso fazer valer os meus direitos? Não ter seguro = não ter direitos? Tenha culpa ou não? Parece-me absurdo!

so_uma_roda said:
Há tres ou quatro anos aconteceu a um amigo meu precisamente a mesma coisa mas com danos bastante superiores a bicicleta ficou praticamente destruida e o meu amigo ficou com umas escoriações ligeiras.
Identificado o condutor apresentou-se queixa na companhia de seguros e a mesma teve de pagar a bicicleta a roupa e os sapatos que ficaram estragados uma despesa perto dos 1.500€ se fosse como dizem a companhia de seguros provavelmente teria feito um manguito não acham?

Ou haverá critérios diferentes.

Vi agora o seu comentário, assim sendo já me parece mais razoavel. O seu amigo tinha seguro? Ou será que bastou só levantar o auto de ocorrencia na GNR e ir à companhia de seguros do condutor do veiculo? Se eventualmente me puder esclarecer eu agradeço!

cumprimentos amigos
 

João Matos

New Member
É das situações que mais me enerva quando ando de bike, e não são assim tão poucas quanto isso. Eu acho que se entrares pelos caminhos legais, penso que tens tudo a teu favor para ficares com a razão do teu lado e seres compensado, pois tu não tives-te culpa absolutamente nenhuma! Foste "atropelado", ele é que tinha que parar! A atitude da GNR, como sempre, é de lamentar, na minha opinião 95% dos GNR são pessoas muito, mas muito mal formadas (basta olhar para a cara deles lol), e apenas foram para a GNR para sentirem que podem ter poder sobre qualquer coisa.

Uma hipotese seria talvez actuar judicialmente contra o condutor da carrinha... mas isto seria uma das coisas que eu faria se tivesse no teu lugar porque nunca fico calado quando tenho a razão do meu lado, e às vezes mesmo quando a razão não está do meu lado :twisted:
Mas fizes-te bem ter mantido a calma na altura, porque o que esse individuo merecia era levar com a bike nas trombas. Sinceramente custa-me muito a acreditar que venhas a ser multado por causa disso... sera aberrante.
 

MrOverclock

New Member
É das coisas mais estúpidas que já li. Então quer dizer... no tempo em que o seguro automovel não era obrigatório como era? um gajo não tinha seguro, não era culpado, pronto... que se amanhe sozinho era assim? eu sou novo de mais para me lembrar desse tempo, ou pelo menos para saber como funcionavam as coisas nesse tempo, mas não me parece que tenha sido assim.

A lei diz que não precisas ter seguro, mas não diz que se tiveres um acidente que tens que te amanhar com os estragos feitos pelo culpado  :s

Mas se não fosse o desrespeito pelos ciclistas por parte dos automobilistas nada disto acontecia. Nesta história há várias coisas que estão muito erradas, a falta de proficionalismo do militar, a falta de respeito da mesma pessoa, e a falta de respeito para com os ciclsitas por parte do motorista. Bastava esta a questão do respeito para com os ciclistas ter sido tomada em conta para que a tua roda ainda hoje estivesse direita  :wink:

Já tive situações quase como a tua. Mas no meu caso e em todas elas travei a tempo, mas não conseguiram "fugir" a tempo de não ouvir um "filho da p***!!",  "c*****!!" e coisas no género. (comigo salta logo na hora)
 

Aksium

New Member
Eh pá! Só agora é que vi o que te aconteceu!

Realmente estamos numa país de mer...a!!!!! :mrsock:

O mais importante é não teres tido nada a nível físico , apesar que às vezes preferimos ter umas esmurradelas do que ver a nossa "menina" estragada.

Custa-me dizer-te isto mas acho que não vai dar em nada.

No caso de andares com alguma coisa pra frente desejo-te boa sorte.

Abraço e boas pedaladas
 

BigFoot

New Member
Estamos em Portugal.. o que é que se poderia esperar?! já não teres que pagar a deslocação dos GNR já vais ter tu muita sorte... :s
 
Top