Giant Anthem 2 - 10.7

#1
Após vários meses com uma rígida (GT Avalanche 0.5) e uma Enduro(Specialized Enduro Expert) dissipei todo as minhas duvidas em relação ao meu tipo de andamento, o que eu gosto mesmo e XC e maratonas, então decidi trocar a Specialized e desmontar a rígida, desde de cedo a minha escolha recaia sobre a Giant Anthem, inicialmente queria apenas o quadro, mas dado a dificuldade em encontrar esta marca em Portugal e o facto de não conseguir vender a Specialized dirigi-me a uma loja que aceitava retomas, e por norma tem bicicletas Giant, e a Anthem 2 esta lá naquele dia, foi amor a primeira vista.

Aspecto original:


Quadro: GIANT Anthem AluxX™ - FluidForm™ - Maestro™ 3.5’’
Amortecedor: FOX Float RP2
Suspensão: ROCK SHOX Recon SL Air - 80 mm
Pedaleira: RACE FACE Ride XC - X - Type - 44 x 32 x 22
Corrente: KMC HG73
Guiador: RACE FACE Ride XC - 580 mm - 31.8
Avanço: RACE FACE Ride XC - 6° - 110 mm - Ø 31.8
Punhos: GIANT Simple density - 130 mm
Travões: HAYES Stroker Trail - 6’’
Desviador Dianteiro: SHIMANO Deore top swing - dual pull - Ø 34.9
Desviador traseiro: SHIMANO XT Shadow
Rodas: WTB Laser Disc XC
Pneus: MICHELIN XCR Dry 2 - 26’’ x 2.0
Shifters: Shimano Deore
Cassete: SHIMANO HG50 - 9 velocidades - 11 x 34
Selim: WTB Silverado Race
Espigão: RACE FACE Ride XC - 350 mm - Ø 30,9
Pedais: CRANK BROTHER Smarty
Peso: 12.8kg

Neste momento a bicicleta tem 514km, podendo já concluir muito sobre o comportamento global da bicicleta, dai não ter feito logo uma analise inicial, mas sim agora.

Quadro- não é esteticamente deslumbrante mas mesmo assim acho muito bonito, a acima de tudo bem acabado.

Suspensão- foi calibrada na loja para os 68kg e até agora não tive qualquer necessidade de mexer, sempre bastante sensível a todos os relevos, e apesar dos 80mm nunca senti necessidade de mais, afinal de contas nunca foi esgotada.

Amortecedor- tal como o amortecedor foi calibrado para o meu peso e nunca teve qualquer necessidade de ser reajustado, absorve tudo o que e irregularidades sem nunca comprometer a pedalada.

Rodas- as rodas que vinham montadas rolaram apenas 2 passeios enquanto as minhas estavam na revisão, rolavam bastante bem e pareciam robustas, mas neste momento estão montadas as minhas velhas conhecidas Bontrager Race Lite Disc, que para alem de serem mais leves permitem a montagem de pneus Tubeless.

Pneus- Foram substituídos juntamente com as rodas, rolavam aceitavelmente bem e acima de tudo tinham uma boa aderência, neste momento estão montados uns Maxxis High Roller 1.9, óptimos quando o piso e compacto, quando e algo solto começam os problemas o pneu da frente nunca vai por onde devia, Maxxis CrossMark a caminho.

Transmissão- Desde inicio que estou bastante descontente com o sistema Shimano, as mudanças por mais afinações que levem nunca estão 100% sempre a desafinar, Sram já está a caminho.

Travões- uma surpresa muito agradável, potentes e extremamente doseaveis, e leves dentro do segmento.

Selim- extremamente confortável como a WTB nos tem habituado.

Neste momentos temos as seguintes alteraçoes:

Rodas: WTB Laser Disc XC ---> Bontrager Race Lite Disc
Pneus: MICHELIN XCR Dry 2 - 26’’ x 2.0 ---> Maxxis High Roller 1.9
Shifters: SHIMANO Deore ---> SHIMANO XT
Extensores: carbonicos.
Grade de Bidon: BBB SideCageII || BBB AeroCage
Ciclometro: SIGMASPORT 1106
Peso: 12.86kg



Após este quilómetros a pedalar chego a conclusão que escolha mais acertada era impossível, ainda não fiz nenhuma longa distancia mas médias distancias(60km) foram feitas diversas vezes e por terrenos muito acidentados e exigentes tecnicamente, onde o comportamento e exemplar (à excepção de terrenos mais soltos, mas ai o problema e mesmo dos pneus) sempre a fazer o amortecimento total, parecendo que o chão é liso. Sempre colada ao chão e rapidíssima em curvas apertadas, muito graças ao baixo centro de gravidade que traz um problema, os cranks são muito baixos e é necessário ter extremo cuidado para não ter surpresas desagraveis. Apesar do curso reduzido estamos sempre confortáveis e o corpo agradece, ainda me lembro como era na rigida.

Mas é quando surgem as subidas que vimos o verdadeiro potencial da bicicleta, devido à frente baixa e ao curso reduzido da suspensão, a roda da frente nunca descola por mais acentuada que seja a inclinação e só acelerar que la vai ela, caso opte por pedalar um pouco de pé não tem qualquer problema, notasse um ligeiro bombear do amortecedor, mas ao mesmo tempo percebe-se que não há perca de pedalada, dai nunca bloquear o amortecedor em terra pois a assim tenho aderência extrema, apenas bloqueio a suspensão quando o acho necessário.

Também já fiz alguns quilómetros de alcatrão bloqueando ambas as suspensões e ai estamos perante uma rigida, nenhum bombeio.


Em jeito de conclusão, as grandes mais valias desta bicicleta são a sua rapidez, conforto sem nunca perder a aderência, como ponto menos positivo temos a altura do eixo pedaleiro ao chão que é reduzida e há que ter imenso cuidado com os cranks.


Boas Pedaladas
 
Last edited:
#2
Re: Giant Anthem 2

Excelente análise!

Agora já sei porque trocaste a Enduro. :wink:

Grande bike. Por acaso também gosto bastante desse quadro e da sua geometria.
 
#3
Re: Giant Anthem 2

Em relação a Enduro apesar de eu adorar aquela bicicleta não lhe dava o uso devido, e apesar de ser um M e eu ter 1.74 a bicicleta era muito grande para mim, não a conseguia controlar como queria, dai querer desfazer-me dela pois muitas vezes não conseguia descer como queria, e afinal esse era o seu terreno e onde poderia tirar maior proveito do seu potencial.

Pelo contraio a Giant apesar da geometria xc puro e das 18'' é muito manobrável e controlável, dá extrema confiança mesmo quando se salta e a bicicleta vai no ar, basta indicar o caminho e se o pneu da frente obedecer e só seguir e pedalar que a bicicleta acelera de uma forma estupenda, nem se dá conta que estamos perante uma FS, o sistema MAESTRO e de facto fabuloso, nunca pensei que posse possível notar um ligeiro bombear e perceber ao mesmo tempo que a pedalada esta a ser toda transmitida.
 
#6
Re: Giant Anthem 2

Eu continuo a dizer... tinhas uma bike d'Homem e agora estás mansinho! ahah :twisted:
Isso com umas alteraçõezinhas simples consegue um peso bem porreiro... e se já inchavas com a Enduro, com esta é que voas :mrgreen:

Incha-lhe!
 
#8
Re: Giant Anthem 2

até k em fim que se começam a ver maquinas destas neste país !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Quadro- não é esteticamente deslumbrante mas mesmo assim acho muito bonito, a acima de tudo bem acabado.
OPA! TU NAI DIGAS ISSO!!!!!!!!!!!!!!!! :mrgreen: :mrgreen: é lindo! :D :D
 
#9
Re: Giant Anthem 2

A_T_X said:
até k em fim que se começam a ver maquinas destas neste país !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Quadro- não é esteticamente deslumbrante mas mesmo assim acho muito bonito, a acima de tudo bem acabado.
OPA! TU NAI DIGAS ISSO!!!!!!!!!!!!!!!! :mrgreen: :mrgreen: é lindo! :D :D
LOL, eu não disse que era feia nada disso, apenas acho que comparado com o aparato das novas bicicletas que estão a surgir é muito sóbria, já a eficácia também é super sóbria, e ai o aparato dos novos quadros assim como os acabamentos estarão quase todos em perda!
Eu achava que esta bicicleta ia ser muito boa e muito eficaz, mas nunca pensei que fosse possível ser tanto!

E temos ainda outra questão que eu dou muita importância, a exclusividade, Giant vêem-se muito poucas pelos menos de modelos recentes, então Anthem nos trilhos vi apenas 1!
 
#10
Re: Giant Anthem 2

Mais 500 km, já lá vão 1000!

Passado tres meses, os primeiros 1000 ja estao, desde a primeiro analise muito coisa mudou na bicicleta, quase todas logo apos os 500 km.





Pedaleira: RACE FACE Ride XC - X - Type - 44 x 32 x 22 --> SRAM GXP1, 22/32/44
Punhos: GIANT Simple density - 130 mm --> Ritchey WCS
Rotores: HAYES 160mm -> Aligator WindCutter 160mm/140mm
Desviador Dianteiro: SHIMANO Deore top swing - dual pull - Ø 34.9 --> Shimano XT top swing - dual pull - Ø 34.9
Desviador traseiro: SHIMANO XT Shadow --> Sram X-9 Caixa Longa
Pneus: Maxxis High Roller 1.9 --> Maxxis CrossMark 2.1/Maxxis High Roller 1.9
Shifters: Shimano XT --> Triggers Sram X-0
Peso: 12.86kg --> 12.7kg

Quadro- se antes dizia que apenas usava a posição 2 do amortecedor em alcatrao agora nem ai, o bombear nao afecta realmente o rendimento, nao ha qualquer necessidade disso, e o conforto e muito maior.

Pneus- Maxxis High Roller 1.9, quando o piso é solto começam os problemas para os pneus, o da frente nunca vai por onde devia, o de traz perde tracção mas dado ser excelente rolador para ja fica, para a frente montei um Maxxis CrossMark 2.1 apesar de não ser um pneu com extra aderencia comporta-se muito bem em curva e ainda por cima rola extramente bem.

Transmissão- tudo melhorou, a transmissão Shimano era temporaria, ja nao tinha paciencia para as passagens "lentas" e barulhentas, agora tudo e rapidissimo e preciso, muito por culpa dos shifters X-0 que sao muito mais rapidos que os antigos X-9 que tive, cumprindo o desviador X-9 a sua função na perfeição! O desviador da frente Shimano XT aliado a pedaleira melhorou tambem a passagem de pratos, tornando-se mais rapida.

Travões- continuam a ter uma excelente potencia, mas mais doseaveis, muito devido a menor area de contacto dos discos, a leveza dos discos e a troca do adaptador de traz poupei 80g, continuando com uma excelente travagem. O disco de 140mm apesar das dimensao mais reduzida aparentemente nao provoca qualquer tipo de perca, e pequeno, mas como e muito ventilado mais rapidamente arrefece, tendo poder de travegem mais que suficiente! Ganhei em peso e nao perdi nada em travagem!

Punhos- os punhos originais tinham um excelente tacto e era muito aderentes, mas os tao falados Ritchey WCS aliado a essas qualidades ainda fornecem algum conforto extra o que e muito importante quando temos apenas 80 mm de curso na frente.



OS 1000km andava perto, quando olho po ciclometro a conta estava redonda, 1000, isto em pleno Guincho!






Depois deste tempo consegui confirmar o que suspeitava desde os primeiros quilometos, em termos de conforto esta bicicleta e uma mais valia, por diversas vezes fiz mais 80 km e sem problemas de conforto e fadiga fisica, e um prazer pedalar assim durante varias horas, antes estes passeios eram feitos de semi-rigida e a partir dos 60km começavam a surgir dores de costas e o desconforto, e agora nao existem!

Neste momento a bicicleta mantem todas as suas qualidades originais, mas com maior segurança em curva e com uma transmissao muito mais rapida e precisa que para mim sao importantissimas.
 
Last edited:
#11
Re: Giant Anthem 2

Boas,

Este é o meu primeiro post e peço desculpa por escrever aqui, mas vêm mesmo a calhar. fiquei hoje muito inclinado para uma anthem 2 como a tua, mas estava agora a ver o site da Giant e vejo que ambas diferem bastante (a tua e a do site), inclusive no preço, a tua referiste que custou 2200 euros e no site espanhol da Giant tem um preºo indicativo de 1799 euros. de certeza que não é a mesma. A que eu vi é igual a tua e tem um preço de cerca de 900 euros, agora estou confuso. Esqueci me de mencionar que estou em Macau, onde as coisas são mais em conta, mas tamanha diferença!!! Amanhã vou a loja com o portátil para comparar, se for igual a tua mesmo, vem já comigo.

Cumprimentos,

A Duarte.

Voltei a editar, pois afinal deve mesmo ser a Giant que é barata por estas bandas, pois estive agora a ver o preço da pasteleira Giant Boulder, 339 euros no site e eu compreia a 3 meses por 150 euros. Acho que vou levar meia dúzia de Giants no contentor. :D
 
#12
Re: Giant Anthem 2

Boas

De espanha para ca o valor tem uma grande inflacçao!
A questao do preço deve ser por causa do modelo novo, que a do proximo ano ja tem 100mm de curso traseiro, e isso possivelmente sera um preço para despachar!
Ainda ha um modelo muito semelhante que nao tem nada a ver que custa 1000 e poucos euros!

Abrazzi
 
#13
Re: Giant Anthem 2

Boas,

Afinal fui ver bicicleta a loja, com olhos de ver. É de facto a Anthem 2, mas é o modelo de 2007.

Acabei por encomendar o modelo de 2009 por mais 100 euros. veremos se aprova quando chegar,

Cumprimentos
 
#16
Re: Giant Anthem 2

Voltei

A minha menina ja tem mais um upgrade:


Pois e, a recon sl desapareceu e deu lugar a uma Manitou R7 Absolute MRD, com 1360g com aranha e com o tubo cortado um pouco, pesada por mim.
Apesar da recon funcionar bastante bem os 80 mm de curso, entenda-se 60mm, era muito limitado quando o terreno era mais sinuoso, e os braços, as costas e os pulsos e que pagavam. Agora com esta suspensao tudo e mais simples, a suavidade e a sensibilidade e mais que muito basta apontar que a ela trata do resto, antes da compra tava um pouco reticente, porque a manitou isto e aquilo, ate agora super satisfeito, vamos ver com o passar dos kms como se comporta!
E esteticamente na minha opiniao melhor suspensao nao arranjava, encaixou realmente, as cores ficaram perfeitas.

Com esta troca o peso tambem encolheu bastante, pesada apenas com o essencial, ou seja grade de bidon, conta km e protecçao de escora 12.18 kg, aos poucos começa a ficar simpatica a minha montada!
 
Last edited:
#17
Re: Giant Anthem 2

Essa coisa a que chamas bike está a ganhar forma! Só falta uma buzina do "caga-te caga-te" e as gajas já começam a olhar para ti quando passas. :twisted:

A R7 assenta aí que nem uma lima numa Corona. :mrgreen:
 
#18
Re: Giant Anthem 2

Amukinado said:
A R7 assenta aí que nem uma lima numa Corona. :mrgreen:
Concordo. A R7 fica fantástica nesse conjunto. Confesso que estava a ler o tópico e a pensar que a bicicleta tinha pouco sal ( o quadro como tu dizes não é nada de transcendente em termos estéticos) mas esta última foto leva-me a concluir que descrobris-te o saleiro :wink: .
 
#19
Re: Giant Anthem 2

Não metes foto com a nova pedaleira?

É pá, há aí qualquer coisa com essa bike que não faz sentido. É que não dá para entender! É normal isso parecer uma mota nas subidas? :mrgreen:
 
#20
Re: Giant Anthem 2

LOL

Eu so meto fotos quando tiver o meu travao de volta! :cry:
E tu nao tens kit pernas para aquilo!
Ca para mim ficas te convirto as xc de pouco curso!