Bike até 2000 euros. Quadro em alumínio ou carbono?

#21
Claro que sim. O carbono é sempre mais frágil que o alumínio. Uma bicada num quadro de alumínio significa uma mossa, num de carbono significa que precisas de um tubo de super cola 3... lol
 
#22
Metendo outra marca ao "barulho", já viste a Orbea Alma H10 ou a S30? os quadros têm um design impressionante e garantia vitalicia e estão bem equilibradas em termos de material.
 
#24
Na minha opinião estás a precipitar-te, vais iniciar-te na prática do BTT, presumo que na vertente XC(Cross-Country), e sem perceberes nada disto, sem teres qualquer técnica, queres gastar 2000€ numa bicicleta de carbono :confused:

Na minha modesta opinião, deverias comprar uma HT de alumínio até 1000€(max), e começavas a ver como é isto do BTT, ias desenvolvendo o teu físico e a tua técnica, conhecer as diversas vertentes do BTT(XC, AM, FR, DH), e só mais tarde quando souberes muito bem o que queres, é que deverias investir numa bicicleta adequada ao teu estilo e gosto, agora estás a deitar fora 2000€.

Os pilotos de F1 não começaram a sua vida desportiva a pilotar F1's, começaram pelas categorias de aprendizagem(Kart, Formula Ford, etc.)

Como até 1000€ não existe melhor bicicleta, aconselho-te a RockRider 8.2 de 799,95€ que podes adquirir na Decathlon mais próxima de ti,

 
#25
Klab,

a tua afirmação é pertinente, mas coloco-te outra:
- quantas pessoas conheces que compraram uma bike de 800 € e se mantiveram fieis a ela durante 4 ou 5 anos?

Apesar da falta de experiência, conheço várias pessoas que passados meses tentaram vender a 1ª bike e compraram uma segunda de 1500€. Depois desta gastaram balúrdios em troca de equipamentos ou venderam esta para comprar uma de 2500 € ou mais... Tudo somado, compra de bikes e componentes, estas pessoas acabam por gastar bem mais do que se tivessem comprado uma boa bike logo no início, que lhes proporcionasse satisfação mais tempo.

Claro que não quero generalizar e tudo pode acontecer até pendurar indefinidamente a bike na garagem. Mas se tenho o dinheiro e quero gastá-lo, não posso ser julgado por isso. Trabalhei para ele e julgo que, independentemente do uso a dar, é uma boa compra por um valor aceitável. Certamente mais aceitável que gastar 800€ numa e depois de 6 meses a aprender e a ganhar o vício, deduzir que tenho de trocar de bike, certo?

Obrigado
 
#26
eu adquiri uma bike de cerca de 500€, já tem cerca de 10 anos, e só agora estou a ponderar trocar de bike, já fiz alguns passeios e alguns km quer em estrada como pela serra da Arrábida.
estou a pensar trocar porque esta está a ficar caçada e necessita de uma boa manutenção.
 
#27
Certo, mas quando eu disse que não queria generalizar já estava à espera de um testemunho que dissesse o contrário.
Todos conhecem alguém nos dois lados da questão...
 
#28
Boas, como estou a ver k ninguem te está a dar grande ajuda na tua escolha e por ver k nós os dois pensamos de maneira igual, cá vai dentro do meu saber e de td a minha pesquisa k realizei ao longo dos ultimos 2 meses, a minha opinião. Das 5 bikes k mais atrás disseste, tens:
-2 fs, as spark 35 e 50, uma em carbono(35) e a outra em aluminio(50). Das duas a 35 melhor ekipada e com quadro em carbono.
-3 ht, as scale 30 e 40 e a cannondale flash carbon 4z, duas em carbono(4z e a 30) e a outra em aluminio(40). Das três a canondale, quadro leve e bem construido, eu mesmo tive para comprar uma por €1966, bonita e confortavel q.b, até ter encontrado uma rz120 one por €2200.

Se kiseres conforto, compra uma fs, se kiseres velocidade e agilidade, compra uma ht, se kiseres uma bike versátil capaz de fazer de td um pouco compra uma fs, se kiseres uma bike k perdo-e alguns "erros" compra um fs. Pensa k tu não vais para mais novo, vais para mais velho, e as tuas costas não são o k ja foram, e daki a uns tempos ainda piores estaram. Podes comprar uma bike como a minha k é relativamente leve, quadro excelente, lefty com 120mm de curso k já dá para tu brincares um bocado, boa gama de componentes, e por €2200, e como tu disseste os componentes desgastam se e vao se substituindo, por melhores e mais leves, as unicas coisas k são dificeis e caras de substituir são o quadro e a suspensão, o resto, k tem mais desgaste, vai se substituindo.
 
#30
Nimrod,

obrigado pela opinião, mas essa do estar a ficar entradote... doeu, hehe.

FJOTA

futebol de vês em quando, ginásio (musculação 3x por semana), cycling (spinning 2x por semana) e bodypump (1 x por semana).
 
#31
MatchbOx 32,

porque é que o carbono é mais frágil que o alumínio? Curioso que sempre pensei o contrário, já que propriedades físicas do aço carbono são normalmente superiores às ligas de alumínio.

Além disso, os quadros da Scott não têm garantia vitalícia? Se se partir um quadro, a garantia não cobre a sua substituição?
 
#32
FJOTA

futebol de vês em quando, ginásio (musculação 3x por semana), cycling (spinning 2x por semana) e bodypump (1 x por semana).

Eu julguei que fosse desporto mesmo.
Vendo o que fazes durante a semana, só te sobra 1 dia, em que poderá ser dividido entre futebol e ciclismo (Btt), e para 1 dia por semana queres gastar 2000€ numa bicicleta?
e em carbono??
Ao que parece nem é costume fazeres Btt, certo?
 
#33
rapsh, a garantia não cobre quedas e afins, apenas defeitos de fabrico..

Relativamente à bike, se apenas vais pedalar uma vez por semana, não me parece que se justifique o carbono e também nesse caso a ST parece-me a escolha mais acertada.. por isso dessa lista ia para a Spark 50. Fora dessa lista acho a Giant Anthem X uma das melhores opções a nível estético e de comportamento, e se fosse hoje teria optado por ela em vez de uma Scale..
 
#34
FJOTA,

o teu conceito de desporto é mais apertado que o meu, mas tudo bem.
Como sabes que só me sobra 1 dia? Como sabes se não faço vários desportos por dia? Tenho de publicar a minha agenda agora?
Acho que já sou um pouquinho crescido para não ter que dar satisfações da minha vida a estranhos, não achas?
Já atrás referi que quero gastar o dinheiro que entendo porque posso e porque quero, ok?
A ajuda que pedi foi essencialmente técnica (alumínio vs carbono, HT vs FS e alguns modelos que tenho em mente). As respostas que tenho obtido são essencialmente de gostos pessoais não fundamentados e conselhos a dizer para não comprar uma bike tão cara. Bolas!
Se me quiserem ajudar sobre as ajudas técnicas que preciso, agradeço. Se quiserem opinar sobre a minha vida pessoal, dispenso os comentários.

Obrigado.
 
#35
Realmente existem muitos "pais" neste fórum. Conforme a tendencia habitual até uma rockrider 8.2 foi sugerida ao rapaz que pretende gastar 2000€ numa bike. Mais um bocado e temos que preencher uma papelada tipo censos para nos indicarem uma bike neste fórum. Segundo as que deste a escolher ia para a spark 35. Não me parece assim tão mal equipada (como a malta deduz que se arranja a 800€ uma transmissão x9, por 2000€ devias ter tudo XTR ou XX mas ao que me parece na decathlon nem sabem o que é fazer uma FS em condições por isso esquece a opiniao dessa malta). Eu tenho uma HT pois o meu orçamento era de 1000 e poucos € mas com 2000€ não pensava duas vezes e ia para uma FS.

Cumps
 
#36
Em relação à garantia vitalicia, cuidado. Normalmente essa garantia só é conseguida se tiveres a bicicleta pendurada na Sala. Se o quadro tiver riscos ou alguma marca de desgaste da sua utilização, vai ser dificil conseguires acionares a garantia vitalicia.

Se adquirires uma bike em carbono, tenta comprar o guiador e avanço e espigão do selim tambem em carbono (para tirares o maior conforto da bicicleta, esses componentes serão os que irão absorver os impactos)
As bikes de carbono no antigamente partiam com alguma frequencia nas escoras, hoje em dia isso já não é usual.
No caso de uma queda com alguma violencia ai sim, as probalidades de o quadro de carbono partir é maior do que as de aluminio.

Em relação as HT e FS, pelo valor que referes consegues adquirir um HT muito bem equipada e uma FS assim assim. Se vais dar valor as performaces e preferes maratonas/XC HT, se pelo contrario preferes descidas mais rapidas mas no conjunto o maior conforto FS.

Em relação as marcas e modelos só exprimentado, tens de te sentir bem e gostares dela.
 
#37
Se podes, queres e não tens problemas em gastar esse dinheiro avança.
Para mim dupla suspensão, se não tens os caminhos tipo estrada.
Alumínio se não tens já alguma pratica a cair, se não lá se vai o quadro, a garantia não cobre, uma rachadela e já era.
Claro que o teu gosto (pela estética) deve contar e muito, para não ficares a moer porque não escolheste a outra.

É verdade que muita boa gentinha popa na compra para gastar mais nos upgrades e no final sai mais caro
Como costumo dizer, sou pobre de mais para comprar coisas que não gosto, ou e não me servem.
 
#38
rapsh,

como futuro companheiro nesta história das bikes, terás de pré-definir alguns aspectos que valorizarás na bicicleta. Depois, penso eu, deverás enquadrá-los na pesquisa que fizeres e, parece-me, será útil equacionares entre as mais-valias, face aos pré-requisitos, e a exclusão de partes. Hoje em dia as bicicletas de gama média-alta não suportam tantas diferenças assim! Os componentes, por vezes, apresentam diferenças só em questões de pormenor, a serem entendidos por quem tem bastante prática e acuidade, o que não me parece ser o caso, na primeira das vertentes.

Objectivando, penso que, pela prática paralela de desporto que dizes possuir (embora andar num ginásio seja uma coisa e no campo outra, por vezes diametralmente oposta), rege-te pela opinião própria, pois parece-me estares em conflito de opinião (talvez devido ao enorme leque de oferta) com utilizadores de bicicletas que te estão a tentar ajudar, dizendo da melhor forma que sabem, e conseguem, a opinião individual.

E, para quem está a pedir uma opinião, penso (e, não interpretes mal!) que estás a utilizar alguma arrogância que te poderá ser negativa, pois poderá algum/alguns user/users, palpitar com opinião falaciosa, propositadamente e o prejudicado serás tu!

Com calma, chegarás a uma conclusão! Aceita o apoio sincero do pessoal que já se prestou a isso!

Boa escolha!
 
Last edited:
#39
MatchbOx 32,

porque é que o carbono é mais frágil que o alumínio? Curioso que sempre pensei o contrário, já que propriedades físicas do aço carbono são normalmente superiores às ligas de alumínio.

Além disso, os quadros da Scott não têm garantia vitalícia? Se se partir um quadro, a garantia não cobre a sua substituição?
Não cometas o erro de confundir aço carbono com composto fibroso de carbono, fibra de carbono. A fibra de carbono é, de grosso modo, um tecido composto por fios muito pequenos de vários elementos, entre os quais (aí sim) o aço carbono.

A fibra de carbono é elasticamente superior ao alumínio, mas é na capacidade mecânica e de torção...
 
#40
rapsh não leves a mal mas acho que o amigo agirão tem razão, quando se pede uma opinião são se deve vir criticar quem nos está a tentar ajudar. Em relação à tua escolha acho que tens de ponderar bem aquilo que queres, se queres conforto, se queres agilidade, se queres uma bike rápida a subir, se queres uma bike rápida a descer, etc. Depois de decidir fazes uma lista com as bikes dentro do teu orçamento que se enquadrem nos parâmetros definidos, comparas as geometrias, o equipamento, o design, as garântias, a disponilbidade (mediante as lojas da tua zona, pro caso de dar algum problema teres logo a quem recorrer) e por fim ponderados todos estes fatores fazes a tua escolha muito mais facilmente. Eu posso-te dizer que também tenho em mente a compra de uma bike (nos próximos 2 meses se tudo correr bem)e ao início tinha uma lista enorme de modelos que fui excluindo mediante uma espécie "triagem", agora resta-me apenas um modelo que foi o chamado finalista nesta espécie de concurso.. lol.
Boa sorte e escolhe com o coração para depois não te arrependeres.