Bike até 2000 euros. Quadro em alumínio ou carbono?

#1
Boas,

vou adquirir uma bike hardtail até 2000 euros. Pensei em comprar uma com quadro em alumínio (GT, Cube, Scott ou Specialized). No entanto, numa das lojas que visitei, aconselharam-me uma Scott Scale 35 com quadro em carbono, cujo preço desceu de 2.200 para cerca de 1.800. O argumento invocado foi de que um quadro em carbono é muito mais confortável que um de Al. No fundo, o que gostaria de saber é se me aconselham uma bike de Al com melhores componentes, ou uma bike de carbono com componentes não tão bons.

Se quiserem dar opiniões de bikes hardtail até 2000 €, elas são bem-vindas.

Obrigado
 
#2
Viva rapsh,
sou também da opinião que um quadro em carbono é muito mais confortável, pois sentem-se menos as vibrações do terreno.
Agora entrando na questão do preço, comparando bikes em aluminio com bikes de carbono dentro dos mesmos valores, as de aluminio têm material de gamas superiores, isso é verdade, mas muito desse material é de desgaste, e é fácilmente subtituível ao fim de 2/3 anos.
Na minha modesta opinião, e também já passei por essa escolha (acabei por ir para o aluminio mas FS), uma bike tem como "base" o quadro, a suspensão e as rodas, se tiveres uma boa "base" tudo o resto terá ou poderá ser substituído mais fácilmente e gastando menos €€€.
Já agora, o meu Pai tem uma Scale 35, já esperimentei e posso dizer que é muito equilibrada, o quadro é do melhor que se fez até hoje (seja em conforto, rendimento ou estética...), as rodas são muito aceitáveis, a suspensão é muito razoável e os componentes de desgaste têm uma gama média/alta.
Para finalizar, vê a Cube Reaction GTC Team, anda dentro dos mesmos valores e na "base" o elo mais fraco são as rodas, mas vem equipada com transmissão XT...

Espero ter-te confundido mais um pouco...LOOL

1 abraço e boa escolha, por esse valor não vais mal servido de certeza.

Boas Pedaladas
 
#3
Tenho um amigo que comprou uma Cannondale Flash F1 2011 por 1800 e picos.
Já estive com a bicicleta e digo: apesar de ser alumínio é um dos quadros mais leves pesando a dele (tamanho L) 10,5kg com pedais Exustar e líquido selante. Para mim surpreendente para ser alumínio. Para não falar da Lefty...
 
#5
Em suma, estou indeciso por estas:

[FONT=&quot]SCOTT SPARK 50 2011 - 1750€ (esta marcada a 1999,99euros)[/FONT]
[FONT=&quot]Quadro: Alumínio 6061 110mm curso
Suspensão: Rock Shox Recon Gold RL/120 mm curso
Amortecedor: DT Swiss M210
Caixa de Direcção: Ritchey OE 1 1/8
Desviador Tr: Shimano XT RD-M773
Desviador fr: Shimano SLX FC-M661-10
Manipulos de Mudanças: Shimano SLX SL-M660-10
Manipulos de Travão: Avid Elixir 3
Travões: Avid Elixir 3
Pedaleiro: Shimano FC-M552 42Ax32Ax24A T
Eixo Pedaleiro: Shimano Cartridge/68mm shell
Guiador: Scott Pilot 15 Comp
Avanço: Scott Comp oversize 31.8mm
Espigão: Scott Comp/31.6mm
Selim: Scott Racing
Pedais: Shimano PD-M505
Cubo: Scott Comp Disc IT
Corrente: Shimano CN-HG74
Cassete: Shimano SLX CS-HG81-10 11-36 T
Raios: Aço 15G
Aros: Alex XC-44
Pneus: Schwalbe Rocket Ron EVO 26 x 2.25
Peso: 12.10kg.


SCOTT SCALE 30 2011 - 2200€ (esta marcada 2599,99 euros) - CARBONO
Quadro: Scale Carbon IMP3
Suspensão: Rock Shox Reba RL 100mm curso
Caixa: Ritchey Pro
Guiador: Scott Hot Rod
Avanço: Scott Comp 4 Bolt
Manípulo: Shimano SLX SL-M660-10
Mudança fr.: Shimano SLX SL-M660-10
Mudança tr.: Shimano XT RD-M773 SGS
Pedaleiro: Shimano XT FC-M770-10 42Ax32Ax24A
Pedais: Shimano PD-M520
Eixo: Shimano SM-BB71-41
Corrente: Shimano CN-HG74
selim: Selle italia Scott Custom
Cassete: Shimano SLX CS-HG81-10 11-36 T
Travão: Avid Elixir R
Aros: DT Swiss 445d 32H
Cubo: DT Swiss XR30
Raios: DT Swiss Champion Black 1.8mm
Pneus: Schwalbe Rocket Ron26 x 2.1
Espigão: Scott RC 03-60/34.9mm
Peso: 10.00kg.

SCOTT SCALE 40 2011 - 1550€ (esta marcada a 1889,99 euros)
Quadro: Alumínio 6061
Suspensão: Rock Shox Reba RL 100mm curso
Caixa: Ritchey OE 1 1/8
Guiador: Scott Pilot 18 Team
Avanço: Scott Comp 4 Bolt
Manípulo: Shimano SLX SL-M660-10
Mudança fr.: Shimano SLX SL-M660-10
Mudança tr.: Shimano XT RD-M773 SGS
Pedaleiro: Shimano FC-M552 42Ax32Ax24T
Pedais: Wellgo C128
Eixo: Shimano Cartridge / 68mm shell
Corrente: Shimano CN-HG74
Cassete: Shimano SLX CS-HG81 11-36 T
Travão: Avid Elixir 5
Aros: DT Swiss 445d 32H
Cubo: Shimano FH-M525 Disc CL
Raios: Black Stainless Black 15G / 1.8mm
Pneus: Schwalbe Rocket Ron26 x 2.1
Espigão: Scott Comp / 31.6mm
Peso: 11.00kg.

SCOTT SPARK 35 2011 - 2350 euros (esta marcada a 2699,99) - CARBONO
Quadro: Spark Carbon Mainframe IMP technology/escora alumínio 6061
Suspensão: Rock Shox Reba RL/120 mm curso
Amortecedor: DT Swiss M210
Caixa de Direcção: Ritchey Super Plus 1 1/8
Desviador Tr: Sram X.9/30vel.
Desviador fr: Shimano SLX FC-M661-10
Manipulos de Mudanças: Sram X.7 Trigger
Manipulos de Travão: Avid Elixir 5
Travões: Avid Elixir 5
Pedaleiro: Shimano FC-M552 42Ax32Ax24A T
Eixo Pedaleiro: Shimano Cartridge/68mm shell
Guiador: Scott Pilot 15 Comp
Avanço: Scott Comp oversize 31.8mm
Espigão: Scott RC 03-60 / 34.9mm
Selim: Selle italia Scott custom
Pedais: Shimano PD-M520
Cubo: DT Swiss XR30 Disc IT
Corrente: Sram PC 1031
Cassete: Sram PG 1050 / 12-36 T
Raios: DT Swiss Champion Black 1.8mm
Aros: DT Swiss XR30 Disc 28H
Pneus: Schwalbe Rocket Ron EVO 26 x 2.25
Peso: 11.50kg.

CANNONDALE FLASH MAGURA 2011 - 2200€ (marcada a 2458euros) CARBONO
Quadro: Flash BallisTec carbon SAVE, BB30 specific geometry
Suspensão: Magura Durin Race 100 mm custom 1.5 alloy steerer
Aros: DT Swiss XCR 1.7
Cubos: DT Swiss XCR 1.7
Raios: DT Swiss XCR 1.7
Pneus: Schwalbe Racing Ralph PaceStar 2.1
Pedais: CrankBrothers EggBeater 1
Pedaleiro: FSA Afterburner 386 BB30 42/27t
Eixo Pedaleiro: BB30 included crank
Corrente: KMC X10SL CP
Cassette: Shimano SLX 11-36t 10sp
Desviador Dianteiro: SRAM X-7
Desviador Traseiro: SRAM X9
Manipulos de Mudanças: SRAM X-7 2x10 SHIFTERS W/O CLAMP + MM CLAMPS
Guiador: Cannondale C2 flat
Avanço: Cannondale C2 1.5
Caixa de Direção: Cane Creek 1.5 integrated
Travões: Avid Elixir 3
Manipulos de Travão: Avid Elixir 3
Selim: Cannondale Stage crmo rails
Espigão: Cannondale C2 27.2 mm 17 mm offset
Punhos: Cannondale C2 flat[/FONT][FONT=&quot][/FONT]

O que acham?
 
#7
De entre as possibilidades que aí colocaste, eu ia para a scott ou cannondale.
Simplesmente por são muito boas de conduzir.
Eu não tenho FS (full suspension) por isso gosto das HT (hard trail) :D
 
#9
Epa convinha saberes primeiro o k keres e para o k keres a bike. Para o teu orçamento aconselho te a procurar, e muito. Eu comprei na segunda feira passada uma cannondale rz 120 one por 2200€, tem 120 de curso á frente, uma lefty, bom quadro com garantia vitalicia, a unica coisa k acho k é um menos na bike é o selim k não é dos mais confortaveis, mas se fizeres viagens até 25 km aguenta-se. Para o teu orçamento acho uma boa opção, alem de k arranjar uma full suspension como esta, por este preço, e com os componentes k tem, com o peso k tem, é quase impossivel. Não te limites ás lojas á porta de casa, telefona e vasculha, k encontrarás algum porreiro. Ja agora k idade tens? Para pessoal mais novo, normalmente aconselha se um ht, para pessoal mais velho, um fs pk normalmente têm problemas de costas e as fs são mais confortaveis. Convem sabermos qual é o uso k vais dar a bike pk assim podemos dar uma opinião mais correcta.
 
#10
Nimrod,

tenho 36 anos e pratico desporto. A bike servirá para andar ao fim-de-semana e férias, essencialmente para fazer passeios com amigos. :cool:
Apesar de existirem "milhares" de marcas e modelos, bem como preços, já me decidi a fazer um investimento inicial elevado, numa bike com um bom quadro de origem.
Deste modo, limitando o preço a um valor, quero fazer uma boa compra dentro desse valor (pode não ser a melhor escolha, mas uma boa escolha).

Concordo que se deve procurar muito, mas também percebo que quanto mais procuramos, mais existe ainda por procurar, exactamente porque existem milhares de lojas, promoções, modelos, etc. Chega-se a uma determinada altura e já estamos cansados de procurar :(. E depois acabam algumas promoções que tínhamos garantidas, vêm novas colecções, vêm novas promoções, alteram-se modelos,... e começa o processo de procura novamente!! :mad:

No fundo, em Setembro vou fazer a compra e quando a fizer quero ter consciência de que fiz uma boa escolha, essencialmente a minha escolha. Não quero chegar ao dia e ainda ter 5 ou 6 bikes na cabeça e decidir sob pressão. Porque se isso acontecer, corro o risco de pensar sempre: "é pá, se tivesse escolhido a y...".

Resumindo, já estudei algumas Cube, GT, Canyon, Specialized, Scott e Cannondale. Neste momento tenho propostas para aqueles 5 modelos. Qual a vossa opinião sobre eles?
Se me aconselham outros, agradeço que me refiram o porquê dessa escolha, ok?;)

Obrigado
 
#11
Se fizeres passeios longos, aconselho-te uma Full Suspension. Se fizeres curtos (50km+-) aconselho-te uma Hard Trail (dependendo tb do piso).
Como eu só uso HT a minha opinião recai mais sobre estes modelos, tanto a cannondale como a scott que disse são bastante robustas e oferecem uma condução muito boa, não te podes enganar em nenhuma delas.

A termos de FS se vais só dar uns passeios, a Spark 50 serve perfeitamente, agora se quiseres levar isto um pouco mais a sério e depois investires na bici então aconselho-te a 35.

No final tudo depende do que vais fazer com ela e por onde vais andar. Se for terrenos duros / pedra se calhar uma FS até te será mais confortável, mas lá está nós não advinhamos o que tu vais querer fazer com a bici ao inicio nem se depois ficas fanático e queres fazer upgrades.

Resumindo:
Queres só dar umas voltinhas com os amigos nada de especial: compra quadro de aluminio
Queres dar voltinhas mas são grandes ou os percursos são duros então compra uma FS senão compra uma HT.
Se não tens a técnica de BTT dominada e não estás para aí virado, compra uma FS que são vais fáceis de conduzir e dão-te mais margem de manobra.

Não sei que mais te dizer! LoL :)

@Nimrod Isso dos bancos serem desconfortáveis...é preciso calejar o rabo (LOL).
 
#12
Desculpa o offtopic mas td a minha vida andei de bike e ja tive alguns selins, mas akele sinceramente, não amortece nadinha e é muito plano. Apesar da bike ser fs, mesmo assim em estrada fico td lixado. Mas k a verdade seja dita, nunca andei numa bike como ando nesta, ker em distancia percorridas, ker em velocidade, ker a fazer trilhos, secalhar tenho é de ganhar ainda mais calo e comprar um bons calções, lol.
 
#14
Acho que o Holy disse quase tudo.. e sublinho que sem saberes onde vais andar e os trilhos que gostas pode não ser fácil escolher a bicicleta certa.. Se achas que não te vais aventurar sozinho, sugiro que tenhas muito em conta as bikes e as opiniões dos teus amigos porque eles é que sabem os sítios por onde andam. Em todo o caso, como uma pessoa não fica mais nova e eu prefiro o conforto à performance, ia para uma FS, que também tem a vantagem de ser mais polivalente que uma HT.
 
#15
E quanto às bikes em concreto, com características concretas, que eu referi?
Agradeço todas as opiniões que já recebi, mas ainda ninguém me falou em concreto das bikes que referi...

Gosstaria, se possível de receber conselhos parecidos com:

- "eu iria para a bike X porque o quadro em carbono é bom e os componentes aceitáveis, etc"
- "eu preferia uma bike de Al mas com melhores componentes, porque..."
- considera antes uma Y da marca X pois por esse preço vais mais bem servido, porque..."

Para ajudar, prefiro uma Hardtail, porque as FS já saem um pouco fora do orçamento (<= 2000 €).

Não me achem mal agradecido, mas ainda só recebi duas opiniões que realmente me ajudaram em concreto (Ricardo e Holy), apesar de todas serem válidas.

Obrigado
 
#17
Eu acho (não aconselho pois deves ter mais experiencia nisto que eu) que é melhor com orçamento e querendo uma hardtail, ires para o carbono. Já que é mais confortável. Os componentes, se optar pelo aluminio podem ser melhores, mas nessa gama de preços penso que tanto em aluminio como em carbono, a fiabilidade deles é equivalente. Caso coloque em consideração o factor do peso, eu não estou dentro desses assuntos, mas provavelmente como o quadro de carbono é mais leve, deve andar ela por ela, digo eu. E como ja referiram, a transmissao vai ser necessario trocar com o uso, já o quadro espera-se que dure muitos e bons anos.

Quanto ás bicicletas em especifico há gente mais conhecedora pra falar disso do que eu com uma bike com shimano acera.

Só uma ultima nota em relação às suspensoes totais. Viste a canyon xc 7.0? não seria uma boa opçao?

espero ter confundido mais um pouco ;)
 
Last edited:
#18
Holy,

a tua bike é demasiado cara para o meu orçamento. Mas se te referes à preferência pelas Scott, alinho contigo.

abelha 2, preferia comprar numa loja física do que na internet, apesar de nada ter contra esta modalidade.

Em princípio vou optar pelo quadro em carbono. Como o Ricardo disse, as peças de desgaste vão-se trocando.
Só ainda não decidi se prefiro HT ou FS. As primeiras têm a vantagem de serem mais baratas.
Como vou iniciar a prática de BTT, não sei se vou fazer passeios longos ou duros. Certamente no início serão curtos e de dificuldade reduzida. Com a experiência é normal que avance nas distâncias e dificuldades. Mas não posso prever o futuro e como o mesmo ditará se farei bem em optar por uma HT ou FS.
Lá está, nesta altura o preço deverá ditar HT, mas a flexibilidade ainda me puxa para a FS...

Incertezas...
 
#19
Com a tua idade tens 2 opções :

- HT > (Al) mais leveza; (Cr) ainda mais leve = óptimas para passeios grandes (maratonas) e excelentes para subidas. Ou seja, andas mais depressa e vais mais longe sem te cansares tanto.

- FS > Aqui o que irás notar mais será o conforto, mas também o aumento de peso. Uma boa FS em carbono poderá é já ser um pouco cara para o teu orçamento.

Eu tenho uma HT e uma FS e desde que comprei a FS não quero outra coisa...os limites foram-se.

Procura também nos usados, onde por vezes se fazem grandes negócios como alguns users deste fórum já fizeram.
E tenta não te precipitar na compra.
Tenta ver as bikes ao vivo, faz perguntas, monta-as, faz uns tests-drives, vê se a geometria do quadro é a indicada para ti pois se te sentires mesmo bem em cima de uma delas, então é essa a indicada para ti.
 
Last edited:
#20
Boas, visto que o nome do tópico é quadro em alumínio ou carbono e esta também é uma das minhas duvidas, gostava se possível alguem me esclarecesse, se um quadro em carbono com uma queda ou uma pancada se pode partir com mais facilidade do que um de alumínio?