100% Mato & Estrada - 2ª Temporada

Na 5ªfeira lá consegui pedalar uma horita pela manhã e hoje foi mais hora e meia com muito sacrifício mas no final recompensou. Aproveitei estas duas saídas para apanhar bastantes pauzinhos de lenha para queimar no Domingo. Quero ver quem se tem empenhado para se aguentar até ao fim sem obrigar os companheiros a abrandar. As conquistas têm muito mais valor quando vemos o nosso trabalho a dar frutos.
Estou cheio da pica para Domingo e amanhã é dia de descanso, alimentação e hidratação. Irei às compras para levar os bolsos cheios de “petroil” para ajudar a queimar tanta lenha.

Leva a corda!!!
 
Vais é precisar de um maçarico para queimar a lenha toda e não do "petroil".
Eu na 5ª feira, esgotei a minha lenha toda e mais alguma, atrás de 2 foguetes que apanhei, foi um tal de gastar energias todas em 80km.:#1:
Amanhã lá estarei ás 7:30H.
 
Olha a "aparecida"!!!

Até que enfim que te baixaram os inchaços das cabeças dos dedos e que te ofereceram um corta-unhas para voltares a poder conseguir teclar aqui no nosso cantinho dos desabafos e baforadas.
Hoje à noite vou comer uma "Sopa da Pedra" ao Forum (mais lenha).
Se alguém quiser fazer companhia estou lá às 20:30. lololololol
 
Boas pessoal....

Chegamos todos bem menos eu que fui á ERVA e duma maneira um pouco radical á cambalhota eu e a fuego 7.5 neste momento parece o fui atropelado por um camiao ....asério ....de AZEITAO ate coina é sempre a dar carvao como é o abitual e hoje nao fui diferente pois nós os tres iamosa bom ritmo 35 pra cima...antes de se fazer as 2 curvas antes da retunda de coina ia colado na roda do EMIDIO mas do lado esquerdo e deseclibrei-me para a direita e fui mesmo por pouquisimo que nao lhe toco nisto saio fora da estrada e caio para fora dei 2 cambalhotas ..resultado braço esquerdo esfulado, perna esquerda da parte de cima toda arranhada e imchada e é mesmo ai que doi no inchaço perto da cimtura de lado ,,,ombro esq tanbem tem 3 arranhoes ate por cima do sobre olho ta um corte ,,na passagem da 1ª para a 2ª cambalhota fechei os olhos e pensei MEU DEUS VOU PARAR A ONDE fui um belo susto e um abre olhos.....



um abraço a todos,,,boa semana
 
Companheiro quando olhei para traz e te vi no ar, pensei para comigo matou-se, tal era o aparato. Acredito que não deve ser facil estes proximos dias, com alguma calma e paciencia isso vai ao lugar. Acontece a quem anda nestas andanças o mais pequeno descuido ao uma avaria é o quanto basta para nos mandar ao tapete. UI e se doi..............
O resto do pessoal apanhou outro caminho? vinhamos nas calmas à vossa espera!
Para todos Obrigado pela companhia, e até uma proxima vez.
Obrigado,
Obs: as melhoras Coelho e uma recuperaçao breve.
 
dei 2 cambalhotas...
Bolas, Coelho! Isso é que foi azar. O meu corpinho sabe muito bem quanto é que isso custa e dói, mas... não há-de ser nada. Pensa positivo e recupera bem.;)

Quanto à volta do dia, bem "martelada" por mim na projecção que fiz da mesma aqui no tópico e que resultou numa valente "surpresa", foi mais uma vez bem pedalada. Parabéns a todos. Se não tem havido problemas técnicos, tínhamos feito a rota completa... que, pelas minhas contas, nos deixaria à beira dos 145 km. Mas os 130 km percorridos foram na mesma muito bons.

Um abraço para todos,

JS
 
Boas pessoal....

Amigo JOAO e Jramos,,,, muito obrigado pelo apoio...

Hoje tou melhor ja tou menos imchado doi menos mas ainda mordem ...tou é a ficar com umas tatuagens novas ..(deve de ser á ciclista) mas em fim ..espero que nao se repita pois a recuperaçao é delurosa e eu que pensava que os benerons nao fossem grande espingarda mas ate alivia as dores.....

Como sei dar uns pingos ou percebo de serralharia(digo eu) vou montar umas rodinhas de lado com sistema hidralico e censores para descidas e curvas mais apertadas ah e ja agora o (ABS) loooollllll :D


um abraço e bons treinos
 
Boas, Joaquim. Não percebi bem este percurso...:confused: Ou então é defeito de visualização do meu PC.:confused: Seja qual for, por mim pode ser atacado no domingo, se não chover, como dizes (e bem). Talvez tenhamos sorte. Mas... domingo é dia de Páscoa. Falando por mim, tenho almoço de família em agenda. Nesse sentido, talvez fosse aconselhável uma distância mais curta... ou mais rápida de se fazer, mesmo partindo do princípio de que é possível arrancar às 7h30. Indo a Coruche e finalizando pela Atalaia, por exemplo, dá para pedalar muito, bem e depressa. Importante, importante é que a meteorologia ajude.

Agora em relação ao M-F-M: tinha dito que vos acompanharia até Almeirim a 1 de Maio, mas há um pormenor que me pode condicionar na distância. Como é óbvio, tinha presente que é feriado, Dia do Trabalhador, mas só hoje dei conta de que, sendo o primeiro domingo de Maio, é... Dia da Mãe. Assim sendo, terei compromissos que me vão obrigar a chegar a casa por volta do meio-dia. Ajudarei até onde der.
 
Este Domingo passado foi um grande teste à resistência e capacidade de sofrimento deste grande grupo de amigos.:cl:
A culpa pode ser em parte atribuída a mim que levei de casa uma chibata para atiçar os cavalos a voar num ritmo infernal. Passados os 15 minutos de aquecimento foi um tal de gritaria para acelerar o ritmo que nem se sentia a quantidade de vento que nos travava o andamento. Os dígitos da velocidade média somavam unidades a uma velocidade que mais parecia que estavam a contar :hahaha: quilómetros.
Em Aguas de Moura já se notava os estragos e as carruagens começavam a desengrenar do comboio.
Era soberba a força constante com que o J.Sanches rebocava o comboio, não deixando-me outra alternativa sem ser a de ficar para trás a mandar um empurrões e a fazer umas recuperações, tentando a muito custo (mesmo muito) manter o grupo unido.
O sr. Coelho foi o primeiro a desistir ainda não estávamos em Setúbal, decidindo virar para a Volta da Pedra fugindo assim à Serra. Como à entrada desta bela cidade já os bidões pediam reposição de líquidos paramos na BP e para nossa surpresa o Sr. Coelho, já recuperado e com mais um gel no bucho, resolveu enfrentar a Serra do nosso lado e só por isso está de parabéns.
Na primeira rampa do dia, Albarquel saindo da Av. Luísa Tody, tinha-mos 75km percorridos a uma média de 33km/h mesmo com o vento a dar trabalho. IRRRAAA!!!:doente:
Até ao Portinho o ritmo foi a par e passo mantendo o pessoal minimamente junto e na "dita" rampa vem de lá uma abelha e dá uma tamanha ferroada na peida do J.G que ele desata a acelerar por ali acima mais parecia o Contador numa subida ao Tourmalet.
No meu estado de graça (empenado como`s cornos) fui subindo nas calmas aproveitando para descansar porque os menos adaptados às subidas ainda estavam bem para trás, eu já não estava em condições para loucuras e ainda havia o caminho de regresso em que nos esperava os ataques e sprints finais que tanto prazer nos dão.
É tudo muito bonito quando corre bem mas um festival de furos e uma queda comprometem qualquer regresso.:( Com os furos finalmente resolvidos foi um tal de queimar lenha no regresso que não há ninguém que tenha ficado com dúvidas que o N.Parreira é um autêntico "Cavendish" ou melhor dizendo "Cá vai disto"!!!!!:suabesta:
As melhoras para o Sr.Coelho porque eu sei bem o que isso é e espero que consigas estar cá no próximo Domingo.
Obrigado ao J.Ramos pela segunda visita e parabéns pela prestação. Tinhas avisado que aparecias quando te sentisses em forma e de facto estás.;)
Não posso deixar de mencionar o facto do Arritmias me surpreender a cada Domingo que passa. Pois o homem vai aguentando estas loucuras até ao fim sem nunca desistir nem dar parte de fraco, mesmo quando descola e precisa de um empurrãozito por trás.
Assim podes contar com a minha roda no M-F-M.!!!!;)
Para os interessados, desculpem não haver fotos mas o ritmo é tão feroz que ninguém se lembra de as tirar. Só quando venho fazer o relato é que dou por falta delas. Nem me lembrei de tirar a foto ao J.Ramos para colocar no nosso Mural. Fica para a próxima.

Desculpem lá vir meter no saco mais um percurso para Domingo mas acho que vale a pena. :pesquisa:
Proponho para o próximo Domingo que o J.Sanches e o sr.Coelho nos acompanhem até Alverca e depois regressem fazendo assim 100km chegando cedo a casa e que nós sigamos até Sobral de Monte Agraço para uma belo treino de subida constante para enrijar os músculos. É um bom treino de subida e não deixa de ter o complemento do treino de recta necessário até chegar-mos ao nomeado local e que é o que mais falta faz para quem se desloca até Fátima e no Domingo passado notou-se bastante as lacunas no comboio.

Fica em espera a vossa aprovação e confirmação de presenças.

Grande abraço e até breve.:fpalm:
 
Last edited:
ola amigos
sr.Coelho vela se te deixas de mariquice , coelho que e coelho ate a pele larga se for necessário .
Agora a serio amigo espero que melhores e te juntes o mais rápido ao grupo.
Em relação a volta , foi pena os imprevistos mas foi bom teve alguns momentos de delírio e outros momentos de passividade principalmente no final .:ko:
 
PASSIVIDADE
A passividade caracteriza-se por uma ausência ou reduzida vontade de agir e também por uma fraca capacidade de reação. Mas quem será?
O sujeito que sofre de passividade tem igualmente uma falta de iniciativa e de poder de decisão. Habitua-se a não tomar muitas iniciativas, a ser alguém comandado pela vontade dos outros, que se define pela existência de uma obediência quase imediata aos outros, já que não expressa a sua própria vontade. Mas quem será?
Define-se igualmente por ser um sujeito que imita os atos dos outros e também as mímicas do outro, já que o seu carácter é fraco e por isso influenciável. Mas quem será?
A passividade pode estar presente em alguns tipos de esquizofrenia, bem como nas organizações-limite, sob a forma da existência de uma relação de objeto anaclítica, ou seja, uma relação dual em que a separação é sentida como algo insuportável e em que não se distingue os traços próprios de cada sujeito, como se fossem um só, o que significa a completa dependência face ao objeto e a necessidade vital da sua presença. Mas quem será?
Resposta: O grupo 100% Mato & Estrada !!! :exacto:

Ou numa melhor e mais correcta interpretação:
:cadeirada: :ko: :tungas: :twisted: :fpalm: :podio: :doente: :eish: :greg: :#1: :barafustar: :venia: :siky: :hahaha: :aiui: :choneh: :cheers: :oops: :yeah:
 
Last edited:
Proponho para o próximo Domingo que o J.Sanches e o sr. Coelho nos acompanhem até Alverca e depois regressem fazendo assim 100km chegando cedo a casa e que nós sigamos até Sobral de Monte Agraço para uma belo treino de subida constante para enrijar os músculos.
Fica em espera a vossa aprovação e confirmação de presenças.
Boas. Se o tempo ajudar, e se nada de pessoal obstar à minha presença, posso acompanhar-vos até ao Porto Alto. Depois viro à direita para Pegões, e dali sigo para Poceirão, Rio Frio, Passil, Atalaia e Montijo. São cerca de 110 km. Saindo às 7h30, julgo que às 11h30 já dará para estar em casa e de banho tomado - ou quase. Para mim, num domingo de Páscoa, será o ideal. Vamos ver se a "agenda social" não prega surpresas.;)

Um abraço,

JS
 
Companheiros, estou a pensar em vos acompanhar para mais uma "esfrega".
Naturalmente a vontade é de vos acompanhar na totalidade, mas como as minhas pernas estão mais habituadas ao mato, pode ser que me sinta "forçado" a fazer companhia ao João na vinda para casa.

Abraços
 
Mais umas lições de condução para os menos experientes:

[video=youtube;q2C1Qzp6WK4]http://www.youtube.com/watch?v=q2C1Qzp6WK4&feature=relmfu[/video]

Mas quem será?


Amanhã é às 7:30 ....... não esquecer!!!
 
Olá amigos
Grande treino Montijo-ilha do pessegueiro 147 km
5.30 hora de acordar
6.00 na bomba para o café
6.15 partida
7.00 Aguá de Moura
8.00 Alcaçer do Sál
8.50 Grandola para um breve lanche
10.00 120km e um furo
depois derivado a bomba que não estava a fucionar bem estive que fazer a resto do percurso com pouco ar e a um ritmo baixo mas ainda deu para fazer media de 30 kmh .
147km bem passados e debaixo de chuva que ate doia, por vezes ate era dificil ver a estrada e para quem pensa que por irmos em sentido sul as descidas serem mais que as subidas fica plenamente enganado tal e qual com eu , que pensava sempre e lá vem mais uma subida e depois dos 90km precuridos aparece uma serra para dar umas esfrega, a subir e quando pensava ja falta pouco e não parava de subir depois de a certa altura veio a altura de descer nem sei quantos km fiz a 55kmh ate deu para por os cotovelos no guiador para modar de posição .
Axo que e uma volta para repetir fiquei maravilhado ( muita coisa fica por dizer)
Espero que a vossa volta tenha corrido bem.
Um grande abraço
 
Grande volta Luis, temos que combinar para fazer isso juntos.
A nossa volta tambem foi porreira, a media foi excelente, 34,5....mais coisa menos coisa. Foi pena o Emidio ter "fingido" um furo ja perto do final para poder descansar. Mas ha males que veem por bem, pois a sua atitude veio mesmo a tempo, foi o que me safou do vexame de ter que gritar por socorro,é que eu ja estava mesmo no limite, quando o nosso companheiro gorduxo começa a puxar o ponteiro sobe aos 40km/h e depois uma pessoa começa a pensar, "mas como é que eu vou conseguir chegar a casa"...

Abraços a todos.
 
147km bem passados... uma volta para repetir fiquei maravilhado
Olá, Luís. Ainda bem que correu tudo nos conformes. Pois é, um gajo pensa "ah, isto para Sul é sempre a descer", mas depois leva com cada porrada nas subidas que até dói. Mas o que custa mais é o primeiro impacto. No Tróia-Sagres do ano passado, por ser a segunda vez que fazia essa clássica, já não me causou grande impressão. E por falar em Tróia-Sagres, a 3ª edição primaveril é já no dia 29 de Maio. Ninguém alinha? Já me "alistei", e começo agora a treinar para os 205 km.;)

A nossa volta de domingo também foi valente. Espremeu-se do princípio ao fim. Como na semana que passou não fiz nem um minuto de treino - o trabalho foi tanto e exigente que não tive nem vagar nem disposição -, só a meio da nossa tirada, perto de Pegões, é que me senti a entrar no ritmo. Mas foi tudo cinco estrelas, até a hora a que se chegou a casa.;)

Feliz Páscoa para todos. E muitos ovinhos de chocolate... para depois se derreter na estrada.;)

JS
 
Last edited: