RockRider 8 XC Carbono 2010

Viva,
Antes de mais devo dizer que tenho cá em casa duas bicicletas rockrider, na minha opinião as bicicletas da decahton têm uma muito boa qualidade pelo preço que custam.

Quanto a esta 8XC carbono, acho que está uma grande máquina, ninguém pode dizer que a Bike tem maus componentes ou obsoletos.
No entanto acho que o preço é exagerado, por menos de 2000euros consegue-se uma bike a la carte com melhores componentes e melhor peso. Assim só por alto, quadro believe; suspensão sid race; rodas novatec; espigão, avanço, guiador KCNC; transmissão full XT 2011 ; travões avid elixir carbon; selim selle Itália SLR XC gel flow; pneus kenda karma; pedais shimano; bichas/cabos jagwire; apertos nope: valor 1809euros. Faltam os valores do portes das lojas.

Quando a decahtlon baixar para os 1500euros ai sim vai ser um sucesso de vendas.
 
Isto já se está a tornar numa discussão algo disparatada...

Aliás, não sei quem está mais a denegrir a marca. Se vocês com esse sentimento injustificado de perseguição (por trabalharem na Decathlon, por tem bikes da marca ou sei lá) se outros utilizadores que apenas fizeram constatações e deram sugestões.

Não vi ninguém a falar mal por falar da Decathlon! Eu próprio quantas vezes já não aconselhei a marca a vários amigos...

E para que não restem dúvidas... :lol:



Maratona de Cabeça Gorda 2010 - Calção decathlon, jersey decathlon, óleo decathlon e já agora porque também existem os "perseguidos sportzone", luvas sportzone.

E quanto às comparações ridículas...

Um XTR de 2008/2009 ou XT de 2011 de 10v.... para mim, sem dúvida o XT.

Também andava na dúvida quanto às 10v. mas depois de experimentar é simples: mais rapidez na transição de mudanças, maior suavidade nessa transição, menos desgaste da corrente, cassete e pratos, menos desafinações, menos acumulação de lamas e outros tipos de sujidade na cassete, etc...

Para além disso, com a introdução por exemplo de uma cassete 11-36 já podem perfeitamente optar por uma pedaleira de 2 pratos com um relação ao gosto de cada um, sem sacrificar nada o rendimento de cada um...

Uma SID de 2009 ou uma REBA de 2011? 100/200 gr de diferença, mais resistência e longevidade da REBA, mais opções de curso, maior nº de opções de utilização... não sei...

E essa de colar autocolantes da Btwin numa CUBE ou GHOST como se os quadros tivessem alguma ponta de comparação, é mesmo rídiculo!

Tenham juízo! Só a GHOST apresenta 7 modelos de HT´s de carbono + 8 modelos de FS´s de carbono para 2011 onde podem optar por quadros UHM (30 toneladas de força tensil) e HM (24 toneladas de força tensil) com active flex tecnology, Continuous Cable Housing, Center of Competence, Composite Pressfit BB, E-type direct, Frame Guard, feitas à mão na fábrica alemã, Multiforming Integral Molding System, Optimized Lateral Stiffness, Specific Chainstay Length, Tapered Head Tube, etc...

Se quiserem saber mais é só irem ao site da marca...

Existem modelos da Ghost em carbono (1100gr nos tamanhos intermédios) com as tecnologias que falei, com full ou quase full XT, transmissão de 10v. espigão e guiador em carbono, REBA RL 2011, rodas Alexrims, raios DTSwiss com cubos XT (extremamente resistentes e mesmo leves), etc pelo preço da Rockrider.

Já para não falar em medidas de quadros. Na GHOST vão desde o 40 ao 56 enquanto na DECATHLON estava bem lixado se estivesse à espera de quadros de carbono para a minha estatura. Simplesmente não existem!

E também para não falar da assistência. Já está mais que discutido que a mesma difere de loja para loja mas uma coisa é ir à loja especializada em bicicletas com um problema e trazer se for necessário, a bicicleta de imediato, outra coisa é deixá-la lá e esperar, esperar e esperar... e ver se o serviço vem bem feito...

Um dos defeitos para mim da Decathlon é simplesmente não acompanhar a "evolução dos tempos" e as provas disso é ir para 2011 com um quadro de 2009, para não dizer de 2007 ou 2008 e material também desses anos. Não quer por isso dizer que seja uma má bicicleta, pelo contrário. E então se o quadro for do género e tiver um comportamento idêntico ao meu FUJI de 2007, estamos perante uma grande máquina, sem dúvida mas actualmente existem muito mais opções e sobretudo muito mais evoluídas que esta rockrider e por valores muito idênticos só isso.

Também tenho amigos a trabalhar na Dectahlon e até falo com eles regularmente, também uso e sempre usei material da dectahlon, etc mas isso não me faz ser cego...

Seja Dectahlon, seja CUBE, seja GHOST, seja esmaltina, o importante é serem felizes com elas...

Cumprimentos

Hugo
 
Para nos entrar mos aqui a discutir eu fico por aqui. Não vale apena falar falar e dizer sempre a mesma coisa.
Pá a Ghost é melhor ou Cube porque tem acompanhado o mercado e com bons preços pior para as grandes superfícies que andam cerca de 1 ano atrasados . Quem perde são eles mesmos as grandes superfícies.

Quanto á bicicleta só ira vender por 1500€ eu nao comento é melhor....

O melhor era falar na bicicleta em si e não se esta cara ou barata ou se á marcas melhores ou assim penso que já deve de chegar disso.

Já agora quanto a oficina da decatlhon espigão apenas digo nem todos são iguais á sempre aquelas que te resolvem o problema na hora ou ate mesmo te substituem por um material novo as vezes quando não é preciso. Mas isso penso que deve de haver um tópico a falar nas oficinas da decatlhon....

Falando na bike esta muito bonita apenas lhe trocava os periféricos e rodas e ficava com o belo peso de prai 8.5kg e uma boa Maquina para competir.
 
Amigo Pedro,

Já tinha feito este aviso atrás...

Pessoal, o tópico é sobre a rockrider e estão trazer para este tópico outras máquinas. O pessoal se quiser basta fazer uma pesquisa e constatar a excelente relação qualidade/preço das máquinas p/ 2011 que aí vêm sobretudo do mercado alemão.

Existe o tópico da Cube, da Ghost, etc... para essas constatações.

Da parte da Decathlon veremos se reserva alguma surpresa para 2011...
Vocês é que vieram pedir "comparações incomparáveis", com a conversa dos autocolantes nos quadros, etc...

Sobre a assistência na Decathlon eu fui claro ao dizer que difere de loja para loja mas sobre este assunto, também existem tópicos específicos:

http://www.forumbtt.net/showthread.php/14016-DECATHLON-Boa-Assistência-Pós-Venda-!

Cumprimentos

Hugo
 
Seguindo a mesma filosofia do Hugo Carvalho, existem coisas boas na Decathlon e coisas menos boas, no meu ponto de vista e de uma forma geral a Decathlon tem coisas boas e as bons preços.

Eu trabalho numa loja de bicicletas e reconheço a qualidade dos produtos da Decathlon, tanto em bicicletas como noutras coisas, compro bastantes coisas na Decathlon e muitas coisas de qualidade e sem concorrência no mercado, seja em roupa como em coisas relacionadas com a bicicletas.
As bicicletas da Decathlon tem a mesma qualidade de outras marcas, se comparar-mos produtos dentro da mesma gama de preços... Hoje em dia os quadros são praticamente todos fabricados nos mesmos sítios, com algumas excepções, é claro.

Ainda à pouco tempo, optei por me deslocar para o trabalho de bicicleta, à custa disso tive de investir em bastante equipamento, a Decathlon foi umas das apostas na compra de algumas coisas (Vestuário, impermeáveis, reflectores, câmaras de ar), pois tinha bons preços com boa qualidade e em certas coisas não chegava a ter concorrência, o resto comprei na loja onde trabalho e olhem que na loja conseguia algumas coisas mais baratas, mas algumas optei mesmo pelas da decathlon por serem melhores.

Por isso e a titulo de conclusão, este novo quadro de carbono da Decathlon o que precisa é de Km's e de verdadeiros teste, para se poder "opinar" como deve ser!

Cumps
César Azul
 
Acho que o que falta mesmo aqui é testar a máquina, para ver como ela se porta...não vale apena andar a discutir a assistência da Decathlon que já sabemos que varia de loja para loja, ou do preconceito da marca, que também existe...

Importa sim destacar a entrada da Decathlon no carbono. Que de facto existem arestas a limar existem não podemos negar. Eu tenho uma RR e sou fã da decathlon e se pudesse comprar uma carbónica a 8xc entraria de certeza ao barulho.

Esperemos em breve ter um tópico no "análises e testes" da máquina.

Cumps
 
Mais 2$50 para o debate:
A maior "virtude" que a Decathlon trouxe foi uma certa democratização material desportivo. Mas atenção: nem tudo o que é comercializado da marca própria será uma maravilha ! Mas mesmo assim há material muito interessante que não fica nada atrás de marcas conceituadas e a preços muito convidativos. Só um exemplo: uma mochila para quem faz Raids ou Corridas de Aventura, com 18 litros de capacidade custa na marca própria 25€ e uma semelhante mas da Salomon ou Raidlight custará algo como 60€/70€, no mínimo ! E a diferença de preço não se reflecte na qualidade do produto.

Sobre esta Rockrider em carbono : achei-a bem equipada e o preço parece-me adequado. Acho que é tempo de se deixar de estigmatizar a marca. Casa um sabe da sua carteira. Quem tem €€€ disponiveis com fartura para estar sempre há procura de como retirar mais 2 gr. da sua montada ou na busca incessante do ultimo berro tecnológico e de marcas tipo "mais cara é sinónimo de mais qualidade", força ! Sem dúvida que para enfrentar os trilhos é necessário possuirmos uma montada que nos garanta alguma fiabilidade (não há 100% à prova de bala), mas ter um BTT de 5000€ toda XPTO com 8kg e não termos pernas, não nos fará melhores atletas do que aquele tipo que anda numa de 500€ e nos dá bigodes todos os Domingos.

Quanto à assistência, isto é como em tudo: não está a ser efectuada em condições ? Livro de reclamações ou então, ir a outro lado. Mas não me parece que seja necessário o livro, pois a Decathlon tem fama (e proveito) de trocar o material sem pestanejar
E sim, concordo com o que aqui alguém já disse: se esta BTT tivesse uns autocolantes com um nome mais sonante, muitos que hoje lhe fazem vade reto, far-lhe-iam vénias e cantariam loas.
Finalizando: não trabalho, nem trabalhei na Decathlon.
 
Na decathlon de Braga tem lá uma, tenho a dizer que ao vivo é muito mais bonita do que na foto, aliás gostei muito do raio da bike.

Quanto ao material ser de 2010 ou 2020, é uma discussão que se tem de fazer sempre com o preço de todo o conjunto ao lado, porque nao custa nada pedir uma montagem toda de 2011, e criticar esta bwin, quando as diferenças de preços são abismais.

O que eu tenho a dizer é que se trata de um produto muito bom, na relação qualidade, peso, preço.

Aliás é tão bom que tinham na loja um papel a dizer para nao tocar na bike, deve ser de cristal, ou cetim...
 
Last edited:
Mesmo considerando o valor anterior, parece-me uma boa opção a ter em conta.
O motivo desta minha opinião é simples: mesmo existindo outros modelos com uma relação qualidade/ componentes/ preço muito interessantes, comparei com um modelo rigido de uma das habitualmente designadas "marcas conceituadas", que custava mais 600€ e recordo-me que vinha com uma Reba, desviador traseiro XT, travões iguais ou semelhantes, etc.
E conseguia ainda ser mais pesada.
 
Boas

Hoje tive a oportunidade de ver a dita RR in loco na Deca de Alfragide e confesso que a achei muito atraente (€1799 confirmado). Em termos de equipamento já foi quase tudo dito, resta-me apenas acrescentar 3 acessórios que ninguém falou, são eles o farol dianteiro e pirilampo traseiro e uma simpática campaínha no guiador que a loja resolveu incluir e que sinceramente retira o aspecto racing de todo o conjunto.
O carbono não é uma opção para mim, preferia ter um quadro em titânio, mas reforço a ideia que a RR cativa o olhar.
 
Este preço é bem mais interessante :) e ainda oferecem a campainha e luzinhas...bem negociados conseguem-se os refletores para as rodas :)

tenho que dar um pulinho a alfragide...
 
Ontem tive a opurtunidade de ver uma, na MARATONA TRÊS ADOS - Carvide, Leiria, tendo como organizador os Trilhos do Liz.

A bike é muito bonita, realmente. Só é pena haver 1 tamanho ou 2, pois o selim do "ciclista" tava um pouco baixo para um quadro daqueles...
 
Primeira bicicleta vendida na decatlhon Matosinhos.
Veio de preposito de Coimbra buscar não sei o porque mas sei que a loja de Coimbra o reencaminhou para Matosinhos.

Parece que o preço vale apena o gasto de Coimbra/porto/Coimbra