motards nos trilhos - o que pensam, que opinião têm ?

#41
Eu lamento , mas sou totalmente xenófobo no que aos "motards" diz respeito.

Para alem de destroirem os trilhos ainda se tornam um perigo publico e um atentado á segurança de pessoas inocentes que andam ou a passear a pé ou de bicicleta querendo disfrutar da paz e da tranquilidade de uma floresta e respirar ar puro.

Este pessoal não tem o minimo respeito por quem anda nos trilhos , por vezes parece que ao verem ciclistas ou pessoas a pé ainda fazem pior , aceleram e derrapam lançando chuva de pedras e outros detritos em cima do pessoal que não lhes fez mal nenhum , ou se calhar o facto de se ir num trilho é um atentado para esta gente ....

Já me indignei vezes sem conta contra esse pessoal , e já por uma vez parti a viseira de um deles á pedrada , pois teve o azar de depois de passar por mim e agredir-me á pedrada causada pela a aceleração repentina e consequente projecção de detritos , causando-me ferimentos vários e uma bicicleta toda riscada , teve ele o azar e eu a sorte de meia hora depois ele regressar de volta pelo trilho e eu reconhecê-lo...
Ele deve ter visto bem a porcaria que tinha visto e levou a pedrada e nem parou...

Trilhos e caminhos em zonas florestais protegidas deveriam ser proibidas a desportos motorizados....

Criem espaços para este pessoal ir descomprimir , poluir e destruir o meio ambiente , sem colocar vidas de pessoas inocentes em risco.

Cumprimentos.
 
#42
concordo plenamente. aliás, penso que deveriam haver algumas restrições, não são os betetistas que estragam os trilhos, que largam "carradas" de fumarada pelo campo. em estradões ainda compreendo, agora andar em trilhos que por vezes têm pouco mais de 1m de largura não concordo.

não sei se falo por mais alguém quando digo sinceramente que detesto ter que parar para ceder passagem a uns tipos que no minimo me vão mandar com fumo para a cara :mad:.

meus amigos, existem pistas de cross para as motas mas não existem pistas para btt.
a minha pista é a serra e não gosto que a destruam
 
#44
passar por mim e agredir-me á pedrada causada pela a aceleração repentina e consequente projecção de detritos , causando-me ferimentos vários e uma bicicleta toda riscada
Já me aconteceu precisamente o mesmo, e só não lhe atirei uma valente pedrada porque não o cheguei a ver mais...

Concordo com muito o que já foi dito, compreendo que todos têm o direito de usufruir dos trilhos mas acima de tudo noto uma crescente falta de civismo de muitos adeptos do motocross, todo o terreno e afins (e sejamos realistas, muitos adeptos do btt tb...) que muitas vezes passam por nós, bttistas, a acelerar desalmadamente e a cortar curvas sem o minimo de cuidado e sem a menor preocupação com o que pode aparecer do outro lado.

Também já me cruzei com malta mais cuidadosa que imediatamente abranda e faz sinal aos restantes para fazerem o mesmo, contudo tenho reparado que esses normalmente são já pessoas mais "velhas", o verdadeiro perigo vem da maltinha mais nova e recém encartada, cujos papás lhes compraram a mota ou a quad e a partir daí é sempre a acelerar sem ter o minimo de respeito e cuidado com os outros utilizadores dos trilhos e caminhos que frequentam.

Infelizmente somos o elo mais fraco no meio disto tudo e como tal temos de andar com um cuidado redobrado para evitar que aconteça alguma desgraça... enfim é a triste mentalidade tuga, "vou numa "máquina" mais poderosa, como tal mando nisto tudo, os outros que se lixem"

Como já disse sei que não são todos assim mas há um grande número de pessoal a desrespeitar tudo e todos.
 
#45
joaopedroms qualquer utilizador tem tanto direito como tu a usar o que denominadas de trilhos!!
E já agora onde ficam essas pistas de cross?
é evidente que toda a gente tem o direito de usufruir de qualquer espaço público, não é isso que está em causa. o problema é como se é utilizado esse mesmo espaço.

fica ai o link para ver pistas de motocross só na região de lisboa:

http://maps.google.pt/maps/ms?gl=pt...d=103668220836039797834.00045d7da8735726024fe
 
#48
eu por sorte nunca me cruzei com malta dessa que tem a mania de serem superiores, os que raramente por mim passam costumam abrandar, mas conheço muito boa gente que até se gaba de mandar uma chuva de lama para cima dos ciclistas e peões... vá se lá entender porque será que isso tem tanta piada :(

cumps, J
 
#49
A mim já me aconteceu as 2 coisas pessoas que passam a abrir e eu só ter tempo de me atirar o mais rápido possível para fora da estrada e outras pessoas que respeitam abrandam e até cumprimentam.

Resumindo existe pessoas com princípios e educação e e outras que não.

Já agora um off-topic
Tenho muitas vezes que faço uns trajectos citadinos por lisboa e faz-me muita confusão ver grupos de bttistas que não respeitam 1 único sinal luminoso, chateia ficar a espera numa bicicleta que um sinal fique verde mas os sinais são para ser respeitados.
põem-se em risco eles e aos outros.
 
#51
Nunca tive problemas com o pessoal das motas e moto4, com as quais que cruzo regularmente nos passeios na zona a norte de Sintra. Sempre ordeiros e respeitadores especialmente quando as bicicletas estão a subir. Normalmente o primeiro deles abranda e pára levantando o braço para sinalizar aos que vêm mais atrás que é para parar. Perguntam pelo último de nós, e quando este passa seguem o seu caminho.
Para além do mais o campeão nacional e europeu de Enduro, Gonçalo Reis , mora nessa zona e quase todos os dias pratica BTT, como parte integrante do seu treino. Como em todas as actividades há pessoas conscientes e outras nem por isso.
 

oliana

Active Member
#52
É tudo uma questão de respeito. Não é preciso ir para o mato para assistir a cenas de falta de respeito mutuo. E quem não assistiu já a bttistas que não respeitam quem anda a pé. Por vezes até sem querer, fazemos as pessoas fugir dos trilhos para evitar serem atropelados pelas bicicletas. Não sei o que ficam a dizer. Não nos chamam santinhos de certeza.
Tambem sou de acordo que os veiculos motorizados ficassem interditos de transitarem em certas zonas. Mas isso tambem abria um precedente e talvez as bikes fossem interditas de circularem noutras. Logo fico a pensar que talvez não fosse boa ideia.
Enfim, é um pouco contraditório, mas acho que deve ficar assim e tentarmos continuar a conviver por aí.
Respeito é o que faz falta.
 
#53
Boa noite. Na minha opinião tudo se resume a RESPEITO MÚTUO. Senão reparemos no meu grupo de amigos bttistas alguns deles deixaram as motas para se dedicarem às bikes...por nada em especial. Se bem que fica mais barato fazer provas de bike do que de mota. No Alentejo em especial, de onde sou, até hoje não tive qualquer problema, o pessoal cumprimenta-se sempre, mesmo sem saber quem somos!!! Epah gente parva e ignorante há em todo lado...haja paciência para tomar as melhores decisões.
Cumprimentos
 
#55
Pois o problema é mesmo esse. É que existem pessoas que respeitam os outros e o local onde andam. Andam pelo gosto de dar uma volta de mota assim como nos gostamos de fazer btt. Já outros pouco lhe importa. O que querem é andar a abrir e levantar o máximo de terra possível. Mas casos não são casos e também temos de ser justos e não nos atirar-mos para cima de todos.
 
#56
Como em tudo na vida e já foi falado aqui diversas vezes......mas até no BTT há pessoas boas e más..o mesmo acontece noutros desportos......aqui fala-se em BTT, bicicleta todo terreno...mas já repararam que o desporto que muitos dos moto4 e motos praticam também é TT...???? o facto de algumas pessoas acharem que devem ser criados locais para eles andarem, por exemplo pistas, obriga-os a praticar uma modalidade diferente.....
ora reparem..porque é que há bbtistas que só gostam das maratonas (em que se parte e chega no mesmo local mas faz-se 50/100/160 km por trilhos diferentes) e não gostam das provas em circuito?? o mesmo acontece com os motards..... eu conheço muitos e claro, há os bons e os maus..mas no BTT é igual, o facto de eles deixarem a poluição do ´
oleo e afins, então quem anda de mota de água e de barcos a motor?? deixam a mesma poluição mas na água..... como em tudo na vida há que respeitar e ser respeitado, e isso não acontece com muitas pessoas, o que não é correcto.... é verade que eles destroem os trilhos, mas ir-se debravar terreno para fazer novos single-tracks não é estragar também??não têm que cortar mato,árvores e afins?? pensem bem antes de só saberem querer ditar leis e privar pessoas de fazerem o que vocês próprios também gostam.... CURTIR OS TRILHOS

em resumo, eu não tenho moto, mas tenho familiares que têm e que também são bttistas......e respeitam todos.... eu ando de jeep nos matos e também encontro pessoal que não nos respeito, mas não é por isso que digo que não devem poder lá andar....para isso, porque também não se cria locais para se andar apenas de btt?? e os trilhos ficam apenas para ser utilizados ocasionalmente???

enfim, felizmente neste tópico vê-se muita gente e pensar que todos têm o mesmo direito......... parabéns a esse pessoal que tem a mente aberta...

peço desculpa pelas palavras, mas como há aqui pessoas que são totalmente xenófobas de motards, eu sou-o quando leio post que "dizem" que fulano tal deveria ser proibido de andar ali, para andar apenas eu, eu é que sou bom/boa...enfim


Eu lamento , mas sou totalmente xenófobo no que aos "motards" diz respeito.

Para alem de destroirem os trilhos ainda se tornam um perigo publico e um atentado á segurança de pessoas inocentes que andam ou a passear a pé ou de bicicleta querendo disfrutar da paz e da tranquilidade de uma floresta e respirar ar puro.

Este pessoal não tem o minimo respeito por quem anda nos trilhos , por vezes parece que ao verem ciclistas ou pessoas a pé ainda fazem pior , aceleram e derrapam lançando chuva de pedras e outros detritos em cima do pessoal que não lhes fez mal nenhum , ou se calhar o facto de se ir num trilho é um atentado para esta gente ....

Já me indignei vezes sem conta contra esse pessoal , e já por uma vez parti a viseira de um deles á pedrada , pois teve o azar de depois de passar por mim e agredir-me á pedrada causada pela a aceleração repentina e consequente projecção de detritos , causando-me ferimentos vários e uma bicicleta toda riscada , teve ele o azar e eu a sorte de meia hora depois ele regressar de volta pelo trilho e eu reconhecê-lo...
Ele deve ter visto bem a porcaria que tinha visto e levou a pedrada e nem parou...

Trilhos e caminhos em zonas florestais protegidas deveriam ser proibidas a desportos motorizados....

Criem espaços para este pessoal ir descomprimir , poluir e destruir o meio ambiente , sem colocar vidas de pessoas inocentes em risco.

Cumprimentos.
 
Last edited:
#57
Uma história de total falta de respeito por um motard, e de como eu me passei totalmente e poderia ter feito uma brutal asneira, e estar hoje na prisão! :fpalm: :fpalm: :fpalm:

Primavera de 1996 ou 1997 (tinha eu uns 18 ou 19 anos), já nem me lembro bem da data! Passei uma tarde a trabalhar no duro num terreno de família (que ficava ao lado de um estradão), de enxada e pá na mão, a preparar covas para plantar eucaliptos, sendo que numa parte do terreno estes já estavam plantados há alguns dias! Perto do fim da tarde, já estava eu todo cansado e a acabar o serviço, quando ouço o barulho de uma mota de motocross a acelerar! Olho e vejo ao longe uma mota a vir pelo terreno já plantado, na minha direcção, num rumo uns 10 metros paralelo ao estradão! O idiota preferiu sair do estradão e ir fazer "cross" paralelo pelo terreno plantado!

Na altura passei-me e nem pensei nas consequências, peguei na enxada e corri direito ao gaijo! Este, para bem de nós os dois, conseguiu mudar de rumo mesmo a tempo e fugir por outro pinhal! Mais tarde segui o rasto da mota e verifiquei que o tipo tinha destruído 8 eucaliptos já plantados, por puro prazer! Depois caí em mim e arrependi-me de ter perdido a calma e da grande asneira que estive quase a fazer!

Moral da História!
O pessoal que gosta de andar por aí de Jipe, Moto 4, Moto ou BTT; evite destruir o trabalho duro dos outros, sem pensar e por pura adrenalina, e seja mais cuidadoso! Por vezes, uma pessoa com o choque, o cansaço ou outros factores, pode perder a calma e podem acontecer asneiras de consequências imprevisíveis! E depois acontecem alguns dos conflitos que por vezes são contados neste fórum! :( :(
Por estar nos dois lados destas histórias (pequeno proprietário, mas também praticante de BTT e caminhadas), tento sempre ter cuidado onde passo e evitar estragar coisas!
:mrgreen: :mrgreen:
 
#58
Como em tudo na vida e já foi falado aqui diversas vezes......mas até no BTT há pessoas boas e más..o mesmo acontece noutros desportos......aqui fala-se em BTT, bicicleta todo terreno...mas já repararam que o desporto que muitos dos moto4 e motos praticam também é TT...???? o facto de algumas pessoas acharem que devem ser criados locais para eles andarem, por exemplo pistas, obriga-os a praticar uma modalidade diferente.....
ora reparem..porque é que há bbtistas que só gostam das maratonas (em que se parte e chega no mesmo local mas faz-se 50/100/160 km por trilhos diferentes) e não gostam das provas em circuito?? o mesmo acontece com os motards..... eu conheço muitos e claro, há os bons e os maus..mas no BTT é igual, o facto de eles deixarem a poluição do ´
oleo e afins, então quem anda de mota de água e de barcos a motor?? deixam a mesma poluição mas na água..... como em tudo na vida há que respeitar e ser respeitado, e isso não acontece com muitas pessoas, o que não é correcto.... é verade que eles destroem os trilhos, mas ir-se debravar terreno para fazer novos single-tracks não é estragar também??não têm que cortar mato,árvores e afins?? pensem bem antes de só saberem querer ditar leis e privar pessoas de fazerem o que vocês próprios também gostam.... CURTIR OS TRILHOS
Estou completamente de acordo com o que expões, mas o que acontece é que a maior parte de que anda com as moto4's, jeep's só sabem é destruir ele é caminhos, passagens, trilhos que o pessoal das bikes usam também não escapam. Pelo menos aqui na minha zona é assim, não querendo dizer com isto que todos procedam assim, mas uma grande parte é que faz.
 
#59
E agora pergunto, um proprietário tem os seus eucaliptos com 6 ou 7 anos e um grupo de BTT decide cortar uns quantos porque "atrapalhava" um trilho, não será esta atitude tão má como as referidas anteriormente?

Acções como esta é o que não falta, estão em vídeos (youtube) e tudo!
 
#60
Esse grupo deveria ser responsabilizado e pagar os danos causados. Isso até será mais grave do que umas barreiras e trilhos destruídos, até que os motard´s não andam a cortar eucaliptos, penso eu.