Assalto ao Caramulo 2011...A Ascensão dos Poderosos

#41
Faísca,
no ano passado fizemos uma descida em grande do Caramulo até Vila Nova de Monsarros, este ano, Águeda vai ter um batalhão próprio e em lerga escala, tal e qual como merece.
Vamos juntar os vários grupos da nossa bela cidade e vamos atacar conforme manda a lei.

Ao pessoal que vem de fora e que não tem grupo definido podem-se juntar a nós, ninguém fica para trás. Para pernoitar e tomar banhinho estamos a tratar das cenas para que as condições sejam dignas de um verdadeiro herói, pelo menos aceitáveis.

Manzanita, em tempos de guerra não se limpam armas, o que conta é a vontade.

Boas Pedaladas..

Um abraço,
Nando.
 
#42
estou em contactos com tropas do meu quartel a ver se juntamos um quantos para atacarmos também o Caramulo. Senão terei de me juntar a algum batalhão... porque tenho muita vontade de ir fazer esta voltinha. Já agora alguém me pode enviar algum track???

cumps
 
#43
boa tarde,
aqui o pessoal de santa maria da feira tambem esta a pensar participar no assalto, gostariamos de saber quais as regras de organização de um batalhão (li comentarios de banhos é para todos ou cada batalhão arranja para os seus) ou então como podemos juntarmo-nos a outros batalhões, podemos ir sem gps ou temos que ter um, como será a primeira vez não queremos ir as escuras.
Obg
 
#44
Boas Don_Martin e SpecialOne77,

se quiserem podem-se juntar ao batalhão de Águeda, são sempre bem vindos. Em relação a banhos, estamos a tentar arranjar um local agradável com água quentinha, que bem vai ser precisa na data em questão:).

Podem ir sem GPS, aliás, a maioria do pessoal não usa... o plano de ataque está mais que traçado;).

Estejam à vontade, mais para a frente e assim que tivermos as coisas acertadas, colocarei mais pormenores.

Até lá reunam as tropas que quantos mais formos mais certa é a vitória.

Um abraço.
 
#45
Bom dia amigos(as)

Aproxima-se novamente o Grande DIA…
Espero que os possíveis soldados estejam tão motivados como os “organizadores” da frente de Tondela…vou publicar algumas informações/fotos da última tentativa de escolher um percurso completamente diferente dos anos anteriores….
Mais informações e fotos em: http://www.facebook.com/groups/cara...98089490&set=o.154633274577945&type=1&theater

Divulguem, convidem e sobretudo participem…tudo será feito para que corra ainda melhor que nos anos anteriores…

e-mail para informações/sugestões: caramulos2010@sapo.pt

1ª Tentativa de selecção de percurso:





URL=http://imageshack.us/photo/my-images/585/foto1942.jpg/]
[/URL]

Um abraço
Ernesto
 
Last edited:
#46
o Ano passado foi LINDO ver tantas frentes a encontrarem-se lá em cima no caramulo(mais de 300 pessoas) :) !
Nenhuma prova/encontro tem o Feeling desta! :D

Faisca, lá estaremos como manda a Regra! :)
 
#47
Ruca, arre...não me digas que só usas a arma uma vez por ano??? :) Estou brincar amigo...mais uma vez espero fazer-vos companhia, abraço.
Aproveito para dizer a quem nunca foi, que esta a perder um óptimo dia de puro btt.
 
#48
Desta vez vou poder ir,visto que estou de folga!!
Vou entrar no fim desse dia á meia noite, alguém me pode dizer a que horas é a chegada ao ponto de partida ( mais ou menos )?
Ainda não sei a que batalhão me irei juntar mas logo se verá ( a minha ideia será juntar me ao batalhão de Tondela ou ao de Mealhada\Vila nova de Monsarros que é o que fica mais perto de Casa).

Abraço e Boas pedaladas
 
#53
Um pouco de história

Após a Nocturna mais louca realizada no verão de 2008, começou-se a pensar fazer um passeio onde vários grupos de apaixonados do BTT se encontravam para uma volta conjunta pelos topos do Caramulo.



Às vezes as melhores ideias surgem de repente e quase do nada. Só por isso, pelo facto de surgirem, fazem com que a história se escreva de forma diferente. Obviamente a história não acontece sem intervenientes. É precisamente desses que reza a história que aqui se narra, todos aqueles que participaram e deram início ao Assalto ao Caramulo. A jornada foi épica, nem todos conseguiram levar por diante os seus intentos, muitos tombaram antes do fim, mas pelo menos ousaram fazê-lo. O que aqui fica, mais não é do que uma descrição dos factos, de como tudo aconteceu, ou pelo menos do que chegou até aos nossos dias.

Numa época em que o país e o mundo se encontravam mergulhados em trevas profundas -por culpa do governo- (expressão que na época era bastante trivial) meia dúzia de jovens (diz a lenda que descendentes remotos de cerebrus) estatuíram um assalto ao Caramulo. Não que esse assalto fosse mudar sobremaneira o estado das coisas, mas porque não tentá-lo?

O motivo original de tal demanda nunca ficou muito bem esclarecido, as versões existentes divergem nalguns pontos, mas ao que parece (e como é costumeiro) envolvia gajas.
Posto isto no provecto ano de 2008 e graças à internet (ferramenta deveras remota, que na altura servia a comunicação entre seres que se mantinham fisicamente distantes) aprazou-se o 1º dia de Dezembro, como o ideal para tal pleito. Elegeu-se tal data, ao que parece, por coincidir com o final da temporada da azeitona, e ainda deixar uma ou duas semanas para total dedicação às decorações natalícias.

O objectivo seria apanhar o Caramulo desprevenido, conquistando-o até ao topo. Os opugnadores atacá-lo-iam por todos os lados. Foram organizadas várias frentes, a de Vila Nova de Monsarros, Albergaria, Tondela, Mortágua, Canelas, Águeda e Anadia, e mais uns quantos que chegando de várias partes da nação se juntariam às diversas frentes conforme se lhes aprouvesse.

Depois de tudo plasmado, aguardava-se com alguma expectativa a chegada do dito dia. A jornada não antevia grandes dificuldades, até porque o Caramulo desacautelado, não ofereceria grandes dificuldades, ou pelo menos era isso que se esperava. Mas na guerra, nunca se pode tomar como certa a fraqueza do oponente.

Com a chegada do dia, as várias frentes organizadas iniciaram o assalto ao Caramulo, cada um pelo seu flanco. O objectivo final era o encontro das hostes em Olho-de-boi, dando depois origem a um desfile comum (onde a vitória seria devidamente comemorada) até à localidade de Malhapão de Cima, onde todos os intervenientes seriam apoteoticamente recebidos pelo Sr. Cardoso e a D. Adelaide no Penedo Serrano onde se daria início a um prândio de celebração.

Mas as coisas não correram exactamente assim. O Caramulo defendeu-se como pôde, e fê-lo de forma notável. Largou frio e neve de forma tão abundante, que dificultou deveras a progressão das hostes. Alguns temendo o que os esperava, nem chegaram a partir. Dos outros, só alguns conseguiram chegar a Malhapão, mas esses foram devidamente recompensados com o prometido banquete que os esperava, bem como por duas lareiras que ardiam copiosamente. Ainda os esperava o regresso em iguais condições, mas esse seria a descer e a aguardente e a jeropiga fornecidas pelo Sr. Cardoso muito contribuíram para ajudar a embalar monte abaixo.

A vitória ainda que não tenha sido total, soube muito bem. O assalto ao Caramulo com estas condições não se afigurou de facto tarefa fácil, mas talvez por isso mesmo tenha sabido tão bem e tenha permanecido na memória de todos os que nele participaram.


O assalto ao Caramulo, por ser uma coisa nunca antes feita, tão diferente e tão original, merece de facto ser exortado e continuado ao longo dos anos. A todos cabe não deixar morrer esta iniciativa única.

Este registo servirá para que todos os que quiserem e conseguirem possam dizer pelo menos uma vez, -eu estive lá-.

(Texto de Pedro Ferrão no livro de honrra)


Em 2008 foi ASSIM

Em 2009

Em 2010

E em 2011 como será ? com neve,chuva ou sol certamente irá ser um dia de grande festa onde iremos superar os mais de 300 "guerreiros" que marcaram presença o ano passado.
 
Last edited:
#55
Depois deste texto estou rendido, e confirmo a minha presença nem que seja deste lado um exercito de um homem só.
Até dia 1 de dezembro então e até lá boas pedaladas.
Abraços Helder
 
#56
Meus amigos, não pode haver uma batalha destas sem um tripeiro! A Invicta cidade do Porto estará representada, nem que seja só por mim!

Vou ver se mais algum camarada da minha equipa, os ZANGÕES-BTT, podem estar presentes nesta batalha épica!

Vou é ter de me juntar a algum batalhão, precisava que me explicassem como é que isso funciona.
 
Last edited:
#57
Jazz, podes escolher o batalhão que te der mais jeito, Vila Nova de Monsarros proximo de Anadia, Talhadas do Vouga, Mortágua, Tondela e muitos mais que se estão a formar
 
#58
Olha lá vai mais um empeno a partir de Viseu + - 90Km´s :)
Só acho é que desta vez terei de ir de calções em vez de ir equipado para a neve como no ano passado.
Só pensar naquela bela lareira e nos petiscos e para finalizar aquele belo "Nesquik" ai ai já tenho saudades.

VENHA O 1 de DEZEMBRO !!!!!!!!!!!!!!!!!
 
#60
É isso criamos duas frentes e juntamos a malta e vamos ao ataque.

Jazz junta-te aqui a malta a , a minha pessoa e o batussai estamos a tentar reunir tropas Porto Matosinhos Maia etc
 
Last edited: