A "cena" das marcas.

ICH

New Member
#1
Equipa de Moderação said:
Na sequencia do que foi dito aqui

Freakzoide said:
marioconde,
E agora.. as razoes por nao gostares das Specialized!? :-k
zuperman said:
.. se me falares em marcas espanholas.. yak.. isso sim n presta :)
A moderação subdivdiu as mensagens neste tópico.
Ora cá está o preconceito habitual as espanholas não prestam porquê?
Eu por exemplo embirro com Trek, Specialized e Kona porque a maior parte dos proprietários, sem saberem muito bem porquê, acham que o facto de terem aquele autocolante faz deles Superciclistas. Digam-me lá os defeitos das marcas espanholas que os leve a desdenhar tanto?
 
#2
eheh.. nada de especial.. por acaso, lá está... simplesmente associo as marcas espanholas aos espanhois a querer conquistar-nos.. é claro que tb poderia pensar assim em relação aos americanos.. mas esses n nos querem para nada.. já os espanhois..
mas o que eu acho é q os americanos devidos àqueles problemas q toda a gente conheçe com as indeminizações a torto e a direito que eles têm que pagar de x em qdo.. por coisas estupidas, cumprem à risca as normas de segurança, basta ver q é das poucas marcas que traz reflectores nas rodas..
por isso, associo a segurança e fiabilidade, e poder contar-se com eles em caso de azar..
 
#3
zuperman said:
... cumprem à risca as normas de segurança, basta ver q é das poucas marcas que traz reflectores nas rodas..
por isso, associo a segurança e fiabilidade, e poder contar-se com eles em caso de azar..
Isso até pode ser verdade, mas para que serve isso num pais onde os "maus" tratos a ciclistas é uma coisa descomunal.
O proprio Lance ao longo da sua vida desportiva já o sofreu varias vezes na pele.
Um pais onde já houve uma campanha radiofonica para ver quem apanhava mais ciclistas com o carro...
Etc, etc, etc,...

E não se esqueçam que normalmente o que é bom lá do outro lado do Atlantico é feito por Europeus.
Que o melhor Titanio é Europeu, o melhor aluminio é Europeu e Asiatico, no carbono já não falo, mas talvez seja Europeu, ou construido nos States por Europeus.
Viva nós, viva o velho mundo... :lol: :D :wink:
 
#4
eu já tive várias bikes!!!

comecei com uma btt do carrefour... que depois a comprar peças fui modificando e comprei um quadro de alumínio 7005 nacional... e depois adquiri a parkpre aluteam... dos bons tempos que já levo a andar de bike... lembro-me bem de ver surgir certas marcas á venda em portugal...e ver desaparecer outras tantas... quando arranjei a minha do carrefou (vinda de frança!!!) olhávamos para as checker pig (ai aquela cor vermelha) e olhávamos para as BH com olhos de desdém... no entanto os tempos mudram as coisa foram evoluindo e... comprei uma BH... lol o oraçamento não dava para mais... mas não me arrependo nada!!! (depois ponho aqui um pequeno teste) quadro aluminio easton ultraligth com escoras em carbono(é a que equipa a equipa espanhola BH-Sierra Nevada) tem uma maneabilidade muito boa nos trilhos técnicos... boa trepadora e roladora e absorve bem as pancadas que se fosse quadro todo em alumínio...

por isso agora digo isso de marcas tem muito que se diga!!! mas em vez de olharem para os tóculantes... olhem para o material, geometrias e soldaduras e vejam se vos agradam... se vos agradar... força nisso...

um abraço

Rui
 
#5
claro, sem duvida que mais que os autocolantes, deve olhar-se à qualidade que tem que ter a bicicleta.. mas realmente há marcas às quais está inerente a qualidade de fabrico e assistencia, bem como dos materiais utilizados. é claro que quase de certeza que os quadros por exemplo são todos feitos em taiwan, e se calhar ate na mesma fabrica, pelo mesmo macaco lá a trabalhar.. só que tudo depende daquilo que as marcas lhes exigem.. umas pouco, outras um pouco mais.. mas sei perfeitamente que se consegue por la comprar um quadro igualzinho a um specialized mto mais barato, só que sem os ditos autocolantes.. mas logo aí, sem uma coisa mto importante tb, a tal garantia vitalicia..
 
#6
Para q me serve uma Bike toda ekipada de topo, se sei q nao tenho um quadro fiavel!?
Para quem anda a par da F1, por exemplo, deve saber q os Sauber tem os mesmos motores dos Ferrari (do ano anterior), no entanto, nao ganham corridas! Onde esta a difrença? No chassis!
Daí q possamos fazer a analogia para as bikes, em relaçao ao quadro!

O q me dá a qualidade das bikes, e o suport q dao ao cliente! Qtas pessoas ja nao vi enrascados por causa de drop-outs q simplesmente nao ha ca em portugal, dessas marcas espanholas (e nao so, verdade seja dita!)
É um facto, q todas bikes vem do mesmo sitio! Vai la uma marca, "quero este tubo, com akele e mais uns quantos dakeles" e montam a bike!
O facto de saber q se tiver o grande azar de partir um quadro.. tenho a marca para me apoiar e me dar um novo, dá-me um grande alivio!

Pelo q tenho constatado.. a maioria do pessoal de cá do forum, nunca ha-de ter problemas com quadro (salvo defeitos de fabrico, pq ainda hj vi um TREK FUEL 80 com pouco mais de 100Km partir a minha frente, num estradao de alcatrao), isto porque a maioria da malta de cá faz XC, maratonas e afins!
Ou seja, nunca submete o quadro a maus tratos extremos (devo relembrar q nao estou a falar por todos, pq tb sei q ha aki malta q gosta de abusar :) ), daí q provavelmente nunca terao problemas!
Afinal de contas eu ainda tenho a minha MARVIL, q me custou 21 contos na altura, a andar... nunca partiu o quadro! E é de ferro! Será q isso faz da MARVIL uma grande marca?
Nao! Porque nao tem suport ao cliente!

Acho q fiz entender o meu ponto de vista!
 

ICH

New Member
#7
Na F1 a diferença fá-la o Schumacher, há quem afirme que ele é mais rápido 1 segundo por volta. Pelo menos assim se dizia quando eu acompanhava esse desporto que agora me parece extreamente enfadonho.
No caso das marcas Espanholas só dois exemplos a Mondraker há dois anos teve problemas com as Pensacola, segundo li em diversos foruns, trocaram os quadros a todos os prejudicados inclusivamente por quadros de 2004 que eram bem melhores. Em Portugal trata-se directamente com o fabricante que tem cá um representante.
No caso da BH também se lida directamente com o fabricante o que me parece uma vantagem considerável. Não conheço ninguém que tenha tido problemas com BH por isso não posso afirmar como trabalham mas garantiram-me que trabalham muito bem na assistência pós-venda.
Quanto às outras marcas espanholas não conheço muito bem e abstenho-me apesar de saber que a Orbea é tida em muito boa conta.
 
#9
marcas espanholas

Ainda sobre as marcas espanholas, eu sempre as associei a uma relação qualidade / preço imbatível.

Já me dei ao trabalho de procurar bikes até 1000€, e reparei que as melhores eram as BH, Mondraker (Pensacola), Bianchi e mais uma que não me lembro da marca... (está debaixo da língua, mas não sai...). O próprio dono da loja dizia que era quase incompreensível como é que se conseguia meter tão bons acessórios por aqueles preços :shock: . È frequente ver os modelos das marcas espanholas (até 1000€) equipadas com discos hidraulicos, suspensões manitou +- e acessórios LX / Deore.

Curioso que também encontrei bikes portuguesas (Sirla e Orbita), com bons modelos e bem equipadas por preços competitivos, a sério, mas só por encomenda ou então por especial favor é que vão para as lojas... difícil de perceber... :?: :!:
 
#10
O Senna morreu a tentar ganhar-lhe. Não sei qual dos dois era melhor condutor não tenho dúvidas que o Schumacher é um dos maiores de todos os tempos. Só não é reconhecido como tal por ter um feitio complicado. Na altura ele corria pela Bennetton e quando saiu nunca mais aquele carro fez nada.
Continuo sem saber quais são os grandes defeitos das espanholas. Quanto aos receios de que eles tomem conta de nós, já vêm atrasados. Eles, economicamente que é o que lhes interessa, já tomaram conta e, olhando bem para o nosso vizinho parece-me que seria óptimo se em termos políticos também tomassem. Depois sempre tinhamos desculpa para umas manifs a reclamar contra a Castela opressora :evil: .
Voltando às biclas é mais ou menos como os carros. Toda a gente quer os BMW, Audi ou Mercedes apesar de saber que Opel, Ford ou Seat oferecem muito mais por muito menos sem qualquer inconveniente assinalável.
Eu tenho uma BH e uma Citröen Picasso, valorizo muito o meu dinheirinho para o dar ao desbarato só por uns autocolantezitos.
 
#11
Gostei de ler a mensagem do triguinho, a bike faz-se desde a prancheta de desenho até 20 anos depois de ser vendida!

A bike nasce no papel, é testada por quem conhece as reacções de cada geometria e de cada material, é posta na linha de produção, até pode estar a sair em simultaneo da fabrica uma mérida e uma Specialized, ou da outra uma Klein e uma trek, mas as geometrias as qualidades de acabamentos são distintas porque cada marca tem o seu nivel de exigencia, se um quadro VAG sai exactamente do mesmo sitio de onde sai um Weelier, tem um preço de custo identico e um transporte para o mesmo sitio porque raio deve a bicicleta "importada" ser 50% mais cara que a "nacional" a garantia pode explicar isso, o marketing no entanto explica muito mais, se bem me recordo isto tudo começou por causa da Specialized não foi? deve ter sido, porque tambem estou a acabara falar em marketing, deve ser sintoma!

Gostava que todas as pessoas antes de comprarem cada bike pudessem andar nela e nas suas concorrentes, seria muito interessante verificar que a maioria das escolhas seria alterada pelas sensações, mas para sorte dos marketeers o que mais vende são as imagens, sejam das cores, dos autocolantes, ou das revistas.
 
#12
ICH said:
O Senna morreu a tentar ganhar-lhe. Não sei qual dos dois era melhor condutor não tenho dúvidas que o Schumacher é um dos maiores de todos os tempos. Só não é reconhecido como tal por ter um feitio complicado. Na altura ele corria pela Bennetton e quando saiu nunca mais aquele carro fez nada.
Desculpem-me o off-topic, mas têm apenas de ter em conta, que quando o Senna Infelizmente faleceu, o "Shumi" ainda estava nos seus primeiros anos de F1, e já o Senna tinha muitos anos de experiência, temos de ter isso em conta.

O Senna sem dúvida que era um grande piloto, mas o "Shumi" para mim é melhor, o homem tem garra...
Mas não os podemos comparar, porque são epocas diferentes, carros diferentes, regras diferentes, pilotos diferentes...

Fim do OFF-TOPIC

Ps: Sorry, mas não resisti... :p
 
#13
pah, eu tenho de defender o marketing.. n fosse eu um deles.. :)
isso custa dinheiro e tem q ser pago.. ou pensas q por andares com uma bike da moda n a torna mais cara? já ouviste falar em lei da oferta e procura..? as marcas investem, e depois vão buscar dividendos.. em tudo, seja no marketing da publicidade, seja de patrocinios.. ou ves uma VAG a patrocinar qq coisa ou a ter uma equipa de ciclismo ou xc? tudo isso é pago por quem compra uma bike duma determinada marca q investe dinheiro nisso.. e isso de 2 quadros serem feitos no mesmo local, n tem nada a ver.
podem sair 2 quadros super diferentes.. quer em qualidade de soldas.. td mais.. 2 carros a sair da mesma fabrica, mesmo modelo, pode 1 deles ter defeitos e o outro não.. mas n se fazendo por um ser melhor q o outro.. q no caso das bikes acontece, ser exigido uns serem melhores, pq sao para marcas diferentes
 
#14
Re: marcas espanholas

Vladimir said:
Já me dei ao trabalho de procurar bikes até 1000€, e reparei que as melhores eram as BH, Mondraker (Pensacola), Bianchi e mais uma que não me lembro da marca... (está debaixo da língua, mas não sai...).
A bianchi, fala italiano, é uma das marcas com maior história no ciclismo.
 
#15
Eis um exemplo em que o preço não está directamente relacionado com qualidade, mas sim pelo nome e estou a referir-me a bikes da marca Ferrari.
Muitas das vezes até referimos " epá tens ai um Ferrari..." quando queremos dizer que "tens ai um maquinão", a uma bike que tem um peso pluma e equipamento topo de gama, etc....
Pois bem uma bike Ferrari não é nada disso :oops:, estas são pesadonas e com equipamento de bikes do "continente", mas como tem um logótipo Ferrarri... á que se pagar por isso :lol:
... agora quando vir alguém com uma bike tipo "VILAR" ou equivalente ai sim vou dizer " tens mesmo ai um Ferrari!!!"
Dêem uma espreitadela neste link http://www.ferraristore.com/e-shop.des/page,shop.browse/category_id,Bikes_49/

Boas pedaladas.
 
#16
Olá Malta
Ainda não percebi muito bem as razoes deste tópico :s acho que cada um compra aquilo que quer ou que pode , esta discussão pode transportar-se para tudo na vida até ao restaurante que se frequenta etc, etc, eu pessoalmente tenho uma trek e os amigos com quem ando têm na generalidade Mondraker , aliás eu estive para comprar uma mas como a loja onde eu encomendei não conseguia o meu numero sugeriu-me um negocio para uma trek e depois de pedir a opinião da esposa ela disse-me para comprar a trek pois a garantia vitalicia do quadro valia a diferença de preço e é aqui que acho que reside a grande diferença pensem como produtores e avaliem o risco de dar uma garantia vitalicia e vejam da maneira como a concorrencia está e as taxas que a UE cobra aos EU nos produtos importados se calhar os bons produtos americanos não são assim tão caros em relação aos "Nuestros Hermanos" se sentem que os seus produtos são de muita confiança tambem não custa "nada" dar garantia vitalicia ..... 8)
Um Abraço
 
#18
ICH said:
Ora cá está o preconceito habitual as espanholas não prestam porquê?
Eu por exemplo embirro com Trek, Specialized e Kona porque a maior parte dos proprietários, sem saberem muito bem porquê, acham que o facto de terem aquele autocolante faz deles Superciclistas. Digam-me lá os defeitos das marcas espanholas que os leve a desdenhar tanto?
Bem, eu até compreendo que se inicie um tópico com uma polémica. Aliás, até gosto.

Agora, com uma contradição? ICH está indignado com a embirração que alguns têm pelas marcas espanholas, exactamente a mesma embirração que ele nutre pelas marcas Trek, Specialized e Kona. :shock: :shock: :shock:

Mas, para o baralhar, aqui vai: tenho uma BH Jumper e uma Trek 8900. Dou mais uso à Trek porque é mais recente e está melhor equipada. Serei embirrento contra os americanos quando ando de BH e anti-espanhol quando conduzo a minha Trek. Dou já a resposta: estou-me borrifando para a marca das minhas bikes (o que interessa é gostar delas), quanto mais para as marcas das bikes dos outros. Quando tiver que mudar, compro a montada que mais me agradar na altura, seja ela chinoca, vietnamita ou Kosovar. Mas, uma coisa tenho como certa - não dedicarei um segundo a reflectir sobre o que os outros pensam da minha bicicleta, quanto mais a indignar-me.
 
#19
Boas pessoal.
Eu tenho uma cabra da Decathlon (sim, eu sei, é Francesa), e provavelmente vou trocá-la por outra Decathlon. Porquê?
Como já aqui foi dito, preço, material, quadro e principalmente assistência pós-venda.
Acho que estes sim, saõ os principais factores a ter em conta na compra de uma bike, seja ela de que marca e/ou nacionalidade for.

Abraços