Chaimite Alentejana V2.0

iMiguel

Well-Known Member
#1
Boas pessoal.

Como se recordam (ou não) tive que despachar a minha antiga chaimite devido a questões financeiras e, após a venda da magana, a ferida ficou ca dentro e teimou em não sarar. Muito pensei nela que decidi voltar a dar vida a um antigo quadro de carbono, de roda 26 e, fazer assim, renascer a chaimite, na sua versão 2.0.

Esta bike vai servir para as deslocações diárias entre casa e o trabalho bem como as voltinhas de fim de semana e passeios/maratonas. Está previsto um upgrade, mas isso só daqui a algum tempo. Sem mais conversa, segue os componentes da chaimite v2.0:

  • Marca / Modelo: On-One Whippet Carbon XC Whippet
  • Caixa Direção: FSA
  • Eixo Pedaleiro: X-Type Press Fit BB92 Bottom Bracket 41x92mm
  • Corrente:
  • Carreto: 20D
  • Prato (pedaleiro): 32D
  • Pedaleira: Shimano XT FC-M780
  • Rodas: Mavic CrossTrail (2013)
  • Suspensão: SR Suntour Epicon RLD 100-150mm (com bloqueio no guiador)
  • Avanço: OEM
  • Guiador: Mortop Earldom XC 90 (carbono)
  • Punhos: OEM
  • Travões: Shimano Deore
  • Discos: Frente - HS1 180mm | Trás - HS1 160mm rotor
  • Espigão: DEDA RSX 31.6x400mm
  • Aperto Espigão: BBB Thestrangler
  • Selim: Specialized Phenom Comp Gel
  • Pedais: Shimano MD-520
  • Pneus: Frente - Specialized FastTrack 2.0 | Trás - Specialized FastTrack 2.0
  • Grade bidon: Elite Custom Race
  • Peso: ?? kg

Como a malta quer fotos, estas são as da montagem inicial e test drive (antes das tradicionais afinações):



 

iMiguel

Well-Known Member
#2

Eis a minha nazi (SS) no reino algarvio a apanhar banhos de sol. Finalmente a bike está apta e recomenda-se! Estou a testar estes dias em terrenos mais a direito para depois ir parar a terrenos mais acidentados.

Estou a aguardar que cheguem os dropouts horizontais para deixar a SS mais clean, mas enquanto não chegam, há que ir pedalando nela e matar as saudades daquilo que nos deixa feliz, pedalar sem stress (leia-se sem penduricalhos de mudanças e derivados).

Tenho inscrição feita, faltando só o pagamento, para no próximo fim de semana ir à maratona de Mombeja participar em Single-Speed. Se isso acontecer, deixo aqui o relato :D

Sem mais conversa, mais fotos da bichinha:


Com espanha como fano de fundo



 

iMiguel

Well-Known Member
#3
Mais uma voltinha na chaimite de rodas baixas. Cada vez me dá mais gozo pedalar nesta (e neste tipo) bicicleta. Simples e eficaz e uma boa máquina de empenos! Tudo aquilo a que temos direito.

Amanhã segue mais uma voltinha e vou tentar tirar fotos à chaimite no seu habitat.
 

iMiguel

Well-Known Member
#4
Mais uns retratos à actual chaimite:








O percurso foi simples... Até a estas fotos tinha 10km com 500 de acumulado... As pernas estavam a aguentar o ritmo, mas como já não sei pedalar em "26 e em algumas subidas, derivado à força, a roda de trás resvalou e lá tive que desmontar
De resto está bom e tenho que ver se o barulho parasita que tenho na bike vem do pedaleiro ou do prato de 32.

Foi mais uma volta em modo solitário, deu para espairecer as ideias, ganhar outras
, estar em contacto com a natureza e comigo próprio. A próxima volta já está definida e há que esperar mais uma semana até ao próximo domigo, onde me espera 45km com 1600 (+/-) de acumulado.

De uma coisa é certa, cada vez gosto mais de pedalar nela, seja ela volta grande ou para ir ao pão!
 

iMiguel

Well-Known Member
#5
Boas.

Infelizmente o tempo para pedalar não tem abundado, e a chaimite não tem saido à rua. Espero que lá para final de junho (meio de julho) possa mudar o tom da conversa :D

E vocês, quando é que deixam as mudanças de vez?
 

iMiguel

Well-Known Member
#7
Se for é à meia maratona e infelizmente será de MS... Mas os trocos estão "contados" até finais de novembro, pelo que para além de não me puder esticar nestes tempos, a prioridade e foco é o término do meu curso que teve que ficar em stand-by e se não terminar este ano não tenho possibilidade de o terminar mais tarde.
 

iMiguel

Well-Known Member
#9
Vou reaproveitando, mas ha coisas que prefiro novas. Mas as bikes não são o principal motivo, o motivo é que tirei licença sem vencimento durante o ano e como tal, no final do mês não pinga nada :rolleyes:
 

iMiguel

Well-Known Member
#10
Boas.
Como sou um moço que não gosta de ver as peças dentro de uma caixa de plástico, comecei o processo de zoom da minha chaimite, ou seja, pegando em peças ja a caminhar para o fim de vida, vou passar a chaimite de "26 para "29. Segue algumas fotos do que foi feito até agora desde há umas largas semanas:





 

iMiguel

Well-Known Member
#11
Quase um ano depois, finalmente a chaimite já viu a claridade do dia e ficou neste bonito estado :D

(para ver as imagens em grande é necessário clicar nelas)


Pronta para os ajustes e apertos dos parafusos,



A bela da forqueta. Ainda nem pedalei nela e já me chamaram de maluco (e outras coisas mais) por andar numa bike deste calibre. Há gostos para tudo e já deixei de discussões parvas e sem sentido. Há pessoal que não alinha neste conceito, pronto! A aposta na forqueta, por um lado talvez quisesse "retirar" um pouco de peso ao conjunto final (embora não fosse o meu foco principal), por outro deve-se à pouca manutenção em relação às suspensões. Se sofremos mais de forqueta, sim sofremos, mas quem anda numa SS não se pode queixar de sofrimento :rotfl:



A única função de jeito destes penduricalhos das MS... Como o tensor que tinha a mola deu o berro, tinha que arranjar alternativa, como tal, sem dispender de dinheiro, peguei num desviador antigo da minha bike de estrada e "converti" para um tensor de SS, ou seja, ajustei a corrente (quantidade de elos) para que o desviador fizesse força. Como é uma m*rda de equipamento para as MS, tive que ajustar a posição do mesmo, para tal peguei num cabo usado (mas ainda impecável naquela zona) e afinei o desviador para aquela posição. Depois foi só apertar o cabo e... voi lá! Tensor instalado (só não digo ainda a "100%" porque ainda não testei).



Aqui não sei se é perceptível o alinhamento da corrente entre o cog e o pedaleiro, passando pelo desviador uupppssss tensor!



Este é o resultado final da minha Chaimite v2.0 após meses e meses em coma profundo. Desejando de ir para o mato com ela! Ainda não está no ponto porque faltam os pedais e um disco centerlock isto porque tanto eu como o rapaz da loja não nos lembramos e o processo da conversão do cubo da lefty para 15x100 veio um centerlock em vez de um de 6 furos, logo... Ainda não é desta que vou para o mato!! Se alguém tiver um disco de 160mm centerlock que queira doar, eu aceito de boa vontade!



Para matar a curiosidade, sem os 2 detalhes referidos na imagem acima) a chaimite está com este peso apresentado! Bom? Mau? Digam de vossa justiça!


---
Tal como disse, o foco principal não era o peso mas sim a construção de uma SS com o material da SS anterior e claro, a aquisição de material que era mesmo indispensável, uma vez que se tratou de uma passagem de uma "26 para uma "29, logo a aquisição da forqueta era mais que óbvia. Portanto os custos foram apenas a forqueta, cubo (e enrraiamento da roda da frente) e possívelmente, um disco centerlock para a roda da frente.

Vemo-nos por aí!
 

iMiguel

Well-Known Member
#13
Eu também ehehe Foi uma solução à Macgyver, mas que, à primeira vista, faz sentido, ou seja, o gajo está afinado para aquela posição (como se houvesse um shifter com a mudança engatada), logo faz os movimentos que tem a fazer sem sair da posição... Pelo menos assim o espero e idealizei. Vamos ver.

Ainda estou a aguardar um disco centerlock para a roda da frente, contudo a mesma está em tubeless e o ar teima em sair... Ontem andei aqui na minha rua pras tras e pra frente, ver se o liquido selava, mas nem isso... Tenho que lhe dar outra bombada com um compressor.
 

iMiguel

Well-Known Member
#15
O bicho deste tipo de bicicleta já anda por cá quase desde que voltei a pedalar (há 10 anos) e como não sou moço de competição (embora já tivesse feito) prefiro andar no relax e desafiar os meus próprios limites. As single-speed nesse aspecto são excelentes porque quase que te "obrigam" a escolher a melhor rota, inconscientemente faz-te perceber qual o melhor modo de pedalar (da tua forma de pedalar), com uma forqueta então o desafio eleva-se quando se trata de descidas. Tive a sorte de ter tido (e ainda tenho) bons "professores" no btt desde que voltei a pedalar, e como tal, sempre me foi incutido/ensinado que o foco principal quando se pedala é o desfrutar da máquina e do ambiente envolvente e nisso concordo a 100%. O BTT serve para aliviar a cabeça do stress e não ganhar ainda mais!

Um outro ponto porreiro é a mecânica. Aqui como é uma bicicleta mais simples, só temos que nos preocupar (à priori) com o desgaste da corrente e com pneus, toda a restante panóplia de equipamento que existem nas multi-speed deixa de existir, o que resulta numa poupança de alguns trocos quando se toca a manutenção. Manutenção... Como somos nós que fazemos a montagem e manutenção da bike, dá para ir aprendendo aos poucos como as coisas funcionam, como interagem umas com as outras, e o conhecimento adquirido com isso é sempre uma mais valia. Além do que, tornam-se bicicletas extremamente pessoais e ao nosso gosto.

As Single-Speed não são menos nem mais que as outras bicicletas, apenas têm uma característica única que é o elo de ligação entre máquina-homem seja mais acentuado. É um conceito que é necessário ir com a mente aberta e que, em jeito de desafio, aconselho a malta a pedalar nelas nem que seja uma volta com alguns km's para perceber (ou ter uma ideia) de como estas máquinas se tornam únicas.
 

iMiguel

Well-Known Member
#17
Tal como nas MS, custa só as primeiras voltas, depois torna-se um gozo do caraças pedalar nisso.

Estou a ponderar fazer nova voltinha por aqui, tal como fiz a outra em novembro que estiveste por ca. Se tal acontecer, logo experimentas a chaimite! Ou então se houver uma volta para esses lados.
 

iMiguel

Well-Known Member
#18
Boas.

A chaimite já está a 100% e pronta para o primeiro test-drive.
A roda, como falei anteriormente, de facto tinha pouco liquido selante pelo que o ar ateimava em sair... Digamos que levei quase uma semana a "bombar" na bike LOLOL

Ainda me foi sugerido meter um guiador de bike de estrada para dar um ar de ciclocross, mas as minhas costas não acharam muita piada e.... digamos... também concordo! dava outro ar sim senhora, mas era se não tivesse travões. Como a ideia era (e é) não gastar dinheiro fica assim... Mas sou capaz de tirar o guiador da bike de estrada e colocar lá só mesmo pra foto eheh

Falar em foto, hoje se for a um pequeno test-drive vou tentar tirar foto e colocar aqui.