A Neve de Pitões das Junias [by bttpinoco]

#1
Era cedo e estava frio quando o pessoal se juntou para esta aventura. Marcava o relógio 6h30 da matina quando acompanhados pelo amigo Abílio, nos dirigimos ao local do pequeno almoço. Os "seios de Nereida" eram a analogia para o que se pretendia encontrar em Pitões das Junias (Montalegre), daqui cada um tirará as devidas ilações. O destino ficava a quase 2h de caminho e às 9h30 toda a gente pedalava no gélido e ventoso planalto daquela região. O vestuário nestas ocasiões nunca é demais e a expressão incrédula de uns caravanistas mostrava bem o teor de maluqueira que é necessário para sair de casa e pedalar a -3ºC e com ventos fortes. Mas pronto, 2h de caminho devem valer de alguma coisa e o arranque ditou imediatamente que as extremidades dos corpos ficassem anestesiadas pela temperatura.


Nunca se viu nada parecido, pois o vento nem deixava avançar quem pedalava a descer. Os primeiros km's em alcatrão puseram o mesmo pensamento em todos, "sair dali o mais depressa possível, ou atalhar, ou desistir e ir para casa". Não se sabe muito bem como o grupo se manteve naquelas condições, mas a verdade é que a viragem à esquerda para uma subida em trilho rugoso fez milagres, já após uma paragem para reavaliar se todas as extremidades ainda se mantinham reunidas ao corpo, a temperatura subiu, não tanto pela subida da temperatura ambiente, mas pela ausência do vento.


A neve aparecia cobrindo os trilhos numa beleza talvez fora de época, mas onde o encanto não faltava e se aqui apareceu, nunca mais nos largou. Bons trilhos e pequenos singletracks escondiam-se entre a neve e a vegetação numa harmonia digna de uma sinfonia. Parecia um prémio por todo aquele frio passado momentos antes. A neve ora tornava as subidas mais difíceis, ora tornava as descidas mais divertidas, mas houve ocasiões em que o contributo da neve é apenas o da beleza, isto porque toda aquela conjugação de cores reunida com os trilhos fantásticos tornam isto do btt um verdadeiro prazer e acaba por justificar as horas que se devem à cama.


O percurso levava-nos para o outro lado da fronteira onde o país vizinho se apoderava do sol, mas onde a paisagem não era tão intensamente branca. As subidas impossíveis e os singletracks cheios de mato já não eram problema pois estava tudo a correr perfeitamente. O ritmo descontraído era ajudado pelo percurso que parecia colaborar e os animais selvagens que espreitavam, davam um toque de brilho à pintura. Sempre que ultrapassava um pequeno cume, o vento mostrava a sua presença e nem as faces parcialmente dormentes se negavam a um sorriso, sorriso esse que dava lugar a um esgar sempre que o gelo se aproximava do pneu.


O gelo foi muito, até parecia impossível tanto gelo no planalto, mas a verdade é que a neve, o gelo e o vento sendo todos frios, só a neve parecia o mal menor. Com o corpo já a dar de si, pois os limites estavam a ser ultrapassados, nomeadamente o da temperatura, chegámos ao ponto inicial, perfazendo os 40km's desgastantes. Quase por magia, na chegada, a neve começa a cair como que fechando a cortina de um magnífico espectáculo. Fabuloso!!! Fica a lembrança de um dia em cheio, com neve e com óptimos trilhos...




-> post e mais fotos
-> track
 
#2
Boas fotos e boa prosa pin7as, essa região tem tanto de belo como selvagem, e não há meios termos, ou se gosta ou se detesta.
Agora esse teu amigo enfrentar essas condições de calções?
No final não foram experimentar as especialidades gastronómicas do Dom Pedro, e a sua encantadora lareira?

1 abraço
JMoniz
 
#3
Olá a todos BTTPINOCO, apenas quero dizer-vos que deve ter sido fantastico, apesar das condições, muitos parabéns por mais umas belas paisagens com que presenteiam o pessoal do forum( acho que posso falar assim, por todos). Abraços
 
#5
Boas fotos e boa prosa pin7as, essa região tem tanto de belo como selvagem, e não há meios termos, ou se gosta ou se detesta.
Agora esse teu amigo enfrentar essas condições de calções?
No final não foram experimentar as especialidades gastronómicas do Dom Pedro, e a sua encantadora lareira?

1 abraço
JMoniz
Desde já o meu obrigado!

Oh JMoniz, o meu amigo de calções não fez mais do que eu, que também fui de calções...curiosamente não se tem frio nas pernas! Feitios!
 
#6
Boas fotos e boa prosa pin7as, essa região tem tanto de belo como selvagem, e não há meios termos, ou se gosta ou se detesta.
Agora esse teu amigo enfrentar essas condições de calções?
No final não foram experimentar as especialidades gastronómicas do Dom Pedro, e a sua encantadora lareira?

1 abraço
JMoniz
O amigo dos calções sou eu ;) dificil foi suportar o frio nas mãos de resto tudo bem ...


Já alguém o escreveu noutro tópico: este Inverno há pessoal apostado na conservação criogénica. :)
Tentei fazer ás mãos mas a coisa ia correndo mal ... :)

Aquele Abraço,
 
Last edited:
#7
Continuo dizendo, que este tempo frio convida a conhecer encantadora lareira, e as especialidades gastronómicas do Dom Pedro, em Pitões.
Quando vamos para esta região nesta altura do ano, são as lareiras que nos valem, ou então as nascentes de água quente (Torneiros ou Querquennis).

1 abraço
JMoniz
 
#8
Boa noite gente boa, efectivamente essa de andar de calções nesta epoca do ano e com essas temperaturas tem que se lhe diga HÁ GANDA HOME, vocês não brinquem em serviço, que isso por vezes pode dar mau resultado rsrsrsrsrs, uma pessoa sem querer pode entrar em hipotermia e depois, não sei não.
Em tom de brincadeira, os meus amigos já ouviram falar numa peça de roupa que se chama calçassssss, rsrsrs.
Se não houver no mercado, o chinês tem de certeza.
Belas fotos e bela aventura continuem, mas não facilitem eheheh.
Um abraço
Chamusco
 
#11
Olá pessoal do BTTPinoco, quero desde já aqui deixar as minhas felicitações por este espectacular foto-report, haja coragem para enfrentar essas temperaturas e ainda para mais em calções...:venia:...tive o privilégio de me cruzar com vocês no sábado de manhã na minha volta habitual pelo nosso quintal...;)

continuação de boas pedaladas
 
#12
...isto não era para se dizer, mas aquela vitelinha no pão e copinho de vinho tinto cairam que nem gingas ;)

pena não haver fotos de tal manjar, ficam então aqui meia duzia de fotos, as que mais gostei.













até para a proxima...que deverá ser com tempo mais quente (pelo menos mais 10 graus, peço eu) :zezus::zezus:
 
Last edited: