3o Passeio BTT - A.C.D Milharado

#1
Pela 2ª vez tive o prazer de participar neste evento, depois de ter estado presente em 2014 e de ter ficado com uma excelente impressão da organização, em 2015 não pude partissipar devido a lesão, mas este ano não poderia faltar.

O S. Pedro brindou-nos um um excelente dia, com muito Sol e pouco frio, o terreno estava bom (sem estar excelente) havendo ainda alguma lama acumulada das chuva que tem caido durante os últimos meses.

O ambiente estava muito bom, com muito pessoal e animação.

Aquando da minha chegada, por voltas das 8.15 o secretariado estava bastante desorganizado, estava, bastantes pessoas do lado de dentro da mesa, mas metade com os braços cruzados, as 2 pessoas que estavam a atender, tentavam dividir entre elementos que já tinham feito a inscrição e pessoas já inscritas, mas apenas quando chegavam á mesa... eu que já tinha pago e apenas queria levantar o meu dorsal tive que esperar que 2 ou 3 pessoas que estavam na minha frente completassem a sua inscrição, não seria mais fácil fazer 2 filas.

Organizado o pessoal na zona de partida e feito o briefing, lá se deu a partida... apesar dos quase 15 minutos de atraso, nada de dramático... o pessoal está cá para se divertir...

Voltinha feita na urbanização para tentar esticar o grupo, assim que entramos nos trilhos, apanha-se uma (mini) ribeira e o primeiro congestionamento, a partir dai o terrenos marcava o mote para os próximos 18Km... subidas e pedra...

Na minha modesta opinião, os trilhos eram durissimos, não o vejo apenas por mim, mas pela quantidade de outras pessoas que vi apeadas, avariadas, felizmente quedas vi poucas (para além da minha... :eek:).
As subidas e a pedra foram cobrando a sua quota tanto fisicamente como em termos mecânicos nas maquinas e os furos e avarias iam-se sucedendo.

Apanhei um primeiro ponto de apoio por volta dos 10Km, que não percebi bem o que era porque quando lá passei ainda estavam a montar a tenda (e eu vinha na cauda do grupo...).

O mote do terreno vai-se mantendo e lá aparce o abastecimento aos 15Km, com tudo o que se pode esperar, fruta, água, sumo e até umas bifanas acabadinhas de assar e "tintol" para quem o desejasse. Ai fico a saber que este seria o único abastecimento do percurso...

No geral as marcações estavam boas, apenas me enganei uma vez numa descida em que em virtude de ir atento ao terreno e á velocidade não vi as fitas do lado direito (bem que podia ter uma linha no chão a "cortar" o trilho ou uma seta...).

Felizmente que a partir do KM 18, onde tinha a alternativa para os 20Km que o cenário dos trilhos mudou um pouco, terreno mais batido, mais rolante e menos pedregoso...
Foi sempre a rolar até ao fim... na chegada, não havia qualquer indicação que era ali o fim e lamentavelmente nem uma garrafa de água... lá estava uma banca de uma marca de produtos dietético onde descobri depois que se podia beber qualquer coisa... mas ninguém se dignou a oferecer um copo de água a quem chegava.

Onde se lavava as bicicletas ninguém com camisolas da organização sabia, tive que perguntar a um participante cuja bicicleta tinha cara de ser lavada e mesmo o local dos banhos era uma incógnita para alguns dos elementos da organização. Lá descobri onde se lavava as bicicletas e o corpinho, chuveiro por minha conta (pudera, ninguém sabia onde era os banhos) com direito a água quentinha.

Não almocei, mas cheirava muito bem a grelhados...

Em suma, um dia excelente em termos de clima e ambiente, algumas falhas da organização que merecem ser revistas mas que em nada comprometem a minha vontade de participar para o ano e trilhos demolidores que apenas indicam que tenho que treinar mais...

Os meus parabéns á A.C.D Milharado...