Pág 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Mostrar resultados 1 a 10 de 18

Tópico: Os "problemas" dos sistema 1 by X

  1. #1
    Domina bem o OTB Avatar de lucard
    Registo
    08-03-2016
    Local
    Viseu
    Posts
    335

    Os "problemas" dos sistema 1 by X

    Estou numa de espírito video-gráfico. Partindo do principio do Hardskin e de um outro user cujo nome já se foi embora da minha memória (peço desculpa) em que publicaram vídeos bastante educativos, sobre matérias interessantes.

    Este vídeo já o tinha visto à uma ou duas semanas, e só hoje me deu aquele "click" para vir aqui fazer uma posta, é um tema para mim muitíssimo interessante! Porque ele aborda pelo menos um pormenor que me intrigou.

    -Não "torcer" muito a corrente com as mudanças. Ou seja, não usar o prato maior à frente e atrás não meter no prato maior (eu não sei os nomes de nada, espero que entendam). E de facto nos sistemas 1 by X só há um prato, somos obrigados a torcer a dita cuja!? Fique intrigado, o que acham desta e das situações por ele expostas?

    POR FAVOR: não façam off-topic, nem estraguem isto, estou mesmo MUITO interessado no tema!

    Preciso de rodinhas na Bike. Ando sempre a comer terra...

  2. #2
    Se pedalares como falas... Avatar de Hardskin
    Registo
    21-05-2014
    Local
    Lousã
    Posts
    1102
    Queres saber um dos "problemas" que eu tenho com o 1x11!?
    Hoje vai ter que sair mais uma corrente com apenas 2200km. Só para poupar a cassete porque apesar do medidor já entrar nos 0.5 ainda não se nota diferença no trabalhar da coisa.
    Na 3x10 (o prato grande só lá anda praticamente a fazer peso) vai sempre aos 3500km e o resto da transmissão a aceitar novas correntes sem problemas.

  3. #3
    Se pedalares como falas... Avatar de edununo
    Registo
    23-04-2010
    Local
    Maia
    Posts
    3801
    Acho que já vi este vídeo.
    Ter a corrente na talega (prato grande) num sistema 3x10 e também no carreto maior da cassete não é a mesma coisa que ter só um prato e ir até ao carreto maior da cassete. Apesar de existir alguma torção da corrente, acaba por ser menor que o exemplo do 3x10.
    A parte do backpedaling também não concordo.
    Tenho 1x11 SRAM X01 e 1x12 SRAM Eagle em nenhum acontece esse problema.

  4. #4
    Trata por tu os "desmontas" Avatar de pamoreira
    Registo
    28-07-2015
    Local
    Switzerland
    Posts
    144
    Se a linha de corrente for má, ou o desviador não estiver bem afinado, é mais susceptível de acontecer a descida da corrente no backpedalling.
    Eu quando andei a experimentar vários pratos que tinham offsets ligeiramente diferente (e consequentemente mudava a linha de corrente), conseguia em alguns casos fazer descer a corrente como ele. Mas só quando estava com a bike no suporte a "pedalar" para trás depressa e durante algum tempo.
    Na prática e no monte nunca tive isso, porque ninguém vai fazer backpedal a alta cadência durante uns segundos que é basicamente o que ele mostra no vídeo. Já estava no chão eu antes de a corrente descer na cassete

  5. #5
    Se pedalares como falas... Avatar de Joseelias
    Registo
    18-03-2013
    Local
    Seixal
    Posts
    1228
    Penso que dois dos factores mais importantes poderão ser o desgaste acelerado dos componentes, e os saltos na cadencia entre cada velocidade.

    A partir do momento em que se tenta meter mais velocidades num espaço inicialmente projectado há 25 anos atrás para levar um cepo com 8 velocidades, todo o material tem que estreitar. Mesmo havendo um aumento do comprimento do eixo (cubos Boost?) para se poder montar um cepo mais largo, este dificilmente compensa o aumento do número de velocidades e o material será sempre mais estreito e frágil que anteriormente. E criar um cubo com um cepo mais comprido mas com o tamanho "standard" significa que os raios do lado da cassete ficarão ainda mais verticais e poderão comprometer a resistência da roda. E isto tem custos.

    Pelo que tenho lido, mesmo as alterações feitas das 9 para as 10 velocidades já tornaram este problema evidente ao terem que tirar material do lado de fora das placas da corrente nas 10 velocidades, estreitando-as e reduzindo o tempo de vida destas.

    E por muito barato que o material 1x? venha a ser, uma cassete de 11 ou 12 velocidades será sempre mais cara que uma de 9 ou 10, mesmo que fossem da gama Acera.

    Outra questão tem a ver com os saltos na cadência entre cada velocidade. Ainda não fiz uma comparação entre cada desmultiplicação, mas parece-me pouco provável que um sistema 1*12 consiga uma modulação ou gradação de esforço tão suave com um sistema com dois ou três pratos à frente. Para muita gente até pode não fazer diferença, mas no meu caso é uma das coisas que mais me chateia. Aquela sensação de estar a precisar de passar para uma mudança mais leve e quando o faço fico a dar às pernas com uma cadência demasiado alta para não perder velocidade, ou para ficar com a cadência certa a bicicleta fica quase "parada" é algo que me enerva particularmente.

    De resto, o desviador dianteiro sempre foi um componente pelo qual sempre nutri um ódio particular, e o conceito de um sistema 1x? é algo que me agrada.
    "Don't buy upgrades; ride up grades" - Eddy Merckx
    A BTT'ar desde 1993... mais coisa menos coisa...
    A minha "bomba" made in 1996

  6. #6
    Se pedalares como falas... Avatar de edununo
    Registo
    23-04-2010
    Local
    Maia
    Posts
    3801
    Joseelias, num sistema 2x10 ou 3x10 é muito comum usar-se cassetes 11-36. A cassete 10-42 da SRAM é uma 11-36 de 10v, à qual trocaram o carreto de 11 por um de 10 e acrescentaram o 11° de 42. A Eagle é uma 10-42 à qual acrescentaram o 12° carreto com 50 dentes.
    Os saltos são por isso idênticos.

    Quanto ao desgaste, eu fiz um pouco mais de 7000 kms com uma X01 10-42. Acho um bom valor.

  7. #7
    Se pedalares como falas... Avatar de edununo
    Registo
    23-04-2010
    Local
    Maia
    Posts
    3801
    Pamoreira, é verdade que a linha de corrente interfere com essa situação. Eu como só usei Cranks SRAM one by, a linha de corrente é a especificada pela SRAM. Nunca tive esse problema.

  8. #8
    Trata por tu os "desmontas" Avatar de pamoreira
    Registo
    28-07-2015
    Local
    Switzerland
    Posts
    144
    O que se vê muitas vezes é que a malta faz conversões de 2x/3x para 1x ou compra crank + prato de marcas diferentes sem se preocupar muito com a linha de corrente - que é crítica nos sistemas 1x - e depois queixam-se que não funciona bem.

    Quanto ao espaçamento de carretos na cassete é exactamente como diz o ednuno. Pouco mudou de 10 para 11 e agora para 12. Aliás até diria que é mais linear porque não há ali o salto na troca de pratos na frente.

    Eu estou completamente rendido ao 1x em termos de funcionamento, simplicidade e durabilidade desde há bastante tempo. Neste momento, só voltaria para 2x com um sistema 2x11 Di2 em synchro-shift, que na prática se transforma num 1x com 13 velocidades em termos de operação.

  9. #9
    Se pedalares como falas... Avatar de Joseelias
    Registo
    18-03-2013
    Local
    Seixal
    Posts
    1228
    @ edununo

    Estive agora a fazer um comparativo entre as relações de mudanças que tenho com o espaçamento da cassete 10-42 da Sram usando um prato de 32, e os resultados são curiosos.

    Para começar o espaçamento da cassete 10-42 é exactamente igual ao da minha, entre a 9ª velocidade (12 dentes), e a 3ª velocidade (32 dentes) da SRAM. A diferença é que o meu carreto de 11 (9ª) passou na SRAM a 10, e no caso das mudanças mais leves a cassete da SRAM simplesmente acrescentou dois carretos (sim, ser old-school implica ainda ter um sistema 3*9... ).

    Como o meu prato do meio é de 32 dentes isso significa que usando um sistema 1*11 com um prato igual e a cassete referida seria tudo exactamente igual ao que tenho agora, e nem daria pela diferença excepto nos extremos. Perderia sim, duas velocidades mais pesadas pois tenho um prato de 44 dentes e a diferença aí é grande, e uma mudança no lado mais leve. Mas sinceramente, e ao tipo de andamento com que ando agora, em termos práticos acho que não ia notar qualquer diferença.

    7000km parece-me bom, apesar de com a minha transmissão já ir talvez com pelo menos 9000km, com uma troca de corrente aos 5000km e umas roldanas de desviador já depois disso. Mas para falar verdade o meu prato de 32 está na maior miséria já que é o que eu uso actualmente 99% do tempo. Mas esta é uma questão relativa, pelo tipo de uso e abuso que é dado ao material. E considerando que não sou o maior fanático das limpezas não sei o que seria de material mais "anoréctico".
    Última edição de Joseelias : 10-02-2017 às 19:16
    "Don't buy upgrades; ride up grades" - Eddy Merckx
    A BTT'ar desde 1993... mais coisa menos coisa...
    A minha "bomba" made in 1996

  10. #10
    Domina bem o OTB Avatar de lucard
    Registo
    08-03-2016
    Local
    Viseu
    Posts
    335
    Estou a gostar do que a malta tem vindo a dizer conclusões muito interessantes para a minha leitura na cama! Assim sim vale a pena.

    O que VI no vídeo da outra vez e achei completamente bullsh1t foi aquela parte do backpedalling, a velocidade que é preciso rodar para trás e a quantidade de voltas que o gajo da.. É ridículo, ninguém pedala assim.. Nos primeiros exemplos, sim salta fora mas aposto que com uma boa afinação não acontece. Parece me muito exagerado, e portanto ignorei esse facto, não tinha argumentos suficientes.

    A questão de torcer a corrente é que me intrigou bastante. Num sistema 3by, se meter a corrente na prateleira do meio, e na k7 colocar na mais em cima, não estou a torcer demasiado? O que é verdade é que nunca usei a mudança mais pequena da frente (até me atrapalha a pedalar) e a mãozinha já usei umas quantas vezes... A descer de resto vou sempre na do meio, mesmo sabendo que não devo saber. Tendo a ignorar o manipulo esquerdo... Se calhar quando comprar a próxima menina já opto por uma 1by. Aliás se cLhar não, faço mesmo essa questão as opções que estão na mesa já são 1by por defeito.
    Preciso de rodinhas na Bike. Ando sempre a comer terra...

Regras

  • Você não pode colocar novos tópicos
  • Você não pode responder
  • Você não pode adicionar anexos
  • Você não pode editar as suas mensagens
  •