29er Upgrade - Nova bicicleta FS - até €3300

#1
Viva a todos os bttistas,

Possuo neste momento uma Scott spark 20 de 2011, roda 26 e com alguns upgrades e bastante bem tratada, que não me dá problema algum. Por ser uma pessoa curiosa e andar a pensar no assunto há tempo demais, quero vender e experimentar algo mais moderno (passar das mudanças 2x9 para 1x12, roda 29, como principais pontos que me dão curiosidade).
Andei a ver uma canyon neuron 9.0 cf, que cumpre com tudo que procuro:
https://www.canyon.com/pt-pt/mounta...mengroesse=XL&dwvar_2472_pv_rahmenfarbe=GY/GN
Um dos requisitos que procuro numa bike (e que não descansei enquanto não cumpri na minha Scott que vou vender) é ter material shimano (de slx para cima). Manias à parte porque decerto outras marcas podem ter material equivalente ou melhor.. Algo que não consigo ceder é mesmo nos travões, algo que use outra coisa que não óleo mineral nem sequer considero.

A bike será essencialmente para bikepacking, isto é, longos passeios com mochila as costas, no que pode ir de estrada/estradão/montanha. O estilo que faço é um misto de btt/estrada, com distâncias >60 km, vários dias seguidos a pedalar (2-4 dias fora de casa). Daí que procuro mateiral no qual conheço e possa confiar que não falhe, e que seja confortável q.b..
Não me considero um wheight weenie, mas dado que a minha spark rondava os 11kg, queria manter-me abaixo dos 14 kg.
Nesta gama de preços (até 3000-3300 euros), há algo que possa ou deva considerar?
Alguém com feedback desta bicicleta?

Penso que referi o essencial e mantive o post curto e conciso. Comentários/sugestões/dicas/conselhos, são bem-vindos, os quais agradeço desde já.
 
#2
Bem eu tenho uma Lux de 2011 que já fez várias travessias, tenho inclusive mochila própria e um saco de selim de 10 litros.

Este ano comprei um Neuron, por isso vou deixar algumas considerações.

Travões
Sram Guide Ultimate – Desde o inicio achei que podiam ser mais potentes e ter mais potência bruta, serem mais travões que abrandadores. Passei de disco com 160 para 180 para ganhar poder de travagem.
Shimano XTR de 4 êmbolos – Têm bem mais poder de travagem bruto que os outros, ao inicio gostei disso, mas com mais km comecei a dar mais valor aos Guide, têm um efeito ABS ou seja por depressa que vás não bloqueias nunca a roda e isso dá controlo, perdes poder bruto de travagem mas ganhas controlo.
Resumindo são ambos bons travões e neste momento acho que os Guide deviam ter um pouco mais de potência e os XTR um pouco mais de progressividade.

Transmissão
Sram XX – Barulhenta mas funciona muito bem, na altura era bem superior a qualquer Shimano. A meter mudanças em carga então não tinha comparação, é melhor.
Shmano XTR – Só ao fim destes anos todos a Shimano consegui aproximar-se dos XX nesse aspecto, funcionam bem e quanto mais carga tens nos pedais melhor entram as mudanças. Vamos a ver se não desafinam com o tempo.

Espigão de Selim telescópico
Apesar de ser bom e achar uma mais valia, não permite descer com o saco de 10 litros. Dá para levar mas tem de se ter cuidado para não descer o selim.

Peso e geometria para travessias.
Depois de fazer um “bikefiting” a Lux ficou menos agressiva e muito mais confortável para as voltas de vários dias e longas horas.
Apesar da geometria e suspensões da Neuron serem melhor a descer, se fizesse neste momento uma travessia não demasiado técnica levava a LUX.
Ao levantar as bicicletas, a Lux sente-se bem mais leve e olha que a Neuron em causa é a mais leve de todas, portanto para a próxima travessia de mochila às costas provavelmente levarei a Lux.

A Neuron tem outros atributos, mas para o uso que apontas desvanecem-se, e a diferencia só se vai notar se o percurso for muito técnico.
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#5
Antonio, eu concordo com tudo o que escreveste.. menos a questão de utilizar material de topo... ainda mais para este tipo de utilização que é de backpaking.
 
#6
Obrigado Pedro Barradas e António13_PT. Parece que ambos me disseram o mesmo, embora até agora sempre olhei para a lux como uma maquina de corrida (e as escoras traseiras fininhas...). A lux seria mais cara um pouco (e mais leve também), o que dado o meu ritmo de andamento não sei se me faz diferença.

António13_PT, quais os attributos que referes?

Quando falam numa vertente mais All mountain, a minha ideia vai (dado aquilo que gosto de fazer) em travessias mais lentas e focadas no aproveitar o caminho. Uma bicicleta de xc não será mais focada na corrida, até pela geometria e curso das suspensões?

Confesso que realmente como gostava de andar na spark era com a suspensão bloqueada no curso intermédio (80 mm) pois no curso total sentia a bicicleta mais pastelona, agora nestas duas opções, que ambas me agradam, fico reticente
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#7
All mountain... Fazer os trilhos de Sintra, Monsanto, de preferência a descer... Ires fazer trilhos nos Alpes... Etc... Bike muito mais pastelona a subir... Geometria aperfeiçoada... Para descer...

XC / maratona... Estradoes, subir, subir, descer, trilhos mas tendo menor curso não é para grandes avarias..drops e etc.. .. Bike comfortavel para grandes tiradas.
 
#8
Bom, comecei a considerar a lux na equação. Agora, tenho algumas questões quanto ao tamanho e à eventual manutenção da mesma, a considerar:

- Meço 1,72cm, com uma altura de perna de 80 cm. Pondo isto no site da canyon, dá-me um S (para a lux supostamente o S vai até 175 cm). Será razoável? Sinto que na minha scott andava com um M e ficava muito esticado na bicicleta.

- No que concerne a eventual manutenção/durabilidade dos componentes da suspensão, sendo a lux uma "maquina de corrida" (ao contrário da neuron que até tem umas tampas para os rolamentos), isto trará alguma preocupação acrescida, ou não?
 
#9
A malta está sempre disponível para ajudar… a baralhar mais!

O que eu quis dizer foi que todas as opções, a tua inclusive, são opções válidas para travessias. Com algumas diferenças mas todas são boas opções.

Para as travessias o mais importante é teres a bicicleta bem ajustada, um selim e punhos confortáveis, mochila não demasiado pesada e confortável, etc.

Eu fiz um “bikefit” já tendo a bicicleta uns 5/6 anos e foi o melhor investimento que fiz na mesma, ficou mais confortável para as longas hora, e olha que as alterações pareciam poucas, mas depois na prática resultaram bem.

Se queres comprar um bicicleta nova esquece o uso das travessias e escolhe em função do que preferes : Se uma bicicleta mais rápida, mais reactiva, mais leve, melhor a rolar ou a subir, mas onde tens de a pilotar nas descidas e escolher melhor as trajectórias ou se preferes uma bicicleta com uma geometria mais descontraída e com mais curso, que ajudam e de que maneira nas descidas, mais de largar os travões e deixar ir, que a bicicleta ajuda a descer, perdoando muito mais os erros.

Do uso que pretendes eu coloco a Lux um pouco à frente da Neuron, mas vais ficar bem servido com ambas. Resumindo, escolhe a que gostares mais, que ambas te vão levar ao fim das travessias com um sorriso !
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#10
- Meço 1,72cm, com uma altura de perna de 80 cm. Pondo isto no site da canyon, dá-me um S (para a lux supostamente o S vai até 175 cm). Será razoável? Sinto que na minha scott andava com um M e ficava muito esticado na bicicleta.
Uma bike nada tem a haver com a outra. Se no site da Canyon recomendam o S, deves assumir isso. Podes enviar um mail à canyon para tirar a duvida...
A tua spark é roda 26.. isto agora e´roda 29'', não tem nada a haver!!! digo-te logo à partida que é totalmente diferente andar de 26 ou numa 29... Para grandes tiradas então.. é um avião, rolam muito bem!!!

Se te sentes esticado na Spark poderias ter instalado um avanço mais curto para compensar isso.
quanto à manutenção... não te consigo dizer muito, não tenho experiência com FS.
Não entendo a tua fixação na palavra "corrida". a Lux não é de corrida, tudo depende do que o seu piloto fizer ;)

NOTA: querendo utilizar a bike para travessias, nenhuma destas tem furações para alforges.
 
#12
Ora bem malta, fui lendo e questionando por aí, inclusive estive quase meia hora a falar com e acabei por me decidir por uma canyon neuron 9.0 CF tamanho S, ressalvando sempre por escrito a possibilidade de troca/devolução caso não me adapte.

O que pesou na decisão?
O que foram dizendo cá foi de encontro ao que o vendedor da canyon disse. Se quero uma bicicleta para tempos, leve e ágil, ou para me sentir mais confortável e seguro nas descidas com alguma penalização na performance. Ora comecei a pensar em como me sentia na minha Scott e o que me levou a vende-la e querer experimentar outra coisa nova, e acabei por ver que dou detrimento à minha performance, isto é, a sentir-me confortável durante as travessias (nem uso alforges, apenas ando de mochila e uma bolsa de 10 litros no selim como o António referiu), e que precisava de mais segurança e range nas mudanças inferiores (para mim andar >35 km/h apenas numa descida em que só acompanho a pedalada).

Dessa forma, e uma vez que a lux tem uma geometria mais agressiva que a anterior Scott (só agora aprendi a comparar as medidas e ângulos das bicicletas…), e dado que o quadro da neuron é mais robusto e parece-me a mim mais à prova de tudo para a mesma gama de preços, a escolha começou a ser mais clara, além que se agora apenas faço travessias, não ponho de parte a ideia de fazer algo um pouco mais agressivo a nível de descidas todo terreno, desde que sinta confiança para isso.


Espero ficar satisfeito, uma coisa é certa: quinta feira, para o bem ou para o mal, já cá estará a minha primeira bicicleta nova desde os meus tempos de adolescente.

Agradeço a vossa partilha de experiências e conhecimento, boas pedaladas a todos!
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#14
... pois. Agora e dar-lhe kms!!! e desfrutar
Boa sorte.
PS: eu tenho hardtail com supensão de 100mm, de quando em quando leva umas esticadas de >100km.. mas nunca iria para uma maquina com 160mm de curso e quase 14kg..... Também já não sou novo... Mas lá está depende por onde andas... Eu teria ido sempre para uma bike com geometria de Maratona e não de all montain.
 
#15
A neuron "apenas" tem 130mm de curso, é uma bicicleta polivalente acho que vai ser boa para travessias... Eu já fiz a travessia do Zêzere (sem alforges) com uma 29 de 140mm de curso como perto de 15kg e foi tranquilo.
A ideia que tenho e que no bikepacking ou travessias não há regras as pessoas usam a bike que tem e logo adaptam onde podem carregar o material, mochila, selim, framebag, guiador, alforges, atrelado... o que interessa é o pessoal fazer as travessias XD
 
#16
... pois. Agora e dar-lhe kms!!! e desfrutar
Boa sorte.
PS: eu tenho hardtail com supensão de 100mm, de quando em quando leva umas esticadas de >100km.. mas nunca iria para uma maquina com 160mm de curso e quase 14kg..... Também já não sou novo... Mas lá está depende por onde andas... Eu teria ido sempre para uma bike com geometria de Maratona e não de all montain.
Pedro, a neuron tem "apenas" 130 mm de curso nas duas suspensões e suspeito que no tamanho que comprei pese à volta de 12,5 kg.
A verdade é que ando em todo lado.. Desde asfalto e passadiços da praia, em que quase não preciso de suspensão nenhuma, a descidas mais técnicas e que muitas vezes o medo nessa descida anda de mãos dadas com a preguiça de a levar pelas mãos.. E como sou um medroso, queria ver se nessas aventuras me sinto mais confortável (bem como o conforto no final do dia, as vezes a pancada acumulada vai moendo o corpo)

Coisas como ângulos da direção, ângulos do tubo do assento, reach, etc.. desconhecia, e a influencia destes nas bicicletas. Pensava apenas que era maior curso para all mountain, e pouco curso para xc (bem como o peso, mais na all mountain e menos em xc).

em breve posto as considerações desta aventura