Trilhos S. João de Sobrado 7/11/2004

#1
::::TRILHOS S. JOÃO DE SOBRADO – A REPETIR!::::::::::::::::::::::::

Foi no passado Domingo 7 de Novembro que em Sobrado se reuniram mais de 320 bravos betetistas para percorrer os “Trilhos S. João de Sobrado”.
Desde já e em nome da organização, agradeço a todos a presença, contribuíram assim para o engrandecimento desta nossa modalidade e particularmente deste evento.

Por volta das 8:30h já fervilhava o ambiente em torno do Largo do Passal, onde se confirmavam inscrições e à boa maneira portuguesa se realizavam as de última hora. À data do fecho das inscrições tinham chegado à organização cerca de 250, ás quais se acrescentaram, no próprio dia, mais 70/80, houve pois que reajustar a correspondente logística.

Depois de alinhados, por volta das 9:30h, é dada a ordem de partida, devidamente captada pela equipa de reportagem do programa “Sem Limites” (RTP-N), já agora, Sexta dia 12 de Novembro 22:00h, não perder na RTP-N reportagem sobre este evento.

Os primeiros Km´s rolantes pelo vale, como convém, foram seguidos da serra pura e dura, polvilhada com subidas/descidas, algumas alternativas para os mais afoitos, e não foram poucos, onde a adrenalina era chamada à flor da pele.
Subida do Baldeirão, Descida do Cotovelo, Alto dos 5 Caminhos, Descida do Ribeiro, Subida do Gás, Subida do Carrossel, Crista da Serra, Descida da Escola, Subida do Corgo, Descida das Motas... serão certamente nomes que ficarão na memória de todos, sobretudo dos que só agora se aventuraram por estas paragens.

Para que tudo corresse pelo melhor da organização fizeram parte 20 guias espalhados pelo percurso/plutão, 6 viaturas todo o terreno, 4 motos 4, 3 motos de enduro ,1 viatura todo o terreno dos Bombeiros Voluntários de Valongo apoiada por uma ambulância destacada para o evento, sendo estes apenas parte dos meios utilizados para o bom desenrolar do programa.

Uma palavra amiga e de agradecimento aos vândalos que fizeram, também, questão de marcar presença no evento. Sabemo-nos hoje capazes de organizar um evento de maior envergadura, como uma maratona por exemplo. Em 30 Km´s de percurso devidamente marcado, por 3 vezes consecutivas, teve a organização que repor placas partidas/desviadas/retiradas. Apenas mais uma prova à organização e SUPERADA!

Ao mais alto nível esteve a CANDIBYKE, na pessoa do Paulo Monteiro. Há que reconhecer o trabalho/esforço/dedicação sem os quais teria sido impossível pôr no terreno tamanho número de participantes e com o apoio registado.
Foi pois uma festa do BTT, quer para quem participou activamente, quer para os muitos que nos apoiaram à nossa passagem.
Haverá paisagem mais bonita do que uma trialeira, repleta de atletas em saudável convivio, multicolor a serpentear a serra?
Simplesmente um espectáculo, A REPETIR!

::::TRILHOS S. JOÃO DE SOBRADO::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::