Transporte de bicicletas

#1
Olá,

Já tive suportes de bicicleta no meu Clio de 1998. Mas bati por 3 ou 4 vezes quando tinha as bicicletas no tejadilho e foram ficando danificados, até que acabei por desistir e tirá-los. Em retrospetiva devia tê-los endireitado e mantido.

Há alguma forma de uma pessoa transportar bicicletas quando quer fazer um passeio com pessoas que moram noutro sítio ou quando já não consegue regressar por algum motivo?

Estou pouco inclinado a comprar suportes novos, não me parece uma compra fácil. Quero gastar muito pouco dinheiro: a minha bicicleta custou 30 EUR.

Já não ando há muitos anos e não é por gastar mais dinheiro que vou andar mais.

Obrigado.
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#2
Se desmontar as rodas e a viatura tiver mala com capacidade para as acomodar, é fácil.. Só pode levar um pendura.

No Clio é mais complicado. Cabe na mala e bancos traseiros rebatidos sem a roda da frente?

Omoletes sem o ovos, é difícil.

Ps: Eu tenho uma carrinha, nem preciso desmontar nada, rebato os bancos traseiros e lá vai ela. Ainda pode levar com outra por cima. A do pendura.
 
#3
Consegui colocar a minha com os bancos rebatidos. Era assim que fazia quando andava antes de ter os suportes.

Mas já não consigo meter a do meu filho.

Não há táxis ou algo assim?
 

COU7INHO

Active Member
#4
Táxis há. Agora se eles estão dispostos a meter uma bicicleta dentro do carro... Tendo em conta a simpatia de muitos taxistas não me parece.
São poucos os taxis que têm suporte para bicicletas.
Não dá para meter as duas bicicletas deitadas uma por cima da outra dentro do carro?
 
#7
Ahh não fazia ideia.
Mas por alguma razão lógica? Ou é só porque sim (como fez a CP na quarentena)?
Simplesmente não podem transportar carga na cabine de passageiros...e agora muito mesmo porque não transportam passageiros no lugar da frente.
Mesmo que fizessem o transporte,terias de pagar o suplemento de bagagem.
 
#8
Sim, quando falei em táxis estava a pensar em táxis específicos para transporte de bicicletas. Acho que vi qualquer coisa na Internet sobre isso.

Uma no Clio cabe, com os bancos de trás rebatidos, mas duas não me parece. Não tiro a roda.

No passeio a roda de trás da minha ficou flat e comprei câmaras de ar para substituir. O pior é que ao levar a bicicleta à mão ela foi largando aquela cama da jante. Agora se calhar tenho de comprar uma cama nova, ou usar a câmara velha para fazer de cama...

Acho que para já vou buscar a do meu filho com o carro vazio e começamos por fazer passeios a começar aqui em Sacavém. Depois logo se vê.

Na dele (uma de adulto que os tios deram) ainda vou ter de serrar o eixo do selim para que baixe mais uns centímetros. Nesta bicicleta o eixo do selim ao descer bate numa outra parte de metal (do quadro) e não desce mais...
 
#12
Sacavem, vais até à EXPO... e também tem a ciclovia ribeirinha a´te VF Xira... não precisas do carro para nada ;)
Ainda não existe ligação interconcelhia, apesar de a ciclovia no concelho de Vila Franca de Xira VFX já chegar até ao seu extremo sul onde faz fronteira com Santa Iria de Azóia e o município de Loures.

Mesmo dentro do concelho de VFX a ciclovia tem uma interrupção significativa, desde Alverca do Ribatejo até Alhandra, onde tem de ser usada como alternativa por exemplo a Nacional 10 para fazer a ligação.

Ou seja, em Lisboa consegue chegar-se a norte até Sacavém depois tem de se optar por trilhos alternativos como por exemplo o Caminho de Fátima que te leva de Sacavém para o lado de Vila Franca pelo curso do Trancão, um percurso praticamente plano e por isso muito acessível. Este caminho segue está identificado e faz a ligação entre as duas zonas ribeirinhas.

https://naoequenaohouvesse.blogs.sapo.pt/na-rota-do-trancao-71145
 
#13
A altura do selim não é para estar de modo a que o ciclista sentado nele esteja com os pes no chão.. sabes isso não sabes?

Tiras as rodas da frente e vais ver que cabem as duas. Se não tiverem já, converte as rodas da frente para eixo de aperto rapido. pelo mnenso para a frente, atrás, nem todos os cubos permitem.
https://www.decathlon.pt/aperto-rapido-btt-fr-tr-id_5620706.html
Sim, mas ele tem 8 anos e uma de adulto ainda é um pouco grande demais.
 
#14
Não tiras a roda da frente da bicicleta?
Se cabe uma bicicleta sem tirar a roda também cabem duas sem a roda da frente.
É possível, tenho a vaga memória de já ter levado lá duas outras que mais tarde me roubaram. E pelo menos uma tinha aperto rápido da roda da frente.
 
#15
Sacavem, vais até à EXPO... e também tem a ciclovia ribeirinha a´te VF Xira... não precisas do carro para nada ;)
Sim, sim, do Parque das Nações consigo ir até Algés ou mais longe até (Guincho) em ciclovia ou quase sempre ciclovia. Ainda nunca explorei foi essa ciclovia para Norte, mas ainda bem que falas dela, não a tinha equacionado, obrigado.
 
#16
Ainda não existe ligação interconcelhia, apesar de a ciclovia no concelho de Vila Franca de Xira VFX já chegar até ao seu extremo sul onde faz fronteira com Santa Iria de Azóia e o município de Loures.

Mesmo dentro do concelho de VFX a ciclovia tem uma interrupção significativa, desde Alverca do Ribatejo até Alhandra, onde tem de ser usada como alternativa por exemplo a Nacional 10 para fazer a ligação.

Ou seja, em Lisboa consegue chegar-se a norte até Sacavém depois tem de se optar por trilhos alternativos como por exemplo o Caminho de Fátima que te leva de Sacavém para o lado de Vila Franca pelo curso do Trancão, um percurso praticamente plano e por isso muito acessível. Este caminho segue está identificado e faz a ligação entre as duas zonas ribeirinhas.

https://naoequenaohouvesse.blogs.sapo.pt/na-rota-do-trancao-71145
Obrigado pela dica. Já sabia da existência do caminho de Fátima pelos passeios a pé, sem dúvida irei experimentar de BTT para ver até onde nos leva :)
 
#17
Obrigado a todos pelas dicas.

Sabem se tenho de comprar nova cama para a câmara de ar assentar na roda? Parece que não consigo encontrar esse artigo. Aquilo é apenas uma fita de borracha.
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#19
Meça a largura da fita e meta igual. Para desenrascar, pode meter fita plástica autocolante... Veja a mais robusta que encontrar...pode é não valer a pena o preço. Mais vale comprar fita própria.