Transporte de bicicletas nos comboios

#1
Bike no comboio

Já alguém transportou a bike nos comboios? Parece que é possivel. Alguém sabe como funciona? A bike paga alguma coisa? Tem carruagens especificas? Horários? É só na CP? A Fertagus também permite?
 
#4
Confirmo, já transportei várias vezes.
Não pagas nada pelo transporte da bicicleta.

normalmente eles fecham um bocado os olhos, mas as condições é para não poderes transportar na hora de ponta (de manhã e ao final do dia) e transportar nas carruagens próprias (normalmente a primeira, no caso da Fertagus. Na CP já existem mais para esse efeito).
Já transportei dentro do "horário proibido" e em carruagens normais e nunca tive qualquer problema.
 
#6
eu encontrei esta informaçao no site da cp, não sou da zona de Lisboa, mas era mais o que faltava se fosse diferente no resto do País



O Transporte de Bicicletas nos comboios das Linhas de Sintra, Cascais, Azambuja e Sado é gratuito.

É ecológico, é saudável e não custa.
A sua bicicleta pode viajar sem custos adicionais todos os dias e em todos os horários.

Devem, no entanto, ser respeitadas as seguintes condições de transporte:

*
Cada Cliente pode transportar apenas uma bicicleta;
*
A CP não se responsabiliza pelos danos causados às bicicletas e/ou, a terceiros durante o respectivo transporte;
*
As entradas e saídas das bicicletas são da responsabilidade do cliente;
*
As bicicletas devem ser transportadas de forma a não obstruírem as portas e a não dificultarem a entrada e saída dos Clientes;
*
Os Clientes não podem circular de bicicleta nas estações, átrios e passagens desniveladas ou inferiores;
*
O transporte é autorizado exclusivamente nas carruagens identificadas para o efeito.



Rapaz a andar de bicicleta
 
#7
E na Fertagus...

Regras para transporte de velocípedes

É permitido o transporte gratuito de velocípedes nos comboios da Fertagus, todos os dias da semana, excepto às Horas de Ponta nos dias úteis, ou caso se verifiquem grandes aglomerações de passageiros.
O transporte dos velocípedes deverá ser efectuado de forma a não obstruir as portas nem dificultando, de qualquer forma, a entrada e saída de Passageiros, devendo o Passageiro que transporta o velocípede aceitar as sugestões e indicações do Pessoal da Fertagus para o efeito.
É proibido aos Passageiros andarem de velocípede no interior das infra-estruturas.
É proibida a utilização das escadas mecânicas e elevadores existentes nas Estações para transporte de velocípedes.
Cada Passageiro pode transportar apenas um velocípede.
Em cada carruagem só poderão ser transportados no máximo dois velocípedes.
Os Passageiros serão responsáveis por todos os danos causados pelos respectivos velocípedes durante o respectivo transporte.
 
#9
Olá.

Sou utilizador assiduo do comboio + bicla já há alguns anos (mais no Verão do que no Inverno).

Faço geralmente o percurso de Pombal até S. Apolonia ou até Belas e vice-versa. Utilizo o Regional da linha do Norte e a linha de Sintra.

Posso dizer que até hoje só tive alguns pequenos desentendimentos com o revisor a nivel de preços de bilhetes e pouco mais....sem grande importância.

Normalmente escolho a 1ª ou ultima carruagem para a viagem de bicla.

Neste momento posso aconselhar só o seguinte, segundo dados dos revisores: se entrares em S. Apolónia na linha do Norte, convém tirar bilhete na bilheteira e não no revisor do comboio. Há cerca de 1 ano atrás era o contrário, este ano mudaram a politica dos bilhetes de comboio + bicla.

De resto é uma viagem tranquila e sem grandes preocupações, desde que não seja em horas de ponta....

Recomendo....:yeah::yeah::yeah:
 
#10
Há pouco tempo também utilizei o comboio de Santarém até à estação do Oriente.

O que me informaram na estação foi, o transporte fica ao critério do revisor, o bilhete tinha de se comprar no comboio e só se era permitido o transporte de das bikes na primeira carroagem.
Eramos cinco e como não vimos o pica quando o comboio parou... entramos na primeira carroagem, que por sinal tinha bastante espaço, onde arrumamos as bikes e com umas fitas que existiam numa espécie de corrimão as fixamos, quando revisor chegou...

Pediu-nos o bilhete... Explica-mos o que nos tinham dito e ele concordou... cobrou-nos o bilhete normal e não levantou quaisquer problemas.

Boas pedaladas
 
#11
Há pouco tempo também utilizei o comboio de Santarém até à estação do Oriente.

O que me informaram na estação foi, o transporte fica ao critério do revisor, o bilhete tinha de se comprar no comboio e só se era permitido o transporte de das bikes na primeira carroagem.
Eramos cinco e como não vimos o pica quando o comboio parou... entramos na primeira carroagem, que por sinal tinha bastante espaço, onde arrumamos as bikes e com umas fitas que existiam numa espécie de corrimão as fixamos, quando revisor chegou...

Pediu-nos o bilhete... Explica-mos o que nos tinham dito e ele concordou... cobrou-nos o bilhete normal e não levantou quaisquer problemas.

Boas pedaladas
Atenção que estamos a falar de comboios urbanos ou regionais. Se forem os inter-cidades ou Alfa o caso muda de figura.

Se quisermos ir de Lisboa ao Porto teremos de tomar quatro comboios regionais: Lisboa - Entroncamento; Entroncamento - Coimbra; Coimbra - Aveiro e Aveiro - Porto, ou seja - não há pachorra!
 
#12
Bicicleta no Comboio [Coimbra-Aveiro]

Boas,

Pessoal, eu sei que este assunto já foi debatido algures, mas não consegui encontrar o tópico. Nem sei ao certo se vem lá esclarecida a minha dúvida!

Eu sei que nos comboios de Coimbra - Figueira - Coimbra posso levar a bicicleta sem qualquer problema. Até o costumo fazer com alguma frequência.

Mas agora arranjei um Part-Time em que me dava jeito poder levar a bike no comboio que faz Coimbra - Aveiro - Coimbra. Alguém me sabe dar a certeza se eu posso levar a bike nesse comboio?
 
#13
Já transportei a minha bike em comboios urbanos e regionais. Pelo que sei apenas nestes é possivel transporta-la.
Nos regionais até costumam ter uma compartição com uns ganchos pra as pendurar-mos.
Espero ter ajudado :)
 
#14
Efectivamente é um comboio regional. Mas os regionais aqui da zona não têm esse compartimento para colocar a bicicleta. Nestes coloca-se a bicicleta no lugar dos deficientes! Mas como a viagem é de apenas 11min se o revisor fosse porreiro, mesmo que o lugar dos deficientes estivesse ocuado até que me podia fazer o jeito de deixar ir junto à porta :p

Bem.. o comboio é este, o que falas não deve ser igual, penso eu:


Amanhã se estiver bom tempo, vou então experimentar ir trabalhar de bicicleta + comboio. Tenho pena de ainda não me sentir capaz de fazer os 15 + 15km... senão até que ia exclusivamente de bicicleta. O problema é que o caminho tem várias subidas um pouco acentuadas e com uma razoável altimetria acumulada. Pelo menos bem mais do que aquilo que sou capaz neste momento!

Obrigado pelo relato


EDIT:

No regulamento da CP diz que é possível transportar a bike gratuitamente nos comboios regionais de Coimbra. Não tenho é a certeza se este é um regional de Coimbra. Mas se o Coimbra-Figueira é, em principio o Coimbra-Aveiro também deverá ser!
 
#16
O problema é o tempo que se perde! De bicicleta, mesmo com treino, ainda são no mínimo uns 45 min. Enquanto que de comboio sempre são 10min de bike + 11 min de comboio. Quase metade :p

Mas em dias de bom tempo, quem sabe? Agora com este frio é que nem pensar!
 
#17
Lá tentei ir de bike no comboio e não consegui. Não por que não seja possivel transportar a bike naquele comboio, mas porque não consegui chegar a tempo. Saí de casa com tempo de ir almoçar à cantina e depois ir com calma até à estação. Acontece que tive vários contratempos, a começar na saída de casa e em tudo o que fazia até ao momento de chegar à estação. Tudo junto fez com que chegasse ao comboio ao mesmo tempo que ele arrancava! Ainda tentei alcançar o botão para abrir a porta, mas foi nesse instante que passou a vermelho e o comboio arrancou. O que mais me irritou foi o revisor estar na outra ponta do comboio a conversar com o bandeirinha e a verem-me correr em direcção ao comboio e nada fazer. Normalmente costumam dar sinal ao maquinista para esperar, já não era a primeira vez. Desta vez fiquei a pé! Amanhã de manhã, se tudo correr bem, há nova tentativa!

Mais valia ter feito o caminho nas calmas até ao destino sempre de bicicleta. Sinto-me como se tivesse feito 40km... O caminho são cerca de 15km para cada lado com algumas subidas.

Vou pensar seriamente em começar a treinar mais e em comprar um par de rodas barato para colocar os slick que lá tenho encostados! Acho que bastavam os slick para ter conseguido apanhar o comboio :p
 
#19
De carro são 15km pelo IC2, mas num caminho em que seja possível ir de bike, é mais de certeza, com a acrescente das subidas!

Afinal amanhã não vou de bike, estive a analisar e tenho uns horários um bocado apertados para amanhã, vou ter mesmo de ir de carro!

Mas confirmo: Muita falta de treino! muita ferrugem!
 
#20
Lembrei-me deste tópico agora!

É possível levar a bicicleta nos regionais tanto de Coimbra/Figueira da Foz como eu já faço há muito tempo, como de Coimbra/Aveiro como acabei por fazer algumas vezes. Só é chato na estação de Aveiro temos que carregar a bike às costas para descer e subir as escadas. Se ao menos fosse permitido andar de bike nas estações ainda se descia em cima dela xD

Agora as regras até mudaram e já não podemos comprar o bilhete ao revisor, temos de o comprar na bilheteira, dizemos que levamos a bicicleta e eles imprimem um bilhete para a bicicleta também. O da bicicleta não se paga!