Tobel CF SL 7.9

#1
Acho que está na altura de abrir aqui um tópico para uma das minhas bikes, neste caso a mountain bike mais recente.

Apesar de o nome "Tobel" parecer um bocado estranho, é uma Canyon. Moro na Suiça desde há uns anos para cá, e devido a umas questão de direitos de marca, a Canyon não pode vender no mercado suiço sob o seu próprio nome. Para o efeito, criaram uma "marca" chamada PureCycling apenas para o mercado suiço. A selecção de modelos/versões é um bocado mais reduzida e o branding é diferente. Em contrapartida, os preços são mais atraentes porque o IVA aqui é substancialmente mais baixo que no resto dos países europeus.
Essencialmente, é um Grand Canyon CF SL 7.9, mas com um nome e branding diferente. Algo como isto:



Mas que não diz Canyon em lado nenhum, e com um ou outro toque específico:




A ideia original era apenas de comprar um quadro em carbono HT 29er para fazer uma montagem com o material que já tinha da minha HT 29er em alumínio. Por casualidade e uma muito boa oportunidade de negócio, acabei por comprar a bike completa, com a ideia de aproveitar apenas o quadro e alguns dos componentes e vender o que sobrar.
Ainda rodei um bocado com ela de origem para experimentar. Como tenho outras bikes e a ideia era prepará-la apenas para umas provas em 2016, parei-a o ano passado e comecei a "desmontagem". Actualmente está em peças, mas já tenho o material quase todo por cá para a nova montagem, e as "obras" vão começar nas próximas semanas. A ideia é fazer aqui um pouco de diário de bordo da nova montagem, e colocar alguma info sobre alguns dos componentes (nomeadamente peso) e como o conjunto se porta.

Como veio de fábrica, os pontos mais relevantes a nível de material eram:

Quadro: Carbono HT 29er, cablagem interna, X12 na traseira
Transmissão: XT 2x10, 24/38 + 11-36
Travões: XT (785), 180mm frente, 160 atrás
Rodas: DT Swiss X1700
Suspensão: Fox Factory FIT 29 Terralogic, 100mm curso, eixo 15mm

Era uma montagem interessante, com um peso relativamente reduzido - 10.3kg anunciados sem pedais, exactamente o peso que marcou na balança. A transmissão e os travões são bons e fiáveis (full XT), a suspensão tem o seu quê de interessante com o sistema Terralogic (conceito similar ao Brain da Specialized) mas eu pessoalmente continuo a preferir uma suspensão com bloqueio manual.
 
Last edited:
#3
As fotos já devem funcionar agora :)

Como disse no primeiro post, a ideia sempre foi de fazer uma montagem e não de guardar a bike na sua forma original. A especificação já estava mais ou menos decidida desde a compra da bike, e passava por aproveitar alguns dos componentes que já tinha e um ou outro bom negócio que fui apanhando aqui e ali.

O que vai ser montado nas próximas semanas é o seguinte.

- Transmissão 1x11 (que vinha em parte da minha outra bike):

  • Cassete XX1 10-42T
  • Desviador XX1
  • Shifter XX1
  • Pedaleiro RaceFace Next SL
  • BB RaceFace PressFit 89.5/92
  • Prato Garbaruk Direct Mount (Cinch) 32T
  • Corrente KMC X11SL gold
- Rodas 29er DT Swiss (custom build, comprei-as novas a um colega que nunca as usou)
  • Cubos DT 240s centerlock com upgrade ratchet 36T
  • Aros DT XR331
  • Raios DT AeroLite
  • Custom stickers by BK
  • Tubeless, com Conti RaceKing Protection 29x2.2
- Espigão de selim Ritchey Superlogic Carbon Link Flexlogic, 30.9 x 400
- Selim Selle Italia SLR Flow Kit Carbonio
- Guiador PRO Tharsis XC em carbono, 9mm backsweep, 0º rise, 700mm
- Avanço Ritchey WCS C260, 80mm
- Pedais Ritchey Paradigm WCS
- Travões XT (que já vinham com a bike), mas com discos RT99 160mm

- Suspensão DT Swiss OPM O.D.L. Race 29er 100mm - a única peça que me falta no momento, pois vendi a DT Swiss XRC Carbon a um amigo e tenho esta encomendada (entrega prevista algures em final de Março). Se não chegar a tempo da conclusão da montagem, ando mais umas semanas com a Fox e depois troco.

O resto dos componentes e peças mais pequenas é um bocado de tudo, mas depois vou postando por aqui à medida que for montando. Vou o máximo que puder, mas como não tenho as ferramentas todas disponíveis há-de ir uma ou outra vez à loja - a vantagem é que a loja é mesmo aqui em frente e o mecânico é português :)

No geral a ideia é ter uma bike levezinha - as provas e voltas que faço por aqui tem tudo subidas com fartura -, mas acima de tudo com componentes de qualidade e com provas dadas. Não descuro a estética, mas sou sobretudo function over form.
 
#5
Boas.

Isso vai ficar um mimo :)

Finalmente uma dtswiss OPM no forum! Provavelmente a melhor suspa de xc no momento e praticamente uma incógnita aqui por estes lados... :(


cumps
 
#6
Por acaso tenho uma :). Mas a última vez que postei um foto da minha bike já lá devem ir 2 anos :fpalm:
Mas concordo contigo nunokas. N sei se é a melhor mas dá 20 a 0 à minha anterior SID, lá isso dá.
 
#8
As rodas como vieram pesaram 1480gr com fita e válvulas, com cepo normal e sem os eixos. Entretanto mudei o cepo para XD, mas não deve fazer muita diferença.

Quanto à OPM ODL, experimentei uma o ano passado na bike dum amigo e gostei muito. Ainda tentei arranjar a versão Team LTD, mas já estava tudo esgotado. Agora tenho que esperar até final de Março :)
 
#10
Essa montagem merecia um quadro canyon exceed :wink:
Pois era, mas o Exceed ainda não estava disponível quando comprei a bike completa. E o preço do quadro Exceed é só por si mais do que paguei pela bike completa :)

Acho que antes de começar a pensar em mudar de quadro ainda quero experimentar outro material, nomeadamente a nível de travões e rodas. Gosto muito dos meus fieis XT, mas os Magura MT8 e algumas das novas soluções mais exóticas dos alemães andam a tentar-me um bocado :p
 
#11
Ainda andei a ver a versão Dt OPM race (croa e tubo direção em carbono) mas arranjei a versão normal a um preço muito bom para não comprar :). Adoro a minha e ainda tem os retentores normais. Já tenho os retentores SKF para lhe meter. Supostamente aumenta ainda mais a sensibilidade :)
A suspensão tem ainda outra coisa muito boa. O bloqueio é simplesmente fenomenal.
 
#12
Essa é exactamente uma das minhas dúvidas entre a versão OPM Race e a LTD Team (a que tem os vedantes SKF naquela cor meio azulada). O preço e specs é exactamente igual, mas não consegui confirmar se na versão Race os vedantes pretos são também SKF ou apenas os azulados da LTD Team.

Compraste os vedantes SKF online? Se sim, tens um link que me possas enviar?
 
#15
@pamoreira
comprei na R2 bike. Procura por SKF que aparece logo (só tem os pretos). Também comprei o oléo panolin todo XPTO ... mas admito que é uma chulice para a quantidade que vem.
 
#16
@pamoreira
comprei na R2 bike. Procura por SKF que aparece logo (só tem os pretos). Também comprei o oléo panolin todo XPTO ... mas admito que é uma chulice para a quantidade que vem.
Já vi na R2 ;) Agora que vi a coisa com um bocado mais de calma, os vedantes são exactamente os mesmos na versão Race e na LTD Team, só muda mesmo a cor.
 
#17
Mas olha que se calhar a tua já vem os SKF. Eu comprei a minha em Outubro de 2015 e não veio. Mas pelo que me lembro, se n estou em erro, a partir de 2016 vinham já todas com os SKF.
 
#18
Ora então, aqui fica um update. Como o tempo não anda muito bom para o ski, este fds pude dedicar algum tempo à bike.

Ainda tinha algumas peças para desmontar antes de começar a montar o novo material, e organizar um pouco as peças que para aqui tenho.

Trabalhos a começar:



Peças e mais peças - impressionante a quantidade que se acumula :)




Ficou a descansar no suporte, falta-me apenas desmontar o shifter da frente e começar a montar tudo de novo. Se conseguir ainda deixo o quadro na loja esta semana para trocar o movimento pedaleiro que é PressFit e não tenho as ferramentas para o fazer.
 
#19
Como tenho aqui algum material, e tirei fotos/pesos a quase tudo, aproveito também para deixar alguma informação que pode ser interessante. Ainda é algum material e fotos, por isso vou fazendo como for montando e tiver oportunidade.

Começando pelos pedaleiros/pratos. A bike vinha com um XT de prato duplo (24/38T ). Tenho também um XX1 da minha anterior bike e o novo RaceFace Next SL. Aqui fica uma comparação de pesos entre eles.


Pedaleiro XT, com pratos 24/38T - 708 gr:




XX1, eixo GXP, sem aranha nem prato - 471 gr:




Aranha XX1 - 46 gr:




Prato XX1 X-Sync, 4-bolt, 32T - 50 gr:




Prato XX1 X-Sync, 4-bolt, 34T - 58 gr:




RaceFace Next SL, sem prato - 371 gr:




Prato Garbaruk, Cinch Direct Mount, 32T - 62 gr:





Em jeito de resumo:

XT 2x10, 24/38: 708 gr
XX1 GXP com aranha e 32T: 567 gr (-140)
Next SL com prato 32T: 433 gr (-275)
 
Last edited: