Shimano XT M8000 - 2016

klaser

Well-Known Member
Parti outro desviador dianteiro com não muitos kms do mesmo jeito que relatei no post 266....a tal peça de nylon injetado não vale nada,não sei como mais ninguém teve o mesmo problema,aquilo não aguenta.....Ainda tou à espera do primeiro que foi p garantia agora foi-se o segundo que comprei para resolver mais rapidamente o problema....Um podia ser azar dois já me parece falha de projeto...
 
Boas.

Recentemente adquirir uma bicicleta com um desviador traseiro xt(11v) shadow + com o sistema clutch.

É preciso ter alguma atenção em especial com este sistema(clutch)? Ou é puxar a patilha para activar e deixar ficar sempre activo a não ser quando for retirar a roda traseira.
 

camponubla

Well-Known Member
Em relação ao sistema "shadow +" é sempre melhor quando a bicla estiver em casa, desligar. Da mesma forma como também é melhor deixar a bicla sempre no carreto mais pequeno, já que assim a mola do desviador fica sem tensão (ou com tensão mínima)
 
Deixar no carreto pequeno já era costume fazer, agora com o shadow + como nunca tinha usado não sabia bem o que fazer e por acaso não tenho desactivado o sistema.
Assim sendo obrigado pelo conselho. :cheers:
 

klaser

Well-Known Member
Mas mete um papel no guiador a lembrar que tens a embraiagem no off , senão vais sair p andar assim mesmo sem dar por nada como eu já fiz algumas vezes :D
 

Hardskin

Well-Known Member
Em relação ao sistema "shadow +" é sempre melhor quando a bicla estiver em casa, desligar. Da mesma forma como também é melhor deixar a bicla sempre no carreto mais pequeno, já que assim a mola do desviador fica sem tensão (ou com tensão mínima)
Parada ou a andar, na minha 26 está sempre em on. Não vejo necessidade para essa preocupação.
Já anteriormente postei este video onde se vê o seu funcionamento e manutenção:

[video=youtube_share;wV6W4PKDUrU]https://youtu.be/wV6W4PKDUrU[/video]
 

camponubla

Well-Known Member
Eu levo 1x11v e para andar o levo (na realidade levava) sempre ON em andamento. Só em casa é que o ponho em OFF. Há já uns 3 ou 4 treinos que tenho experimentado deixar-lo em OFF, com o risco teórico de que a corrente "saia" com mais facilidade ou bata na escora. Mas não é notado nem uma nem outra coisa....e as passagens das mudanças vão ainda mais "suaves".....para já fica assim.
 
Para já a grande diferença/vantagem é o silêncio comparado com desviadores sem o sistema ou com ele desactivado, mesmo tendo protecção na escora existe sempre aquele chocalho. Com este sistema a bike torna-se muito mais silenciosa, principalmente nas descidas.
 
nunokas falava-se em termos de o que fazer com a patilha quando a bike esta parada.

a diferenca nao é so o barulho. Pode evitar saltar a corrente em monopratos, e torna mais facil por mudancas a descer em calhauzada, se bem que isso raramente havera necessidade.
 
O problema da corrente cair ao pedalar para trás, alguém resolveu???
Sim, é pedalar só para a frente :)

Brincadeiras à parte, onde é que tens esse problema? A andar normalmente, ou a experimentar parado? Em que carretos acontece isso?

Há um tópicos extensos sobre isso no mtbr.com, mas honestamente e a menos que seja algo que aconteça a andar normalmente, eu verificava apenas a linha de corrente que tens e tentava melhorar dentro do possível (porque isso vai melhorar globalmente o desempenho da transmissão, não apenas o pedalar para trás).
 
Ahahahahahah!!!

Tenho esse problema a experimentar parado, nos carretos grandes da cassete.

O meu BB é press fit e coloquei o pedaleiro XT M8000 (novo) mas este não trazia espaçadores. Como saber se a linha de corrente é a correcta e ideal?

Peço desculpa pelas perguntas, mas é a 1ª transmissão que estou a montar
 
Tens aqui uma boa explicação do que é, como medir, etc: http://service.bythehive.com/Guide/Chainline+explained/9

A primeira coisa a fazer é determinar a linha de corrente que tens, e se está muito longe do normal. Depois é uma questão de ver por onde podes afinar, com espaçadores no pedaleiro, ao nível do prato ou eventualmente uma combinação dos dois.

Algo a reter, é que a ajustar a linha de corrente é primordialmente para optimizar o functionamento da transmissão e não para resolver os problemas de backpedalling. Se com uma boa linha de corrente, existir na mesma o cair da cassete ao pedalar para trás parado quando nos carretos grandes, eu não me chateava muito a menos que fosse muito pronunciado e algo que afectasse numa utilização normal.

Tenho ideia que no XT M8000 havia alguma tendência para fazer isso mais que noutras transmissões, e quem tivesse melhorado isso também com o uso de correntes SRAM, mas não tenho a certeza. Tenho algures por aqui uns links de tópicos em foruns estrangeiros nos favoritos em que falavam disso - quando tiver mais tempo dou uma olhadela e tento colocar aqui.