Scott Spark 900 RC WC 2017

#22
bOAS!
Há, mas ele é meio tímido :D:D hoje fomos fazer 70 Km's a Vila Real (o percurso do NGPS de há uma semana,que infelizmente não podemos ir) e assim que possa actualizo aqui o tópico com novidades ;)



EDIT:

Aqui as motas com um bom banho de lama no final!



Aqui os cromos em pose Instagram!!:D:D





Em resumo as bikes levaram um grande teste em trilhos Nortenhos (Trás-os-Montes/Alto Douro),onde a passagem por várias zonas rurais (em pequenos caminhos super irregulares de pedra que ainda são o dia á dia de muita gente!) e singles lindissimos as levaram várias vezes quase ao limite :p alguma lama e zonas encharcadas também exigiram bastante das transmissões/travões! E zonas de caminhos com muita pedra/irregularidades e ligeira inclinação testaram também o nosso físico e capacidade roladora sobre obstáculos das ditas.
O resultado final foi de muita satisfação em ambos dado as maquinas responderem sempre acima das nossas espectativas :)
Resultado Final:Queremos arranjar o mais rápido possível nova aventura! novos trilhos.
Nada mau para um "day in the office" ;)

OBS: Depois partilho aqui um video deste dia,a demonstrar os trilhos que fizemos hoje.
Cumps
 
Last edited:
#23
Alô,
belas fotessss.. :D
Eu fiz 82km!!! Estou a ver que atalhas-te. :p
Relativamente ao percurso, e paisagens, soberbo. Em relação às motas, biclas totalmente diferentes, com propósitos também estes diferentes, mas, tenho a dizer que estou espantado, sim, perplexo, com o conforto da minha HT (sim, é uma HT bem disfarçada)!!!! Em relação ao mono (eheheheheh) do David, é o que se vê. B-) Venha a próxima.... ;)
 

davidream

Active Member
#24
bOAS!
Escapou-me essa contagem dos Km's :D

Quanto ás bikes,os trilhos foram mesmo um super teste,pois dada a variedade de terrenos,lama e tudo o que nos apareceu :confused: as motas tiverem mesmo que se esmerar!
Fiquei positivamente contente com o funcionamento da minha transmissão,levou com uma "camada" de lixo em cima e nunca deu problemas (nas passagens e etc)
Quanto á parte do funcionamento do quadro/suspensões,novamente super surpreendido! um conforto,agilidade e performance de deixar um sorriso nos lábios :) deu-me um gozo especial numa parte de terreno agreste(pedras,buracos,regos e mato)com ligeiro grau de subida, estar sentado na bike a "apertar" com as pernas,e a bike rolar disparada quase como se não fosse nada! médias de velocidade altas por trilhos agrestes de montanha :eek: fantástico mesmo!
Deixo aqui o video desse passeio:


Cumps
 

JARBAS83

Active Member
#25
O video está bloqueado devido a...direitos de autor. No youtube tb. Já vi o track do percurso de 40kms no wikiloc. Mas o percurso de 82kms ainda não o arranjei...Consegue-se? ;)
 

davidream

Active Member
#26
bOAS!
Infelizmente dei-me com o primeiro precalço na bike :(
Ontem verifiquei que o remoto da suspensão deixou de funcionar correctamente:mad:
Na Scott o remoto(Twinlock) ajusta 3 posições do sistema de supensão da bike:
1ª posição:Completamente aberto 2ª posição: Plataforma e 3ª posição:Bloqueio. O que é normalmente uma grande característica nesta bike,pois on-the-fly ajustamos a bike ao que nos aparece pela frente,podendo sempre ter o conforto/performance máximo a cada momento.
No entanto pela Net já se verifica inúmeros relatos relativamente á FOX StepCast,dando conta de problemas com o remoto.Há mesmo a ideia que é um problema de conceção e não apenas de uma ou outra unidade!!



e a juntar a isto pelo que me informei a FOX (mesmo nos modelos de 2018) ainda não tem uma solução 100% final para este problema.As soluções mesmo após ida para a garantia são apenas a meio termo (colocação/troca de um rolamento,troca do cartucho) mas passado meia duzia de semanas o problema volta...o_O

Entretanto a minha suspensão vai para a garantia,aguardo a resposta.
Fica aqui o video demonstrativo:

Cumps
 

RTC

Super Moderador
#27
É...infelizmente é comum. Eu também sofro do mesmo mas no meu caso é o arrastar do cabo da posição Climb para a Trail. Provavelmente porque tenho o cabo colocado de maneira diferente do teu, pois entra mais na vertical. Do Trail para o Open não há problemas.
Como dizes bem a Fox não tem uma solução definitiva para isto. Quando receberes a suspensão provavelmente a caixa vem lá com um papel anexado com uma história...a do "microsegundo". Depois lês :D

No entanto, isso no terreno em andamento acontece exactamente a mesma coisa que no vídeo? É que no meu caso, se vou em alcatrão com Climb e quando entro no trilho passo para o Trail, o cabo emperra mas assim que a suspensão começa a trabalhar, desbloqueia praticamente de imediato (desliza logo para o Trail).
 

davidream

Active Member
#28
bOAS!
Pois com um abanão a roldana/dial azul ás vezes desliza,mas nem sempre.
Pelo que percebo há duas situações.
-A de ela não bloquear a 100%,ou depois caso bloqueie de não retornar ás posições anteriores(Trail ou full Open) E parece-me que tem a ver com o dial azul de não rodar convenientemente para as posições correctas.(o que leva a no interior do cartucho não abrir/fechar a passagem do óleo mediante a "velocidade"de funcionamento que se pretende)
-E também de estando bloqueada precisar de ser retirada pressão em cima do guiador para desbloquear.(normalmente levanto a frente, tipo um cavalinho)
Na 1ª situação,a FOX acrescenta um pequeno rolamento para facilitar o movimento do Dial azul.O problema é que obviamente é uma situação de pouca duração,pois com o acumular de uso,e impurezas que vão entrar...rápidamente volta a não funcionar bem.
A 2ª situação,será mesmo do cartucho...imagino que sem mudar para um comando hidráulico ao estilo RS não se irá resolver nunca...

Agora penso... sabendo a FOX destas situações nem faz um Recall!nem mudou nada para 2018 ao que sei...o_O nós como clientes ficamos com isto nas mãos :mad::(
 

Mr.sa

Active Member
#29
A fox em todos os fit4, seja 2016, seja 2017 tem dois graves problemas.

O 1º é a facilidade com que entra porcaria e água para o compartimento do bloqueio;

O 2º é ter de por vezes tirar a roda da frente do chão para sair do firme para o médio(e conheço pessoal como é o teu caso, com problemas do intermédio para o aberto), e derivado do 1º problema isto vai piorando, chegando ao cumulo de só lá ir com a mão e mesmo assim ás vezes vejo-me grego... tenho de limpar e desmontar o manípulo todos os meses e mesmo assim nunca funciona direito.

Já substituí em garantia e nada feito. Aliás, já me disseram que mesmo quem usa o bloqueio na testa da suspensão, pode ter o problema.

A fox basicamente desenhou um excelente cartucho, arrisco-me a dizer que com kashima fica uma suspensão com um funcionamento e leitura de terreno muito parecido ao de uma lefty, mas falhou redondamente no funcionamento do bloqueio... se calhar nem pensaram nisso xD
 
#31
Confirmo, a minha step cast tem o dial na coroa e, claro, que se exerce um pouco de pressão no guiador quando vamos lá com a mão. Há pouco tempo reparei numa maior resistência do mesmo a passar do bloqueio para trail. Como raramente a bloqueio totalmente e ando mais entre os modos trail e aberto não andei muito preocupado com esse facto.
No meu caso é só aliviar um pouco o peso na frente e roda perfeitamente mas com um remote por cabo é normal que se note este problema mais depressa.
 

davidream

Active Member
#32
bOAS!
Já recebi a suspensão,finalmente!! mas pelo que vejo no relatório e olhando directamente para a suspa, apenas foi desmontado o dial e feita uma limpeza e lubrificação(aparentemente de fábrica já tinha o rolamento) de fora ainda se vê alguma massa branca naquela zona...o_Oo_O
Para já parece-me estar a funcionar bem,agora por quanto tempo...:oops:

De qualquer das formas há algo que me tem causado interesse desde a mudança para o sistema de 1X que é a questão da linha de corrente.
Tendo a transmissão atrás no 46,fazendo backpedaling a corrente não cai (pelo que leio será um bom sinal) mas a realidade é que olhando para a linha que a corrente faz,quer no 46 quer no 11,a corrente está algo torta o_O o que obviamente vai causar mais desgaste de material,e um ruido de "fricção" que se nota mais no próprio trabalhar da transmissão.
Vejam:







mesmo na 11 nota-se uma pequena torção:



No entanto o quadro/rodas e pedaleiro são boost e apesar de notar maior fricção nos extremos da cassete,tudo funciona bem e não tenho qualquer problema nas passagens.Mas fico sempre com a pulga atrás da orelha :eek:

Cumps
 
Last edited:

Mr.sa

Active Member
#33
david, a linha da corrente esquece, nunca vais ter solução que resolva esse problema sem ser com 2pratos, porque seja shimano seja sram vais ter essa torção.

Em relação ao remote, pah vai ser sempre isso que te vão fazer e nada mais. A fox não admite que falhou, porque se admitisse era um rombo nas contas deles, e mesmo que admitissem eles ainda não arranjaram solução, a não ser que nas de 2018 já venha alguma novidade, o que duvido pois não tenho lido nada que ajude. Esse serviço que te fizeram, é o que eu fiz da última vez em casa sozinho e das últimas vezes tinha sido na loja. Eles a mim ainda me chegaram a mandar uma peça nova, mas resolveu 0.

Durante 1mesito a correr bem, vais ter isso a funcionar bem ou minimamente bem, até chegar a altura que já quase só com a mão é que ele faz o movimento completo, e está na altura de limpar e lubrificar de novo... não temos solução. Como diria o outro... EPIC FAIL! :p
 

camponubla

Well-Known Member
#34
É mesmo isso (que diz o Mr.sa), com 1x a corrente sempre terá alguma torção nos extremos. Eu o que fiz foi ajustar para ela ficar "recta" no carreto do meio, assim repartia a "torção" entre as duas metades da k7. O que notei na Merida quando passei de 2x a 1x foi que a corrente shimano xt fazia muito mais barulho que a sram xx1. Parecia que da sram andava mais "fluída".
 

davidream

Active Member
#36
bOAS!
Realmente é Epic Fail da FOX,mas sinceramente isto são coisas que me custa a "engolir":mad: a garantia acaba!ficamos a arder com o problema nas mãos.
E se fizessemos uma cena on-line tipo uma petição ou assim,para juntarmos os clientes "lesados",e partilhar nos fórums nacionais e internacionais afim de obrigar a FOX a fazer qualquer coisa maiso_O

Quanto á linha de corrente realmente em 1X é complicado,há que escolher um mal menor :( a absoluteBLACK fala que uma forma de minimizar o problema é escolher uma dentição no prato frontal que leve a usarmos o mais possivel o meio da cassete :p só que o problema vai sempre cair no tipo de terrenos e Btt que fazemos... não é muito exequível:rolleyes:

O peso das rodas SYNCROS penso andar nos 1.6Kg e uns pósinhos... o que até nem é mau, a cena é que não tem o sistema Ratchet mas sim de linguetes,o que a juntar ao aro ser internamente um pouco fino (a moda agora é o aumentar da largura interna(ID),mesmo em XC) me fez nem considerar essa opção ;)

Cumps
 
Last edited:
#37
Obrigado
Nunca pensei que uma bike desta gama trouxesse algo abaixo do 240S :eek: mas são os tais truques para baixar custos de produção...
Quanto ao problema da FOX, será que protegendo da entrada de água ou de resíduos com massa em excesso ou alguma outra solução mais ghetto não baixaria a probabilidade de acontecer?
A minha tem poucos km e até agora funcionou sempre bem mas vou tentar proteger esse ponto fraco até nas lavagens.

Boas pedaladas ;)
 

davidream

Active Member
#38
bOAS!
As rodas são SYNCROS(agora a marca de quase todos os componentes que vem nas SCOTT) sendo nesta gama as RC,os cubos internamente têm material DT SWISS,fiavél mas de gama mais barata...:( o que sendo da DTSwiss não é o equivalente a dizer que é fraco... mas sem dúvida que o sistema Ratchet é muito superior.

Quanto á bike como foi ao mecânico para resolver a situação do remoto da suspensão,aproveitou-se o lanço e trocou-se dois componentes que estavam inicialmente pensados.
Atrás troquei o pneu Maxxis Ikon EXO/TR pela versão 3C Maxxspeed,e também o prato frontal que era da marca Massi(mas fazia uma chiadeira/fricção esquisita na corrente) por um 34 da Shimano.

A nova borracha:



O novo prato(+ 38g :rolleyes:) mas com um funcionamento muito mais suave!



O remoto depois da revisão (ainda se nota a massa á volta do dial azulo_O)








Agora falta o fim de semana! para poder meter a mota na serra do Marão e ver se dou uma esticadela ás pernas :D;)

Abraço
 
Last edited:

Mr.sa

Active Member
#40
O problema é que a massa sozinha não resolve.... já tapei aquilo à força toda.

A única solução que vejo é arranjar uma espécie de capsula que isole a cabeça de bloqueio toda e a entrada de cabo também, que se calhar com alguma embalagem de detergentes ou afins se arranje alguma coisa que se consiga colar lá... mas lá está, ficaria horrível.

A fox quis e limpou as costas para não ter de fazer um recall. Como teoricamente não põe em causa a segurança das pessoas, eles limparam-se das culpas da falha absurda do sistema.