Scalpel 29er - A Cavalona Perneta

#1
Boas a todos,
Para dar enquadramento, tenho 43 primaveras, 183cm e 81kg e ando de bicicleta vai fazer daqui a 2 meses 2 anos, 7 dos quais no estaleiro por um excesso de entusiasmo inicial a que se juntou a falta de técnica :)
Comecei por dar umas voltas numa Decathlon que andava lá por casa, depois comprei uma Scott Spark 35 e dado o aumento do vício e depois de experimentar as máquinas decidi fazer um upgrade para uma Scalpel 29er.
Antes de dar à chave tive a sorte de conseguir experimentar um pouco de tudo, nomeadamente: Flash 29er Carbon, Epic 29er, Spark 29er, Stumpjumper 29er, Scalpel 29er e mais umas quantas rodas 26.
No fim acabei por ir para a Scalpel 29er Carbon 2 porque foi a que gostei mais de andar, tem uma posição muito agressiva, é muito eficiente e mais confortável do que uma hardtail. Acima de tudo é muito sólida, ao contrário de outras que parecem "moles" quando têm as suspensões desbloqueadas.

Depois de 300km já dá para dar feedback da máquina nova:

Look

- Continuo a adorar a bicicleta, apesar de preferir todas pretas
Suspensao/Amortecer
- Confesso que não tenho sensibilidade para "leituras de terreno" e esse tipo de feedback, mas o facto é que a lefty funciona na perfeição e é muito mais sólida do que a Reba que eu tinha na 26!
- Inicialmente desconfiei do amortecedor de trás, mas funciona exactamente como pedido. Nem lhe mexo, aquela manivela não dá jeito nenhum, meu rico twinlock da scott!

A descer e a rolar

- É uma diferença brutal em termos de confiança. Passa tudo a voar. Mesmo troncos em que desmontava, agora é sempre a aviar. Aliás, tenho que me acalmar, ando a acumular demasiados KOMs a descer :)
A subir
- Muito bom, mas só noto grande diferença para a 26 quando o piso é irregular

O que gostava de melhorar
- Os racing Ralph convertidos furam com alguma facilidade em pisos agressivos. O líquido da Stans é muito melhor do que o que lá puseram (não me lembro do nome)
- O twinlock da Scott é um must! Apesar de na realidade não sentir falta em termos de eficiencia, assim que puder ($$$) vou tentar adaptar um.
- Peso, podia ser sempre melhor, mas está leve qb com 11.150. Se calhar para melhorar a fiabilidade dos pneus vai ter que aumentar, a ver vamos!

Fotografias

Primeira volta



Primeiro furo



Peso Ready to ride



Peso sem pedais



1a volta nocturna
 
#3
Boas

amigo, Malveira da Serra, boa zona para a prática BTT, ainda agora há pouco tempo, estive ai, vai dar lá abaixo á praia, passando numa praia, que tem uma rampa em cimento, estás a ver ?? Andei por lá de Scalpel 29 mas de aluminio, num encontro da marca, entre amigos

Um dia destes que esteja em Lisboa, vou-te visitar...

Scalpel Carbon 2, bonita bike, já tive a Carbon 1 de 5600€ emprestada, era brutal, tambem já arranjei uma Carbon 2 emprestada a um Chefe meu, ele ficou maravilhado e ainda por cima em Porto de Mós, terra da PEDRA
 
#4
Obrigado!

Faltava a fotografia da 1a espeta de 29er!!! Sim, aquilo sobe tudo mas não há milagres (foi a subir o trilho das pontes)


@gun_hugo_dale, Esse trilho é o fim do trilho dos burros que acaba na praia do Abano. Olha, qd voltares, podes aproveitar e almoçar nesse restaurante no fim da rampa que é porreiro (recomendo cabrito no forno ou coelho à caçador) e barato :)
 
Last edited:
#5
Tá visto que te esbarraste no trilho das Pontes, terá sido em Sintra ??

Praia do Abano, tens razão, agora que me recordo, os ultimos metros do single track, malditas pedras que me faziam fazer uma égua na Scalpel :(

Temos de arranjar uma malta para dar por ai uma volta na Malveira da Serra e depois ir ver as babes ao Guincho :)
 
#6
Boas pessoal, wawando que peso ! A minha é igual, tamanho L e sem pedais, grade de bidon, km´s e sem tubless pesou na loja 10,920 kg. Como é que é possível haver uma diferença de 220 gr em bike iguais com os mesmos componentes, estranho, mas pode ser possível, os componentes e quadros do mesmo tamanho não terão o mesmo peso ? Abraços.
 
#7
Atenção, a minha está convertida para tubeless e com aquela grade fininha da cannondale.
Os 11.150 é com isso e com o meu banco (Fizik) e com pedais básicos da Shimano (m520) e suporte da Garmin. Se lhe pusesse um banco e pedais leves baixava dos 11kg, mas por agora está ok, quem tem que emagrecer é o cavaleiro!
 
#8
Boas,wawando esses pedais Shimano (m520) tem o peso de 420 gr, eu tenho na minha bike uns BBB- BPD 14 com o peso de 294 gr e uma grade de bidon da cannondale saída lateral com o peso de 40 gr, o que acho estranho e o peso da bike em loja sem pedais ter um peso de menos 220 gr, assim a minha com esse peso ate pesava menos que a tua, com 10,700 +294 +40 = 11,034 kg. Em relação ao desviador traseiro não esticar completamente na mudança mais pequena e no prato pequeno, tb deve ter solução, pois se a do wawando na mesma mudança e no mesmo prato está esticada, pq é dizem que é mesmo assim. Penso que a bile na garantia com uns simples 3 meses e meio tem que ter solução e gratuita, não vou agora pagar para resolver um problema que veio de fabrico. O problema será da mola do desviador traseiro ou poderá ser um elo a mais na corrente. Mas voltando ao peso como é que é possível cada bike da mesmo marca e com os mesmos componentes terem pesos diferentes ?Abraços.
 
#9
Ainda não percebi se tens a tua tubeless...
A dif de peso da minha para a M era muito pouca, só para ái umas cento e tal gramas.
Em relação ao desviador, é afinação ou um elo a mais, não te preocupes com isso, basta ires lá para eles afinarem isso.
 
#10
Wawando esta tubless desde o primeiro dia, foi a 1º alteração que fiz, só não compreendo como é que duas bikes iguais , com o mesmo tamanho com os mesmos componentes (sem pedais, grades bidon e sem estar tubless) podem ter pesos diferentes , a tua com 10,700 kg e a minha com 10,920 kg .Abraços
 
#11
Rottweiler72, não te podes esquecer que bikes sendo iguais e mesmos componentes variam de peso, porque esses mesmos componentes têm margens de peso que podem ir de 2 a 3% até 10% em alguns casos, abanço, guiador,espigão, tamanho das bichas de travão e mudanças,pneus principalmente e muitas outras coisas.
é por muitos destes factores que por vezes o peso nos surprende pela negativa.Os pesos das bikes anunciados nos catálogos quase nunca correspondem ao real.
Abraço.
 
#12
wawando, face a uma situação que tenho verificado na minha lefty aproveito para perguntar se na tua verificas o seguinte... Costumas ficar com a "jarra" da suspensão babada com algum óleo no final das voltas? A minha lefty fica um pouco, daí tar a sondar o proprietários das mesmas de forma a verificar a normalidade ou não desta tipo de situação.
 
#13
Em relação aos pesos, só nos pneus pode haver (e há) dif de 100gr! Se calhar por isso é que os meus já furaram 3x... Tb há a balança chinoca que deve ter uma precisão bestial hehehe :)

Em relação à suspensão, não sei, vou ver qd chegar a casa e já dou feedback.

Continuo maravilhado com a bicicleta: subir, rolar ou descer. Aquela roda grande e a solidez que se sente no cockpit dão uma confiança a descer!!! A confia é tanta que um dia vai dar asneira...
 
Last edited:
#14
Boas pessoal, pois realmente pode ser alguns desses motivos, mas não deveria ser....loool.
mmp em relação á tua situação deverias de resolver isso o mais rápido possível para não se agravar, a minha já tem uns largos kms e até á data esta limpinha, ainda ontem fiz 70 km e depois de ler o teu post fui ver como estava, está limpinha sem vestígios de nada.
wawando o problema é esse começa-se a ganhar confiança a mais que por vezes acontece o que não se está á espera(queda, tralho), eu já estive próximo, mas até á data ainda não plantei nenhuma figueira no terreno ....
Abraços
Saudações BTTistas
 
#17
Wawando quanto à proveniência do óleo garantidamente que é da suspensão estar a babar. Podes ver uma foto no tópico da Flash 29 que coloquei.

Aliás, depois de limpar a suspensão no final de cada volta, se a começar a bombear, ao final de alguns movimentos já se nota um fio de óleo na zona até à qual ela fez curso. Se isto acontece com meia dúzia de bombadas é natural que no final de uma volta tenha mais óleo acumulado.

Amanhã já vai pra loja para averiguar. A minha anterior Fox também babava, mas era nas primeiras voltas após as revisões! Esta já tem km suficientes para não babar... Vamos ver como corre.

Boas pedaladas e obrigado pelo feedback. Assim que tiver novidades aviso para o pessoal saber como correu.
 
#19
A máquina continua infernal. Dá um gozo a descer ou a subir que só apetece andar, andar, andar!

Pus uns punhos de silicone para ficar mais confortável. O meu fizik já está a entregar a alma ao criador, tenho que encontrar um igualzinho na net, mas não vai ser fácil porque quando o comprei já era de uma gama antiga.

Até agora tudo impec!

Os Ralph ainda não voltaram a furar (só numas descida hardcore é que no fim o da frente estava a deitar umas bolhinhas, mas o selante vedou na hora.

Aqui fica uma fotografia numa pequena pausa:
 
Last edited: