SantaCruz 29er Tallboy Carbon

#83
Penso que não acha representante Salsa em Portugal, se houver nem deve ter nada, que já é costume.

Mas vê na net, arranjas facilmente de algum site Alemão ou Inglês. Embora te recomende os da Easton.
 
#84
Boas pessoal quero mostrar aqui a minha Santa, depois de andar mt tempo com uma "Papa-Blur" n me estou a adaptar mt bem ao preto, então decidi meter estes "colantes" ora montado e olhando para baixo fica mais "Papa-TAllboy"... pera lá, isto traduzido quer dizer "comer o gajo grande"!!!! dassssss vou já arrancar!!!










Este guiador tb é um upgrade substitui o elevado por um recto mas com ligeiro ângulo para traz que permite uma posição mais natural das mãos, 15 minutos foi o suficiente para me adaptar, estes últimos 50 kms n me doeram as mãos, vamos ver se assim continua!!




Decidi estragar estes CB acid2 que ficaram da Blur, Dremel em acção, e já está com 112 grms a versão "estragada" e ainda n esta acabada!! Sou menino para os meter com 111,5 grms cada 1.


 
Last edited:
#86
Caro Surfas
Voltei a reeler todos os posts
Entao nao e que desde que o tempo anda mais seco tem sido tombos atraz de tobos,
todos de igual forma a roda da frente resvala
Estou desconfiado dos ignitor 2.1 mas maiores ! custa tanto a subir .....
 
#88
O TRIBAS anda a kitar a bike toda, hehe. Eu tambem tenho vindo a afinar a minha e já esta quase no ponto entretanto coloco uma fotos. O conceito e verdades de afinações e conduções das 29ers é completamente diferente das 26".
As 29ers é como diz um amigo meu "PRIMEIRO ESTRANHA-SE E DEPOIS ENTRANHA-SE" .
 
#89
Eduardo, mete Ardent 2.25 (atenção já há UST para 29" e o peso não é muito maior) na frente e vais notar bastante diferença!!

Amigo Cesar olha que não notei muita diferença da Tallboy para as 26", talvez um pouco em curva devido à distancia chão-eixo da roda.
 
Last edited:
#90
Ja ando com 2.5 bar a frente e continua a resvalar, Durante o inverno nao se notava muito !
Ou entao sou eu, de facto a confianca na maquina aumentou, ela passa tudo quando nao resvala :)
a subir custa um pouco mas a descer e melhor sairem da frente
Ate estou a pensar colocar um aviso "nao paramos em nenhuma situacao" tipo satira ao star wars
 
#92
300km de Tallboy

Tive o prazer de recentemente testar a Tallboy antes de me render de corpo e alma a uma roda 29...

O percurso escolhido coincidiu com uma ida ao Caramulo que voltou a ser repetida no passado feriado:
2 x Aveiro – Sernada – Caramulo – Águeda – Aveiro
2 x 150km
2 x 3500m acumulado

Montagens testadas:
No primeiro teste a montagem usado foi a já referida pelo SURFAS no seu post em que fala do test-drive. Sinceramente, quando peguei na bike como ela estava, com guiador elevado, avanço na posição normal com inclinação positiva e as Mavic C29ssmax e estanto habituado a uma 26 mais race, fiquei logo de pé atrás porque de facto parecia um camião, mas mesmo com essa montagem, depois da primeira volta nos trilhos engoli logo os pensamentos que tinha tido.
Se no final dos primeiros 150km eu estava rendido e bastante surpreendido com o comportamento, quando o Cesar me disse que a bike iria levar outras rodas e guiador para ficar mais “race”, fiz logo reserva para um segundo test-drive com a nova montagem e nada melhor que fazer o mesmo percurso para ver a diferença.



O que mudou na bike:
Guiador/Avanço: Passou de um sobre-elevado para um recto de 650mm e em carbono (3T XIDRA LTD) e o avanço também passou a ser um 3T Team montado invertido o que deu uma posição de condução mais agressiva e que facilitava as subidas. Por ser um guiador de 650mm, a descer não compretia nada transmitindo igualmente grande controlo.
Nas rodas a maior diferença. As Mavis C29ssmax passaram a ser umas ZRT Cret 29er com cubos DT-SWISS 240s e raios DT-SWISS. Os pneus passaram a ser o novo Specialized Fast Track 29x2.0 atrás e o Specialized The Captain 29x2.0 na frente ambos tubeless. Na minha primeira volta, na frente tinha montado o MAXXIS Ignitor 2.1 e já o Spec Fast Track. Já habituado ao Ignitor, mas em 26x1.95 não tive grandes problemas com ele mesmo montado com câmara.
Estas mudanças deram mais agressividade à bike e uma posição de condução mais race e que facilita as subidas.



Peso do novo conjunto: 11,8 kg :D com pneus pesados e equipamento que não compromete!

Comportamento:
A subir:
Não tivesse eu já experimentado uma Blur XC em carbono e teria ficado ainda mais espantado. Numa roda 29 acho que o VPP funciona ainda melhor uma vez que a área de tracção do pneu é maior sendo assim a força da pedalada melhor canalizada para as rodas e consequentemente, ao pedalar em pé e em força, sentia bem a traseira “bloqueada”. Não que Blur XC não o tivesse já sentido, mas na Tallboy senti mais.

É impressionante a agilidade e rapidez com que se sobe com esta bike. Em trilhos técnicos de pedra e regos não dá qualquer hipotese a quem vá de 26 a transpor as mesmas irregularidades, ainda para mais com o VPP a colocar a roda colada ao chão mal consegues derrapar e sentes bem a rapida progressão no terreno.

A descer:
Para mim é “Point and Shoot” :cool:

Se a pedalar em subida os obstáculos são transpostos agilmente, a descer ainda mais à medida que as rodas aumentam a sua velocidade e transmitem segurança em curva (nunca senti torção das rodas, quer as Crest quer as Mavic) e com as suspensões desta bike não à buraco que não seja transposto por onde se aponte o guiador. Descidas acima dos 70km/h no Caramulo foram feitas bem acima do limite normal para quem vem habituado a uma rígida hard-tail. Aqui a mudança das rodas fiz alguma diferença. Senti-me mais seguro a descer com as Mavic do que com as Crest, mas também o terreno assim o ditava. Muito vento e descidas com muita gravilha faziam com que a bicicleta paira-se por cima das pedras com as Crest. Lembro-me pelo menos que com as Mavic ia mais enterrado no trilho. Achei curioso que o curso da Fox raramente foi socilitado na sua totalidade, provavelmente muito por culpa da roda 29 que possivelmente deverá poupar a suspensão na absorção das irregularidades mais pequenas.

A rolar:
Basicamente a rolar, é ter pernas e mesmo que a aceleração não seja de uma 26 race, depois de embalada, a Tallboy como outra 29 mantém o ritmo e depois é mesmo só ter pernas. Os cubos DT-SWISS são qualquer coisa e aqui fazem a diferença.

Geometria:
Com a FOX a trabalhar nos 120mm associada a um espigão de selim com algum recuo, a dianteira levantava sempre um pouco, mesmo andando com o avanço invertido e sem espaçadores. Não sei se a 100mm deixaria de andar sempre a levantar, ou se bastava meter um espigão com 0mm de recuo. De resto, para mim que tenho 1,90m, o quadro em L assentou que nem uma luva tendo-me sentido muito bem no meio de duas rodas um pouco maiores que o normal :)

Conclusão:
As opiniões gerais de quem vê são “que besta”, “parece um camião”... as de quem anda são “brutal” e a minha opinião é mesmo essa. Dinheiro houvesse e esta bike era perfeita para quase tudo. Sobe incrivelmente bem, desce ainda melhor e por onde se apontar, e a rolar é ter pernas para aguentar o que ela pede. Mais e mais velocidade!!! Sem dúvida que para o traçado em questão é perfeita!



Agradecimentos ao César da loja Pernalonga em Aveiro por ter a Tallboy disponível para teste e ao mais alto nível ;)
 
#93
Excelente :clap: e o que é curioso, é que apesar de o "miolo" ser o mesmo eu gostei do que tu não gostaste, e que com a mudança ficaste mais satisfeito, pneus finos (bah), guiador recto (bah), avanço invertido (bah), e preferias a Fox 100mm (bah), quanto às Crossmax também não fiquei impressionado, e sou fã das Crossmax (estão em finalização para 2012 umas novas feitas e pensadas de raiz para rodas 29", que não são o caso dessas).
Para mim levava com um guiador mais largo +/- 700mm mas elevado, uns Maxxis Crossmark 2.1 UST atrás e Ardent 2.25 UST na frente e um Joplin!!!


Espero que tenhas tratado bem dela .... já tenho saudades :cry:
 
Last edited:
#94
Foi mto bem tratada! ;) Ao contrário dos Avid que da segunda vez ainda lhes roguei mais pragas do que na primeira!

Eu gostei das mudanças pelo hábito que tenho de uma hardtail... ainda para mais agora com a Highball que está basicamente a Tallboy sem amortecedor :cool:
 
#95
karlos.figueiredo

Ao contrário dos Avid que da segunda vez ainda lhes roguei mais pragas do que na primeira!
Também eu não gostei NADA deles, o da frente mal travava, se não fosse a habilidade da Tallboy ... e do condutor :mrgreen:!!
 
#96
Olá a todos,

Surfas tens de exprimentar a Tallboy agora com este setup, quando vieres de ferias tens bike.
Eu proprio que não aprecio os guiadores direitos, avanços invertidos, pneus mais finos e suspensão com 100mm, a conversão custou-me a acreditar que ia funcionar mas agora não quero outra coisa.
A bicicleta não perdeu as suas caracteristicas de Trail e ganhou caracteristicas de Cross-Country acredita está mesmo ao mais alto nivel.
A descer é que nem uma doida, a direção ficou mais directa logo mais sensivel a estabilidade manteve-se.
A subir melhorou muito e qualquer sibuda mais ingreme á feita nas calmas.
A rolar coninua demolidora, com a posição um bocado mais racing mas com o mesmo controlo e conforto, de salientar que mantive-mos a largura do guiador.
As rodas ( cubos DT 240S, aros ZTR Crest 29er, raios DT Revolution) tal como eu já esperava tornaram a bike muito mais rapida, o que impressionou e que eu estava com algum receio de perder foi a rigidez e precisão que a direcção.

Impressionante foi a capacidade de entrar em curva sem baixar o ritmo o que compensa e muito a relativa dificuldade de aceleração das 29ers relativamente às 26", pois entras e sais das curvas muito mais rapidamente e com toda a segurança e estabilidade, parece que vais sobre carris impressionante mesmo.
O pessoal das 26" até se passa com as zonas onde passamos por eles, quando eles vão no limite nos passamos como todo o avontade, e pela zona poir do trilho, "do mais alto nivel" o pessoal fica estupefacto.

São as vantagens da roda 29er a revelar-se, uma bicicleta mais polivalente e com capacidades nunca antes encontradas em bicicletas deste tipo de utilização.

Esta disponivel para um teste drive em Aveiro, é só combinar.
 
Last edited:

JNR

New Member
#97
E em trilhos "fechados", como o Surfas, diz, tipo "Monsanto, Lisboa".

Será que não perde, desde o para-arranca até mesma a uma maior necessidade de maior ângulo de viragem? ou estou a ver mal a coisa?

O "veiculo-longo" que conheço e que tem a TallBoy não se queixa, mas ele vem de uma com 150 mm atrás, por isso...
 
#98
Esse do "veiculo longo" que tem a Tallboy ... não será um tipo assim alto, muito alto ... com uns 190 e mais cms???

Que vinha duma BLT branquinha???
Se for o mesmo, realmente não se queixa, até me disse que ficou surpreso a fazer passagem aérea que passa a Radial de Benfica, para quem não conheça a curva é de 180º!!! Mas ele também é um bestado, diz que fazia o trilho dos Burros com a BLT!!!
 

JNR

New Member
#99
POr acaso não sei de que é que ele vem...mas é o mesmo que o Kitos conhece ;) ele é que comentou, ainda e acerca das 29'r que vinha de um curso de 150mm.

ele tem a tallboy desde novembro do 2010.

mas não houve resposta: atão e em trilhos mais técnicos? 29'r ou 26'r, mais opiniões, please ;)
 
Last edited:
Olha eu gostava de a testar no Monsanto, pois é talvez o único local onde vejo que se possa dar mal.

Mas temos de ver que eu tenho uma BLT 140mm bem artilhada para trilhos técnicos, Joplin, guiador alto e largo, ... para quem tenha uma 100mm é claro que a Tallboy é MUITO melhor.
Para mim a única questão que me fez "comichão" foi em curva notar-se a diferença do raio entre o chão e o eixo da roda, e os 100mm de curso no amortecedor. Mas mudando o pneu que tinha e uns UST, travões mais afinados já seria diferente!! Agora no aspecto do curvar ... ela curva bem, nota-se uma ligeira diferença para a 26" muito pouca, o problema é o MONSANTO. Em que as curvas para alem de bem apertadas, tem por vezes algumas surpresa como rochas, drop, arbustos a baterem na cara ....
Agora descidas, pedras e por exemplo a subida após a passagem da estrada na Pedreira são "pêra doce" para a Tallboy.

No norte fiquei espantado numa descida inclinada, desconhecida com rochas, regos e com o travão da frente a 50% a Tallboy deu uma confiança extra em relação a uma 26".

E atenção o tamanho entre eixos entre a Tallboy e a nova Blur Trail é menor na Tallboy!!!
 
Last edited: