Rockrider ST520 tubless

#1
Boas malta! Depois de 2 furos chatos a meio do percurso, alguém sabe se as jantes da Rockrider ST520 estão preparadas para tubless? Se sim devo precisar de fita, liquido e pneus!

Vem com 27.5 x 2.0, aqui qual seria a melhor medida a usar? Mantenho o 2.0 ou meto algo mais largo?

Grato desde já!

Cumps
 
#3

edununo

Well-Known Member
#4
Não são rodas tubeless ready mas, como já são de parede dupla, há quem, com algumas invenções, coloque isso em Tubeless.
Eu não me metia isso.
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#6
Gel não tenho não, posso meter nas câmaras normais??
se forem de pipo fino e estes permitirem remover o interior da valvula.
MAS.
Esquece isso e mete umas fitas anti-furo ( banda entre o piso e a camara de ar. o que queres fazer daqui a pouco é mais caro que a propria bicicleta.
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#10
Devem ser de pipo largo, aka Schrader.
Na info das rodas aparece que o buraco da válvula tem 8.5mm.
claro que será. é uma bike de entrada de gama... uma RR520. de 300€
Esquece isso Anistruck... Vê uma daquelas soluções.
E tens a pressão correcta? pelo menos uns 2.2BAR nisso para não morderes as camaras de ar nas rochas/ raizes. ou foi picos? não te esqueças de limpar o interior do pneu ( picos todos e etc, passar com os dedos) antes de montar a camara de ar nova ou a mesma remendada...
 
#11
Sim são schrader, já estou a ver que para ir pra tubless só com jantes novas. Vou analisar as tiras anti-furo e as câmaras com liquido.

Em relação à pressão a marca diz para não meter mais de 1.8 bar.

Cumps
 
#12
Gel não tenho não, posso meter nas câmaras normais??
Podes. Desmontas a válvula (normalmente é mesmo feito para dar para desmontar) e escorres para lá o anti furos. Dado o potencial de gastar dinheiro em conversão tubeless, para mim seria a melhor opção. Ou comprares câmaras já com gel, também é um investimento reduzido (5€ cada uma) ;)

Em relação à pressão, 1.8 é pouco. Se tiveres piso acidentado tens muito potencial para o "snake bite".