Rockrider 8.2 2008

tambem adquiri uma 8.2 à cerca de 3 semanas e o fiz depois de me aconselhar no forum e posso dizer que gosto imenso dela estou super satisfeito. eu um leigo nesta materia ponho os prós a olhar para a minha bike com uma pontinha de ciume(boa sensação esta). já comprei sapatos de encaixe neste caso uns rockrider na decatlon( cliente satisfeito é assim) ao tentar fazer o encaixo parece-me que os xpedo estão montados ao contrario, não tenho a certeza mas quase, como posso confirmar isso?
por agora ainda não senti necessidade de trocar peças, a única coisa que penso trocar são os pneus, na decatlon tem alguns bons? É que prefiro comprar em lojas fisicas?
 
Last edited:
Fabio de facto tá muito catita a tua bichinha...também tenho a minha 8.2 com as crosstrail só que com o modelo do ano passado. Os tóculantes deste ano dão outro impacto, gosto bastante.

A minha bichinha já vai com 4500 kms e mantém-se sempre às ordens. Estes dias pesei a minha que com excepção das rodas e do assento está toda de origem e pesa 11,900gr. Isto com câmaras com gel que pesam chumbo. Penso que quando as tirar pelo menos 700 gr vão à vida. Depois com o desgaste da transmissão, com cassete, pedaleira e corrente, espero tirar uns 200gr. E assim ficará até que uma 29er nos separe...
 
E dá buraco :p

Aconselho a comprarem o modelo antigo ou comprar os aneis da hope para converter os movimentos Standart em GXP! Neste movimento novo a tampa do lado dos pratos tem tendencia a sair e a criar barulhos ou folgas, devido à sujidade entrar mais facilmente.

Ninguem mudou?

Frei, penso que a tua é da mesma altura da minha... Ainda é o original?
 
Boa noite pessoal, ando desaparecido mas a minha 8.2 está sempre apta :)

João Lopes, respondendo à tua pergunta, sim o movimento pedaleiro é de origeme de vez em quando faz uns barulhos, mas como é quase sempre em provas ignoro eheh :D
 
Aqui fica umas fotografias da minha rockrider 8.2 2010 em acção no GL 70 2011 : O Raid BTT Grândola – Azinheira dos Barros é uma prova de carácter competitivo, em
Bicicletas de Todo-o-Terreno (BTT), disputada a solo e por equipas de 2 e 3 elementos.em autonomia total, com
recurso a equipamento de GPS (Global Positioning System),
Iremos pôr á prova os dotes de navegação de cada equipa, na localização de pontos de
passagem (waypoints), tipo “Geocaching” durante a etapa

Não se portou mal, fazendo um 4ºlugar no total de 16 equipas.