Rescaldo GO120

#1
Boas meus caros, recuperaçao feita ;);););) , talvez pra semana :D:D, aí esta mais um bom dia de btt, duro quanto farta, mas bom, tivemos de tudo, SUBIDAS, que acho mais parecidas com paredes, bons trilhos, bons singles track, rapidos e belos, e descidas que eram bem duras devido a serem bastante tecnicas, gostei, pena na 2ª fuga me ter ratado e cortado a direito, mas a chuva que se fazia sentir estava a entrar pela carne e ossos dentro, mas mesmo assim ficou bem marcada a dureza destes belos trilhos no corpo,alem disso ainda foi um bom dia pro meu geocaching em locais de beleza enorme, pena o tempo de chuva e nao ser melhor pra vista,em particular gostei do miradouro do corno do bico.
Os meus parabens a organizaçao que nos brindou com este belo evento,onde com o custo z€ro ainda nos brindou com agua e sumos, um bem haja pra eles todos, de salientar o bonus (chuva vento e algum frio no topo dos montes):D:D:D:D , e um grande abraço pra todos os participantes.
Go que é Go tem de ser com chuva,podia ser sem ela mas nao seria a mesma coisa.

Cumprimentos
Carlos Baltazar nº2
Abraço
 

klaser

Well-Known Member
#2
Realmente a organização não merecia um tempo destes,imagino esse passeio,que já foi bem bom,com umas condições climatéricas mais favoráveis...
 
#4
Da minha parte devo dize que detestei aquilo!

Terreno duro...
Muita pedra...
Muita subida...
Muita descida...
Abastecimentos...
Direito a dorsal (apesar de não ter levantado o meu porque não sabia)...
Direito a banho para a bike...
Direito a banho COM ÁGUA QUENTE...

E tudo isto grátis?????

Meus caros, não vou a mais nenhum se não for a pagar, e se tomar banho em água fria!!!

Claro que estou a "dizer" isto na brincadeira, pois adorei o dia que passei hoje na companhia do Bilinho, meu amigo!

Pensava eu que era chegar lá e "siga pó mato", mas não. Fiquei admirado quando vi a malta com dorsal, e mais fiquei ainda com os 3 ou 4abastecimentos que vi durante o percurso. Meus amigo, estava excelente e ninguém pode dizer o contrário acerca disso. O tempo é certo que estragou muito, e a minha queda na parte final também ;) (maldito pontão de madeira), mas tenho de vos dar os parabéns por, a CUSTO ZERO terem de montar tudo isto...

É PRECISO GOSTAR-SE MUITO DISTO MEUS AMIGOS.

Em nosso nome, muito, mas muito obrigado pelo excelente dia que nos proporcionaram.

Se estarei no próximo? Não sei, pois a agenda por vezes troca-nos as voltas, seja como for vou ficar atento.

UM FORTE ABRASSOU PARA A ORGANIZAÇÃO

p.s.: sei que abrassoum está mal escrito. É para salientar a prónuncia :cool:
 
#5
Excelente traçado, excelente organização mas que com chuva acabou por ser bastante penoso, sem culpa da organização obviamente, para a qual só tenho elogios. A repetir sem chuva, porque com chuva nunca mais.
A queda no pontão da ecovia à chegada parece que foi geral.
 
#6
Adorei o percurso. Alguns caminhos já conhecia, por vezes em sentido contrário, mas para aí 85% foi novidade. Tecnicamente tinha algumas zonas complicadas mas é disso que o pessoal gosta. Fisicamente era capaz de afirmar que, apesar de ter mais kms, foi mais fácil que o GO70 pois o percurso é mais linear e com subidas constantes, ao contrário das voltas, contra-voltas e sobe-e-desce do GO70.

Quanto à meteorologia, até nem me estava a incomodar, mesmo quando, na subida que se seguia ao último ponto de fuga, a chuva tocada a vento (que até doía) começou a cair a toda a força. O ET furou a meio da subida e aí já custou um pouco estar parado. Mas depois continuou-se a subir e voltámos a aquecer (ou pelo menos a estar menos frios). Só que no empedrado da descida que se seguiu furei eu. E aí começámos mesmo a tremer de frio. É incrível como a motricidade fina fica afectada, tornando difícil a simples tarefa de reparar um furo. Depois foi sempre a tiritar até às cotas mais baixas. Mesmo assim, já entre os Arcos e Ponte da Barca, foram precisas várias tentativas para retirar a tampa de duas embalagens de gel pois tínhamos dificuldade em dobrar os dedos e aperta-los.

Pela parte que me toca, o único incidente digno de registo foi uma queda ao tentar abordar as primeiras rochas da famosa calçada da descida prós Arcos. Parecia que alguém as tinha lubrificado. Nem deu para reagir, fui de imediato apreciar a textura do granito. A queda não teve consequências mas, talvez por estar gelado, os 15 minutos seguintes foram de dor muito forte num pulso e cotovelo.

E para terminar, a ciclovia. Muito bonita, sim senhor, e admito que terá sido a melhor alternativa para o percurso, mas foi cá uma monotonia... :s


Com os meus camaradas, Tico e ET.

Bom trabalho e obrigado, Seara Trilhos e Cia ;)
 
#8
Excelente dia de btt sem dúvida! Chuva, Frio, longas subidas (técnicas), longas descidas (técnicas), muita calçada romana, paisagens brutais (as que consegui ver...)... e a ecovia do Lima para "descansar"!!!
Um empeno de altíssima qualidade!
Parabéns!

@Indy, bem me parecia que também conhecia (o)as três caras de algum lado! Afinal acabei por acompanhar alguns "gurus" deste tipo de loucuras durante alguns km's! Se tiveres por aí aquela pic que me tiraste envia pf! Obrigado (o fotografo ;))
 
#11
Boas,
Estou agora a ver as fotos que tirei ontem e já sinto um arrepio na espinha pelas emoções que vivi e por tamanha qualidade deste passeio!
Valeu bem a pena sair de casa ás 6 da manha!
Quem não estava preparado para aquela dureza? o gráfico de altimetria não enganava...
e as fortes chuvadas lá no alto? é verdade que me deixei ir abaixo animicamente mas consegui recuperar e não me arrependi nada de ter participado num evento em que a organização está de parabéns pela escolha dos locais em que passamos e pela assistência prestada em dois ou três pontos de passagem.
Venham mais grandes odisseias que eu estarei lá..
 
#12
Espectacular.fun desde a Galiza con amizades,e disfrutamos muitísimo da "Odisseia".A chuva na segunda subida foi brutal,pero a aventura foi preciosa.Imos repetir,e revivir as emoçoes.
Obrigado a tudos,tanto a organizaçao que traballou duramente,como a os amigos feitos no caminho.Espero verte en Esposende amigo Joao Ribeiro :)
 
#14
A minha visão à retaguarda :

Achei que naturalmente a chuva fez uma boa recolha daquelas Mentes mais Insanas que participaram no GO120. O ritmo foi bem acima do que planeara. Terá sido com pressa do banho quente ?

A minha missão era de fechar o percurso. Coisa que na minha óptica seria uma seca.
Na minha Mente Insana, pairava um vulto munido de bicicleta e capacete a zumbir ao meu ouvido as ultimas novidades XTR ou as desvantagens de uma relação 3x10… bahhhh…nada disso. Pelo contrario, fiz talvez 80% do percurso sozinho, e a cantarolar o que me ia na Mente, ou o que restava dela…
Quase por ocultismo, só necessitei do impermeável por volta das 14h30. Até ali reservara-me o direito de me abrigar sempre que surgiam as tais chuveiradas curtas. E aproveitara esses momentos para recuperar energias.
Já na Peneda debaixo de chuva forte cruzei-me com uma moto4 e um Jeep. Recordo-me da cara de invejoso do motorista do Jeep, da sua vontade de saltar cá para fora, e de querer montar a minha Nicholeta. Recordo-me nos momentos seguintes pestanejar abundantemente, imitar Camões e sei lá que mais. A chuva que me escorria pela cara enriquecida com sujidade e suor, em contacto com os meus olhos, criaram uma espécie de piri- piri ocular.
Na chegada a Carralcova vejo a trialheira transformada em cascata. Num acto de carrinho perante a minha fiel montada decidi, leva-la pela mão. Pouco depois de atravessar a ponte do rio Azere chega o meu resgate. Ou melhor: chega a minha troca de roupa. Há indivíduos que nos sobrevoam tipo abutres à espera de uma fraqueza para nos picarem os miolos. E lá fui eu semi-seco ate Ponte de Lima onde desliguei o piloto automático pelas 18h.

As estatísticas indicam que num universo de 90 dorsais, 22 ignoraram as fugas. E que o mais atrasado desses 22 levava uma hora de avanço em relação a mim (já ninguém espera por ninguém em troca de um banho quente :)...)

Ahhh, recolhi algum lixo fresquinho nos trilhos. Seus malandrecos de Mentes Poluidoras ;)

Abraço

MY

Frio eu ? :)
 
#15
Parabéns My pela iniciativa e 'hospitalidade'!
Essa coisa de pequenos dejectos (ou dejetos), que não naturais, que foram vistos nos trilhos, foi realmente o único ponto menos positivo a retirar deste convívio de bttistas...
Já agora atrevo-me a partilhar o meu registo GO120... que guardarei na minha pasta de 'épicos'!
 
#17
Boas pessoal;
Apenas para umas palavras de incentivo às Mentes que levaram os perto de 100 Insanos a completar a Odisseia.
Foi um dia muito bem passado.
Obrigado e Bem hajam, e nas próximas Odisseias, menos pedreira, se faz favor!!!
Abraço,
ZeNiGhT
Meu rescaldo em:
 
#18
Boas,

Um grande agradecimento ao SearaTrilhos por estes Trilhos fantásticos e por este dia tão bem passado.

Encontrei uns óculos durante o percurso, mas com o empeno, esqueci-me de os entregar à organização no final da prova.
Se alguém notar a falta deles diga que eu envio-os.

Um abraço bttista.
 
#19
A minha Grande Odisseia

A semana tinha sido confusa, o tempo primaveril foi presença constante mas as observações do WindGuru não eram conclusivas.
O tempo estava muito instável mas no Sábado o dito Guru teimava em prognosticar chuva e vento forte, principalmente de tarde.

E assim foi, no Sábado choveu e começou logo pela manhã.
Não facilitei levei o impermeável que me garantia mais protecção, o de plástico grosso.

Fui sozinho mas tinha encontro marcado com dois amigos de Viana.
Levantamento dos dorsais breve conversa com o Pai deste evento e fizemo-nos á estrada.
Tivemos sorte a chuva tinha dado tréguas. Primeira paragem em Ponte de Lima para um café.

Juntou-se a nós o Myrage seguimos em amena cavaqueira, até ao inicio da subida ao Corno do Bico.

Já tinha andado por estas bandas mas a subida tinha sido pelo lado dos Arcos e maioritáriamente por alcatrão, tinha sido dura mas esta era bem mais dura.
Bonita, muito bonita mesmo esta serra. O ambiente entre os participantes era familiar.
As caras não variam muito só Mentes Insanas aceitam um desafio destes num dia como o de Sábado.
Revi, entre outros, os Superfraquinhos, os Noddys, O Indy e amigos....
No topo do Corno do Bico começou a chuva que parou quando começámos a descer.
E que descida fabulosa, técnica mas não impossível, gostei muito.
Todo o percurso, mesmo com chuva foi muito bom, agradável e fluido.
Ao contrário do Go70 que tinha constantes mudanças de ritmo este era mais equilibrado, não cansava tanto.

E chegámos á Peneda. A parte inicial da subida era um desafio de força e técnica super aliciante, adorei.
Começou a chover novamente, agora com mais força.
A visão de um carro no meio do nevoeiro com uma senhora de branco a oferecer água com aquela chuva e aquele vento era enternecedora:)
Não , não quiz água segui em frente, nem parei.

O amargo de boca que não ter terminado o GO70 me tinha causado ainda estava presente, desta vez preferia partir que ceder.
Pouco mais á frente debaixo de chuva e vento intenso e envoltos no nevoeiro os meus amigos decidem voltar para tráz.

Eu decidi continuar, as condições eram assustadoras, decidi esperar então por um companheiro que vinha um pouco atraz.
Combinámos seguir juntos, mesmo as Mentes Insanas têm momentos de sensatez.
A subida com bom tempo teria sido muito boa, naquelas condições foi feita maioritáriamente á mão.
A visibilidade não seria mais de dez metros. O Vento entoava pelas encostas.

Vimos o Indy e amigos a reparar um furo, pelos vistos estavam com problemas com a motricidade fina:)

Tambem eu fiquei sem travão da frente, nem fez muita falta.
Na primeira parte da descida o vento frontal era tanto que se tinha que pedalar para avançar, na segunda parte a calçada estava tão escorregadia que foi feita quase sempre a pé.

Alcançámos novamente os Arcos e seguimos para Ponte da Barca. A Ecovia que normalmente propiciona um passeio muito agradável estava ensopada, as pontões de madeira pareciam manteiga.

Foram sete horas e meia a pedalar, adorei, obrigado Insanos, obrigado Companheiros Rui, Neiva e Helder.

Esta tambem vai para a prateleira das maiores aventuras. Foi uma das mais duras, mas tambem a que teve o percurso de que eu mais gostei.

Venha a próxima.

P.S. Nem tirei fotos, não havia condições.
 
#20
Amigos adorei... foi pena o tempo porque nao nos permitiu aperceber o quanto espectaculares eram as paisagens.

Continuem e obrigado pelo excelente passeio que nos proporcionaram.