Rescaldo - 3ª Maratona "Caminhos do Tremoço" - Cadima - Cantanhede

#1
De acordo com os dados do meu velocímetro, percorri 83,95kms.

A muita lama existente tornou o percurso bastante duro e exigente fisicamente. Nalgumas zonas dava a impressão que a bicicleta colava ao chão.
As subidas não eram nada de especial, no entanto, algumas, apesar de curtas e pouco inclinadas, só podiam ser transpostas a “boutes”.
Para não variar, perdi-me pelo menos uma vez e induzi em erro alguns ciclistas, que seguiram na minha roda. Normalmente perco-me sozinho e não levo ninguém atrás. :rotfl:
Num ou noutro cruzamento segui em frente, mas rapidamente retomei o trilho correcto.
A meio da prova fiquei sem tampa no bidon, ingerindo líquidos apenas nos abastecimentos. Nos últimos 10kms “fui salvo” pelo Hernâni da Bicisports, que estava a fazer um abastecimento com liquido isotonico. :zezus:
Dei dois tralhos, o segundo dos quais provocou-me um corte profundo na “canela” direita. Não fui ao hospital para ser suturado (certamente colocar-me-iam uma fita verde no pulso e quando fosse chamado a ferida já teria cicatrizado). :shock:
Compromissos relacionados com a agenda familiar impediram-me de ficar para o almoço.

Mais uma vez, a extrema simpatia e arte de bem receber das gentes de Cadima, cativaram-me positivamente.

Um abraço e até para o ano.
 
#2
Eu fui no ano passado e posso confirmar a simpatia do pessoal de Cadima. Mas como ando em repouso, relativo, e como o tempo esteve mau toda a semana vi logo como iria estar o terreno. Abraços a todos e força nas canelas.

Vasco
 
#3
Antes de mais, os parabéns á organização e seus colaboradores.
Mas não posso deixar de passar alguns dados que talvez sejam importantes para o futuro:
-Na partida e durante a concentração estar alguém da organização, para de facto não deixar se por ninguém na frente, dado estar uma fita a obstruir e estarem já bttistas perfilados na partida (mas isso já se torna um hábito é que a regra da boa educação e espírito de bttista, por este andar tem tendência a acabar)
-Marcações, um pouco de mais fitas em alguns sítios e pessoas em alguns cruzamentos (ou chegaram tarde ou falha por esquecimento, que só quem organiza é que passa por elas) e atenção á chegada, falta de um elemento da organização ao atravessar a estrada, :mrsock:
-Quanto ás classificações, quando os participantes chegavam, se estavam correctos os controles ou não, era de informar se estavam desclassificados, tinham evitado alguma confusão no final da entrega dos prémios.
Espero que não levem a mal estas chamadas de atenção, mas as pessoas que estão por fora se apercebem melhor destas falhas, quanto ao resto cinco estrelas, o sorriso das pessoas era cativante, prova no calendário do próximo ano.
Bem-Haja a todos e continuação de boas pedaladas.
Mário Ribeiro - Bttmonforte (Pai de Joli )
 

AMC

New Member
#4
Ora aqui vai:

Achei o passeio fantástico :p, comparado com o ano passado em que vim de lá algo desiludido com os trilhos, este ano contrariamente ao que se possa pensar a chuva veio dar alguma ajudinha ao divertimento e mto mais "colorido" ao percurso em contrapartida acrescentou algum sofrimento fisico. Optamos por fazer o percurso em grupo o que Tb ajudou á festa e a superar uma ou outra dificuldade que foram surgindo. No meio de toda aquela planicie adorei lutar contra as duas subiditas dignas desse nome, numa delas junto a uma vinha, a coisa estava impraticável e sem tracção tive de desistir :exacto: .
Falando do bom e do mau deste passeio:

O tempo - Melhor não podia estar, ainda gostava de saber qual foi o pacto que a organização fez com o S. Pedro para nos brindarem com um dia assim depois de uma semana algo complicada. Provavelmente vão ter que ir á missa nos próximos anos e confessionário todos os dias :rotfl: :rotfl: :rotfl:
O acolhimento, o staff, as "gentes" simpáticas pelo caminho + uma vez estiveram mto bem :#1:
Marcações - ***** Sempre acompanhadas de staff em locais de transito auto ou + complicados
Os banhos - Pois ..., aqui até poderia ter corrido mal se o tal "acordo" com o S. Pedro não tivesse sido cumprido, é que a água estava digamos que com falta de água quente. Atendendo a que o tempo até estava agradável nem por isso soube mal, se estivesse a chover a malta ia querer era um banho quentinho no final. Não foi o caso portanto tubo bem. Se calhar um bocado + de pressão nos chuveiros dava jeito para "degrudar" aquela laminha das pernas.
O pãozinho com chouriço no final *****, mais uma vez mt bom
O almoço - nada a reclamar, gostei, comi e fiquei satisfeito. Sem grandes confusões, sem stress.

Partes menos boas
Pareceu -me que existia um compasso de espera grande para poder lavar as biclas, posso estar enganado porque acabei por enfiar a minha no transporte como a "mãe natureza" a deixou ( com uma ajudinha minha).
Faltou os saquinhos dos tremoços (ou eu não os vi). Estavam lá uns pratos para a malta se servir juntamente com os fininhos mas achei + interressante o sistema dos saquinhos do ano passado.
Dito isto e já não foi pouco, acho que ganharam mais um participante para a próxima edição.
Parabens pelo excelente trabalho e obrigado pela bela manhã de BTT.

Adérito
 

luisv

New Member
#5
Pois quem estava à espera de facilidades em Cadima enganou-se.Devido ao mau tempo nos dias anteriores(hoje o S.Pedro foi amigo,mesmo muito amigo)o terreno estava completamente enlameado(pobres bikes)e escorregadio,pois a zona era muito barrenta o que provocou grandes dificuldades.A meu ver passou de um percurso com dificuldade baixa se o piso estivesse seco,para um nível médio alto.De resto o percurso era bom ,(claro que a areia não faltava,mas a região assim o obriga),e a organização está de parabéns,pois havia boas marcações, bons reforços,muita simpatia e um belo bacalhau para o almoço.Em relação a mim após ter estado no estaleiro devido à queda que tive em Vale do Açor, que deixou marcas profundas(pobre joelho e mão) e que ainda não está totalmente ultrapassada, foi a primeira vez que montei na bike e na parte final do percurso(45km) veio ao de cima todas as consequências da paragem de um mês sem treinar(caimbras atrás de caimbras)o que se tornou um sacrifício muito grande terminar a prova.Depois deste valente empeno só me resta ir descansar.
Abraço ao pessoal de Cadima por me ter feito voltar a pegar na bike.(amigos e terra vizinha é o que dá)
Luisv(bikesurfers)
 
#6
Faço minhas as palavras do luisv. Se o percurso estivesse seco, o grau de dificuldade seria médio/baixo. Nas condições em que se apresentou, o grau de dificuldade passou sem duvida a médio/alto. Nalguns casos o barro misturava-se com a erva, criando uma amálgama explosiva para a bicicleta.
Nalgumas zonas, quem olhasse para a minha bike, diria que estava uns Larsen TT 2.80 :rotfl:

Boas pedaladas.
 
#7
Parabéns à organização que o S. Pedro não tornou a tarefa fácil.

Lama, sim muita lama, mas todos nós sabiamos o que iria-mos encontrar depois das valentes chuvas dos dias anteriores.
Dificilmente seria possivel fazer melhor.

Marcações razoáveis e muito povo nos cruzamentos.
Muitos e bons single tracks
Muita simpatia da organização e do povo de Cadima.
Excelente almoço convívio.

Até para o ano.

Vamos treinando :cheers:
 
#8
boas
Depois da tempestade a bonaça que bela manha para disfrutar da modalidade trilhos rapidissimos para quem tinha pernas,vinhas tecnicas e poças para quem tinha pneus, gentes simpaticas por todo o percurso , banhos mornos e lavagens para as bikes, almoço regalado para quem tinha fome e a cereja no topo do bolo uns pasteis de nata acabadinhos de sair do forno o que se pode pedir mais?
Parabens ao Aires e seus muchachos :clap: :clap:
Negativo:O pequeno acidente que houve no inicio com um motar que felizmente não houve danos em nenhum atleta,e a cena final da atribuição do premios aos primeiros classificados dos 70 km,afinal como ficou atribuida a clssificação?

um abraço
afonso

Mais fotos

http://picasaweb.google.pt/estevao.afonso/Cadima02





 
#10
Uma prova com uma organização 5 estrelas, formada por pessoal porreiro e bem-humorado, excelente bacalhau e um percurso já para o duro (pessoalmente, dou-me mal com lama, barro e trilhos tipo “motocross” ou “trial”)! Se for possível, para o ano há mais!

Sobre a polémica que ouvi das desqualificações, não tenho dados objectivos para me pronunciar! Contudo, acho que todas as organizações devem tratar sem contemplações os casos identificados de “chicos-espertos” e batoteiros! Como dizem nos EUA, “You Suck”!

Em termos de prestação pessoal, fui à Maratona e para não variar, voltei a andar no convívio com os “bikes-vassouras”! Nada de novo ou original!

Aliás, tendo em conta o meu “currículo pessoal” nestes 8 meses que levo na modalidade (10 eventos, 8 inscrições em maratonas, 6 concluídas (+1 desistência por motivos técnicos e 1 para a “meia”), 4 últimos lugares), ouvi umas “bocas” humorísticas de colegas do pedal (não da organização), a dizer para eu ir fazer só “meias” e que qualquer dia as organizações recusam a minha inscrição! Ora, se eu pago a inscrição e o regulamento de uma prova (que leio) o permite; posso perfeitamente ir “rebentar-me” todo e fazer algo de diferente em relação às voltinhas normais pelos caminhos da minha zona! Se o meu objectivo pessoal fosse ter muitos gajos atrás na classificação (como alguns), aí possivelmente iria fazer só “meias”, iria deixar de partir descontraído no fim do pelotão e poderia até deixar de ser cordial com quem me bloqueia o andamento ou corta as trajectórias! Mas pretendo continuar a fazer maratonas com calma, descontracção e segurança; e se voltar a ficar em último, paciência!
 
#11
Viva malta de Cadima!

Ficam os parabéns pelo esforço, que certamente foi muito, para conseguir por de pé esta prova.

Ficam apenas dois reparos:
A marcação não estava 100% visível e isso é provado pelas 3 vezes que me perdi.
O bacalhau estava salgado. E depois de tantos km, comer bacalhau salgado não é nada bom.


De resto tudo bom.
Os banhos estavam mornos, nem frios nem quentes. Gostei.
Os postos de abastecimento tinham tudo o que era necessário.
O pão com chouriço no final foi divinal! :D
Consegui enxaguar a bicicleta. Para a próxima tentem disponibilizar algo com mais pressão. é que aquele barro todo...
O percurso estava também ele bom, apesar das poucas descidas. Eu gosto é de descidas, e quanto mais rápidas e difíceis melhor... ahhh! tenho um reparo numa descida curta e com um desível brutal que de seguida entrava numa ponte feita de madeira, no meio de uma árvore, para ultrapassar uma vala: Faltava ali um sinal de perigo. E as pessoas que lá estavam não avisavam nada. Deviam estar a ver quem caia :evil:
A areia que tanto se falou não me fez qualquer confusão.
Falam também em lama, mas BTT sem lama não é BTT!
 
#12
Não é meu hábito efectuar comentários às provas, mas tambem é a 1º vez que sou desclassificado e que dizem que fizemos (eu e o AAlves) batota, como se tivessemos necessidade disso pois só perdemos tempo e fizemos mais kms que os restantes pois passamos de primeiros para oitavos a cerca de 5 minutos dos primeiros (informação na zona em que entramos novamente no percurso).

Claro que podiamos ter voltado para traz, mas até chegar a uma aldeia seguimos sempre fitas brancas (é lamentável a confusão de fitas de outros eventos). Após termos andado às voltas na aldeia verifámos que não eram iguais, como já nos tinhamos afastado bastante e o AAlves sabia +/- onde passava o percurso fomos apanhar essa zona (aí deviam ter-nos dito que havia posto de control ou mandado parar). Devem compreender que não é facil tomar a atitude certa principalmente no fim de nos termos enganado, já chega a desmoralização.

Podem dizer que existe um regulamento e que estes são para se cumprir, mas o regulamento deve servir como forma de orientação não deverá ser "rigido" (ponto 18 do regulamento) e adequar-se a cada situação.

Nós só pedimos à organização para decidir conforme a sua consciencia. Fomos desclassificados está decidido, mas possívelmente estão a colocar a verdade desportiva em causa pois toda a gente viu que eramos os betetistas mais fortes, nao tinhamos qualquer necessidade de fazer "batota" e se de alguma forma a fizemos foi sem intenção ).

Quero tambem agradecer o gesto de desportivismo de todos aqueles que solicitaram à organização para que não fossemos desclassificados, mesmo tendo a lucrar com isso.
 
#13
Ora viva ..pessoal tenho a dizer que apesar de chegar as 3h da tarde juntamente com o Paulo Gil ... gostei muito de participar neste 3º passeio Caminhos do Tremoço.. acho que a meu ver a organização não teve nada que se possa criticar negativamente antes pelo contraio...se o pessoal não gostou do terreno ...eu só tenho a dizer que se trata de BTT..ou melhor "Bikes Todo Terreno" por isso!!! não à desculpa !! acho que não faltou nada , desde bons reforços , boa simpatia , bom almoço, boas condiçoes e etç... só é pena os Bikesurfers não terem ganho o premio de maior equipe ....lol lol , mas não faz mal!!! abraço ao pessoal de Cadima e obrigado Kabazuk pelas tuas fabulosas fotos...
 
#14
"Fomos desclassificados está decidido, mas possívelmente estão a colocar a verdade desportiva em causa pois toda a gente viu que eramos os betetistas mais fortes, nao tinhamos qualquer necessidade de fazer "batota" e se de alguma forma a fizemos foi sem intenção )."

Esta tá boa! doh

Para a próxima nem sequer vou arrancar. Já sei quem ganha as provas todas antes de começarem. Vou logo tomar banho e esperar pelo almoço!
 
#15
Caros BTTistas de Cadima,

Antes de mais parabéns pela organização deste evento. Gostei muito da vossa prova.
Adorei os trilhos com os quais mantive durante 48km (e não 45 :wink:) uma luta constante com a ajuda da minha bike sempre com o objectivo de encontrar o próximo abastecimento e nos km finais o momento da consagração com o cortar da meta.
Foi a minha primeira vez em Cadima. Tinha ouvido falar em areia e tal mas a pouca por onde passei não me afectou minimamente. Muito menos a lama/barro existente.
Foi uma óptima manhã para a prática deste belo desporto com o São Pedro a ajudar.

O que mais gostei:
  • Excelentes Trilhos
  • Muito povo simpático nos cruzamentos
  • O pão com chouriço no final caiu que nem jinjas
  • Bons abastecimentos


O que não gostei:
  • Nada

O que podem/devem melhorar:
  • Ter partidas diferentes para cada percurso. Eliminam muitos engarrafamentos
  • Ter dorsais diferentes para cada percurso. Evitam a confusão no final de estar a perguntar o percurso ao ciclista. Quando estou a acabar não estou com cabeça para ler duas placas a dizer 45 para um lado e 75 para o outro!
  • As marcações estavam boas mas não excelentes! Perdi-me duas vezes por culpa de quem ia à minha frente. Quando voltámos para trás estava lá a dita seta :shock: :shock:. Uma sugestão é colocarem uma linha de cal branca a cortar os caminhos como fize-mos na Camarneira. Ajuda muito.
  • Para a próxima deixem o bacalhau mais umas horas a demolhar :lol: :lol:


Resumindo é uma prova a repetir para o ano :wink: depois de voçês virem à Camarneira.

Abraços e Boas Pedaladas
 
#16
Em relação ao comentador Lex Miro, posso confirmar que numa zona situada alguns quilómetros após a divisória entre provas, havia um trilho para virar em subida num pinhal, dífícil de distinguir, pois era pouco evidente, tinha um ângulo bastante apertado de viragem e a seta estava enrolada num eucalipto! Sem ver marcações, entrei num percurso delimitado por fitas brancas e fui parar a uma aldeia, onde estas outras marcações acabavam! Confuso, acabei por voltar atrás uns 2 km, até encontrar o sítio certo para virar! Esta era uma viragem difícil de visualizar, excepto na direcção inversa.
Não sei se será este o mesmo sítio a que o comentador se refere?
Terá perdido o ponto de controle situado no marco geodésico, perto da autoestrada?
 
#17
Pois é , eu também la estive e posso dizer que a organização esteve melhor que eu , pois eu desisti e eles foram incansáveis para que tudo corresse da melhor forma possivel :mrgreen: :mrgreen:
Claro que houve contratempos , mas nada demais , certamente um passeio a repetir :lol: :lol:
Agora queria só deixar aqui um pedido de desculpas ao Bruno Santos com quem brinquei por ter sido o ultimo a chegar , parece que fui mal interpretado :mrgreen: :mrgreen: Bruno foi um prazer ter-te como membro dos Bikesurfers e para o provar no próximo passeio que fores connosco faço questão que leves um dos nossos jersey's vestido , aceitas ??
Em jeito de conclusão , foi um belo dia de BTT passado na companhia de muitos amigos e para o ano a mais :lol: :lol:
 
#19
[color=yellow]tenho um reparo numa descida curta e com um desível brutal que de seguida entrava numa ponte feita de madeira, no meio de uma árvore, para ultrapassar uma vala: Faltava ali um sinal de perigo. E as pessoas que lá estavam não avisavam nada. Deviam estar a ver quem cai[/color]
Em resposta ao dr_tuborg é só para referir que havia um sinal de perigo na zona que referiste a uns 5 m antes..........até tinha um boneco de bicicleta a saltar para a água em jeito de precipício........Quem anda mais devagar repara nestes pequenos pormenores que se revelam importantes......
Boas pedeladas
 
#20
Re: Rescaldo - 3ª Maratona "Caminhos do Tremoço" - Cadima - Cantanhede

[img width=640 height=480]http://img207.imageshack.us/img207/794/p5265497ed1.jpg[/img]