Regras de Transito para Velocípedes

Também há outra situação em relação às queixas dos peões por usarmos os passeios. E nesta situação tenho tido muitos exemplos.
Na cidade da Figueira da Foz, que eu tenha conhecimento, só existem 4 ciclovias, em duas das ditas ciclovias parece-me que existe um iman que atrai os peões e eu passo a explicar e estou a referir estas duas porque existe maior afluência de peões às ditas ciclovias.
Uma das ciclovias encontra-se na Avenida e encontra-se paralela com um passeio bem largo onde os peões podem passear à vontade, infelizmente tanto eu como outros usuários de bicicletas deparam-se com a nossa via ocupada e quando chamamos à atenção ainda acham que a razão não está do nosso lado, assim como também gostam de atravessar fora das passadeiras e sem olhar para os dois lados e nesta dita ciclovia até temos bastantes passadeiras. A outra passa por dentro da praia e além das duas vias para biciclistas tem uma via exclusiva para os peões, ainda assim gostam mais da nossa. Podem até dizer que ao contrário da ciclovia Figueira-Buarcos não existem os desenhos de bicicletas pintados mas logo ao inicio na entrada de cada um dos lados existem os sinais a identificá-la, pena que a infracção dos peões nas ditas vias não tenha o mesmo peso que as infracções na estrada.
Já tenho apanhado pessoal de cultura, civismo e bom senso que reparam que estão a errar e até pedem desculpa e retiram-se para o passeio, mas outras são de uma ignorância tão grande que só dá vontade de lhes chamar burras, coisa que faço constantemente na minha cabeça claro.
 
e ISTO?!

Boas,queria vos tirar uma duvida, agora com o calor eu e mais 2 colegas vamos de btt todos os dias fazer 40km . mas eles andam sempre nos passeios , e principalmente o que vai a frente, sempre a levantar cavalo . e eu como sei que isso é intredito, meto me na estrada , e cumpro todas as regras. quando um carro se aproxima, aproximo-me da berma, uso os braços para sinalizar etc.. etc.. e mesmo assim sou buzinado, por aqueles "Papa-reformas" desculpem a expressao, que andam a "20 á hora " na estrada! secalhar se fosse como os outros nao tinha que levar com buzinadelas e assim.
 
Boas.
Fiquei sem saber qual a tua dúvida.
Se fazes bem em cumprir as regras? Sim, fazes! Se o teu colega é parvo em "levantar cavalo" no passeio (ou na estrada), sim é!
Quanto aos "papa reformas" (espero quando lá chegar que haja €€ para também eu poder "papar a minha reforma") talvez fosse de bom tom mostrares um pouco mais de respeito por quem trabalhou uma vida! Vais ver que a educação não tem muito a ver com a idade, particularmente por quem conduz! Quando estiveres habilitado a conduzir um automóvel (deduzo que não tens "carta" de condução) vais ver que tenho razão.
Perante tais situações uma atitude educada da tua parte pode fazer toda a diferença. A "malta" mais nova também tem muito a ensinar aos mais "velhos".
 
maltaguentas, eu fiquei sem saber qual é a tua resposta.

Ó andree, borrifa-te nas buzinadelas e cumpre o código da estrada. Vais no bom caminho. Quando eu fazia ciclismo de estrada também havia pessoal a implicar comigo, apesar de cumprir as regras à risca, mas é mesmo assim.
 
Boa tarde Arpeggio
Que parte de:

Se fazes bem em cumprir as regras? Sim, fazes! Se o teu colega é parvo em "levantar cavalo" no passeio (ou na estrada), sim é!

é que não foi perceptível para ti?
 

m.r.f.

Active Member
Boas, eu todos dias conduzo, pois a minha profissão assim o quer e tambem ando de bike na estrada como tambem vou para o trabalho de bike.
Não sou reformado pois ainda não tenho idade para a ter, mas mostro mais respeito na estrada quando conduzo um carro pelos ciclistas do que muitos reformado e não só.
E muita gente se engana quando diz que os novos são mal educados.
Tambem não sou tão jovem, tenho 36 anos e cada vez me apercebo mais de algumas pessoas usarem como abuso a sua idade.

A idade de uma pessoa não é sinonimo de responsabilidade.
São os actos de uma pessoa que se vê qual a sua educação e responsabilidade.

Não é por ter alguma idade que já se pode fazer o que se quer.
 
Li aqui muitas coisas, algumas mais na diagonal, mas há aqui num ultimo post o maltaguentas a chamar parvo ao amigo do outro porque vai a sacar cavalos? Deixa-o lá sacar cavalos à vontade, também eu gostava de saber sacar.

Pergunto agora, já alguém foi multado a andar de bicicleta?
 

m.r.f.

Active Member
RazoR said:
Pergunto agora, já alguém foi multado a andar de bicicleta?
Boas, já.
Ví no telejornal de um senhor com uns 60 anos a queixar-se que tinha sido multado por andar de bicicleta no passeio.
Pela leí essa situação só é possivel para ter acesso ou para sair de um apartamento ou residencio.
 
Boas, a lei sobre os velocipedes parece que mudou recentemente em Espanha.
E aquí quando é que muda?
Pois parece que o governo se está a esquecer de uma coisa ou só quando acontecer alguma coisa grave tipo morrer alguem ou alguem processar o estado Português é que se vão debater sobre o assunto.

Acho que é urgente se alterar a lei e há razões para tal.
Passo a explicar: actualmente a lei de transito Portuguesa diz de que num cruzamento ou entroncamento sem sinalização, tem-se prioridade quem se apresenta pela direita, há excepção de veiculos sem motor.
Até agora tudo bem e não via problemas com essa regra. Pois facilmente um condutor reconhecia um veiculo sem motor, bicicletas ou carros de tracção animal.

Mas agora há uma situação que vai complicar.
BICICLETAS ELETRICAS (veiculo com motor).
Pois é esses robos de bicicleta chegarão ou planeta terra e há muita condutor que ao avista-los vai pensar que são bicicletas comuns e não iram dar a prioridade que tem direito.
 
m.r.f.
para ser considerado veiculo com motor precisa do mesmo ultrapassar um certo de kw, nao sei se esses robos vao ter que cheguem...
mas o engraçado vai ser o pessoal dos carros ter que parar e ir perguntar ao gajo que se apresenta pela direita num brinquedo desses quantos kw tem para ver quem tem prioridade...:fpalm:
 
basicamente e muito simplificado, se não tem matricula é considerado velocipede (bicicleta) quer tnha ou não motor, portanto, penso nao estar enganado, perde a prioridade nos cruzamentos (excepto indicação contraria por sinais verticais ou luminosos).

Se tiver matricula é considerado veiculo motorisado!

Agora, aquelas biciceltas a motor que parecem autenticas scooters deverão ainda confundir muita gente!

De qualquer das formas, a lei das prioridades já levava uma mudança para nos dar equivalencia aos veiculos motorisados nos cruzamentos