Reduzir peso com poucos €uros...

klaser

Well-Known Member
#61
Isso tá a dar o que falar....acho que também não é só o pneu,o perfil do aro também deve ter influência,os aros não são todos iguais...Isso no que toca ao pneu descolar do aro
 
#62
Pneus Michelin já tentei e não consegui, não são bons para conversões.

Marcas boas para conversões pelo que por aí se vê são Schwalbe, Maxxis, Kenda e Continental. Hutchinson e Michelin é para esquecer!
 
#63
FiCaçador!

Concordo contigo! Dão muito trabalho! Mesmo muito!

Se verificarmos as especificações do pneu, observamos um item que diz TPI. Se for acima de 80, simplifica a tarefa.
 
Last edited:
#64
Pneus Michelin já tentei e não consegui, não são bons para conversões.

Marcas boas para conversões pelo que por aí se vê são Schwalbe, Maxxis, Kenda e Continental. Hutchinson e Michelin é para esquecer!
olha que tenho uma bike com michelin e não tive problemas, demorou algum tempo até colarem mas com paciência

eu é que levei a melhor
 
#65
Agora fiquei curioso!!!!
Podem dizer quais os pneus que se conseguem converter para tubeless?
E já agora isso não tem a ver com as rodas, a maior ou menor facilidade em converter?
por experiência própria tenho: larsen tt 1.9 e 2.0 de arame, ignitor 2.1 kevlar, michelin xc/at 2.0 kevlar
nunca nenhum dos modelos descolou do aro e por vezes levam muita porrada
 
#67
Boas pessoal...

Desculpem a ausência, mas sem me aperceber abri outro tópico pk pensei em trocar as rodas e a suspensão... comecei pelas rodas e escolhi as RCZ... 2a ou 3a já cá devem estar... ;)

Abraços
 

klaser

Well-Known Member
#68
Bem,a minha novela também acabou..reduzir peso com poucos euros não é fácil,só consegui pq minha bike tinha uma rodas realmente pesadíssimas,mas na altura era preciso robustez pois comecei a pedalar com 95Kgs...
Acabei por desistir da conversão de rodas e pneus normais em tubeless,podia ter tirado bem mais peso,mas decidi não arriscar,no futuro quem sabe ainda se pode partir para isso.Um breve resumo:

Antes: Rodas sem marca 36 raios,cubos shimano RM65 c fitas (2145g) ,apertos shimano 150g ,câmaras gel normais schrader(2x) (600g),rotores shimano c. lock 180mm (2x) (360g),cassete deore HG61 11-32 (320g),
pneus geax saguaro arame (2x) 1400g...TOTAL 4975g

Depois: Rodas FSA XC-SL 300,com 1 mês de uso,tiradas de uma BH trail Racer Carbon, 1700g c fitas (100€),apertos Scatto 120g,câmaras hutchison protect air (gel leves) presta (2x) 470g (15€) ,rotores ashima aro-02
6 furos 180mm (2x) 234g (30€),cassete a mesma(320g), pneus kenda karma um c/ 450g e outro 480g (30€+6€ portes)...TOTAL 3774 g

Então tirei 1200g nas rodas com um custo final de 181€,acho que não tá mal ao preço que se está a pagar hoje pelas gramas a menos nas bikes...

P.S Se tirasse as câmaras e convertesse é que era..mas vamos ver...
 
#69
klaser, fizeste o que muitos deviam fazer... e o que penso fazer... é preferivel mais meia duzia de gramas, do que andar a pensar... e se o pneu salta ?

assim tens diminuição de peso e mantens a confiança... nao vais sempre a pensar na morte da bezerra... e fizeste bom negocio, 181e ja com pneus e tudo... isso custa 1/4 de uma roda slr...
 

klaser

Well-Known Member
#70
Obrigado... Em relação ao custo,confesso que tive (depois de andar a namorar por 2 meses rodas na net) um pouco de sorte no preço das rodas,foi um negócio de ocasião.Quanto à conversão,não critico ninguém,é que cada
um sabe os terrenos que anda e o tipo de BTT que faz....Eu apanho imensa pedra,regos e buracos,e fazemos um all mountain leve,por isso considerei um pouco arriscado.Quem talvez ande por sítios mais rolantes e faça um
cross country "normal",acho muito bem que avance pra conversão...Ou seja,não tou a fazer nada que ache melhor que os outros,apenas o mais indicado para mim....
 
#71
klaser tens toda a razão, cada um deve adaptar a sua bike ao seu tipo de condução e tipo de terrenos que faz. Eu faço de tudo um pouco, por onde tiver de passar passo... evito é que seja com a bike á mão. Tinhas as minhas rodas convertidas á cerca de 2 meses e nunca tive problemas e no entanto tb ando em vários terrenos, mas o que cede a meu favor é eu só pesar 58kg :p Sou pequeno leve e seco, e aí pode estar a grande diferença. Não digo que nunca me aconeteça, mas qd vou a andar nunca pensei nisso.

Recebi hj as rodas novas, as RCZ :D e acabei de as converter para tubless com pneus smallblock 1.95 (os que tinha nas minhas rodas anteriores) e aparentemente correu td bem, vão ficar a "fermentar" durante a noite e amanhã se verá. Confesso que desta vez converti as rodas num instantinho!

A troca que fiz foi: tinhas rodas mach 1 mx disc com discos centerlock e agora tenhos as RCZ com discos ashima de 160mm, com isto retirei á bike 694gr (pesei as rodas e vi a diferença). Quando montar tudo volto a pesar a bike para ver mesm qt lhe retirei.

Fica uma foto das rodas...

 
#72
boas guitu

com esse teu peso pluma o pessoal todo comprava rodas dessas e converti-as.
O problema é que se calhar formos a fazer a média ao pessoal do fórum o pessoal devia era andar todos de rodas downhill :lol: :lol:
 

klaser

Well-Known Member
#73
Boas guito..força nisso...58kg...minha mulher pesa mais q isso.....Um dia ainda dou uma experimentada em converter uma roda...é que realmente tirar peso nas rodas faz uma diferença brutal,principalmente nas acelerações...
 
#74
guitu, quando poderes troca o sentido dos teus discos Ashima, segundo o boneco no disco podem até estar bem montados, mas segundo a física e a própria Ashima, os discos devem sofrer forças de tensão nas travagens, e os discos mais antigos da marca ainda não têm o sentido corrigido, ao contrario das produções mais recentes. Os meus por exemplo já vêm com o sentido corrigido, contrário aos teus. Mas só tens de os virar.
 
#75
Ficaçador, obrigado pela observação. Por acaso já me tinham dito e já os mudei, mas a foto foi tirada antes disso. Eu montei consuante o que vinha mencionado no disco. Obrigado á mesmo ;)

Abraços