Quando é que o bichinho do BTT lhes mordeu? E qual a idade prevista para encostar?

#61
Comecei em 1995 com uma Esmaltina com quadro de ferro, entre o 9 ano e o 12º era praticamente todos os dias, fazia parte de um clube de BTT na Escola de Silves onde tínhamos sempre saídas as quartas e aos sábados. Belos tempos... Depois veio a Universidade e o tempo/disponibilidade não era muito.
Em 2003 o 'bicho' voltou e lá fiz um upgrade para um quadro VAG com suspensão na frente, uma RST GILA com bloqueador e lá retomei as voltinhas, mas sem companhia o bichinho foi acalmando.

De 2009 para cá a coisa intensificou-se e nunca mais parei, tem sido praticamente todas as semanas, fui fazendo uns upgrades nos componentes, até que há coisa de 2 semanas apareceu um negocio irrecusável para trocar o quadro VAG para um de suspensão total, TREK EX 9, e agora parece que tenho outra vez 15 anos ;)

Parar?! não sei, tenho 32 anos e espero pedalar por mais outros 32, pelo menos :)

Boas pedaladas.
 
#63
Olá, sou José Silva de Oliveira de Azeméis cheguei hoje a este fórum, e o meu primeiro post vai ser neste tópico, porque achei bastante interessante, comecei a pedalar mais a serio em 2008 por influencia do meu irmão mais novo. Perdi o vicio de fumar e ganhei este das btt, este ano estou a pensar comprar uma de estrada. Parar só mesmo quando não tiver força nas pernas:)
 
#64
Bem, eu à uns anos atrás quando vivia na cidade, tinha vários trilhos perto de mim e por isso às vezes lá ia eu aventurar-me, para ocupar os meus fins de semana :D
Depois sai da cidade e vim viver para perto da praia e nunca mais andei de bicicleta em trilhos e isso, apenas a uso ir trabalhar. Ultimamente ao domingo vejo um grupo que passa sempre de bicicleta ao pé da minha casa e existe um bichinho dentro de mim para explorar mais este desporto e visto que já tenho um trabalho, já consigo ter um melhor material para praticar :D
 
#65
Comecei em 1996 com uma esmaltina de ferro e como o meu pai andava com saudades de andar de bike, acabou por ficar com essa e comprou-se uma outra esmaltina mas de aluminio (sem pintura) para mim. Desde aí que tem andado o bichinho. É certo que acabaram por haver umas paragens mais longas pelo meio, mas em 2007 voltou-se em força com a compra de novas bikes.
Desde que iniciei que ando com o meu pai, neste momento tenho 29 e ele 53 (é bem mais maluco e viciado que eu). Temos já uns grupos engraçados para andar e recentemente a minha namorada deixou-se viciar por isto.

Encostar? só quando não puder mesmo!!

Há 3 semanas que sofri uma queda e uma lesão grande na perna (quadro danificado também) e não vejo a hora de voltar a pedalar.
 
#67
Desde cedo quis ter uma bicicleta todo o terreno mas só a pude adquirir em 2002. A partir daí comecei a dar uma voltas, ir a uns passeios e o gosto foi crescendo. De 2008 a 2010 estive afastado do BTT. Retomei o BTT em 2010 cheio de vontade e em 2011 comprei uma bike nova. Encostar?! Pedalar até poder :)
 
#68
Sempre gostei muito de andar de bicicleta, e pedalava por aí sozinha ou com amigos ou os primos, o ano passado comecei a apanhar boleia do grupo de Btt do meu parque de campismo e o bichinho mordeu, este ano comprei uma bike melhorzinha e parar ? nem quero ouvir falar, ainda agora comecei....
 
#69
Comecei no inicio do ano e fiquei logo viciado, só penso parar quando não puder mesmo andar, no outro dia fui ao passeio dos B.V. S. Martinho do Porto e estava lá um senhor que quando via o pessoal a apear nas subidas dizia qualquer coisa como "isso é bom é para mim que tenho 63 anos, rapazes da vossa idade têm é que subir a pedal!!" :D
 
#70
Entre os meus 10 e 15 anos fiz muitos km numa bicicleta roda 24 das mais baratas... Depois tirei a carta de mota aos 16 e lá encostou a bicicleta. Agora com 27 anos, uns 30kg a mais e uma vida sedentária decidi que era altura de fazer algo por mim... Como é o único desporto que me fascina (tirando o motociclismo) lá voltei eu a andar de bicicleta. O objectivo é fazer exercicio e perder peso fazendo algo que me dá prazer... Até quando, não sei, mas espero que o "vício" se entranhe...
 
#72
Aos 5 anos recebi no Natal uma BMX (ainda a tenho mas já está a morrer coitadinha), e a partir daí tive umas quantas, uma de ferro que tinha roubaram-me mesmo dentro de casa, outra a minha mãe fez o jeitinho de deitar ao lixo porque eu não a arranjei logo (uma coluer antiga com um problema na cassete), tenho ali outra arrumada de estrada (marca confersil) que era para ter arranjado antes de comprar a minha actual Berg Torah 4.3 Disc, mas o arranjo não compensava. Parar de andar nem se põe em causa =)
 
#73
Comecei a praticar Btt à cerca de três anos por desafio do meu dentista e desde aí nunca mais quis outra coisa :)
Não tenho nenhuma idade prevista para deixar de pedalar e espero ter de parar só quando o corpo não deixar
 
#75
O bichinho mordeu-me a +/- uns 2\3 anos quando comprei uma bike daquelas do bike tour da ponte a um amigo meu, e depois de estar mais de 10 anos sem pegar numa bike e a lembrar-me de que qd era puto andava o dia todo sem problemas, logo no primeiro dia com a bike "nova" (pq la por ter suspa a frente não quer dizer que seja uma boa bike......), fui com mais uns amigos que ja andavam nisto do btt a uns aninhos e ja com boas bikes(Merida) fomos para a Serra de Sintra... escusado sera dizer que nas descidas com pedras pensava que a bike se ia partir toda, nas subidas não havia pernas, ainda para mais com uma bike com 23 mudanças mal afinadas...., ou seja foi mais tempo a empurrar a bike do que em cima dela, mas o melhor foi o fim, a descer a serra de sintra, quando derrepente reparei que a bike não travava, mal abrandava, com pneus que não valiam um chocalho de erva, la sobrevivi á descida, chegamos á estrada toca a ir por alcatrão ate a lagoa azul, num momento de inspiração numa subida la ponho o cu no ar e começo a sprintar com a pica toda, quando de repente o pedal de plastico se parte!!!
Resultado, joelho ao chão que até pensava que tinha partido, la tive mais de 10 min ate conseguir mexer a perna como dever ser e depois fiquei com outro problema, como ir ate casa sem um pedal visto que tinha saido de casa a pedalar, foi aproveitar as descidas ao maximo e tentar fugir as subidas!!
Depois de comprar pedais de aluminio, la continuei com as pedaladas, mas nunca mais fui para a serra com aquela bike, pois fiquei com as rodas todas empenadas!!!
A coisa de 1 ano e ano e meio quase 2 comprei a minha bike actual(rockrider 5.3, GRANDE diferença) a outro amigo meu e comecei a pedalar mais um bocadinho fora de estrada e foi ai que o bicho pegou de vez, ainda não voltei a serra de Sintra mas ja fui a monsanto e tenho na ideia ir ate a arrabida, visto agr morar na margem sul doo tejo!
Não pedalo tanto quanto queria pois normalmente não tenho companhia para andar e com este tempo nem apetece ir andar sozinho!!!
Desculpem o testamento mas um gajo começa a escrever e depois sai isto!!!!
Abraços e boas pedaladas!!!!
 
#76
Boas Carferreira, é bom ver o seu exemplo, já agora quais seriam as principais razões que lhe tirariam dessas andanças do BTT?
Em principio continuando a praticar com regularidade poderá fazê-lo durante mais do que os dez anos. E quando o corpo começar a preguiçar, recomendo um sistema pedal assist eletrico!
Abraço e continue a pedalar!!
 
#77
A andar de bicicleta comecei aos 8 10 anos, mas sempre com algumas interrupções pelo caminho, á cerca de dois anos fiz algo que aconcelho a todos que possam, comprei uma bicicleta das boas!! Amenina dos meus olhos! Desde ai tenho feito muito kilometro ,alguns em provas a maioria para disfrutar desta terra maravilhosa (São Miguel;Açores). Acho que umas das melhores coisas do ciclismo é o convivio com os amigos e até os novos contactos que se vão fazendo.
Vi algures que a diferença metabólica entre um homem de 20 anos e outro de 100 é de aproximadamente 10% E pretendo testar esta teoria!
Neste momento até estou a fazer um kit elétrico para por na bike, pretendo desenvolver este kit e convencer pessoal que por uma razão ou outra precisa de um empurrãozinho!
Por isso desde que tenha saúde vou continuar a pedalar por prazer e competição.
Abraço a todos e toca a convencer mais gente para o lado do pedal!!


MAY THE PEDAL BE WITH YOU!!!
 
#78
Boas amigo Jedavid006

A sua pergunta tem resposta: Infelizmente tive que parar. Razão: em Outubro de 2012 quando estava a pedalar tive um enfarte que me levou ao Hospital de Santa Maria onde através de cateterismo me implantaram um BYasse. A partir daí estou sob vigilância médica e até ser intervencionado novamente estou impossibilitado/proibido de dar as minhas pedaladas. Agora só a pé e com cuidado.

Quando vejo o pessoal nas Bikes eu fico com uma tristeza enorme de por agora não os poder acompanhar, mas espero que daqui a uns meses possa novamente respirar a alegria e a liberdade que o BTT nos dá.

A BIke está ali à minha espera, os trilhos esperam por mim e a rapaziada amiga também.

Eu vou conseguir ultrapassar e vencer esta batalha e regressar a pedalar.

Por agora limito-me a fazer entre 4 a 6 Km a pé diariamente, para isso adquiri um Labrador (cão) que é o meu companheiro de caminhada.

Abraço e sempre com boas pedaladas e se não levantar pó que deixe os sulcos das rodas na lama (É sinal que tanto anda no verão como no Inverno)
 
#79
Boas! Eu comecei nestas andanças aos 33! Estou com 39, e espero pedalar ate quando conseguir! Este desporto é lindo e viciante, e espero ter saude para pedalar por muitos mais anos! Abraço a todos
 
#80
Sempre tive bicicletas,
Aos 12anos tive a minha 1ª bike à homem, uma bicicleta de estrada roda 28, e com esta menina fiz belos passeios, na margem sul andou por todo o lado, idas para a praia por vezes 2x ao dia etc.

Depois de um interregno de vários anos, decidi comprar uma MTB rígida no antigo Carrefour de Telheiras lá pelos anos de 94/95 a qual foi a 1ª bike para as experiências off road, por ser uma bike de supermercado, e com o incremento de treinos e trilhos a bike começou aos poucos a ceder, sofreu alguns upgrades, mas por fim em 98 chegou uma sintesi Halleboop, que durante vários anos me proporcionou muitos e bons momentos, por vários pontos do país (continente e ilhas), mas durante uns tempos houveram momentos de pouca ou nenhuma actividade, mas ao fim de cerca de 8anos e a contar com cerca de 18k chegou a vez desta ser substituída, e no final de 2006 a escolha desta vez recaiu numa Mondraker Factor pois as costas agradecem.
Também durante cerca de 3 a 4 anos pouco ou nada andou, mas em Set13 o bixo "pegou" novamente, e tem sido sempre a subir de forma, e aproveitando a grande vontade de pedalar, tenho também aproveitado para renovar a bike, e esteticamente não parece a mesma.

the end :p