Quando é que o bichinho do BTT lhes mordeu? E qual a idade prevista para encostar?

#21
ja ando de bike a uns anitos, desde miudo mas desde que começou a haver mais promoçao da modalidade tem havido mais interesse..
agora é ate as pernas nao aguentarem...lol
 

btt_

New Member
#22
Desde os 14 anos (atualmente já estou a caminho dos 18 ) sendo que no inicio foi muito dificil arranjar companhia pois eu gosto mais da vertente XC enquanto a maioria das pessoas que conhecia ou faziam street ou então Dirt. Penso continuar por muitos e longo anos até quando a saúde me permitir. Espero que esse momento esteja ainda a umas dezenas de anos de distância.
Quanto ao criador do tópico, dou-lhe os parabéns e espero que continue pois este é um bichinho dificil de matar heheh

Boas pedaladas a todos ;)
 
Last edited:
#23
Tenho a minha BH desde os meus 12 anos mais coisa menos coisa(tenho 22), um canhão comprado na altura na sportzone(nem sabíamos que existia tamanhos adequados para cada pessoa, por isso agora que voltei ao BTT pago por isso) e na altura era só para sacar umas cavaladas com os amigos na rua e pouco mais. Depois aos 16 mais ou menos comecei a fazer BTT com o pessoal e meti algum material na BH, como um avanço mais curto, guiador elevado, travões de disco hidraulicos Deore cubos etc... Depois de ter a bike mais ou menos a meu gosto deixei-me do BTT, estava a ser incompatível as saídas noturnas ao fim de semana e o levantar cedo no domingo de manhã lol. Fiz somente um passeio aqui da terriola de 30kms à uns dois anos e repeti esse mesmo passeio este ano no dia 2 de fevereiro, desde aí não falhei mais um fim de semana sem pedalar e ganhei-lhe tal gosto que encomendei uma Cube que está para chegar. Agora a ideia é não para já que investi muitos €s e porque sinto-me cada vez melhor fisicamente e psicologicamente dá anos de vida mesmo naquelas trilhos que nos fazem sofrer um pouco :) parar de pedalar? É como pagar e morrer, quanto mais tarde melhor :p
 

m19r

New Member
#24
desde que tive a minha primeira bike (4 anos de idade, segundo os meus pais) ja estou a chegar aos 26.
entre DH (verdadeira paixao) ao BTT, enquanto o corpo permitir estarei sempre a pedalar, por muitos ossos que parta ( 2 vezes braço, 1 vez punho, desloquei 3 vezes a clavicula e bastantes hematomas) o vicio das bikes é mais forte...
 
#25
Foi em 2007 que fui contagiado pelo espírito do BTT e hoje com quase 54 anos continuo a tirar um imenso prazer da prática deste desporto sem igual. Parar um dia...quem sabe, para já não está nos meus planos. O que eu desejo é ter força e saúde para continuar a pedalar e a usufruir com toda a plenitude.
"Carpe diem" digo eu...
 
#26
Boas, a mim o bichinho mordeu-me á quase 1 ano quando um colega meu comprou uma bike, aí eu fiquei com inveja e fui comprar uma também.
Na altura comprei um RR er1 mas com o passar do tempo percebi que não era bem aquela com que iria ser feliz. fiz então a pouco tempo um upgrade total para uma scott spark rc 2009 já com muitos upgrades por ser em 2ª mão.
Agora é só ganhar pernas pa bicha e continuar a rolar por esses trilhos fora.
Quanto a idade prevista para encostar não tenho nenhuma. É andar até não poder mais.
 
#29
Quando é que o bichinho mordeu,acerca de 1 ano neste momento tenho 28 anos, graças a uma promessa de ir a santiago de compostela comecei com uma daquelas de supermercado que tinha lá por casa a treinar,com os treinos percebi que não ia longe com ela, como não queria gastar muitos euros e tb não os tinha fiz a evolução para uma quer peak 5(boa bike para iniciar) e foi graças a ela que fiquei completamente viciado(vicio saudavel) levou me a santiago fui a algumas provas com ela, com promessa cumprida virei-me para os passeios, maratonas e simplesmente andar pelo meio da natureza à descoberta, neste momento tenho uma ghost SE 4000.Parar? não está nos meus planos só quando for para a minha "última morada".
 
#30
Amigos, isto da idade e do bichinho (a "malvada" ideia) faz-me lembrar um velhote que havia cá na terra.
Morreu com mais de 90 anos, não fazia BTT, trabalhou no campo até não poder.
Já na casa dos 80, viúvo, dizia ele: "Deus é um malandro, só me castiga. Tirou-me a força da pila, mas não me tirou a ideia."

Pedalemos até que Deus nos permita. Depois disso ficar-nos-á a ideia.

Já me esquecia, eu estou a pensar fazer 50 anos em setembro e vou pedalando.
 
#34
BTT com bike a sério faz 18 meses, Encostar só quando já não puder mesmo... E mesmo quando isso acontecer vou ponderar uma compra de uma KTM eléctrica que vi ontem numa noturna com um senhor de alguns anos... Mas até lá é dar muitos aos crankes...
 
#36
Boas tardes, pois comecei a pedalar aos 6 anos numa pasteleira por baixo do quadro agora a serio so a cerca de 3 anos e só deixarei quando as pernas nao poderem.
 
#37
Pois....
Já lá vão largos anos....
Andava com uma Bianchi de BTT em estrada, porque para além de não ser adepto de bicicleta de estarda, achava malucos os gajos que andavam no monte a estragar biclas!!!
Mas há 6 anos para cá a minha Trek de suspensão total e com muitos upgrades, lá anda.
E dá um gozo!!!!!
 
#38
Comecei aí há uns sete anos com um bicla razoavél e passado um mês estourei todas as minhas economias numa "máquina melhor". Sou minhoto e mais propriamente de Fafe e como devem imaginar não faltam por aqui trilhos para desbravar, mas nas minhas férias costumo também explorar a zona do Vimeiro. Idade para acabar? Não existe.
 
#39
Boas
Este bichinho começou à pouco tempo mas é um bicho que se alimenta bem! Já investi uns trocos e agora ando a disfrutar... Comecei por investir numa usada full-suspension, depois vêm os acessórios, a seguir as voltinhas, depois falta a ferramenta, a seguir vêm os upgrades, depois mais um saquinho e mais umas voltinhas... Dasss lá o bicho! hehe Mas gozo-me bem do investimento e, até à data, não estou nada arrependido, muito pelo contrário! Um desporto salutar, com bons convívios, conhecimento de áreas completamente desconhecidas e maravilhosas... Viva a Natureza!
Força nas canetas e... vemo-nos por aí...
Abraços.
 
#40
Olá a todos, a mim caiu-me a ficha ha umas semanas.Fui a casa de um primo e ele mostrou-me uma Scott Tampico que o irmão dele lhe arranjou.E pronto foi nesse instante que descobri que queria andar de bicicleta...
Não fazia era a mais pequena ideia do "mundo" que isto é rsrsrs.A unica bicicleta que possuí foi comprada no tempo em que se escolhia a cor da bicla e o tamanho da roda agora é como escolher um computador... Grande complicação escolher onde gastar os poucos euros disponiveis.Ontem fui pela segunda vez a uma loja aqui perto onde já tinha estado a ver que o modelo mais barato estava bastante fora do meu orçamento.No entanto decidi não me vir embora sem perguntar primeiro se tinham biclas usadas apesar de não ter visto nada em exposição_O funcionário perguntou-me quanto tencionava gastar e qual a minha altura e respondeu-me que tinha uma que custava exactamente o valor que eu lhe tinha dito e que era o meu tamanho.
Foi amor á primeira vista.Só não a levei logo, para poder informar a esposa que a minha "quest" estava terminada, mas assim que saimos do trabalho fomos busca-la.A bicla é uma Scott Aspect 50 que eles retomaram com pouquissimos meses e sem um unico risco (nas minhas mãos não sei quanto tempo durará assim).O unico defeito que lhe encontrei foi um pouco de ferrugem na corrente e que eles entretanto limparam.E vejam lá esta coincidência...há dois anos as minhas filhas deram-me um cão chamado... Scott.
Claro que assim que cheguei fui dar umas voltas no jardim das traseiras que isto de não andar de bicla há 30 anos tem que se lhe diga pelo que nada de aventuras.Se calhar não vai ser preciso por rodinhas atrás mas preciso de dar mais umas voltinhas assim.Que espectaculo a sensação de tornar a sentir o vento nas orelhas.Hoje doi-me um bocadinho num sitio...adivinham onde? Aí mesmo lolol.