Qual a Modalidade do BTT que mais apreciam?

#21
all mountain claro !!!!!!!!!
Passeios que demoram o dia todo são os meus preferidos, subir aos pontos mais altos do país tem sido o meu objetivo.
-Serra do Gerês (antenas da louriça)
-Serra do Gerês (minas das sombras)
-Serra do Gerês (pedra bela)
-Serra do Gerês (formigueiro)
-Serra do Larouco
-Serra da Cabreira (por vários lados)
-Serra do Caramulo
-Serra do Alvão
-Serra do Maroiço

são alguns dos passeios descontraidos acima dos 1000mts de altitude que tenho efetuado e para este ano tenho previsto mais umas conquistas...
 
Last edited:
#23
acho que o que gosto se insere no all-mountain, apesar de a minha bicla ser de tudo menos disso.

No entanto penso que a minha postura é um pouco essa, de subir descontraídamente e na conversa com o pessoal, chegar lá a cima, tirar umas fotos\aprecisar a paisagem, e depois curtir (dentro das possibilidades da bik€) as descidas...sempre numa posição descontraída tanto na bike, como no passeio, sem pressas...chegar cá a baixo e parar..comentar com os companheiros "quase me fo#* todo naquele rego" etc e etc...
 
#24
Não sei por que te preocupas tanto assim, afinal tu nunca chegas a cair porque as abelhas tem asas... :mrgreen: :mrgreen: .

Agora a sério, admiro a tua coragem e ousadia para fazer o que fazes sem pensar na bike. Os pioneiros do all-mountain tinham bikes bem mais fracas e não se cortavam a nada.
 
#26
Mach 4, quem me dera que fosse assim...O meu joelho esquerdo não concorda contigo...

Fui andar de bike no sabado, e esfolei um joelho a pé:fpalm:

Não confiei nos meus travões numa descida muito (mas mesmo muito) inclinada em gravilha junto à A32, e fui a pé...resultado joelho e canela com uns arranhões.

Se tivesse ido de bike era provavel nao me ter aleijado.

ontopic

Não acho que seja uma questão de coragem, até porque obviamente vou muito mais devagar que os meus colegas que tem bikes melhores. No entanto a adrenalina é a mesma, pois apesar de a velocidade ser mais baixa, o pode de travagem, amortecimento etc é menor.

Apesar de as defenições do link estarem corretas, não é o curso da bike que define o que cada um faz (na minha opinião), mas sim o que a pessoa gosta de fazer ou o seu comportamento em cima da bike.
 
#27
Estas não aparecem na lista: ultramaratonas, travessias e provas de vários dias.

Sair de casa com o nascer do sol e chegar à hora do lanche, tendo feito distâncias que a maioria se cansa a fazer de carro e tendo contactado com a natureza de uma parte significativa do território, deixa-me feliz.
 
#28
Boas, a minha discilpina no btt é xco(as pessoas que viram, a prova da taça do mundo ontem, na África do Sul já tinhas umas descidas bastante técnicas e alguns drops, como também aconteceu hoje no xco de Vila do Conde, em Touges) :) mas também gosto de fazer maratonas(para treinar para o cross).

Cumps
 
#31
Para mim All Mountain / Enduro! O que faço? Um pouco de tudo, desde passeios longos, curtos, assim assim, em terra, asfalto, plano, com subidas e descidas, sozinho, com companhia, de manhã pela fresquinha, á noite, etc, etc.

O importante mesmo é andar e disfrutar da bicicleta, custe ela 100 € ou 5.000 € ;)
 
#32
O que me levou a gostar de BTT foi o Downhill... Depois de alguns anos, uma pessoa cresce e fica com saudades dos tempos em que éramos jovens e assim...
Por isso, neste momento ando numa de FRX e Street...
 

froids

Active Member
#33
Gosto de passear no monte e isso basta-me como rótulo. De preferência com os amigos e namorada!
Quanto ao tipo de terreno... Um qualquer, mas preferencialmente trilhos que envolvam algma técnica ou que sejam divertidos...

Abraços
:xau:
 
#35
Single tracks, muito técnicos ;)
As serras de Silves tem uns muito bons (não são é muito técnicos) pena é serem curtos...

De resto desde que vá com companhia qualquer coisa serve.
 

oliana

Active Member
#37
Qualquer prova de resitência. O que chamam maratonas, ou mesmo aquelas em pista fechada. Não estou já para muitas velocidades.
 
#38
A minha modalidade preferida é andar sem rumo por caminhos desconhecidos. Atiro-me para o meio do mato/monte e todo o terreno que vier à frente marcha. Tipicamente vou escolhendo os caminhos que me parecem mais estragados :p
Para aí passado 1h de andar perdido pego no GPS para ver onde estou e encontrar um caminho diferente de volta à base.
 
#39
All mountain e Freeride são sem duvida as minhas preferidas, no entanto a minha bike (trek fuel ex8 2011) (e o conjunto de unhas em uso no momento) não permitem o Freeride, por esse facto fico-me pelo AM e também esse muito amador!
no entanto, o que gosto mesmo é de ir para o monte, sem destino e sem hora de voltar. De preferencia com amigos, mas se tiver de ser sozinho, também rola!!
boas pedaladas!