Pistão de Avid Juicy 3 partido

#1
Boas,

Ao tentar colocar os pistões para dentro, a parte central de um deles partiu (parte que prende a pastilha ao pistão):(. Alguém sabe se o pistão pode ser comprado à parte?

Obg
Cmps
 

Jepas

Super Moderador
#2
A CRC vende um kit completo para pinças dessas por 35€ +/- (inclui 2 pistons e outros acessórios). O ideal é saberes se te vendem só um piston numa loja que venda Avid.
 
#6
Eu não tenho nada a ver com o assunto, mas ó Rock Shox "Nacional", pergunto-te: Por acaso nunca almoçaste ou jantaste num desses restaurantes de fast-food de renome Mundial? É que se o fizeste, e acredito que já, também não estás a ajudar a economia nacional! Para isso ias à tasca do "Quim Manel" e aí sim, ajudavas a mesma economia a crescer.

Já agora deixa que te confesse e já estive várias vezes no teu"trabalho" como um funcionário de uma loja tão reconhecida se mete em "possíveis discussões com outros utilizadores. A experiência diz-me que dá sempre mau resultado.

De referir que nada tenho contra ti, aliás até gosto da maioria dos teus comentários em tentar ajudar a malta, mas por vezes, atravessas-te um pouco. É a minha opinião e encara isto como um conselho.

Para terminar afirmo que dispenso resposta e teorias de 1970 ;)
 
#7
Olá,

Josant, com todo o respeito que tenho pelos membros do fórum, não é por ser "figura pública" que deixo de ter opinião, e sempre que possível não fico calado.
Desde que se use uma linguagem correcta e construtiva, não vejo razão para não emitir uma opinião.

Não concordo que se comprem artigos de baixo valor na internet para poupar uns poucos euros, não é a melhor maneira de apoiar o comércio nacional.
A recente filosofia de comprar tudo fora, até artigos de 5€ e dizer mal das lojas por tudo e por nada é coisa que mexe comigo. Este é o meu modo de vida, alimento 3 filhos com "as bicicletas", portanto se alguém opina contra os meus valores (que não são só meus) eu faço-me ouvir... chama-lhe o que quizeres, Democracia, direito de expressão, liberdade de imprensa, o que for... mas, como dizia o fundador da Wikileaks: "A verdade quer ser livre".

P.S. Quando vou ao fast food (harghhhhh... muito raramente) também estou a ajudar, pois a empresa paga impostos e cria empregos. :)

VT

P.S.S. não é de 1970... é de 1972! hihhihihihihihiiii
 
#8
Penso que o Jepas até teve o cuidado de indicar ao user para procurar numa loja......fisica!!!!!!!!
O grande problema em comprar em Portugal é o "medo" da informação ser disponibilizada através da net. Já mais que uma vez procuro informação sobre um produto(seja ligado ás bikes ou não) e pura e simplesmente não o encontro....a maior parte dos representantes nacionais atravès da pagina da internet ,colocam links para os sites do fabricante!!!!!!!
Eu estou sentado no meu trabalho ou casa,preciso de uma peça especifica para a minha bike ,tenho algumas hipoteses......ou me desloco a uma loja e me informam que têm que mandar vir a peça (o mais comum) deslocação; tempo de espera longo...........; ou contacto o importador(via telefone ou email) que me indica (quando indica)onde poderei adiquirir a tal peça num representante ( tempo de espera longo),ou a qualquer dia a qualquer hora via net escolho e compro a peça comodamente em casa...............qual é que vou optar???
Se o importador tiver disponivel um site onde possa adiquirir as tais peças ,mesmo sendo "ligeiramente" mais caras eu compro!!!!!!!Mas não por falsos patriotismos,sim por comodidade e menos tempo de espera(em principio)!!!!!!!!!:cool:
As lojas já começam a perceber(algumas) que se calhar o futuro passa por vender"mão de obra";já mais que uma loja me indicou a internet para comprar desde suspensões a transmissões até á simples peça de apertar as manetes)e eles simplesmente fornecem a mão de obra!!!!!!!!!;)
Não vamos andar aqui com a historia do compre o que é nosso............porque hoje em dia não se aplica,seja pela diferença de impostos,seja pelos custos de transporte seja .............etc...etc........Gostemos ou não temos que ser globais........para o bom e para o mau!!!!!!Foi o que decidimos,é o que temos..adaptemo-nos !!!!!!!!!!!!
 
#9
Sei que é offtopic, mas secalhar mais vale mudar o tema do topico (visto que ja se encontra resolvido) e discutir-se este assunto.(tinha ideia que havia um topico sobre isto mas nao encontrei)

Nunca comprei nada pela internet, embora a proxima bicicleta em principio virá pela net, devivo à relação qualidade\preço.

Compreendo o motivo pelo qual as lojas fisicas cobram mais, só à uma coisa que acho que devia mudar nas lojas fisicas.

Eu vou aos sites das lojas que conheço, e só uma delas, tem os preços das peças\bikes online. Outras nem os modelos que têm em stock dizem, apenas têm um link para o site do fabricante. Compreendo que em algumas lojas pequenas o dono nao tenha capacidade de estar a actualizar o site, nem de pagar para que o façam, mas outras bem que podiam ter o preço.

A uns dias vi o "rock shox" a dizer que vendia na loja dele os componentes para fazer a manutenção à suspensão, e que eram baratos. Provavelmente para quem viver perto, até compensa comprar la as peças do que mandar vir pela net. O problema é que a maioria das lojas não tem preço e è incomodo estar a ir la perguntar (ou até ir a varias lojas comparar preços) quando na net tem fama de ser mais barato, e está ali logo escrito o preço.

Existem até algumas lojas mais foleiras que nos torcem o nariz por comprar as coisas para fazer-mos nós, mas isso é outro assunto...

Ainda à dias fui à loja que costumo ir, comprar um desviador, (o senhor da loja geralmente nem leva dinheiro para montar o material), e montei-o em casa apenas para nao ter o trabalho de lavar a bike e metela dentro do carro.

Eu pelo menos, se tivesse uma loja minha, fazia um cartaz grande, com o preço dos serviços mais comuns, e das peças. Mesmo que fosse negociavel, pelo menos as pessoas já tinham ali uma base.

Quanto ao comprar o que é nosso: Se poder compro, agora quando a diferença de preço é muito significativa, pura e simplesmente não dá. A "crise" chega a todos.
 
Last edited:

tinric

Super Moderador
#10
Para por mais um bocadinho de lenha na fogueira...

Dou um exemplo...

Uma pessoa que até saiba fazer as coisas e tenha ferramentas...

Pega no carro e vai a uma loja comprar uma peça... custa 100 dos quais por vezes "já tem uma parte para a mão de obra que se vai montar" em que supostamente não será cobrada a montagem.
Desses 100, 23% são para o estado, depois a loja ainda paga mais não sei quê e não sei que mais... e quando vamos a ver dos 100€ foram 50 pra o estado (mais a gasolina ... )

Outra solução... essa pessoa está sentadinha ao seu pc... manda vir a peça que custava os 100€ mas paga 50 apenas... e dos quais apenas 16,19,..% são para o estado.. seja lá ele qual for... daí a uns dias tem em casa monta e pronto (os portes... se calhar é o mesmo que gasta em gasolina se for a uma loja ou duas procurar por stock imediato se calhar ainda é mais)

Então fica a minha pergunta... para quê pagar mais para este estado para se ver o que temos e até quando nos vão piorar as condições de vida porque nos últimos anos todos viveram à grande com dois ou 3 grandes ordenados ao mesmo tempo e trinta por uma linha... agora quem paga é o povo..

Eu... tudo o que puder mandar vir de onde for mais barato... nem que seja por um euro... seja de cá dentro (e também se consegue comprar cá a bom preço) ... seja de onde for...
 
Last edited:
#11
tenho uns juice 3 parados em casa....retireios da minha bike pk adquiri uns avid elixir5....nunca gostei muito dos travoes..travarem ate travavam bem...agora de resto so me davam problemas...e pra afina-los era um problema daqueles...e havia um bombito que tb ja estava a ficar danificado devido as minhas de pastilhas...a melhor coisa que fiz foi desfazer-me deles!!!!agora em relaçao ao teu problema aconselho-te a ir a um mecanico pra te resolver o problema mas duvido muito que a avid venda acessorios á parte desta gama de travôes!!!!
 
#13
Pois deve ter, mas provavelmente irão ficar no armazém. Quem precisa manda vir de fora pela internet e tem os acessórios por metade do preço e em menos de metade do tempo.

Nenhuma loja vai mandar vir um único piston para um cliente casual, e mesmo que o faça ou diga que o faça (são coisas bem diferentes), que chegue em tempo útil, "chega na sexta-feira" (não dizem é a semana).
Experimenta ir incógnito a uma qualquer loja e tenta pedir os ditos acessórios.

P.S.: Isto de representar uma marca e depois emitir opiniões pessoais não te favorece muito nem a marca (representação).
 
Last edited:
#14
O ruisas desculpa la a sinceridade mas o comentario do Rock Shox Portugal é tudo menos uma opinião pessoal porque se li bem ele disse que a marca tinha as peças de substituição e não que as lojas as tem, alem disso toda a gente é livre de expressar a sua opinião acho que o forum serve para o pessoal se ajudar uns aos outros e não te adianta criticares a marca porque a verdade é que a marca tem as peças de substituição agora se a loja não se da ao trabalho de as pedir isso é problemas da LOJA e não da marca, alem disso não sei que lojas andas a frequentar porque sempre usei travões da Avid e sempre que estes avariavam a loja que frequento sempre mas sempre mos arranjou independentemente do tipo de avaria que fosse e num prazo de 2 ou 3 dias..
 
#15
Bem, nem me devia meter nesta, mas aqui vai:
Muitas vezes opto por mandar vir de fora, porque sei montar e gosto da tarefa em si, porque fica quase sempre mais barato e o "quarta ou sexta está cá" como já ouvi durante meses em lojas fisicas, é mesmo quarta ou sexta da semana a seguir, se não for logo na segunda.

Se é este o mercado que temos, porque é que em vez de criticarem, não se adaptam? Vendam ao público, um sitezinho de venda online com as peças todas que têm em stock e pronto, acaba-se inclusive o tempo de espera quando as lojas tb esperam por ter grandes volumes para as encomendas. Paga o cliente final os portes. Ganha a marca, o representante, o cliente, e os correios.

Assim, ganham as empresas europeias que o fazem, os impostos nem devem chegar a portugal, embora nos cobrem (...) e ganham as transportadoras estrangeiras.

Porque é que a sua empresa (Ciclocoimbrões, certo?) não entra neste mercado? Já que tem um peso assim tão grande? Até podiam publicitar aqui no fórum o link para se poderem encontrar as tão difíceis de encontrar peças, que os lojistas estão sempre a dizer que amanhã estão cá.... Até estimulavam as lojas locais a comprar também através desse meio, eventualmente com preços de revenda.
 
#16
elv1s concordo plenamente contigo, o problema é que as lojas não querem ter o trabalho de mandar vir as peças porque ganham mais a vender a peça toda nova (neste caso os travões) e tem menos trabalho do que tar a mandar vir uma peça de substituição..

Mas que a Avid tem as peças tem agora se as lojas não as querem arranjar isso já e outra historia
 
#18
Olá,

Agradeço as sugestões, mas a empresa não é minha, sou um funcionário.

Calculo que não se venda directamente ao cliente final porque no dia em que se fiizer isso está-se a matar a loja, aquilo que faz os importadores funcionarem.
O futuro (próximo) passará sempre pelo comércio virtual, mas nunca será o Main stream, pois em termos percentuais o cliente final que faz mecânica não tem relevo e as lojas têm sempre razão de existir.
São as lojas que não se adaptam e que não fornecem um serviço de excelência que estão mal, não é o importador que tem centenas de milhares de Euros em stock de tudo e mais alguma coisa, fornece em 24h e tem 3 comerciais na rua 5 dias por semana....

Não sou formado em gestão para prever aqui qual vai ser a tendência do mercado dentro de 10 anos, talvez nem em 5 anos, mas sei o que vai ser feito para 2013, 2012 e o que foi feito até aqui nos últimos 20 anos de profissão. O que vos posso dizer é que, o comércio virtual veio mexer com o mercado, mas tão cedo não vai ter um papel tão forte que faça encerrar as lojas fisicas e torne os importadores em websites.

Em 2009 recebia por semana cerca de 10 a 15 artigos (grupo SRAM) para reparação, em 2010 já eram cerca de 20, agora estou a fazer bem mais reparações por semana. Nenhuma destas reparações vem de clientes finais (ok, talvez 1 em 100), o que quer dizer que as lojas estão a receber mais serviço e o mercado está a crescer.

Também vos digo, tenho recebido dezenas de travões Avid "arranjados" por chico-espertos de garagem do pai, sangrados com óleo mineral e tratados a alicate de pressão... DEZENAS!!! e não são as lojas que sangram com o óleo errado.

Portanto, secalhar até adianto os próximos anos: quanto mais artistas houver a tentar reparar as coisas, mais trabalho os importadores vão ter!

VT
 
#19
Sendo assim acho que tenho de abrir uma loja, especializada em assistência :) Quando precisar vou receber formação consigo ;) Visto que em crise e este mercado está a crescer... (não tome isto como uma provocação! Não é essa a intenção)
 
#20
Tens um excelente exemplo vindo do Leandro (ex-Bike Zone Braga) que abriu uma oficina (Dr. Bike) apenas para serviço técnico de excelência.

Não espero provocações porque o tom do meu discurso não é nesse sentido, acho que estou simplesmente a abrir a consciência baseado na experiência profissional.

Excelência e profissionalismo são parte da solução e não do problema.

VT