PEDALAR COM ALMA... NO LIMITE-Iniciativa 2012

José Figueiredo partirá no próximo domingo, às 3h da madrugada, de Portimão, para uma viagem de 28 dias a pedalar pelas serras de Portugal, percorrendo 2500 Km com o mote “Sorrir no Limite, Pedalar com Esperança!”. A causa que move este barcelense de 33 anos, associado dos Amigos da Montanha, é, em 2012, a Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro. Na bagagem levará material alusivo à Acreditar para distribuir pela população e assim alcançar o objetivo desta viagem solidária de divulgar a associação e as formas de a ajudar. A aventura será cumprida numa bicicleta que pesa menos de 10 quilos mas que, na hora da partida, com o atrelado onde seguirá todo o material, nunca pesará menos de 35 a 40 quilos.

Esta é mais uma iniciativa do projeto “Pedalar com Alma” que nasceu em 2010 com uma necessidade pessoal de José Figueiredo de reinventar a forma de pedalar, depois de uma paragem forçada no BTT, modalidade que praticava nos Amigos da Montanha. Esta paragem foi resultado de uma doença degenerativa que lhe foi diagnosticada na visão e para a qual está, atualmente, a receber tratamentos no Hospital de São João. E foi pelo Hospital de São João e concretamente pelo projeto Um Lugar Pró Joãozinho que no verão passado percorreu toda a costa portuguesa de bicicleta. No final da viagem os resultados superaram todas as expectativas. Em 2010, já tinha pedalado pela causa da pequena Juliana, angariando fundos para as intervenções cirúrgicas que a menina necessitava.

Com o projeto “Pedalar com Alma” procura promover causas sociais que abraça com o objetivo de que esta divulgação contribua para a angariação de fundos, já que nunca o faz de forma direta. Assim, todos aqueles que pretenderem ajudar deverão fazê-lo diretamente com a Acreditar, através dos meios próprios para o efeito: chamada telefónica através do número 760501060 (custo total da chamada 0,60€; a favor da Acreditar 0,48€); donativos por transferência bancária NIB: 0007 0000 05977500162 23; ou através do multibanco, selecionando a opção Transferências; Ser Solidário; Escolher a Instituição a apoiar.

A iniciativa, que conta com a parceria dos Amigos da Montanha e da White Foundation, passará este ano por muitas das serras portuguesas com a mensagem da Acreditar e o lema “Sorrir no limite, pedalar com esperança!”. O objetivo é divulgar o trabalho da Acreditar e as formas de o poder ajudar em todos os locais por onde passará, procurando, contribuir, desta forma, para a continuidade das casas de apoio da associação em Lisboa, Coimbra e Funchal e para a construção da nova casa no Porto. Num sonho de muitos pais, em 1993 nascia a Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro que ao longo destes anos conta já com um trabalho notório. A Acreditar é uma associação que ajuda as crianças e as suas famílias a superar melhor os diversos problemas que se colocam a partir do momento em que é diagnosticado o cancro, contribuindo para fomentar a esperança.

José Figueiredo partirá do Algarve no dia 12 de agosto, tendo como data prevista para regressar a Barcelos, o dia 9 de setembro. Como não poderia deixar de ser com ele vai viajar o objetivo de fazer a diferença. Numa viagem tão épica, o objetivo também tinha de o ser, por isso a instituição escolhida este ano é “uma das que também tem de escalar longas montanhas para todos os dias conseguirem que muitas crianças lutem contra uma terrível doença que é o cancro”, refere José Figueiredo. No percurso, passará pelas casas da Acreditar de Lisboa e de Coimbra. Já quase no final da viagem, no Porto, visitará a ala pediátrica do Hospital de São João, um dos principais pólos de tratamento oncológico para crianças.

José Figueiredo, que faz da bicicleta o seu meio de transporte diário, passará agora as suas férias de verão a pedalar por esta causa e, por todo o país, tem já um grande número de amigos que o acolherão em cada local por onde passará, amigos do BTT e amigos que foi conquistando nas suas viagens anteriores. Muitos deles, que também trabalham para que esta viagem seja realmente fantástica promovendo a sua divulgação, acompanhá-lo-ão de bicicleta durante muitos dos quilómetros que percorrerá. Na saída de Portimão no próximo domingo não será diferente e está já marcada a presença de um grande número de amigos que percorrerá com ele os primeiros quilómetros, a caminho da Serra de Monchique. Foi sempre com este espírito de solidariedade e camaradagem, que conseguiu alcançar os objetivos dos outros anos, alcançando grande divulgação para os mesmos, nomeadamente através das redes sociais e dos meios de comunicação social.

A viagem de José Figueiredo poderá ser acompanhada em:

FORUM BTT - PEDALAR COM ALMA NO LIMITE

www.facebook.com/jose.figueiredo.1042

O projeto tambem está a ser acompanhado em:
www.facebook.com/amigosdamontanha.com

www.acreditar.org.pt

www.facebook.com/acreditar

http://whitefoundation.white.eu/
 

iMiguel

Member
Já ouvi a reportagem da Antena1 (já fiz o download e tudo). Excelente. Nem tão cedo estas férias são esquecidas.
 
A poucas horas de começar a viagem,é tempo de agradecer a todos os que contribuirão para esta viagem,desde patriocinadores,a minha equipa AMIGOS DA MONTANHA,aos BOMBEIROS,a todos vós utilizadores aqui do fórum,que desde o primeiro momento me deram apoio,me ofereceram guarida e me iram acompanhar no percurso.

Mas quero agradeçer acima de tudo há ACREDITAR,PELO FACTO DE ME DEIXAREM VESTIR A CAMISOLA DELES,DE ME DEIXAREM FAZER PARTE DESTA FANTÁSTICA ASSOCIAÇÃO.
Pela primeira vez antes da viagem tive a oportunidade,de passar um dia com crianças que são apoiadas por esta instituição,foram muitas lições de vida,senti-me um ser inferior parante a coragem e determinação destes pequenos lutadores.

Acho que só no Verão sou unicamente genuino,durante o ano vou sempre tentando fazer diferença,vou sempre que possa participando em acções solidárias,mas o trabalho a vida normal,vai-me destraindo,daqui-lo que mais gosto,fazer a diferença em prol dos outros,nas férias consigo faze-lo com alma,e há semelhança dos outros anos espero que dei-a certo.

Agora é tempo de entregar esta crónica a um grande homem,ele que também nos ultimos dias andou pelo país a pedalar pela ACREDITAR,num trabalho notório,é ele que diariamente será a minha voz,e para mim uma honra ter o apoio deste grande homem a apoiar-me desde os primeiros passos do projecto PEDALAR COM ALMA,AGIRÃO esta crónica é toda tua.

Agora resta-me fazer o mais simples e o que mais gosto-PEDALAR.

O MEU CONTACTO-926943078.

OBRIGADO POR ACREDITAREM
 

agirão

New Member
Bom dia, amigos!

A partir de hoje virei aqui colocar as crónicas desta verdadeira aventura solidária do nosso amigo Zé Figueiredo. Mais uma acção solidária de enorme valor!
 

salgado52

Active Member
A melhor sorte do mundo para ti ZÉ durante esta tua aventura,parabéns também ao AGIRÃO por tudo o que fez até agora na sua aventura e só interrompida pelas circunstâncias que são conhecidas,mais uma vez as melhoras para o teu progenitor.

Abraço

JA
 

agirão

New Member
Histórias de Viagem – O Primeiro dia pelos Algarves

Amigos, o Zé Figueiredo encarregou-me de uma missão que muito me honra! Fazer a crónica diária para aa suas pedaladas pelo país a favor da sensibilização para a ASSOCIAÇÃO ACREDITAR. -o com todo o prazer por várias razões: sou amigo do Zé (é difícil que alguém não o seja!), a causa é muito nobre e há que divulgar o que está a fazer e que tem um grau de dificuldade acrescida pelo facto de o Zé estar em lista de espera para um transplante oftalmológico e inerente dificuldade em ver com exatidão. Assim, o Zé consegue levar a efeito estas suas iniciativas de enorme importância para as crianças com problemas graves de saúde. Por entre as imensas conversas que temos, há sempre uma troca de galhardetes. Ele falando das minhas iniciativas, eu das dele! Aqui para nós que ninguém nos ouve, sempre que falamos, fico com mais vontade de pedalar mais, tal o exemplo que ele me dá!
Força, Zé!
Histórias de Viagem – O Primeiro Dia
Bem cedo pela manhã, cerca das três horas, lá estava o Zé, apetrechado com a sua bike Quer (linda…), o atrelado e os companheiros algarvios, Os Marafades (Kota Varela, Zé Entradas, Mê Nelson, Batistuta, Apolinário, Cai-cai, Trepador, Jójó, Paulus, Nuno e Balau).
Saíram de Portimão e bota lume nas pernas até ao segundo ponto mais alto do Algarve, na Serra de Monchique, a Picota. Diz-me o Zé que a subida é dura (pois, após o magnífico jantar com que foi presenteado horas antes por esta gente que tão bem recebe…), tão dura na sua grandeza como as paisagens circundantes. A costa algarvia à noite é lindíssima, nas palavras do Zé. A animação era enorme, por entre figos, o raiar do dia e o frio.
Por entre as curvas e as subidas que não acabavam, apareceu o Xicott com o abastecimento. E que abastecimento!
A viagem até Monchique contraria o que se conhece da costa e da sua planura. Aqui é um sobe e desce constante, mas motivador. A passagem pela aldeia histórica do Barrocal Algarvio, o Algarve profundo, fica marcada pela beleza estonteante deste pequeno povoado. Em S. Marcos da Serra, o merecido almoço de javali estufado e o doce regional, as famosas delícias de S. Marcos (Zé, vê lá o colesterol! Mas, com tantos quilómetros em cima da burra, podes comer o que quiseres, eu que o diga!)
Falando de quilómetros, quando pergunto a este conterrâneo de Gil Vicente (Barcelos),
responde-me com a sua simplicidade: “Sei tudo, menos isso!”. Só tu, Zé, para me fazeres rir a altas horas da noite…
Despediu-se de quase todos os Marafades e seguiu na companhia do Kota Varela (Kota, um abraço e uma murraça ao Zé da Música! Animem o rapaz que anda um bocado triste, pois as bifas este ano não lhe ligam!), da Sílvia e de mais um amigo, até S. Marcos da Serra. Daqui até S. Bartolomeu de Messines são 14 quilómetros.
Quando falámos, estava confortavelmente instalado na Casa do Povo, no seu Centro Comunitário, num quarto privado, com casa de banho e frigorífico, onde tiveram o cuidado de colocar água para que o Zé a levasse bem fresca, pela manhã.
Quero aqui referir uma particularidade. O Zé pedala com enormes dificuldades de visão, chegando a subir mais rápido do que desce, tal a dificuldade em reconhecer onde as rodas passam. Está numa lista de espera para um transplante de córnea, de uma doença degenerativa que o impede de ver com nitidez e lhe agrava as dificuldades à noite. Testemunho esta situação, valorizando a missão do Zé, pela situação que acrescenta esta doença. A viagem tem um grau de dificuldade enorme, com a sua capacidade de visão reduzida, o Zé é um verdadeiro lutador. Merece, para além do nosso muito respeito e admiração, o incentivo para levar a efeito mais esta nobre iniciativa e que se prende com a sensibilização das pessoas para a ASSOCIAÇÃO ACREDITAR.
Zé, logo à noite, espero o tu telefonema, para conhecer as tuas histórias, gozar com a tua simplicidade tão bonita e dar-te nas orelhas para descansares como deve ser, pois a tarefa não é fácil! Força, Zé!
Um enorme abraço!
 

iMiguel

Member
Grande Zé.

Logo está ele a concluir mais outra etapa. Curiosamente aqui no Alentejo as temperaturas desceram bem, pois na sexta feira passada estavam 44º (aqui em Mértola) e agora não vão além dos 32/33ºC). o Zé já não sofrerá com tanto calor. Pelo que li da sua crónica, a partida desta aventura foi bastante animada com o pessoal do algarve. Melhor arranque não podia ter :)

Amanhã estarei à espera dele aqui na minha terra para pedalarmos até à Mina S. Domingos e/ou Pulo do Lobo.
 

CFRF

New Member
Bom dia a todos ,sou o Carlos Figueiredo , irmão do Zé . Desde já queria agradecer a todos que têem vindo a acompanhar o Zé , principalmente ao pessoal do Algarve que o acompanhou neste pontapé de saida , e em especial ao Agirão
que irá ser a voz do Zé nesta AVENTURA. As melhoras para o seu pai Agirão.
O Zé no proximo fim de semana chegará a zona Lisboa onde irá passar aqui comigo e conhecer melhor esta zona da Capital que é a zona Norte da Serra do Monsanto ( zona muito linda), onde tem um vista privilegiada sobre a Trafaria, Ponte 25 abril , Cristo Rei , e alguns patos a nadar nos lagos (LOL). Continuação de boa viagem
 

agirão

New Member
Histórias de Viagens
Dois dias, 172,9 Quilómetros!
Mais uma crónica do Zé Figueiredo pela ACREDITAR!
Antes que lhe perguntasse “Zé, estás bem?”, disparou “Hoje não me gozas! Sei os quilómetros certinhos…!”, naquele seu sorriso minhoto com o sotaque ondulante que tão bem sabem fazer no norte. “Ok, ok, ficas a dever o gozo!”, respondi com uma gargalhada. O Zé só me goza…
Eu sei que ele vai desculpar-me, mas hoje vou mudar a crónica e entrar nos seus pensamentos e naquilo que eu penso dele. Desculpa lá, ó minhoto, mas tem de ser!
Na sua idade de Cristo, penso-o sempre mais velho, pela maturidade que coloca nas coisas e imagino-o menino nos seus sonhos que nunca larga. E, na simplicidade das crianças sem maldade, é bom dizer-se! Cada palavra sua transporta uma dose de vontade em fazer as coisas só equiparável à ânsia em explicar o que sente em cada momento da sua vida. Pergunta-me “estás a perceber, Girão!?” vezes sem conta. Claro que estou a perceber, Zé! Percebo-te na perfeição! Tu queres, tu fazes, embora, por vezes te ultrapasses na vontade e consigas chegar onde o comum dos mortais pense ser impossível chegar. Tu alcanças sempre as tuas metas, Zé! Podes ter que inventar força, processos, caminhos, mas chegas lá. E, sempre mas sempre, por processos honestos, pois já entendi há muito que esta palavra “honestidade” te foi ensinada em casa e que a meteste naquele bolso secreto onde metemos os nossos tesouros. Para nunca mais a perderes e para estar sempre à mão. Tu és daquelas pessoas com as quais se vai para o fim do mundo e não há muitas assim! Sabes o que és!? Um puro!
Tu pensas, tu projetas, tu pedes, tu fazes e tu sentes cada coisas que entendes ser melhor! Melhor para os outros, sobretudo se estes outros forem crianças e, mais, se estiverem doentes. Devia olhar-te a sociedade com os olhos bem abertos e imitar-te, teriam muito para imitar.
Se, em cada pedalada que dás, contribuíres para o sorriso de uma criança sei que estás feliz. Se, em cada momento em que essa cabeça está a pensar em mil e uma maneiras de ajudar alguém tu conseguires transferir felicidade a uma criança, pois há muitas crianças felizes, muitos rostos com os olhitos a brilhar.
Zé, mais logo escreverei sobre a tua viagem de ontem, pois agora, decidi, e não resisti a dizer-te estas verdades que sei, te fazem olhar o chão e deixar cair uma lágrima! Já várias vezes disseste que tens idade para ser meu filho, mas a idade não é o mais importante, o que importa é o querer e, aí, tu tens de sobra! Tu queres, tu pensas e tu fazes!
Força, Zé! Estou contigo! Um abraço e até logo!
 

iMiguel

Member
Hoje por volta das 13H estive com ele aqui em Mértola. Almoçou e seguiu viagem até serpa com paragem nas Minas de S. Domingos com uma "perna" no Pulo do Lobo. Estou à espera de novidades do resto da viagem!


Força Zé!
Abraço
 
Boa noite a todos, em especial ao José Figueiredo e a todos os envolvidos neste projecto.
Uma saudação especial a todos da ACREDITAR.

A. Girão, as melhoras para o seu pai. Que tudo corra pelo melhor. Acredite!

O pessoal do FÁTIMA BTT CLUB está ansioso que chegue o dia 23 para podermos receber o José aqui em Fátima.
José, está tudo tratado por aqui, mas os 'flyers' que disse que ia enviar ainda não chegaram.
Até 5ª feira e que a viagem corra pelo melhor.
 

CFRF

New Member
Mensagem Motivacional de JOSÉ FIGUEIREDO

POR JOSÉ FIGUEIREDO

[video=youtube_share;64xetm51pIQ]http://youtu.be/64xetm51pIQ[/video]
 

agirão

New Member
Logo há mais report do Zé! Essas fotografias deviam ser proibidas! Esses Marafades são o máximo! O Xicott ia trazendo o supermercado inteiro!
 
Top