Pastilhas e discos

#1
Boas,

estou a precisar de trocar pastilhas, e precisava das vossas opiniões...

Tenho uns Avid DB1 dos quais gosto, achei é que as pastilhas duraram poucos. Na altura que comprei estes travões fiquei convencido que as pastilhas eram semimetálicas, o que até bate certo com o barulho que fazem em certas alturas, a maior progressividade de travagem relativamente aos Shimano com pastilhas orgânicas que tinha antes.

Na troca das pastilhas, vale a pena pôr ventiladas, para arrefecer e diminuir o desgaste? Semi-metálicas ventiladas para estes travões não encontro, só se forem orgânicas. Para arrefecer (e diminuir o desgaste) vale a pena pôr disco maior? Se sim para ambas, qual das alterações traria maior vantagem sem prejudicar a travagem?

Obrigado,
José Ruivo
 

smcarvalho

Active Member
#2
Nunca troquei umas patilhas e em breve terei também de trocar as minhas dos BR-M615.

Nas pesquisas que fiz encontrei este site (recomendado pelo youtuber SickBiker) - deixo o link para o teu modelo e um link com a comparação dos vários compostos que oferecem.

https://www.discobrakes.com/?s=0&t=0&c=2&p=100014&tb=001

https://www.discobrakes.com/?s=0&t=10&q=compounds&

Segundo ainformação do segundo link as pastilhas "semi-metálicas" deles nem estão classificadas no top3 de longevidade.

Em relação aos discos, maior diâmetro à partida dá-te mais poder de travagem mas também os discos maiores estão mais sujeitos a torção. No teu caso se os travões te "chegam" e os discos estão bons acho que vale mais investir em boas pastilhas.
 
#3
Segundo ainformação do segundo link as pastilhas "semi-metálicas" deles nem estão classificadas no top3 de longevidade.
Mas também não as comparam com o tipo de pastilha mais comum, que são as orgânicas. Menos ainda com as orgânicas ventiladas. As metálicas sei que têm boa resistência à travagem prolongada, mas receio que travem pouco de início..

Em relação aos discos, maior diâmetro à partida dá-te mais poder de travagem mas também os discos maiores estão mais sujeitos a torção. No teu caso se os travões te "chegam" e os discos estão bons acho que vale mais investir em boas pastilhas.
A ideia de discos maiores era só para ter melhor dissipação de calor, através do disco, e talvez aumentar a longevidade das pastilhas...
 

smcarvalho

Active Member
#4
Mas também não as comparam com o tipo de pastilha mais comum, que são as orgânicas. Menos ainda com as orgânicas ventiladas. As metálicas sei que têm boa resistência à travagem prolongada, mas receio que travem pouco de início..
As pastilhas orgânicas podem ser o que eles chamam de semi-metálicas. Têm menos longevidade e menos poder de travagem, contudo são um bom compromisso de preço/performance.
 

Daemon

Active Member
#5
Eu costumo usar metálicas na frente e orgânicas atrás. É um bom compromisso poder de travagem/controlo de travagem.

As orgânicas duram menos, fazem (muito) menos barulho quando chove, não "comem" tanto os discos e são mais faceis de controlar a travagem. As metálicas duram mais, fazem muito barulho (chiar) quando chove, "comem" mais os discos e têm uma travagem mais "brusca".
 
#6
Eu costumo usar metálicas na frente e orgânicas atrás. É um bom compromisso poder de travagem/controlo de travagem.

As orgânicas duram menos, fazem (muito) menos barulho quando chove, não "comem" tanto os discos e são mais faceis de controlar a travagem. As metálicas duram mais, fazem muito barulho (chiar) quando chove, "comem" mais os discos e têm uma travagem mais "brusca".
Acho uma abordagem interessante, mas em relação ao controlo de travagem tinha ideia oposta.. que as orgânicas travam muito logo de início, e perdem poder de travagem em travagens longas. Antes tinha uns travões Shimano (suponho que com pastilhas orgânicas) que se portavam exatamente assim.
Agora tenho uns Avid DB1 (suponho que com pastilhas semi-metálicas, ou metálicas) muito mais progressivos de início, e que nunca me deixaram ficar mal mesmo quando a descida é muito longa.
 

DriveMe

Active Member
#8
Acho que não, não me recordo de marcas a evitar.
É bastante fácil encontrar informações sobre as pastilhas, e é uma questão de experimentar/arriscar.

Costumava comprar na superstarcomponents (que foi um dos focos do negócio, se não estou em erro; compensava juntar 2 ou 3 colegas e comprar em quantidade), ou mesmo no ebay (havia algumas casa que tb tinham bons packs).
Hoje, prefiro ir à loja e perguntar o que é que tem saído e vou por aí. Ou, caso faça alguma compra online, dou uma espreita pelo que há a preço convidativo e bem cotado.

Os DB1 penso que sejam os sucessores do Juicy 3.
Tenho uns montados numa segunda bicla que uso esporadicamente, tb já tive os Juicy (não os acho muito diferentes), e na altura comprava as tais da superstarcomponents, mas não me recordo quais (acho que ainda tenho um par arrumado em qq lado). Mesmo com rotores de 160 (os G2) chegaram sempre para as minhas voltas.

Podes pensar em trocar tb os discos para um tamanho superior (ou mesmo apenas na frente), certamente vais ganhar qualquer coisa.
Ou dar uma vista de olhos nas promoções que aparecem e comprar um par de travões superiores.
 
#9
Boas,

passei pela loja local e comprei o que tinham - Bengal. Nunca tinha ouvido falar, veremos. Não quis estar a mandar vir e esperar uma semana, pagar portes por uma coisa de valor tão reduzido. São orgânicas, e por enquanto não travam nada de jeito. Mais logo vou dar uma volta, devem acamar e começar a travar.

Disco maior pensei em pôr atrás, para dosear a travagem, mais a meu gosto - prefiro escorregar de trás do que dar uma cambalhota de frente :rolleyes: Veremos se porei.

Obrigado!
 

Daemon

Active Member
#10
Quando tenho hipótese costumo comprar partilhas originais SRAM/AVID mas em versão "bulk", sem acessórios, só mesmo as pastilhas. Ficam a metade do preço +-.

Já usei em tempos Swissstop, gostei bastante... mas muito caras.
 

DriveMe

Active Member
#11
Disco maior pensei em pôr atrás, para dosear a travagem, mais a meu gosto - prefiro escorregar de trás do que dar uma cambalhota de frente :rolleyes: Veremos se porei.
Escorregar de trás? Bloquear a roda?
Não é o ideal. Nem acho que não precises de um disco maior para isso.
Mas para o evitar na frente o disco maior talvez ajude, com a maior superfície de travagem.
Não é muito comum veres um disco maior atrás do que à frente.
 

Daemon

Active Member
#12
O disco maior é sempre á frente!
A frente trava, a traseira abranda ou controla a direção/inclinação da bicicleta.
Ao se colocar o disco grande atrás, não se ganha nada.
 
#14
Escorregar de trás? Bloquear a roda?
Não é o ideal. Nem acho que não precises de um disco maior para isso.
Mas para o evitar na frente o disco maior talvez ajude, com a maior superfície de travagem.
Não é muito comum veres um disco maior atrás do que à frente.
A ideia é que escorregue trás antes de poder escorregar de frente. Não gostei das vezes em que escorregou de frente. Nunca vi disco maior atrás, mas estou tentado a experimentar.
 
#15
passei pela loja local e comprei o que tinham - Bengal. Nunca tinha ouvido falar, veremos. Não quis estar a mandar vir e esperar uma semana, pagar
Continuam a não travar, apenas abrandam. Ontem tive de fazer bastante força nas manetes nas descidas mais ingremes. O chiar "metálico" no travão da frente mantem-se, pelo que a culpa não seria das anteriores pastilhas que eu imaginava serem semimetálicas... estas são orgânicas. A seguir acho que vou trocar o disco da frente com o detrás a ver se o culpado é o disco - são modelos muito diferentes, o detrás nunca chiou.
 

Daemon

Active Member
#17
A eficácia da travagem depende de muita coisa.... travões, pneus e piso devem ser os principais.
O travão da frente é o que faz a bicicleta travar mais rapidamente, o de trás serve como controlo. Claro que num estradão de terra "solta" não se deve abusar do travão da frente, porque a probabilidade da roda fugir é elevada, e daí resultar uma bela queda.

Sentes a bicicleta a fugir muito na travagem? Que pneus tens? Que pressões usas?

Tens brake cleaner? Se não tens, compra e limpa os discos. Não sei se também poderás usar álcool para o efeito.
 
#20
Claro que num estradão de terra "solta" não se deve abusar do travão da frente, porque a probabilidade da roda fugir é elevada, e daí resultar uma bela queda.
É esse o único problema! Ou então em descidas acentuadas e técnicas voar por cima do guiador

Tens brake cleaner? Se não tens, compra e limpa os discos. Não sei se também poderás usar álcool para o efeito.
Já limpei anteontem quando troquei as pastilhas.