Périplo pelas antigas vias férreas - Linha da Póvoa de Varzim - Famalicão)

cister monge tony s

Active Member
dando seguimento às minhas aventuras pelas antigas Linhas Ferroviárias Nacionais, percorri desta vez a Linha da Póvoa-Famalicão que está convertida numa ciclovia.
partia para esta Linha com muitas expectativas mas algumas saíram furadas. a principal foi a ciclovia em si. pois está muito degradada com falta de sinalização, informação e muito, muito suja.
para praticar btt está excelente mas para usufruir como ciclovia, não está em condições.
quanto ao resto, foi espetacular. as paisagens são engraçadas com a interação sempre presente do meio rural com a linha, a degradação dos apeadeiros que estão abandonados à sua sorte.

para lerem o foto-report mais detalhado cliquem no seguinte link http://www.cistermongetonys.blogspot.pt/2013/10/periplo-pelas-antigas-vias-ferreas-do.html

à entrada da ciclovia em Famalicão



a Linha e alguns dos seus vestígios












não é digno de uma ciclovia...as autoridades deviam de andar mais atentas



retas...havia muitas retas...






um tartor na ciclovoa???!!!! na ciclovia!!!!????? acho que só em Portugal...



já na porte mais nova da ciclovia pertencente ao Concelho da Póvoa de Varzim





e estas barreiras....enfim...




no fim da linha...







mais em http://www.cistermongetonys.blogspot.pt/2013/10/periplo-pelas-antigas-vias-ferreas-do.html
 

Oak Factor

New Member
Só uma breve esplicação acerca da ciclovia Póvoa-Famalicao:

Esta ciclóvia engloba dois concelhos, Póvoa de Varzim e V. N. de Famalicão. De Famalicão ate à entrada no concelho da Póvoa de Varzim a ciclovia foi feita, com arranjo do piso em saibro e colocação de sinalização e pequenos postes a impedir a entrada de outros veículos. Isto já foi feito à cerca de 8 anos. Mas daí para cá nunca mais houve manutenção e a mesma foi-se degradando.
No concelho da Póvoa de Varzim estava projetada uma obra mais arrojada, com colocação de piso liso, sinalização e arranjo das antigas estações como apoios. Mas veio a crise e faltaram as verbas... Agora (à cerca de um ano) a Camara está a fazer uma obra mais modesta com recurso aos trabalhadores da própria camara. Foi colocado piso de gravilha, iluminação (que ainda não funciona) e testeiras no atravessamento de ruas e estradas com porticos limitadores de circulação a veiculos de 4 rodas. Só que ainda não está pronta. Por isso não se pode chamar ecovia a uma coisa que não existe ainda ou que foi deixada degradar-se. O que existe é um percurso de BTT bastante soft com cerca de 40Km.

A propósito e só para verem o país que temos. Alguns dos postes de iluminação (em madeira e com cerca 8 metros) foram cortados e levados ainda antes de terem sido estendidos os cabos, e os muros amovíveis que impediam a circulação de carros (mas não a das bicicletas) foram empurrados para os lavradores circularem com os tratores.
 

ferreiras

Member
Obrigado pelo excelente relato (mais um), monge tony.
No teu blog tens os tracks das tuas outras investidas pelas ciclovias?
Cumps.
 
Top