lesão na coluna cervical

Discussion in 'Saúde e treino' started by darideias, 15 November 2006.

  1. darideias

    darideias New Member

    Boas
    Há 15 dias fui ao médico porque me doia as costas junto ao pescoço
    e hoje depois de uma radiografia, tenho uma lesão na coluna cervical

    disse-me para ir a uma consulta de fisiatria
    mas que a bicicleta se calhar vai ter de acabar

    Estou bastante preocupado, porque ainda agora me apaixonei por a bicicleta que me dá muito prazer
    e corro o risco de ter de me separar

    Já alguém teve este problema??

    obrigado
     
  2. andre_m6

    andre_m6 Member

    mas noticias nos das camarada!! eu por acaso nunca tive uma lessao nessa zona mas so queria expressar o meu apoio! nao desanimes pois a saude esta bem evoluida nos dias de hoje por isso a esperança e a ultima a morrer! o melhor e falares com um especialista ficas mais elucidado!! Va camarada tudo de bom cumps
     
  3. pepebapty

    pepebapty New Member

    Tira mais opiniões com outros médicos! Eu também ando f**** mas é com outro problema... Quando temos paixão por uma coisa, neste caso o andar de bicicleta, e de repente somos privados disso por um problema e até se nos assombra a hipotese de ter de abandonar só devemos pensar que há mil e uma outras coisas que também nos dão felicidade! Agora convém é não desesperar e tentar tratar esse problema... Tudo tem solução!

    As melhoras
     
  4. RPires

    RPires Member

    Companheiro, vou-te contar a minha história assim ligeiramente resumida e da qual podes retirar algumas elações:
    Aqui há uns anos atrás andava eu cheio de dores na região lombar e após consultas médicas, lá me mandaram efectuar um TAC, este acusou duas hérnias, coisa que eu já desconfiava...segundo info médica não era caso para operar e eu teria era de controlar certos movimentos e pesos que a coisa tenderia a melhorar. Coloquei a questão da bicicleta e logo me disseram que isso era para por de parte e se quisesse fazer algum desporto, esse seria a natação. Bom, andei ali uns dias meio desatinado, coloquei a bike de lado e lá fui eu para a piscina mas rápidamente me fartei daquilo, a única coisa que efectivamente levei a sério foi corrigir certas posturas como flectir pernas ao baixar e utilizar as mesmas no levantamento de cargas em vez de me dobrar como geralmente fazia.
    Assim que comecei a ficar melhor, peguei na bike e vai de voltas e posso adiantar que nunca mais parei até hoje, o que mantenho e já me habituei é as questões da postura como atrás frisei. Só há uma altura em que por vezes noto algum mau estar e tb tem a ver com a bike mas quando estou a fazer a manutenção da mesma, pois como não tenho suporte para a colocar numa posição mais alta, fico ali um pouco dobrado nas limpezas e lubrificações e quando me ponho direito lá fica uma moinha a dar-me conta do juizo, mas que rápidamente passa.

    Eu não sei qual é exactamente o teu problema, suponho que também tem haver com prolapsos discais e geralmente os das cervicais são mais incomodativos, no entanto reflete um pouco sobre as posturas que adoptas, seja no sofá, cama, computador, etc, etc...tenta também corrigir a geometria da tua bike por forma a adoptares uma posição de condução em que esforces menos a zona cervical e não pares de andar, só mesmo se não aguentares o desconforto. Eu mantenho a idéia que a bike até ajuda a fortalecer a musculatura envolvente da coluna, pois a bike de montanha leva-nos a adoptar diferentes posições de andamento o que leva ao exercicio desta zona, será no entanto de evitar descidas rápidas em que um gajo vai a levar "porrada" mais a sério...

    Faço votos que melhores, ok...
     
  5. gc

    gc Member

    Ora ai esta uma coisa qu eme toca... :cry:
    Assim resumindo, também arranjei a brincadeira de duas hernias discais, mas na região lombar e sacrada!! Quando recebia noticia foi o panico geral, e depois ainda pior, tinha de deixar de andar de bike.... :shock: :s :( :cry: Foi a puta da loucura!! deu-me vontade de sei lá o que...
    Mas n desanimei e decidi seguir em frente, e foi então que resolvi exprimentar novas opiniões e fuia uma consulta de osteopatia. Resultado - apos umas horas de deslocamentos de ossos, acumpuntura, distenções e torcegões ( isto em 3 consultas), a dor desapareceu... Procurei posturas mais corretas, novas posições na bike, guiadores, avanços, uns maiores outros mais pequenos, elevados, com angulos positivos, negativos... eu sei lá, até que conseguia encontrar o ponto rebuçado.
    Agora ando normalmente de bike, tenho muito cuidado em sempre realizar alongamentos e exercicios de fortalecimento lombar...

    Não desanimes e procura outras opiniões.
    Abraço
     
  6. José Luis Vidais

    José Luis Vidais New Member

    Tambem eu tenho uma cena qualquer na Cervical, acho que entre C5 e C4 ou então é entre C5 e C6, não interessa os detalhes, digamos que é no pescoço. O médico quando viu o exame perguntou-me se tinha tido algum acidente de moto, porque normalmente as lesões são semelhantes e disse-me para me deixar de futebol, atletismo, BTT e praticar só natação . Entretanto mais tarde descobriram outra m...a na lombar e outra cá mais para baixo.
    Deixei o futebol porque vi que me prejudicava mas quanto ao BTT foi diferente, procurei uma Bike mais ao meu jeito e é sempre a bombar, ainda tenho uma tolerância porque não estou nas Susp. totais pelo que se me começarem as dores ainda posso mudar para as FS.
    Entretanto mais tarde procurei a opinião de um médico amigo que me disse para evitar o futebol mas não deixar as bikes se não sentir contraindicações, porque pior será ficar no sofá.
    Essa coisa da osteopatia resulta, quando estou mais aflito vou a uma clinica da especialidade, dão-me uns safanões e venho de lá como novo.
    Se não doi é porque está bom.
     
  7. Zepic

    Zepic New Member

    O consócio "menos novo" do nosso Clube tem 59 anos e não deixava de nos acompanhar em BTT para todo o lado, incluindo as nossas tradicionais subidas do Montejunto. No final de 2005 começou a sentir algumas dores nas costas até que lhe diagnosticaram igualmente uma hérnia discal.

    A operação seguiu-se já este ano, salvo erro em Janeiro e um par de meses depois já andava outra vez de bike, com luz verde do médico, apenas com a recomendação de fazer estrada e evitar o off-road

    Pessoalmente, com 40, devo dizer que quando tinha uma rígida, começava a sentir algumas dores na coluna após cerca de 2hrs em cima da bike. Agora que tenho um suspensão total, passo 5 hrs se necessário for para completar uma maratona sem que venha a sentir qualquer ressentimento nas costas nos dias que se seguem.

    De resto, posso apenas dizer-te que deves não perder a esperança e que com força, vontade, moderação e com o material à altura, tudo se resolve.
     
  8. AGT

    AGT New Member

    Decidi reavivar este tópico porque me encontro com o mesmo problema...

    No sábado passado fui dar uma voltinha à Arrábida...nada de anormal, nenhuma pancada anormal, voltinha porreira de uns 25km com as subidas e descidas do costume... Domingo de manhã jogo de bola... Durante o jogo senti uma dor no pescoço, mas n liguei. Como não aqueci muito bem pensei que tivesse sido isso. Domingo à noite estava na urgência do hospital a levar com injecções e calmantes porque já não encontrava posição para estar na cama sem dores. Ontem tive a consulta do ortopedista, que não quer adiantar um diagnóstico mais exacto antes da Ressonância, mas que desconfia de uma hérnia discal na cervical. As dores no pescoço não aliviam quase nada com as drogas, e estou com mesmo muito medo de não voltar a fazer desporto como queria... O médico diz que devo voltar a andar de bike...mas se ele não tem o diagnóstico final não me iria alarmar sem motivo, portanto só saberei para a semana após a RM...

    Estava com planos de voltar esta semana ao ginásio para ganhar mais pernas e abater a barriguinha, e claro que isso tudo agora kaput... Mas o maior medo é ter o BTT em espera. Não sei se isto melhora com o tempo, não sei se tenho que ir à faca, neste momento não sei nada e tenho uns 3000€ empatados na garagem e uma vontade brutal de lhes dar uso... Desde há uns meses atrás que tenho apostado neste desporto, nem me custa levantar cedo aos fins de semana para sentir o ar fresco da serra, ver as vistas lá de cima, ir a uma prova de vez em quando e conhecer novos trilhos... Tudo isso agora está em espera...

    Bela merd@....
     
  9. john do pedal

    john do pedal New Member

    ola darideias

    vai com calma que pode não ser nada assim tão grave, embora eu não saiba exactamente quais as queixas e principalmente qual foi o factor desencadeante para elas. varias patologias podem provocar dor cervical, desde uma hernia que realmente pode impedir de continuar com o btt, até uma simples contractura muscular dos trapézios (musculos superficiais da região cervical e dorsal alta) que se resolve facilmente com um tratamento relaxante e ao fim de 15 dias está novamente em cima da bike a curtir trilhos.

    por isso, sem stress que tudo se resolve

    boas pedaladas
     
  10. kuto

    kuto Member

    Estamos todos fddos. Agora sou eu com dores lombares há 3 semanas. Hérnia talvez. Aguardo marcação RM. O osteopata afirma ser hérnia.
    Tenho dores constantes no braço esquerdo e só consegui dormir direito quando descobri onde seria a hérnia. Cervical, provavelmente na junção com a lombar. Agora vou para a terceira consulta de ostepatia, onde fazem acupuntura com eletrodos e massagem. Levo uns esticoes que nem é bom.
    Não desisto de querer voltar a pedalar, até porque emagrecer é essencial. Nem correr, nem natação me puxa :(
     
  11. lucard

    lucard Member

    Anda tudo a ficar velho!

    Curiosamente eu já fui umas quantas vezes à Osteopata (não tenho hernias nem nada do género, mas tenho hipercifose, ainda muito pequena). A gaja rebenta-me todinho mas saio de lá parece que me enfiaram uma estaca nas costas, nem vergar consigo. Curiosamente uma dor que tinha no joelho estava relacionado com as costas. Depois de ela ter metido as mãos nunca mais tive dores nele. Preciso lá voltar novamente pois já me ressinto de vez em quando, mas só de pensar nas dores que ela me faz... A última vez saí de lá com um escaldão nas costas (sim um escaldão).

    A malta das hernias deve ter calma, pedir várias opiniões, ir a osteopatas e cenas naturais... Por norma os médicos querem logo enfiar a faca no pessoal, quando um simples esticão resolve o problema.

    Lembro-me da minha avó se pendurar na porta (com os braços) quando tinha dores nas costas.
     
  12. adorava ajudar, mas uma lesão é uma definição muito vaga...
    Quanto a hérnias = conviver com hérnia pode ter 3 caminhos....
    1-cirurgia, ha casos que so operando
    2-imobilidade, solução que não aconselho
    3- sessões de osteopatia|terapia manual com uma sessão de mesoterapia homeopática

    Uma hérnia não se trata, mas consegue-se conviver com ela mesmo em alta competição
     
    Last edited: 27 June 2016
  13. zdjota

    zdjota Member

    o meu caso sera uma escoliose dorso-lombar com bacia basculante(pos-parto e talvez se tenha desenvolvido na gravidez)
    estou proibida de correr e desportos "pesados" mas tenho luz verde pra andar de bicicleta, desde que adaptada a mim e nao abusar nas descidas
    caminhada na serra por exemplo e tambem aconselhado pela doutora
    uso compensacao esquerda visto que uma da pernas "encurtou" devido a essa lesao, tomava morfina ate ter parado na pascoa e agora so o tipico ibuprofeno no caso de dores, descanso e manter o exercicio
    nao e aconselhavel de todo uma operacao pois seria atirar para uma cadeira de rodas, portanto enquanto puder, desfruto da vida, e acho que por mais dificil que seja, ha que se desfrutar enquanto se pode
    :)
     
  14. Bruno Sousa1981

    Bruno Sousa1981 New Member

    Bom dia, eu fiquei melhor ao usar o cloreto de magnérsio PA, em opção tem também o magnésio dimalato que é de absorção lenta, leiam sobre o assunto e vão ver os milagres que esse produto faz em sua saúde. ;)
     

Share This Page