29er KTM Myroon race -> KTM Scarp Elite -> Scott Spark RC 900 team

markituh

Active Member
#61
a configuração é a de origem...

penso que cassete é de 11-36 se não estou em erro...

os pratos a frente não me lembro, só vendo... Pelo que pus no inicio é 38-24
 

markituh

Active Member
#62
Boa tarde,
o problema da transmissão está resolvido...neste caso sera 1x11 com opção de 2x11

1x11 com opção de 2x11?? sim leram bem

images uploadcertificity.com

Devido a problemas de coluna, tive que optar por trocar a rígida por uma FS :) optei na mesma por ser ktm mas desta vez a scarp elite 29er

Não é das topo de gama (os € não davam para mais) mas para fazer umas voltas maneiras e evitar danos maiores já é muito boa.

Em relação á transmissão, tras 2x11 mmas na loja pedi para porem 1x11 (ja ando para experimentar a muito tempo) e fica comigo o desviador e manipulo para ser não gostar de 1x11 monto o 2x11

Para já ainda não tenho a bike...
 
#66
Boas,
Fotos tem que esperar, o tempo não é muito e primeiro tenho que ir ler novamente com o que usam para por fotos, é o que faz estar arredado destas andanças a muito tempo.

Cumps
 
#67
Boa tarde,

Peço desculpa pela demora, mas já há muito tempo que não venho aqui ao forum. Não sei porque, lembrei-me de vir ver como isto anda, parece-me ja não ser o forum de há uns anos atrás.

Recapitulando, este tópico começou, quando comprei a minha 1ª 29er. Uma KTM myroon race. Então uma edição especial da ktm em que saíram apenas algumas para o mercado. Poucas alterações feitas na bike e km´s. No geral adorei a bike.



Devido a problemas no "esqueleto" troquei para uma FS. Mantive na mesma a marca KTM mas desta vez uma gama mais baixa, ou como se diz, entrada de gama.

Também poucas alterações foram feitas. Alterei a transmissão de 2x11 para 1x11 (a curiosidade falou mais alto), troquei de pedais, saíram os M520 (morreram para a vida) entraram os look s-track, troquei o guiador da ktm alumínio para um em carbono também da ktm.



Recentemente, tive que trocar a ktm. Então optei por escolher outra marca, desta vez recaiu sobre a Scott. Continuei na FS e a escolha foi uma Spark RC 900 team. Ainda andei muito pouco (3x) e mantive a bicicleta toda de origem, apenas troquei os punhos.



Pneus passei para tubless, cabos cortados, quadro protegido com película e para já esta final. Mais tarde se assim entender faço alterações...

Mais tarde faço aqui uma melhor comparação entre a KTM e a Scoot para ter um termo de comparação entre material e desempenho das bicicletas.

Cumps
 
#69
Boas,

Primeiramente posso dizer-te que por enquanto, bons ou maus travaões, boas ou más rodas, vao ficar durante um bom tempo. O plafon esgotou (mas isso é outro assunto).

Nunca tive travões sram/avid. A única que vez que experimentei uns foi na altura os Avid XX (por sinal gostei).
Mas falando dos Level TL. Ainda não tive uma volta em que precisa-se de uma travagem mais brusca ou a fundo. Como ainda não conheço o comportamento deles, tento não abusar agora no inicio. Em travagens soft's dá-me a sensação que têm uma travagem progressiva, ou seja, trava aos saltinhos.

Em ralação ás rodas, não te sei o que dizer :( ainda não tenho opinião formada.
 
#70
Ok muito obrigado estou a negociar a Spark 900 rc pro e a única coisa que me deixa mais renitente são os travões e as rodas mas tenho tido bons Feedbacks dos travões tem me dito que não são bruscos como os shimano que funcionam tipo abs dos carros mais progressivos para não bloquearem e as rodas até não rodam mal e pesam a volta de 1.900kg
 
#71
É que ainda não tenho muito tempo com a Scott para conseguir ter um termo de comparação com a ktm que tive. Tentar perceber os pontos positivos e negativos entre ambas. Queria formar melhor algumas ideias.
 
#72
bOAS!
Excelente máquina a 900 Rc Pro,estive inicialmente para comprar uma(não havia o meu tamanho :( - S )
Quanto aos travões não posso dar grande opinião,pois nunca usei da marca.
Mas sobre as rodas Syncros,tem o lado positivo que são bastante fiáveis (cubos) e de fácil manutenção,no entanto o peso para mim é demasiado para uma bike de XC (mais que 1.6Kg está off ) e o aro não segue a tendência actual de ter uma "largura" interna mínima de por ex: 23mm ou assim, o que confere maior rigidez e estabilidade com os pneus actuais (2.35 e etc)
Tenho actualmente umas Crest MK3 (troquei pelas Syncros)e pessoalmente noto um cardado/Talão bem mais largo com os mesmos pneus que usava na bike anterior,dá bem mais estabilidade á bike.
Cumps
 
#73
Esta é o tamanho S ainda experimentei o M mas acho que para a minha altura o tamanho S era o mais indicado.

Pela descrição no site da Scott, as rodas devem ter essa "largura" de 25mm, sendo esta informação correcta, as rodas puderam ter a tal rigidez e estabilidade que falas. Num pequeno tempo que tenha, vou ver as informações que estão nas rodas, se tiverem.
 

markituh

Active Member
#74
Boas,

Agora que o tempo esta de chuva e temporal, ano permitindo assim sair para pedalar, aproveito e venho deixar uma pequena comparação entre a ktm e a scott. Peço desculpa pelo longo post mas irei tentar ser o mais breve possível.

KTM Scarp Elite

Bicicleta de suspensão total de entrada de gama, com quadro em carbono/alumínio tamanho 17"
Transmissão: Shimano Deor XT 2x11
Mais tarde convertida em 1x11 mantendo tudo na mesma, alterando apenas o prato da frente para um 32T.
Suspensao e amortecedor: Rock Shock Reba RL e Monorach RL.
Rodas: ktm pro com cubos dt swiss.
Pneus: Vittoria barzo e saguaro.
Travões: Shimano SLX
Pedais: Look S-track



No geral:

Bicicleta com muito potencial, mas na minha opinião muito fraca a nível de conforto.
A reba rl e o monorach rl muito rígidos, leitura do terreno muito má, as pequenas irregularidades mal as lias. Para boas referencias que tinha desapontaram. O amortecedor não ter bloqueio no guiador, é desfavorável.
Transmissão nada a apontar, sempre certa e afinada.
No que toca a subidas e descidas, a posição do amortecedor ser em cima, possibilita que nas subidas a bicicleta não tenha o comportamento de "descer a traseira" reduzindo assim muito do atrito que estas bicicletas só por si já tem. Nas descidas, nota-se que a bicicleta tem um comportamento mas rápido e não tão "colado ao chao".
Rodas aguentam bem pancada e desempenham a função sem problemas. Pneus primeira vez que usei e posso dizer que aprovados.

Boa bicicleta, gostei bastante mas se fosse numa gama melhor, ai o caso mudava de figura.

Scott Spark RC 900 Team

Bicicleta de suspensão total, com quadro em carbono tamanho S.
Transmissão: Sram Gx-x1 Eagle de 12 velocidades. Na frente prato de 32T com guia de corrente.
Suspensao e amortecedor: Fox 32 SC Float performance e Fox Nude Trunnion.
Rodas: Syncros com cubos dt swiss.
Pneus: Maxiss Aspen 2.25
Travões: Sram Level tl
Pedais: Look S-track



No geral:

Bicicleta muito bem aproveitada e com equipamento de luxo.
Fox?? Nada a dizer, não desaponta em nada. Conforto e conforto. Fácil afinação, leitura de terreno impecável quer pequenas e grandes irregularidades. O bloqueio no guiador é uma grande ajuda.
Transmissão nada a apontar, sempre certa, afinada e as suas passagens brutas, característica da Sram.
No que toca a subidas e descidas, a posição do amortecedor ser em baixo, faz com nas subidas a traseira cole mais no chão. Consegue-se amortizar pondo o bloqueio na posição intermedia, ou seja, o amortecedor faz o seu trabalho mas de uma forma mais rígida. Nas descidas, nota-se que a bicicleta é mais colada ao chão pelo que transmite mais segurança a descer.
Rodas e pneus primeira vez que uso e não tenho opinião formada.
Travões ainda não tenho grande opinião formada.

Bicicletas bastante diferentes, penso que a ktm é uma bicicleta mais race, mais competitiva com conforto aliado (gamas altas). A scott é mais conforto e menos race.
Ambas excelentes marcas com bicicletas top.
 

fabio viana

Well-Known Member
#75
Boas :)

A meu ver fizeste uma excelente troca, agora aproveita bem a bicicleta e quando tiveres orçamento podes sempre meter umas rodas mais leves para ficares com um grande avião(bem leve) :)
 

markituh

Active Member
#76
Boas,

Com tempo e mais tarde, recuperando o plafon vou ver umas rodas novas para a bicicleta. Não irá ser grandezas (carbono) mas irei ter em consideração todos os detalhes.

Segue mais uma ideia que vou tirando, isto claro ainda são voltas sem grandes dificuldades técnicas. Quero ir testando ao poucos conforme vou conhecendo o comportamento da bicicleta em geral bem como de alguns componentes.



Hoje aproveitei uma pausa na chuva para ir dar uma volta aqui pela zona. Idealizei esta volta com o intuito de testar os pneus em zonas de lama. Mas lama não havia muita :(

Maxxis Aspen 2.25 TR
Pneus em kevlar, peso não sei ao certo mas devem de rondar as 590g (segundo info net).
Por serem largos acabam por ter maior aderência ao terreno, é minimizada pelo baixo perfil do rasto. Acho serem mais adequados em zonas de areia.
Terreno seco, alcatrão até rolam muito bem para a largura que têm...Lama, não são os melhores, assim que entram em zonas de lama o pneu escorrega, se tivermos que curvar é preciso alguma prudência. Em terreno com pedra não sei pois ainda não fui para esse tipo de terreno.
Em termos de furo, furei hoje, o liquido vedou mas demorou ainda uns bons segundos.

Em geral:
Ficam por agora, desempenham bem o papel deles.
Assim que os gastar entram os Continental X-King Protection ou os Vittoria como tinha antes.

Cumps