I Raid das Francesinhas -- Ribeirão, V N Famalicão 6\11\2011

#1
Bem já que ninguém abre um topico ca vai......

I raid de btt na minha terra a expectativa era muita e ainda por cima com premios...
Á hora marcada lá foi dada a partida logo com um topo para espalhar pessoal muito bem , depois foi entrar no monte e ir descobrindo os trilhos que iam aparecendo ao longo destes 44.5kms, trilhos completamente loucos e bem exigentes com muita muita pedra e muita lama onde não dava para descansar nem um minuto, cruzamentos bem assinalados e sempre com gente, fitas e setas sempre presentes (um único reparo nos últimos 5\6 km as fitas estavam lá mas muitas delas estavam escondidas um aspecto a melhorar para ano), reforço não sei pois mal parei, pelo menos coca- cola, agua, sandes e laranja pareceu ter, os banhos eram um pouco longe (para quem terminava a prova naquele estado era um pouco chato deslocar-se de carro ate lá mas enfim sei perfeitamente que não existia mais nenhum local perto)….. No geral foi um Raid muito positivo que deixou ,muito boas impressões para participações futuras...

Já agora quem tiver fotos e posta-las.....heeeeee




Parabéns a todos que se empenharam neste evento e até para ano
 
#2
Eu estive presente neste raid.

Mais uma boa prova em que participei, com boas marcações, saída a horas, com pedra, lama single's, estradões, de tudo um pouco.

Gostei bastante da prova, para o ano, caso haja, estou lá novamente.
 
#3
Mais um que esteve presente neste Raid das Francesinhas.

Vou numerar alguns aspectos bastante positivos:
-Levantamentos dos dorsais, sem problemas
-Partida a horas como a malta gosta
-Inicio do percurso com subidas para evitar os engarrafamentos, muito bem.
-Trilhos muito bem escolhidos, durinhos com bastante lama, muita pedra, descidas alucinantes e subidas de ficar sem fôlego.
-Marcações muito boas, andei muito tempo sozinho e nunca me perdi, só longe a longe é que estava umas fitas mais escondidas mas dava para ver.
-Reforço não parei.
-Camaradagem e entreajuda tb vi ao longo dos trilhos, muito bem.
-Postos de controlo com fartura se não me engano eram 5.
-Na meta havia agua, e pela 1ª vez mel, claro está que tive que experimentar e gostei.

No geral dou nota bastante positiva à organização se foi o primeiro evento organizado estão de parabéns, senão foi estão de parabéns na mesma.

Só mais um reparo, quando postaram a Altimetria diziam que era de 817mt, a mim dou-me 1400mt, acredito que muita gente sofreu por pensar que seria mais fácil.

Abraços e até para o ano se houver.
 
#4
Mais um que esteve presente neste Raid das Francesinhas.

Vou numerar alguns aspectos bastante positivos:
-Levantamentos dos dorsais, sem problemas
-Partida a horas como a malta gosta
-Inicio do percurso com subidas para evitar os engarrafamentos, muito bem.
-Trilhos muito bem escolhidos, durinhos com bastante lama, muita pedra, descidas alucinantes e subidas de ficar sem fôlego.
-Marcações muito boas, andei muito tempo sozinho e nunca me perdi, só longe a longe é que estava umas fitas mais escondidas mas dava para ver.
-Reforço não parei.
-Camaradagem e entreajuda tb vi ao longo dos trilhos, muito bem.
-Postos de controlo com fartura se não me engano eram 5.
-Na meta havia agua, e pela 1ª vez mel, claro está que tive que experimentar e gostei.

No geral dou nota bastante positiva à organização se foi o primeiro evento organizado estão de parabéns, senão foi estão de parabéns na mesma.

Só mais um reparo, quando postaram a Altimetria diziam que era de 817mt, a mim dou-me 1400mt, acredito que muita gente sofreu por pensar que seria mais fácil.

Abraços e até para o ano se houver.
Eu fui um dos que sofri com a altimetria. A pensar que seria uma prova "acessivel" no dia anterior puxei bastante pelo corpo.

Acredito que a altimetria tenha sido mais do que os 817mt anunciados pela organização, mas 1400mt? Acho que não chegou a tanto.
 
#7
Pois eu também fui um dos felizardos que participou nesta prova!
Realmente não me pareceu muito acessivel em termos de subidas... mas lá se foram fazendo a algum (muito) custo!...
De realçar que, para além de pôr o drop-out á prova aos 17kms, lá o "desentortei" um bocado de maneira a que conseguisse continuar a prova sem ter que atirar a toalha ao chão.
De seguida vi um colega que tinha caído e queixoso do joelho, estava já acompanhado e espero que tenha ficado bem.
Sobre as marcações, estavam aceitáveis, mas houve num sitio que fui em frente... e só passado uma bela descida e qdo cheguei a um conjunto de casas (e sem ver ninguem nos cruzamentos) me apercebi que provavelmente não tinha virado onde deveria!... voltei para trás e após 2kms lá encontrei a suposta viragem para o trilho... Só a identifiquei após espreitar bem lá pró fundo e ver uma tabuletazinha a sinalizar a proxima direcção... tá visto que ali alguem tinha escondido alguma coisa!...
Bom, ainda tive tempo de furar e de ser ajudado pelo colega com o dorsal 143 António Reis, o qual agradeço pela câmara e acima de tudo camaradagem. Aliás, fico a dever-lhe uma! Uma palavra especial ao Hugo com o dorsal 133, fazer uma prova de btt numa bike de roda 20.... é de HOMEM!

De resto, consegui acabar a prova, já sem conseguir fazer funcionar os desviadores para mudanças mais leves (que eu tanto precisava...) :)

Nota sobre os trilhos, muito porreiros e diversificados! a lama foi uma constante e aquele autêntico "rio" foi alvo de uma tentativa minha de o ultrapassar, e que se revelou infrutífera ao fim de 3 metros!!! :D

Venha a próxima!!


AHHHHH!!! e a francesinha???? BEM BOA!!!





 
Last edited: