Guiador New Ultimate EVO Carbon

#1
Boas
Estou tentado a comprar este guiador mas o seu peso deixa-me de pé atras por ser muito leve (125gr).
Alguem tem algum feedback sobre esta marca ou ate mesmo deste guiador?
 

romaosl

Active Member
#2
Dessa marca não sei, mas em relação ao peso, o meu tem 136g (da Easton) e é ultra resistente. Também quando o comprei, já lá vão 2 ou 3 anos também fiquei receoso, mas aguentou-se sempre bem a toda a porrada que lhe dei.
 
#4
A marca colocou um limite de 90kg, essa pessoa tem o peso a volta dos 90kg?
Eu peso 64kg..
Pois pode ter sido um azar, mas também pode não ser. A dúvida continua...
 

romaosl

Active Member
#7
Nem parece um preço fantástico, se calhar por um preço semelhante consegues de outra marca. O meu Easton EC90 de 125g custou 53€ na RCZ (têm muitas vezes promoções de guiadores de carbono, tens é de te registar na newsleter).

Mas acho que o peso não é problema se for de qualidade.
 
#8
Boa noite,
Tenho esse guia dor é só posso dizer mil maravilhas já levou bastante porta da é nada fantástico mesmo, aconselho via mente.

Cumprimentos e boas pedaladas
 

joseruivo

Active Member
#9
Já que estamos a falar de guiadores, aproveito para falar sobre a largura dos mesmos...

Sinto alguma dificuldade em fazer mudanças de direção rápidas. Tenho guiador com 63 cm de largo, e avanço com 8 cm. Antes tinha avanço com 9 cm (ou 10, não me recordo ao certo), e quando troquei para o avanço mais curto achei que passei a ter melhor controlo sobre a direção.

Agora surge a questão: um guiador mais largo, ajudará no que pretendo? E no avanço, aconselham mexer, quer troque de guiador ou não?

Obrigado!
 

davidream

Active Member
#11
bOAS!
Sobre o material New Ultimate apesar de nunca ter usado, conheço muita gente que tem guiadores e espigões da marca e nunca ouvi qq tipo de queixa,antes pelo contrário.
Quanto á largura e backsweep depende sempre da pessoa e daquilo que se pretende. Para XC penso que até 70Cm ok (mas lá está depende da tua fisionomia)o avanço é mais uma questão de fit e de como te vais sentir na bike (Geralmente as costas e joelhos costumam se queixar se estiveres numa posição errada)
Com avanço mais curto ganhas mais controlo/agilidade na bike,mas podes perder alguma estabilidade(especialmente com mais velocidade) Com o guiador mais longo ganhas mais estabilidade no controlo da bike(especialmente a mais velocidade ou a descer)mas perdes alguma agilidade em manobras e no controlo mais técnico da bike,dada a posição do teu peito e braços.

Cumps
 
Last edited:

joseruivo

Active Member
#12
Boas,

obrigado pelas respostas, mas confesso que acabei por ficar mais confuso, provavelmente por não me ter explicado bem, ou não perceber ao certo qual é o meu problema... Vou tentar explicar melhor.
Antes de trocar de avanço por um mais curto dava por mim aflito para não me meter em regos quando ia aflito a subir com os bofes de fora. Acho que melhorou com o avanço mais curto, além de ter a sensação que também passei a descer com mais confiança, talvez por via do avanço me proporcionar uma posição mais recuada.

Neste último domingo estive em Vila Nova da Barquinha, e dei por mim aflito a conseguir manter-me estável nos singletracks. Imagino que ver a ribanceira logo ali ao lado do track não ajudasse :-( Foi daí que surgiu a ideia do guiador mais largo, talvez mais estável.

Se calhar são dois problemas diferentes, que só se resolvem com um kit de unhas...
 

m.r.f.

Active Member
#13
Um guiador mais largo é melhor para sentires mais segurança em velocidade (descidas).
Um guiador mais estreito é melhor para manobras ou mudanças de direção rapidas.

Mas o mais importante é teres o guiador conforme a tua fisionomia (largura de ombros), podendo variar mais ou menos um centímetro de cada lado.
 

gfrmartins

Active Member
#14
Boas,

obrigado pelas respostas, mas confesso que acabei por ficar mais confuso, provavelmente por não me ter explicado bem, ou não perceber ao certo qual é o meu problema... Vou tentar explicar melhor.
Antes de trocar de avanço por um mais curto dava por mim aflito para não me meter em regos quando ia aflito a subir com os bofes de fora. Acho que melhorou com o avanço mais curto, além de ter a sensação que também passei a descer com mais confiança, talvez por via do avanço me proporcionar uma posição mais recuada.

Neste último domingo estive em Vila Nova da Barquinha, e dei por mim aflito a conseguir manter-me estável nos singletracks. Imagino que ver a ribanceira logo ali ao lado do track não ajudasse :-( Foi daí que surgiu a ideia do guiador mais largo, talvez mais estável.

Se calhar são dois problemas diferentes, que só se resolvem com um kit de unhas...
Provavelmente :)

Esses singles também não estavam propriamente fáceis, com a lama e o tempo que estava estavam mais escorregadios logo não era tão facil manter uma linha estavel
 

joseruivo

Active Member
#15
Provavelmente :)

Esses singles também não estavam propriamente fáceis, com a lama e o tempo que estava estavam mais escorregadios logo não era tão facil manter uma linha estavel
Ok, acho que percebi.. Nesta fase que já desço melhor, além da falta geral de kit de unhas, o problema será mais de estabilidade.

Obrigado a todos!

PS - Acho que vou passar dos atuais 63 para 70 cm. Parece-me um mudança não exagerada mas suficiente para notar alguma diferença.