Esmelra Francisca foi ao Talon....

#1
PARTE I​

Comecemos pelo principio.....

A Esmelra Francisca - vulgo hibrido Scott Scale 50 - foi adquirida em Dezembro de 2009.

Então, como agora, os euros não abundavam, e após visita à 100% Bike no Montijo, a minha BH A30K ficou triste a um canto, para gaudio da Esmelra que me galou assim que entrei na loja. Resultado, sai de braço dado com a miuda a troco de 400 Euros ( + 350 de retoma da BH ).


Na altura, a menina vestia da seguinte forma :

Peso: 13.100 kg

Quadro: Scott Scale Alloy 6061 custom butted superlight tubing D-Forged CNC machined
Dropouts Delta SST bridge / Integ. HT BOX chainstay bridge
Suspensão: Rock Shox Dart 2 c/ lockout 100mm travel
Caixa de Direcção: Ritchey OE 1 1/8" semi integrated 44/50mm
Desviador Traseiro: Shimano SLX RD-M660 SGS Shadow Type 27 Speed
Desviador Dianteiro: Shimano Deore FC-M590 34.9mm
Manipulos de Mudanças: Shimano Deore SL-M590 Rapidfire plus 2 way release w/gear indicator
Manipulos de Travão: Shimano BL-M486 Disc
Travões: Shimano BR-M486 Disc 180/F and 160/R mm Rotor
Pedaleiro: Shimano FC-M442 Octalink 44x32x22 T
Eixo Pedaleiro: Shimano ES25 Octalink 68-118mm
Guiador: Scott Pilot 18 Team 18mm rise OS / 640mm
Avanço: Scott Comp 4 Bolt / OS 31.8mm 1-1/8" / 6° angle
Pedais: Wellgo C128
Espigão: Scott Comp 31.6mm
Selim: Scott Racing
Cubo Dianteiro: Scott Team Disc CL
Cubo Traseiro: Shimano FH-RM65 Disc CL
Corrente: Shimano CN-HG53
Cassete: Shimano CS HG-50-9 11-32 T
Raios: Stainless Black 15G / 1.8mm
Aros: Alex XC-44 Disc 32H / Eyelets Black
Pneus: Continental Mountain King 26 x 2.2
HPednz9T






Após a primeira viagem - curta 20 Km - tornou-se óbvio que o selim tinha que sair. O dito cujo não gostou nada do " sofá", e refilou durante alguns dias. Resultado, primeira alteração, saiu o " sumápau " e entrou um Selle Italia XO branco alvo, da côr dos olhos da menina.
O dito cujo " sorriu" de contente, e a menina gostou da côr, embora o peso tenha sofrido um incremento de 7gr:( - Scott Racing 280 gr. vs Selle Italia XO 287 gr ).





O próximo upgrade visou a performance. De novo penalização no peso, mas ganho enorme de facilidade de pedalar.......pois é adivinharam, pedais de encaixe. Sairam as plataformas e entraram uns Shimano M520. Incremento de 128 gr:( ( Wellgo C128 245gr vs Shimano M520 377 gr ).

Agora já me parecia como um verdadeiro ás do pedal:cool:.





Nesta altura, a Esmelra pesava uns vetustos 13.250 Kg.:eek:



Continua.....
 
Last edited:
#2
Viva Victor,

Tem que levar a Esmelra a fazer uma dieta rigorosa :D...quando lhe mudar o pedaleiro, as rodas e a suspensão pode ser que passe a ser mais jeitosinha :D..mas no geral a bike está esteticamente apelativa com esses prateados.

Cumprimentos
Miguel
 
#4
PARTE II​

Algumas semanas antes tinha colocado duas camaras Joe´s NoFlats ( 2 x 300gr. ), pelo que a anafada Esmelra quase que rebentava - 13.640 Kg.:mad:

Em Março deste ano, foi tomada a decisão ; A Esmelra tinha que emagrecer ! Resposta pronta da menina " Tu também ":fpalm:

Bem dito bem feito, o condutor perdeu 7 Kilos, e a menina foi dar um passeio à 100% Bike no Montijo.

Voltou mais elegante e mais esbelta, fruto da substituição da Dart2 - 2.460 Kg - por uma Reba Sl - 1.610 Kg.;)

ANTES :


DEPOIS :



Bem, o comportamento da menina mudou radicalmente. Primeiro emagrecera 850 gr.:eek: - 12.790 Kg - depois, o seu " andar " tornou-se mais confiante, mais determinado, com uma suavidade que eu não julgava possivel ( os dias das dores nos braços pareciam já distantes ). A menina gostou e o condutor adorou.:p

Para um tão grande decréscimo de peso ( 850 gr. ), os 250 euros gastos valeram a pena.

Por esta altura, surge um novo actor em cena, de seu nome Rui. " Médico " conceituado, verdadeiro perfeccionista da arte de tratar das meninas, com a sua " clinica " situada nas Cabanas de Palmela . À chegada, a menina é pesada :



Pesagem da roda dianteira com disco e camara Joe´s NoFlats :


Pesagem da roda traseira com disco, cassete e camara Joe´s NoFlats :




Veredicto ; Dieta rigorosa, mas controlada nos euros. Prescrição :

- Substituição do Pedaleiro por um XT.
- Substituição da Corrente por uma KMC X9 L Gold.
- Substituição da Cassete por uma XT.
- Substituição dos Discos Travão Deore por uns Alligator WindCuter Gold.
- Sustituição das Rodas por umas Fulcrum Red Metal 5 de 2010.
- Conversão das Rodas para Tubless.
- Substituição dos Pneus por uns Kenda Karma 26 X 2.0 Kevlar
- Substituição do Avanço por um Ritchey WCS Wet White

Continua.........


PARTE III​


Bem, nesta fase, comecei a tremer, a minha carteira não tinha pedido uma cura de emagrecimento.
Calma, disse o " Doutor " , " primeiro vamos preparar a paciente com uns mimos estéticos, para ela se desinibir, depois aplicamos um primeiro tratamento para criar bases,com isto, vamos conseguir um decréscimo na ordem das 600 gr., e depois seguimos para outra etapa. Os primeiros cinco passos custam 420 Euros".

Bom, não está mau, isto promete, vamos nisso.

O " doutor" pôs mãos à obra, e começou a comparar o antes e o depois :

ANTES :







A corrente HG50 não foi pesada...:fpalm:, peso estimado : 320 gr.


A cassete HG50 não foi pesada...:fpalm:, peso estimado : 358 gr.


Os discos não foram pesados... :fpalm: ; peso estimado : 320 gr.




DEPOIS :






11-34 ;)










Já no Recobro :




Já recuperada da intervenção, passeando no jardim :




Primeira consulta pós operatório :




A Esmelra ficou emocionada, e uma pequena lágrima foi visivel no canto do olho.

Não era para menos, era a primeira vês que se via ao espelho e na balança, após a operação. Radiava alegria, estava chique, confiante e determinada, menos 700 gr. é obra...

Enfim, tornou-se mulher:D.


Continua.......
 
Last edited:
#6
Boas!
A bike está muito bonita, e claro, algo pesada, mas não é nada que não se resolva!
Quanto à Prescrição, nada a dizer, acho as escolhas acertadas, só não sei quanto aos travões pois não conheço...
Boas Pedaladas!
 
#7
Boas,

Patitos, faltando os últimos três items, ronda os 420 Euros ;)

Exbiker, obrigado, quanto ás escolhas têm uma tripla função : redução peso , estética e qualidade do material.

Claro que os euros também contam ( e muito ), mas o projecto parte da premissa de tentar encontrar a melhor relação preço/qualidade/estética/peso e tornar a Esmelra única.

Um abraço,

Victor F.
 
Last edited:
#9
Bem e com isto tudo em 2012 tens uma Bike com 10 Kilos e com o preço de uma Scale 10, dessa maneira vai ser unica aqui no Cantinho do Peso!!

Será que não devias ter feito contas e analisado bem antes de comprar?

Imagino que andes todo entretido com a Bike mas bolas vais gastar uma fortuna e no final ficas com uma Bike completamente normal que continua com um valor baixo de mercado devido a ser uma Scale 50 e em que gastaste uma Fortuna nela e em componentes na mesma pesados.

Acho que deves passar mais tempo a ler aqui as experiencias e feedbacks do pessoal no Forum e analisar e repensar as tuas compras la na Loja, o que eles te dizem lá nem sempre e verdade e sem conhecimento ou experiencia de causa, o interesse e vender o que lá têm!!
 
#11
Caro Nuno,

Respeito a tua opinião, mas discordo.

Esta bike custou-me, até agora, cerca de 1000 euros ( estou a descontar o valor da retoma da BH - 350 Euros - que foi o preço de custo, e andei nela cerca de 1 ano e meio) , mais o valor conseguido pelas rodas antigas.

O valor pesado, inclui dois pneus MK 2.2 ( 660 gr.x2 = 1320 gr. ) + 2 camaras joe´s no flats ( 300 gr. x 2 = 600 gr. ), que serão substituidos por dois Kenda Karma 26 x 2.0 convertidos a tubless ( 480 x 2 = 960 gr. + 180 gr. liquido/fitas/valvulas ) = 40 Euros ( Pneus e conversão )

Avanço, Espigão e Guiador são os de origem ( bem pesados, se por acaso já os tiveste na mão ), substituição por componentes em carbono = 80 Euros ( não Ritchey )

Sou o primeiro a admitir que sou um maçarico nestas andanças, mas acho que por cerca de 1150 Euros, fico com uma boa bike.

Atenção que nunca foi meu propósito ter uma bike ultra leve e toda XPTO.

Não faz sentido, andar duas ou três vezes por semana ( se tanto ), e gastar balurdios numa bicicleta. Aja quem possa, eu não posso. Quando vou andar, não estou " a medir se a do outro é mais comprida do que a minha ", nem tenho como filosofia " mostrar material ", simplesmente gosto de andar de bike.

O que estou a fazer na bike visa melhora-la em termos estéticos ( a meu gosto ),e proporcionar-me um maior conforto/durabilidade.

De novo reitero que respeito a tua opinião, porque quaze de certeza tens muito mais experiencia do que eu.


Um Abraço,

Victor F.
 
Last edited:
#12
Boas vitor, pelo menos não gastas o que não tens o que revela muito bom senso. Deus queira que um dia possas ter dinheiro para equipares a bike dos teus sonhos. para isso é preciso estudar.
Abraço e boa sorte
 
#14
A maneira como escreves está muito engraçada e mostra que tens gosto naquilo que estás a fazer.
Com mais ou menos orçamento é de louvar o gosto que se tem nas voltas que damos de BTT e nas horas que perdemos a tratar da bicicleta na nossa garagem ou na oficina mais perto, tudo isso faz parte da diversão e do hobby que é o BTT.
Provavelmente quando acabares o projecto vai sair-te cara, mas a fazer aos poucos doi menos na carteira.
Faz-me lembrar aqueles carros telecomandados que se vendem às peças nas bancas de jornais, quando acabas de montar o carro fica-te em 700 euros e na loja compras novo por 400/500 mas gastar 500 euros de uma vez é uma coisa, gastar 700 em x semanas é outra...
 
Last edited:
#15
Boas,

Em parte tens razão, embora assim fique mais a meu gosto, e como disses-te, quando a comprei não tinha 1600 Euros para dar por uma bike ( ex. Scale 40 ) ;) .

Já agora, peço ajuda em relação a cinco componentes : Espigão , Avanço, Guiador, Selim e Pedais.

Objectivo: baixar o peso, fiabilidade ( tenho 83 Kilos, portanto componentes de carbono têm que ser escolhidos com cuidado ), estética, e muito importante PREÇO ( a Maria já começa a ficar com ciumes, qualquer dia tenho as malas à porta) :(


Um Abraço,

Victor F.
 
#17
Boas Victor, não sei o teu orçamento mas tens o conjunto volante + avanço ritchey WCS (em aluminio) por 100 euros o conjunto. procura na net por merlincycles por exemplo... o avanço pesa cerca de 120 gramas, o volante umas 160/170 gramas... não tem nada a ver com o material que o patitos disse mas custa metade. O espigão realmente é difícil arranjar melhor relação preço/qualidade que o kcnc...
 
#18
Boas,
Podes sempre comprar avanço KCNC (100gramas), mais guiador KCNC SC-bone (116gramas) por 100euros, o espigão tens os da token ou os da KCNC. ;)
Os pedais, depende do sistema que queres...e o selim, bem isso já é mais ao teu gosto e ao gosto do teu "traseiro". :D
 
#19
Boas,

Sim, em principio o avanço ritchey wet white vai avançar ( aprox. 45 Euros )( já o tinha referido).

Quanto ao guiador, está complicado. Tenho algumas opções debaixo de olho :

- KCNC SC Bone Oversize Scandium - 125 gr. - 55 Euros EBAY
- RITCHEY WCS flat Oversize - 145 gr. - 42 Euros ROMBIKES
- RITCHEY PRO - 160 gr. - 30 Euros Ebay
- RCZ RACE - 128 gr. - 35 Euros ROMBIKES ( ESTE SERÀ, QUAZE DE CERTEZA, O ELEITO ) :p

Quanto a espigões idem idem, aspas aspas :

- KCNC TI PRO LITE - 164 gr. - 72 Euros POISON
- PZ Racing A2MB - 225 gr. - 63 Euros POISON
- Truvativ'09 - 165 gr. 49 Euros FIZZ

Patitos, as tuas escolhas são boas, o problema é o conflito com a minha carteira ;)

Quem quizer mandar mais bitaites....chute :cool:

Um Abraço,

Victor F.