Entre o XC e o trail...

#1
Viva!
Gostaria de ouvir a vossa opinião acerca da bike FS para XC mas com curso de 120mm que vocês pensam ser a melhor a melhor que anda no mercado com custo até 6k.
Procuro este tipo de bike porque não é minha intenção competir, mas sim ter uma bike que me dê mais diversão mas que também seja rápida a descer e fluida a subir.

Desde já o meu obrigado
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#2

Daemon

Active Member
#3
Scott Spark (não a RC)
Specialized Epic Evo (foi anunciada esta semana)
Orbea Oiz TR

Para mim são as mais bonitas.
Os quadros Orbea estão magnificos! A Spark sei que funciona bem, e a Epic Evo já li em sites da especialidade que está muito boa.
 

gfrmartins

Active Member
#6
A Specialized Epic Evo 2021 parece ser uma bike que faz check a todos esses requisitos com a adicional se quiseres competir também está pronta para isso
 
#9
Já é um começo
Que me dizem da Top Fuel 9.8 da Trek, é comparável com as que me falaram?
Olá

Já te deram aqui GRANDES dicas de modelos fantásticos.
Quanto à TREK a parte menos boa que sei da marca é que algumas peças têm medidas fora do standard o que torna limitativo algum do material que no futuro lá possas colocar.
Como tenho uma SCOTT, a minha escolha é óbvia. A Specialized e a Orbea são óptimas opções.
Atenção à CANYON.. tem um suporte ao cliente fantástico, talvez imbatível... Investiga...
 
#10
Eu tenho duas Canyon e já recorri várias vezes ao serviço de clientes, para pedir peças de manutenção, e sempre me resolveram o problema. Não é perfeito, está longe de ser uma referência de rapidez, e tem queixas, mas todas as marcas o têm, basta procurar.

A Specialized com o cérebro e as eléctricas têm problemas até dizer chega, por exemplo.

Outro exemplo, um dos modelos que colocaram como opção acima, tem travões SLX, o modelo da Canyon com o mesmo preço tem travões XTR.

Eu comprei uma bicicleta este ano, e a minha primeira opção, e a que gostava de ter comprado era uma Scott de 120 mm, mas depois decidi apenas pelo lado racional e acabei por ir para a Canyon. A diferença ainda é bastante.

Agora em relação ao tema do tópico, por 6000 euros já ficas bem servido, qualquer que seja a marca.

Vê antes as características individuais de cada uma, bem como o comportamento e a geometria. Dependendo da escolha do fabricante alguns modelos são mais rápidos, afinados mais para XC, outros afinados para descer, etc.

Para o que queres em concreto não sei se existe muita opção, os fabricantes ou têm modelos de XC com 100 mm de curso, ou mais de Trail, com cursos maiores que 120 mm, que já é curto para esta categoria.

Vais ver que começas a descartar alguns modelos e no fim ficas com 2 / 3 no máximo e depois escolhe a que gostares mais.

Aqui tens alguns testes de grupo :

https://enduro-mtb.com/en/the-best-mtb-short-travel-trail-bike-test/

https://enduro-mtb.com/en/the-best-trail-bike-mtb-review/
 
Last edited:
#11
Olá António
Obrigado pelo esclarecimento. Tenho uma Scott, nenhuma Canyon. Estive recentemente com amigos que pretendem comprar Canyon precisamente pela ideia que têm da rapidez e eficiência do suporte técnico: que inclusivamente lhes enviam uma bike de substituição ao recolherem a deles... deram-me isso como garantido, daí o ter mencionado aqui.
Eventualmente a realidade é diferente, ou haverá algum pack de garantia adicional que dê essas regalias?!...
Se alguém tiver informação sobre este assunto, já agora esclareciam-me a mim e aos demais...
 
#14
Olá António
Obrigado pelo esclarecimento. Tenho uma Scott, nenhuma Canyon. Estive recentemente com amigos que pretendem comprar Canyon precisamente pela ideia que têm da rapidez e eficiência do suporte técnico: que inclusivamente lhes enviam uma bike de substituição ao recolherem a deles... deram-me isso como garantido, daí o ter mencionado aqui.
Eventualmente a realidade é diferente, ou haverá algum pack de garantia adicional que dê essas regalias?!...
Se alguém tiver informação sobre este assunto, já agora esclareciam-me a mim e aos demais...
Em relação á canyon, conheco quem não tenha tido grandes problemas com a assitência ( mas não tiveram direito a nenhuma bike de substituição) apenas funcionou, reclamar, analisaram o problema, envio da bike, troca do quadro (partido) e envio da bike de volta, mas nos entretantos esteve sem bike.

Outro colega em que a assistência simplesmente não existiu, o suporte de Portugal mal criado, sem prestar nenhuma ajuda, trocas de email com a Alemanha, Alemanha a enviar para Portugal e eles sem dar resposta, depois de muita pressão lá teve o problema solucionado mas não foi facil.

Não sei como está o suporte em Portugal agora, pode ter melhorado.

Mas do que vejo é como tudo, às vezes funciona, outra vez funciona menos bem, não o considero exemplar mas também não o considero dos piores
 
#17
Nande

Eu assumi que estavas a ser sarcástico, afinal a assistência da Canyon não é famosa.
Penso que não exista em Portugal, que seja feita através da de Espanha, apesar das respostas virem em português.

Por exemplo uma vez enviaram-me uma factura, a qual paguei, com 1 ( um ) cêntimo a mais do que estava no sistema interno deles, e por causa disso, aquilo demorou umas quantas semanas a resolver.

Quando mudaram a fabrica e de sistema informático, devido ao crescimento das vendas, foi outra desgraça, com encomendas a demorarem eternidades, e andaram naquilo meses.

Para uma companhia que em 2017 empregava 850 pessoas e facturava 180 milhões não é muito abonatório para eles.

Resumindo, não é famosa, é uma bocado lenta, mas funciona.

Pedro Barradas

O último sistema “brain” está a dar muitíssimos problemas. As eléctricas do ano passado idem, quase todas.

Voltando ao tópico, não vi o vídeo, mas atenção que a maioria dessas bicicletas têm geometrias agressivas, são muito pouco “trail”.
 

Pedro Barradas

Well-Known Member
#18
António... Tenho um amigo de pedal com uma specialized eléctrica de btt, do final do ano passado... Ainda não teve problemas... Aliás agora comprou um booster para aumentar a autonomia dos cerca de 80km... Pois as BRAIN que conheço têm mais de 2 anos.
 

OPEN

Active Member
#19
6000€ por uma bicicleta é MUITO dinheiro e tal investimento carece de uma pesquisa séria e assertiva.

Por duas vezes gastei esse valor em bicicletas, a última ainda me acompanha...o que retiro da experiência, bem pouco coisa, mas acertei no mais importante (penso eu): escolhi uma marca com R&D (dar um toque chique à coisa) e por acaso fiquei fiel à marca.

Só tenho uma marca que mexe com o meu sistema nervoso e é a Specialized, sinceramente não atino com a filosofia da marca. Atenção que não estou a negar qualquer tipo de valor e qualidade dos seus produtos.

Todos os anos, ou quase todos, muda tudo ou quase tudo...é mesmo assim e o lema é que se mantém: agora é que é boa, agora é que é melhor...

Posto isto, acho que ter uma "porta" para ir bater se aparecer algum problema é fundamental. Não me venham dizer que escolheram a Canyon para poupar dinheiro, pois quem pode gastar 6000 não pode usar isso como desculpa.

Concordo com o que já disseram, no sentido que, qq bike desse valor ou aproximado, está numa gama de ser muito boa. Agora, se a tua experiência é pouca e não sabes muito bem o que queres...pesquisa o máximo que puderes e experimenta também (o que em portugal não é fácil.)

Já agora, do pouco que li, as novas epic têm brain mas está integrado no próprio amortecedor!?

Escolhe uma que te encha a alma, os olhos, o coração, que te parta as perna e que te esvazia a carteira ao longo do tempo!!!

Sim porque o que gastares agora é só o início.

Ah outro aspeto muito importante, tb já referido, peças específicas, medidas NÃO standard (mais uma coisa que a Specialized é fã, não deixa por nada sem ser deles...)