...e o alforges!?

#42
pintox, 3kg apenas...

Estive agora a arrumar a mochila e o peso esta entre 5 a 6kg! Dá ai uma dicas para reduzir...vou fazer Porto - Santiago em 3 dias

Bom Caminho
 
#43
Levando o essencial e dividindo pelo resto do grupo coisas como : ferramentas, bomba, kit 1ºs socorros, maq.fotográfica etc...cada um leva uma coisa e vão-se poupando umas gramas valentes.
Além disso levo muita coisa presa á bike, impermeável, saco cama amarrado ao espigão, uma pequena bolsa no guiador com camaras drop-out, etc... assim a mochila vai bem mais leve.
 
#44
Bem, tudo depende também do peso da mochila, que também tem de ser contabilizado :).
Mas há coisas que podes fazer para minimizar o peso que carregas:
1) dá prioridade a tecidos sintéticos em vez de algodão. A Decathlon tem umas t-shirts disponíveis em imensas cores que não pesam nada e são perfeitas para a roupa do fim de dia;
2) vais fazer o caminho em 3 dias, pelo que uma única muda de roupa para o final do dia deve chegar. Umas calças de fato de treino e uma t-shirt das que referi é quanto basta. Dois boxers devem chegar (a não ser que te dê alguma crise gástrica :) ), pois vais usá-los por escassas horas por dia e há que saber racionar até neste aspecto:);
3) calçado: leva uns chinelos tipo havaianas para usares tanto no chuveiro (se recorreres a albergues), como para usar quando não estás a pedalar; e se fores comprar, escolhe um daqueles modelos de material esponjoso, que são super leves;
4) roupa de ciclismo: 2 mudas devem chegar, usas uma num dia, ao fim lavas, e vais alternando. Se quiseres arriscar e contar que a roupa seque de um dia para o outro, basta uma única muda;
5) casaco: uns manguitos protegem do frio que se pode fazer sentir pela manhã, pelo que é suficiente para passar esse período. Podes sempre levar um casaco de ciclismo no saco, que tanto serve para o caso de teres uma manhã mais fresca, como para usar ao fim do dia, antes de ir dormir;
6) higiene pessoal
---6.1) para o banho: leva um sabonete em vez de gel de banho. Podes até levar sabão azul, que tanto dá para tomar banho como para lavar a roupa;
---6.2) shampoo: existem frascos pequenos, próprios para levar líquidos em malas de mão em avião. Usa um desses para levar o shampoo e coloca apenas a quantidade mínima para as vezes que contas lavar o cabelo;
---6.3) a barba não há-de crescer muito em 3 dias, pelo que podes evitar levar os típicos utensílios. No entanto, se quiseres fazer a barba pelo caminho, leva apenas a gilette e usa o sabonete para fazer espuma. Em vez do after shave, podes sempre usar o protector solar, que também hidrata;
7) comida e bebida: vais encontrar muita coisa pelo caminho, pelo que não vale a pena ires carregado com farnel. Leva apenas o essencial para os primeiros quilómetros, depois vais comprando à medida que é necessário;
8) saco-cama: aqui convém investir numa coisa leve e compacta. A Decathlon tem um modelo com formato de sarcófago (S15 Ultralight) que pesa entre 640g a 700g (L e XL, respectivamente), por cerca de 40EUR. Na Sportzone podes comprar um Lafuma Extreme 600 por 50EUR, que pesa 560g.

E pronto, assim de repente é o que me ocorre.
 
#45
[...]uma pequena bolsa no guiador com camaras drop-out, [...]
Que bolsa é que compraste? Queria arranjar uma bolsa para o guiador para colocar lá as coisas a que preciso recorrer com mais frequência, mas também não queria comprar um catramonho que pese mais do que as coisas que lá vou por.
 
#46
Obrigado companheiros, fiquem bem mais elucidado das coisas...amigo nfh, muito obrigado pelas dicas...vão certamente ser me muito úteis! É a minha primeira viagem de 3 dias de bike em autonomia...portanto à muita coisa nova.
 
#47
nfh,
Estava a prever comprar uma bolsa especifica de prender ao guiador á venda na Decathlon e SZ, entretanto experimentei utilizar uma pequena bolsa que andava perdida cá por casa, como o formato é quadrado consegui prende-la com facilidade, assim a tralha mais destinada á "mecanica" já não me pesa ás costas.
 
#48
Pessoal, aconselho-vos esta BOLSA para levarem as coisas mais pequenas e que têm de estar sempre à mão, como a carteira, telemóvel, maquina fotográfica, credencial...

É muito compacta, vêm com uma bolsa impermeável, prende na testa do quadro e no tubo que liga a testa do quadro à pedaleira (não sei o nome desse tubo!) e não dá grande bandeira!

Por falar em bandeira, não se esqueçam de levar a bandeira de Portugal!
 
#52
Foi pela piada, espero não me teres interpretado mal ou ficado melindrado!

Seja como for garanto-te que mandei pau com fartura durante o Caminho e não perdi nada, portanto as coisas vão bem acondicionadas mesmo sendo apenas fecho por velcro.
Qualquer chuva que possa começar a cair e é só colocar a capa impermeável que acompanha a bolsa.

Eu tenho uma e gosto imenso!|

Um abraço
 
#53
Não, nada disso, estamos aqui todos nesta secção para nos ajudarmos nestas lides dos caminhos de Santiago ;)
Acho que vou pensar em mandar vir uma, para o que quero e para o preço é talvez o melhor.
 

shelltox

Super Moderador
#54
Excelentes dicas nfh, deixas..estava a ver que não encontrava outro adepto dos chinelos de dedo, lembro-me que são óptimos quer para o sol quer para a chuva. Acrescento que além da t-shirt sintética(procurem na secção de corrida), também existem calças outdoor sintéticas, super leves, ligeiras e estes têxteis sintéticos além de leves, ainda têm a grande vantagem que quase não ensopam, óptimos para secar. (consigo por no bolso do saco de água a toalha,t-shirt,calças,chinelos)
Uns alfinetes dama também podem revelar-se úteis, dão para fazer de mola de roupa,calções rasgados,alças rasgadas, etc.
Um pedaço de corda(fina) pois ás vezes já não existe estendal disponível.
Quanto á bolsa...sou da opinião que deve ser generosa. Por peso á frente facilita muito a subir, pessoalmente gosto de distribuir peso, alforges pequenos, mochila mule, bolsa á frente. A minha eleita é spiuk que tem acessório de encaixe ao guiador o que facilita imenso a retirar e andar com mala tira-colo.


ps. lembrar que o indicativo em ES é 034 (lembro-me que uma vez para ligar para o responsável de um albergue, tinha o numero..mas sem indicativo nada feito)
ps1. campainha dá jeito e os peregrinos acham muita piada ao cumprimentar com ela, é sempre uma festa passar pelos com quem pernoitamos no mesmo albergue(eu era assim porque arrancava sempre mais tarde)
 
#55
Boas shelltox!

Que suporte de alforges é esse que aí tens e onde posso arranjar um!?
Montei agora uma bike à la carte com um quadro igual ao teu mas não percebo onde prendes os suporte de alforges...

Um abraço
 

shelltox

Super Moderador
#56
Esse suporte é personalizado e home-tunned. É uma evolução da experiência com um no espigão,que não gostei por alterar muito o comportamento da bike,alem de rodar lateralmente. O peso tem de estar sob o eixo traseiro e o + baixo possivel e isso só sendo um suporte solidario com o triangulo traseiro. Depois de analisar uns de compra..isto faço eu! Peguei em um suporte simples(aqueles que prendem com parafusos ás escoras)acrescentei as pontas até ao eixo,moldadas ao travão disco,aqui aperta ao eixo. Depois nos apoios do suporte ás escoras superiores,acrescentei até aos apoios v-brake.
Vai ser o 3 ano que irei usar este suporte e continuo muito satisfeito,por ser solidário com o triangulo traseiro e sob o eixo,não altera muito o comportamento da bike e mantem o centro gravidade baixo.
Contras:ficou um pouco pesado,pois como só consigo trabalhar ferro é feito nesse material.
Outro ponto é que os alforges sofrem todos os movimentos do triangulo traseiro,ou seja as correias dos alforges sofrem mais. Nunca atigiram o ponto de ruptura mas tiveram de ser reparadas.(vou tentar colocar foto do suporte em separado)
 
#57
Trata mas é de comercializar isso que eu quero um!

Agora a sério, arranja as fotos do suporte o mais pormenorizado possível se puderes que vou tentar arranjar alguém que me faça uma coisa dessas.
 
#59
Boas,

Também vou fazer o caminho de santiago. Agora o problema prende-se com a escolha dos alforges. Tenho um quadro rígido em carbono (beone) será que esses apoios tipo Topeak não exercem muitos esforços no quadro? Que outras soluções há sem ser os Topeak? Onde se compra isso barato?

Cumps
 
#60
também vou em agosto a Santiago. O meu dilema é o mesmo de muitos, ou seja, mochila ou alforges???
O objectivo é gastar pouco pois não vai ter muito uso...
Quanto aos alforges a minha scott scale não permite a fixação de um suporte normal (não tem furação), pelo que só me resta os suportes de aperto ao espigão e que permite colocar uma pequena mochila.
A mochila da Decathlon já estive a ver... tenho dúvidas se não será demasiado quente e provoque grande transpiração, sobretudo o cinto que aperta sobre os rins


mas provavelmente é opção mais económica...